• Save
Palestra - Usabilidade - A Experiência do Usuário no Aplicativo do Censo
Upcoming SlideShare
Loading in...5
×
 

Palestra - Usabilidade - A Experiência do Usuário no Aplicativo do Censo

on

  • 3,037 views

por Luiz Agner (Dsc). ...

por Luiz Agner (Dsc).

Palestra realizada no I Encontro de Teste de Software para o Censo Demográfico 2010 / IBGE - Diretoria Executiva. Quinta-feira, 4 de fevereiro de 2010. Local: Auditório da Unidade Estadual do Rio de Janeiro [apresentação editada após o evento - versão resumida].

Statistics

Views

Total Views
3,037
Views on SlideShare
2,329
Embed Views
708

Actions

Likes
7
Downloads
0
Comments
0

2 Embeds 708

http://www.agner.com.br 690
http://www.slideshare.net 18

Accessibility

Categories

Upload Details

Uploaded via as Microsoft PowerPoint

Usage Rights

© All Rights Reserved

Report content

Flagged as inappropriate Flag as inappropriate
Flag as inappropriate

Select your reason for flagging this presentation as inappropriate.

Cancel
  • Full Name Full Name Comment goes here.
    Are you sure you want to
    Your message goes here
    Processing…
Post Comment
Edit your comment
  • Slide 1 No slide 01 (na capa da apresentação), acrescente o dia da apresentação no local destinado à data.
  • Slide 2 “ Quase todo dia, nós recebemos do IBGE informações sobre o Brasil através da TV, do rádio, da Internet etc. Através dessas informações o IBGE faz um retrato do nosso país e da nossa sociedade tanto no que se refere a informações estatísticas quanto geográficas.”
  • Slide 2 “ Quase todo dia, nós recebemos do IBGE informações sobre o Brasil através da TV, do rádio, da Internet etc. Através dessas informações o IBGE faz um retrato do nosso país e da nossa sociedade tanto no que se refere a informações estatísticas quanto geográficas.”
  • Slide 2 “ Quase todo dia, nós recebemos do IBGE informações sobre o Brasil através da TV, do rádio, da Internet etc. Através dessas informações o IBGE faz um retrato do nosso país e da nossa sociedade tanto no que se refere a informações estatísticas quanto geográficas.”
  • Slide 2 “ Quase todo dia, nós recebemos do IBGE informações sobre o Brasil através da TV, do rádio, da Internet etc. Através dessas informações o IBGE faz um retrato do nosso país e da nossa sociedade tanto no que se refere a informações estatísticas quanto geográficas.”
  • Slide 2 “ Quase todo dia, nós recebemos do IBGE informações sobre o Brasil através da TV, do rádio, da Internet etc. Através dessas informações o IBGE faz um retrato do nosso país e da nossa sociedade tanto no que se refere a informações estatísticas quanto geográficas.”
  • Slide 2 “ Quase todo dia, nós recebemos do IBGE informações sobre o Brasil através da TV, do rádio, da Internet etc. Através dessas informações o IBGE faz um retrato do nosso país e da nossa sociedade tanto no que se refere a informações estatísticas quanto geográficas.”
  • Slide 2 “ Quase todo dia, nós recebemos do IBGE informações sobre o Brasil através da TV, do rádio, da Internet etc. Através dessas informações o IBGE faz um retrato do nosso país e da nossa sociedade tanto no que se refere a informações estatísticas quanto geográficas.”
  • Slide 2 “ Quase todo dia, nós recebemos do IBGE informações sobre o Brasil através da TV, do rádio, da Internet etc. Através dessas informações o IBGE faz um retrato do nosso país e da nossa sociedade tanto no que se refere a informações estatísticas quanto geográficas.”
  • Slide 2 “ Quase todo dia, nós recebemos do IBGE informações sobre o Brasil através da TV, do rádio, da Internet etc. Através dessas informações o IBGE faz um retrato do nosso país e da nossa sociedade tanto no que se refere a informações estatísticas quanto geográficas.”
  • Slide 2 “ Quase todo dia, nós recebemos do IBGE informações sobre o Brasil através da TV, do rádio, da Internet etc. Através dessas informações o IBGE faz um retrato do nosso país e da nossa sociedade tanto no que se refere a informações estatísticas quanto geográficas.”
  • Slide 2 “ Quase todo dia, nós recebemos do IBGE informações sobre o Brasil através da TV, do rádio, da Internet etc. Através dessas informações o IBGE faz um retrato do nosso país e da nossa sociedade tanto no que se refere a informações estatísticas quanto geográficas.”
  • Slide 2 “ Quase todo dia, nós recebemos do IBGE informações sobre o Brasil através da TV, do rádio, da Internet etc. Através dessas informações o IBGE faz um retrato do nosso país e da nossa sociedade tanto no que se refere a informações estatísticas quanto geográficas.”
