Interação em players de música - dispositivos móveis
Upcoming SlideShare
Loading in...5
×
 

Interação em players de música - dispositivos móveis

on

  • 1,986 views

 

Statistics

Views

Total Views
1,986
Views on SlideShare
1,490
Embed Views
496

Actions

Likes
0
Downloads
5
Comments
0

3 Embeds 496

http://www.agner.com.br 493
http://www.slideshare.net 2
http://webcache.googleusercontent.com 1

Accessibility

Upload Details

Uploaded via as Adobe PDF

Usage Rights

© All Rights Reserved

Report content

Flagged as inappropriate Flag as inappropriate
Flag as inappropriate

Select your reason for flagging this presentation as inappropriate.

Cancel
  • Full Name Full Name Comment goes here.
    Are you sure you want to
    Your message goes here
    Processing…
Post Comment
Edit your comment

Interação em players de música - dispositivos móveis Interação em players de música - dispositivos móveis Presentation Transcript

  • Pontifícia Universidade Católica do Rio de Janeito – PUC Coordenação Central de Extensão – CCE Pós-Graduação Ergodesign de Interfaces: Usabilidade e Arquitetura de Informação (2010/01) Disciplina Design de Interação Professor Luiz Agner Dupla: Bianca Lehmann Gustavo Gaieski
  • Players em Dispositivos Móveis Introdução: Player é um termo geralmente utilizado para designar softwares reprodutores de mídias, como áudio ou vídeo. Dispositivos móveis são aparelhos utilizados para reproduzir mídias a qualquer momento, em qualquer lugar e simultaneamente a outras atividades (andando, utilizando num transporte, se exercitando,...) A apreciação de música em qualquer local, a qualquer hora e individualmente, é uma atividade multifacetada e que foi desbravada com a invenção do rádio de pilha, seguido do walkman e posteriormente do diskman, se estendendo até os mp3 players e celulares multifuncionais de hoje. "O enorme fascínio que esses aparelhos exercem pode estar relacionado à sensações de ingressar em um mundo sonoro particular e ilimitado (Ilari, 2009)."
  • Players em Dispositivos Móveis Com a inserção do celular na vida cotidiana. Cria-se necessidade de uma maior integração de itens e utilitários que simplifiquem e facilitem a vida do usuário. Neste contexto observa-se que as funções destinadas ao entretenimento são itens que diferenciam os aparelhos: • Dispositivo de navegação na internet e utilização de e-mails; • Transferência de arquivos (via wireless); • Variedade de serviços (gadgets). O Design de Interfaces para dispositivos portáteis como Mp3 players, PDA's e celulares é problemático, pois há um limitado espaço na tela para disponibilizar as informações; além disso, a atenção do usuário é dividida entre o ambiente e a interface do dispositivo. A carga cognitiva tem de ser simples, e de rápida assimilação. O mesmo ocorre na parte de controle do dispositivo do player.
  • Players em Dispositivos Móveis Com advento dos toques por arquivos de música (mp3, ogg, acc), o software de reprodução de música para o celular foi inserido, transformando-o num item quase obrigatório em todos os aparelhos. Com isso são apresentados novos desafios na interação do dispositivo. Diferente de mp3 players e celulares de teclas (soft keys), um problema apresentado nos PDA´s e em celulares touchscreens são que os usuários tem de visualizar a tela para acionar os dispositivos (parar ou começar uma música, mudar uma faixa, aumentar ou diminuir o volume).
  • Interação física com Dispositivos Móveis Zwick, Schitz e Kühl (2005) destacam que a interação física em telas de dispositivos móveis é limitada pelo tamanho das mãos do usuário. Exemplos de acionamento dos controles: Mini joystick Touch screen Click Wheel Touch Pad Track ball e Teclado QWERTY Teclado Alfa
  • Questionário Online *Gráficos retirados da pequisa online da apresentação: Interação em Players para Dispositivos Móveis, por Robson Santos e Francimar Maciel. O total foi de 93 participantes Quanto ao uso de recursos de entretenimento e multimídia: 40% utilizam recursos de música diariamente
  • Questionário Online *Gráficos retirados da pequisa online da apresentação: Interação em Players para Dispositivos Móveis, por Robson Santos e Francimar Maciel. o Total foi de 93 Participantes Ao serem questionados sobre hábitos de obtenção de música: Verificou-se a preferência de 67% através da conversão de