  • Slide 2 “ Quase todo dia, nós recebemos do IBGE informações sobre o Brasil através da TV, do rádio, da Internet etc. Através dessas informações o IBGE faz um retrato do nosso país e da nossa sociedade tanto no que se refere a informações estatísticas quanto geográficas.”
  • Slide 2 “ Quase todo dia, nós recebemos do IBGE informações sobre o Brasil através da TV, do rádio, da Internet etc. Através dessas informações o IBGE faz um retrato do nosso país e da nossa sociedade tanto no que se refere a informações estatísticas quanto geográficas.”
  • Slide 2 “ Quase todo dia, nós recebemos do IBGE informações sobre o Brasil através da TV, do rádio, da Internet etc. Através dessas informações o IBGE faz um retrato do nosso país e da nossa sociedade tanto no que se refere a informações estatísticas quanto geográficas.”
  • Slide 2 “ Quase todo dia, nós recebemos do IBGE informações sobre o Brasil através da TV, do rádio, da Internet etc. Através dessas informações o IBGE faz um retrato do nosso país e da nossa sociedade tanto no que se refere a informações estatísticas quanto geográficas.”
  • Slide 2 “ Quase todo dia, nós recebemos do IBGE informações sobre o Brasil através da TV, do rádio, da Internet etc. Através dessas informações o IBGE faz um retrato do nosso país e da nossa sociedade tanto no que se refere a informações estatísticas quanto geográficas.”
  • Slide 2 “ Quase todo dia, nós recebemos do IBGE informações sobre o Brasil através da TV, do rádio, da Internet etc. Através dessas informações o IBGE faz um retrato do nosso país e da nossa sociedade tanto no que se refere a informações estatísticas quanto geográficas.”
  • Slide 2 “ Quase todo dia, nós recebemos do IBGE informações sobre o Brasil através da TV, do rádio, da Internet etc. Através dessas informações o IBGE faz um retrato do nosso país e da nossa sociedade tanto no que se refere a informações estatísticas quanto geográficas.”
  • Slide 2 “ Quase todo dia, nós recebemos do IBGE informações sobre o Brasil através da TV, do rádio, da Internet etc. Através dessas informações o IBGE faz um retrato do nosso país e da nossa sociedade tanto no que se refere a informações estatísticas quanto geográficas.”
  • Slide 2 “ Quase todo dia, nós recebemos do IBGE informações sobre o Brasil através da TV, do rádio, da Internet etc. Através dessas informações o IBGE faz um retrato do nosso país e da nossa sociedade tanto no que se refere a informações estatísticas quanto geográficas.”
  • Slide 2 “ Quase todo dia, nós recebemos do IBGE informações sobre o Brasil através da TV, do rádio, da Internet etc. Através dessas informações o IBGE faz um retrato do nosso país e da nossa sociedade tanto no que se refere a informações estatísticas quanto geográficas.”
  • Slide 2 “ Quase todo dia, nós recebemos do IBGE informações sobre o Brasil através da TV, do rádio, da Internet etc. Através dessas informações o IBGE faz um retrato do nosso país e da nossa sociedade tanto no que se refere a informações estatísticas quanto geográficas.”
  • Slide 2 “ Quase todo dia, nós recebemos do IBGE informações sobre o Brasil através da TV, do rádio, da Internet etc. Através dessas informações o IBGE faz um retrato do nosso país e da nossa sociedade tanto no que se refere a informações estatísticas quanto geográficas.”
  • Slide 2 “ Quase todo dia, nós recebemos do IBGE informações sobre o Brasil através da TV, do rádio, da Internet etc. Através dessas informações o IBGE faz um retrato do nosso país e da nossa sociedade tanto no que se refere a informações estatísticas quanto geográficas.”
  • Slide 2 “ Quase todo dia, nós recebemos do IBGE informações sobre o Brasil através da TV, do rádio, da Internet etc. Através dessas informações o IBGE faz um retrato do nosso país e da nossa sociedade tanto no que se refere a informações estatísticas quanto geográficas.”
  • Slide 2 “ Quase todo dia, nós recebemos do IBGE informações sobre o Brasil através da TV, do rádio, da Internet etc. Através dessas informações o IBGE faz um retrato do nosso país e da nossa sociedade tanto no que se refere a informações estatísticas quanto geográficas.”
  • Slide 2 “ Quase todo dia, nós recebemos do IBGE informações sobre o Brasil através da TV, do rádio, da Internet etc. Através dessas informações o IBGE faz um retrato do nosso país e da nossa sociedade tanto no que se refere a informações estatísticas quanto geográficas.”
  • Slide 2 “ Quase todo dia, nós recebemos do IBGE informações sobre o Brasil através da TV, do rádio, da Internet etc. Através dessas informações o IBGE faz um retrato do nosso país e da nossa sociedade tanto no que se refere a informações estatísticas quanto geográficas.”
  • Slide 2 “ Quase todo dia, nós recebemos do IBGE informações sobre o Brasil através da TV, do rádio, da Internet etc. Através dessas informações o IBGE faz um retrato do nosso país e da nossa sociedade tanto no que se refere a informações estatísticas quanto geográficas.”
  • Slide 2 “ Quase todo dia, nós recebemos do IBGE informações sobre o Brasil através da TV, do rádio, da Internet etc. Através dessas informações o IBGE faz um retrato do nosso país e da nossa sociedade tanto no que se refere a informações estatísticas quanto geográficas.”
  • Slide 2 “ Quase todo dia, nós recebemos do IBGE informações sobre o Brasil através da TV, do rádio, da Internet etc. Através dessas informações o IBGE faz um retrato do nosso país e da nossa sociedade tanto no que se refere a informações estatísticas quanto geográficas.”
  • Slide 2 “ Quase todo dia, nós recebemos do IBGE informações sobre o Brasil através da TV, do rádio, da Internet etc. Através dessas informações o IBGE faz um retrato do nosso país e da nossa sociedade tanto no que se refere a informações estatísticas quanto geográficas.”
  • Slide 2 “ Quase todo dia, nós recebemos do IBGE informações sobre o Brasil através da TV, do rádio, da Internet etc. Através dessas informações o IBGE faz um retrato do nosso país e da nossa sociedade tanto no que se refere a informações estatísticas quanto geográficas.”
  • Slide 2 “ Quase todo dia, nós recebemos do IBGE informações sobre o Brasil através da TV, do rádio, da Internet etc. Através dessas informações o IBGE faz um retrato do nosso país e da nossa sociedade tanto no que se refere a informações estatísticas quanto geográficas.”
  • Slide 2 “ Quase todo dia, nós recebemos do IBGE informações sobre o Brasil através da TV, do rádio, da Internet etc. Através dessas informações o IBGE faz um retrato do nosso país e da nossa sociedade tanto no que se refere a informações estatísticas quanto geográficas.”
  • Slide 2 “ Quase todo dia, nós recebemos do IBGE informações sobre o Brasil através da TV, do rádio, da Internet etc. Através dessas informações o IBGE faz um retrato do nosso país e da nossa sociedade tanto no que se refere a informações estatísticas quanto geográficas.”
  • Slide 2 “ Quase todo dia, nós recebemos do IBGE informações sobre o Brasil através da TV, do rádio, da Internet etc. Através dessas informações o IBGE faz um retrato do nosso país e da nossa sociedade tanto no que se refere a informações estatísticas quanto geográficas.”
  • Slide 2 “ Quase todo dia, nós recebemos do IBGE informações sobre o Brasil através da TV, do rádio, da Internet etc. Através dessas informações o IBGE faz um retrato do nosso país e da nossa sociedade tanto no que se refere a informações estatísticas quanto geográficas.”
  • Slide 2 “ Quase todo dia, nós recebemos do IBGE informações sobre o Brasil através da TV, do rádio, da Internet etc. Através dessas informações o IBGE faz um retrato do nosso país e da nossa sociedade tanto no que se refere a informações estatísticas quanto geográficas.”
  • Slide 2 “ Quase todo dia, nós recebemos do IBGE informações sobre o Brasil através da TV, do rádio, da Internet etc. Através dessas informações o IBGE faz um retrato do nosso país e da nossa sociedade tanto no que se refere a informações estatísticas quanto geográficas.”
  • Slide 2 “ Quase todo dia, nós recebemos do IBGE informações sobre o Brasil através da TV, do rádio, da Internet etc. Através dessas informações o IBGE faz um retrato do nosso país e da nossa sociedade tanto no que se refere a informações estatísticas quanto geográficas.”
  • Slide 2 “ Quase todo dia, nós recebemos do IBGE informações sobre o Brasil através da TV, do rádio, da Internet etc. Através dessas informações o IBGE faz um retrato do nosso país e da nossa sociedade tanto no que se refere a informações estatísticas quanto geográficas.”
  • Slide 2 “ Quase todo dia, nós recebemos do IBGE informações sobre o Brasil através da TV, do rádio, da Internet etc. Através dessas informações o IBGE faz um retrato do nosso país e da nossa sociedade tanto no que se refere a informações estatísticas quanto geográficas.”
  • Slide 2 “ Quase todo dia, nós recebemos do IBGE informações sobre o Brasil através da TV, do rádio, da Internet etc. Através dessas informações o IBGE faz um retrato do nosso país e da nossa sociedade tanto no que se refere a informações estatísticas quanto geográficas.”
  • Slide 2 “ Quase todo dia, nós recebemos do IBGE informações sobre o Brasil através da TV, do rádio, da Internet etc. Através dessas informações o IBGE faz um retrato do nosso país e da nossa sociedade tanto no que se refere a informações estatísticas quanto geográficas.”
  • Slide 2 “ Quase todo dia, nós recebemos do IBGE informações sobre o Brasil através da TV, do rádio, da Internet etc. Através dessas informações o IBGE faz um retrato do nosso país e da nossa sociedade tanto no que se refere a informações estatísticas quanto geográficas.”
  • Slide 2 “ Quase todo dia, nós recebemos do IBGE informações sobre o Brasil através da TV, do rádio, da Internet etc. Através dessas informações o IBGE faz um retrato do nosso país e da nossa sociedade tanto no que se refere a informações estatísticas quanto geográficas.”
  • Slide 2 “ Quase todo dia, nós recebemos do IBGE informações sobre o Brasil através da TV, do rádio, da Internet etc. Através dessas informações o IBGE faz um retrato do nosso país e da nossa sociedade tanto no que se refere a informações estatísticas quanto geográficas.”
  • Slide 2 “ Quase todo dia, nós recebemos do IBGE informações sobre o Brasil através da TV, do rádio, da Internet etc. Através dessas informações o IBGE faz um retrato do nosso país e da nossa sociedade tanto no que se refere a informações estatísticas quanto geográficas.”
  • Slide 2 “ Quase todo dia, nós recebemos do IBGE informações sobre o Brasil através da TV, do rádio, da Internet etc. Através dessas informações o IBGE faz um retrato do nosso país e da nossa sociedade tanto no que se refere a informações estatísticas quanto geográficas.”
  • Slide 2 “ Quase todo dia, nós recebemos do IBGE informações sobre o Brasil através da TV, do rádio, da Internet etc. Através dessas informações o IBGE faz um retrato do nosso país e da nossa sociedade tanto no que se refere a informações estatísticas quanto geográficas.”
  • Slide 2 “ Quase todo dia, nós recebemos do IBGE informações sobre o Brasil através da TV, do rádio, da Internet etc. Através dessas informações o IBGE faz um retrato do nosso país e da nossa sociedade tanto no que se refere a informações estatísticas quanto geográficas.”
  • Slide 2 “ Quase todo dia, nós recebemos do IBGE informações sobre o Brasil através da TV, do rádio, da Internet etc. Através dessas informações o IBGE faz um retrato do nosso país e da nossa sociedade tanto no que se refere a informações estatísticas quanto geográficas.”
  • Slide 2 “ Quase todo dia, nós recebemos do IBGE informações sobre o Brasil através da TV, do rádio, da Internet etc. Através dessas informações o IBGE faz um retrato do nosso país e da nossa sociedade tanto no que se refere a informações estatísticas quanto geográficas.”
  • Slide 2 “ Quase todo dia, nós recebemos do IBGE informações sobre o Brasil através da TV, do rádio, da Internet etc. Através dessas informações o IBGE faz um retrato do nosso país e da nossa sociedade tanto no que se refere a informações estatísticas quanto geográficas.”
  • Slide 2 “ Quase todo dia, nós recebemos do IBGE informações sobre o Brasil através da TV, do rádio, da Internet etc. Através dessas informações o IBGE faz um retrato do nosso país e da nossa sociedade tanto no que se refere a informações estatísticas quanto geográficas.”
  • Slide 2 “ Quase todo dia, nós recebemos do IBGE informações sobre o Brasil através da TV, do rádio, da Internet etc. Através dessas informações o IBGE faz um retrato do nosso país e da nossa sociedade tanto no que se refere a informações estatísticas quanto geográficas.”
  • Slide 2 “ Quase todo dia, nós recebemos do IBGE informações sobre o Brasil através da TV, do rádio, da Internet etc. Através dessas informações o IBGE faz um retrato do nosso país e da nossa sociedade tanto no que se refere a informações estatísticas quanto geográficas.”
  • Slide 2 “ Quase todo dia, nós recebemos do IBGE informações sobre o Brasil através da TV, do rádio, da Internet etc. Através dessas informações o IBGE faz um retrato do nosso país e da nossa sociedade tanto no que se refere a informações estatísticas quanto geográficas.”

Palestra - Usabilidade - A Experiência do Usuário no Aplicativo do Censo Palestra - Usabilidade - A Experiência do Usuário no Aplicativo do Censo Presentation Transcript

  • Testes de Usabilidade A Experiência do Usuário no Aplicativo Pré-Coleta – Censo 2010 04/02/2010 Diretoria Executiva
    • Estrutura desta apresentação
    • Conceitos de usabilidade
    • Metodologia dos testes
    • Resultados
    • Confusões freqüentes
    • Praticidade
    • Acessibilidade
    • Funcionalidade
    • Interação Humano-Computador (IHC)
    • Disciplina derivada da Ergonomia (interação homem-máquina, human factors )
    • Preocupada com o projeto de sistemas computacionais eficientes, funcionais e agradáveis aos usuários.
  • IHC quer compreender como as pessoas utilizam os sistemas informatizados, de modo a projetar sistemas que preencham melhor os objetivos e necessidades dos usuários. ENIAC 1946
  • IHC quer compreender como as pessoas utilizam os sistemas informatizados, de modo a projetar sistemas que preencham melhor os objetivos e necessidades dos usuários.
  • Steve Jobs e o I-Pad (fev. 2010) Foco na experiência do usuário e facilidade de uso
  • Conceito de Usabilidade Significa garantir aos usuários dos sistemas: - efetividade - eficiência - satisfação (ISO 9241 / International Standards Organization)
  • Conceito de Usabilidade Significa garantir aos usuários dos sistemas: - efetividade - eficiência - satisfação (ISO 9241 / International Standards Organization) Fonte: BLASCO, Ezequiel. TestAnywere, 2009
  • sistema contexto tarefa homem Dimensões da interação H-C
  • Retorno do investimento Redução dos custos de treinamento Fonte: BLASCO, Ezequiel. TestAnywere, 2009
  • Christian Bastien e Dominique Scapin Gurus da usabilidade
  • Gurus da usabilidade Ben Shneiderman
  • Gurus da usabilidade Donald Norman
    • Os dez princípios da usabilidade
    Jakob Nielsen
  • Princípios da usabilidade 1: Visibilidade do status do sistema; 2: Equivalência entre o sistema e o mundo real; 3: Controle do usuário e liberdade; 4: Consistência e padrões; 5: Prevenção de erro; 6: Reconhecer em vez de relembrar; 7: Flexibilidade e eficiência de uso; 8: Estética e design minimalista; 9: Auxílio ao usuário para reconhecer, diagnosticar e recuperar-se de erros; 10: Ajuda e documentação.
  • Teste de usabilidade Bibliografia
  • Teste de usabilidade
    • Técnica de pesquisa etnográfica.
    • Processo empírico de se aprender sobre a usabilidade de um produto, observando os usuários durante a sua utilização.
  • Teste de usabilidade LABORATÓRIO DE USABILIDADE
  • Teste de usabilidade LABORATÓRIO DE USABILIDADE
  • Teste de usabilidade Testes Better Desktop Org
  • Teste de usabilidade Ferramentas
  • TESTES EM RIO CLARO Versão 5.8 do aplicativo Pré-Coleta do Censo 2010 Local : Posto de Coleta Rio Claro (SP) Janeiro de 2010
  • PRÉ-COLETA Metodologia de teste Laboratório de usabilidade portátil
    • SOFTWARES:
    • Windows Mobile Device Center
    • Remote Display Control
    • Techsmith Camtasia Studio
    • Aplicativo da Pré-Coleta
  • Perfil do grupo: Agentes Censitários Supervisores Participantes do Censo Experimental e Pré-Coleta em Ipeúna (SP) PRÉ-COLETA Perfil dos participantes
  • PRÉ-COLETA Perfil dos participantes
  • PRÉ-COLETA Perfil dos participantes Sexo
  • PRÉ-COLETA Perfil dos participantes Idade
  • PRÉ-COLETA Perfil dos participantes Escolaridade
  • PRÉ-COLETA Perfil dos participantes
    • Áreas de graduação:
    • História
    • Letras
    • Geografia
    • Administração
    • Logística
    • Análise de Sistemas
    • Economia
    • Administração
  • PRÉ-COLETA Perfil dos participantes Experiência com computadores
  • PRÉ-COLETA Perfil dos participantes Experiência com dispositivos de mão
  • PRÉ-COLETA Perfil dos participantes Experiência no aplicativo da Pré-Coleta
  • PRÉ-COLETA Conceitos da metodologia
    • Conceito de cenário
    • Conceito de tarefa
    • Protocolo de verbalização
    • Roteiro de aplicação
    • Recrutamento de participantes
    • Descrição dos cenários (vídeo)
  • PRÉ-COLETA Etapas da metodologia
    • Aplicação de questionário de perfil
    • Realização de tarefas
    • Registros em áudio e vídeo
    • Questionário de satisfação e sugestões
    • Entrevista aberta
    • Processo da Pré-Coleta avaliado como completo
    • Aplicativo bem avaliado
    • Simplicidade
    • Facilidade de uso
    • Facilidade de
    • aprendizado
    PRÉ-COLETA Resultados preliminares
    • As gravações dos testes mostraram que alguns princípios de usabilidade
    • foram violados e
    • acarretaram dificuldades
    • de utilização.
    PRÉ-COLETA Resultados preliminares
  • PRINCÍPIO DE USABILIDADE Visibilidade do status do sistema
    • Dificuldade na seleção de faces (vídeo)
    • Inexistência de confirmação (vídeo)
  • PRINCÍPIO DE USABILIDADE Controle do usuário e liberdade
    • Faces se concluem sem solicitação ( vídeo 2 )
    • Ao mudar a página , é automaticamente selecionado item fora do contexto da tarefa (vídeo)
    • Zoom e modelo de navegação no mapa (áudio)
    • Tela de Localização aparece com lista Não Iniciados aberta , com item fora de contexto selecionado (vídeo)
  • PRINCÍPIO DE USABILIDADE Equivalência sistema e mundo real
    • Conceitos que se confundem (áudio)
    • Após ação bem sucedida pede confirmação (vídeo)
    • Inclusão de faces na ordem correta ( áudio vídeo)
    • Antes de Excluir é necessário Confirmar (vídeo)
    • Face excluída vai para lista de Concluídas (vídeo)
    • Modelo mental do processo de seleção (áudio)
  • PRINCÍPIO DE USABILIDADE Consistência e padrões
    • Menu Opções sem alternativa Excluir Face (vídeo áudio )
    • Confusão com teclas de apagar (vídeo)
    • Entrada de maiúsculas e minúsculas (vídeo)
    • Fluxo de Exclusão de face inconsistente : depende do status (vídeo)
    • Mensagem de Confirmação fora do padrão (foto)
    • Padrões numéricos inconsistentes (foto)
  • PRINCÍPIO DE USABILIDADE Consistência e padrões Mensagem de Confirmação
  • PRINCÍPIO DE USABILIDADE Consistência e padrões
  • PRINCÍPIO DE USABILIDADE Prevenção de erros / Reconhecer em vez de relembrar
    • Teclado virtual encobre o botão de Confirmação (vídeo)
  • PRINCÍPIO DE USABILIDADE Flexibilidade e eficiência
    • Combo de Tipo de Logradouro não prioriza ocorrências
    • mais frequentes (vídeo)
    • Inclusão de unidades na ordem correta (vídeo)
    • Edição e correção das unidades (vídeo acima)
  • PRINCÍPIO DE USABILIDADE Auxílio para recuperar-se de erros
    • Mensagem de erro inadequada (GPS) (foto)
  • PRINCÍPIO DE USABILIDADE Clareza da linguagem
  • PRINCÍPIO DE USABILIDADE Clareza da linguagem
  • PRINCÍPIO DE USABILIDADE Clareza da linguagem
  • PRINCÍPIO DE USABILIDADE Clareza da linguagem
  • PRINCÍPIO DE USABILIDADE Clareza da linguagem
  • PRINCÍPIO DE USABILIDADE Clareza da linguagem Não houve desaprovação, mas a linguagem visual poderia estar mais clara.
  • PRINCÍPIO DE USABILIDADE Mapa cognitivo
    • Usuário não sabe onde fica a Listagem de Logradouros
    • (vídeo)
  • PRINCÍPIO DE USABILIDADE Ajuda e documentação
    • Usuário pede guia de referência rápida (áudio)
  • Grau dos problemas Grau severidade Descrição 5 Emergencial Problema que impede a realização das tarefas e que precisa ser urgentemente corrigido. 4 Maior Problema que gera uma significativa demora ou frustração. 3 Médio Gera um impacto moderado na usabilidade. 2 Menor Problema localizado ou menor; pode ser objeto de futuro aprimoramento. 1 Outros Problema que pode até ser importante, mas não é estritamente considerado um problema de usabilidade.
  • Grau dos problemas Grau severidade Descrição 5 Emergencial Problema que impede a realização das tarefas e que precisa ser urgentemente corrigido. 4 Maior Problema que gera uma significativa demora ou frustração. 3 Médio Gera um impacto moderado na usabilidade. 2 Menor Problema localizado ou menor; pode ser objeto de futuro aprimoramento. 1 Outros Problema que pode até ser importante, mas não é estritamente considerado um problema de usabilidade.
  • CONCLUSÕES Problemas emergenciais, maiores
    • Dificuldade na seleção de faces (vídeo)
    • Teclado virtual encobre botão de Confirmação (vídeo)
    • Faces se concluem sem solicitação ( vídeo 2 )
    • Problemas com o zoom e navegação no mapa (áudio)
    • Itens fora do contexto da tarefa são selecionados (vídeo)
  • ENCONTRO DE TESTE DE SOFTWARE Sugestões do questionário
    • Função Sair do aplicativo
    • Função Retornar à tela inicial
    • Função Fechamento de Quadras
  • Conclusões
    • O aplicativo Pré-Coleta, desenvolvido para Windows Mobile e para o PDA, visando dar suporte à primeira fase do Censo Demográfico 2010, foi bem aceito pelos usuários - os agentes censitários supervisores - como se pode observar pelas entrevistas e questionários aplicados em Rio Claro (SP), município onde foi realizado o Censo Experimental.
    • Destacaram-se as opiniões que apontam a sua simplicidade, facilidade de aprendizado e de uso. Do mesmo modo, o processo da pré-coleta do Censo Demográfico foi considerado completo e adequado.
  • Conclusões
    • Entretanto, os testes de usabilidade aplicados demonstraram que princípios heurísticos de usabilidade foram violados, fato que acarretou dificuldades para os utilizadores.
    • Um relatório com os problemas identificados e sua classificação já está sendo preparado, juntamente com as sugestões para a sua solução.
    • Este relatório será apresentado à equipe de desenvolvedores, com o objetivo de chegar à etapa de homologação do software.
  • Luiz Agner Apresentação realizada no I Encontro de Teste de Software para o Censo Demográfico 2010 IBGE - Diretoria Executiva Quinta-feira, 4 de fevereiro de 2010 Local: Auditório da Unidade Estadual do Rio de Janeiro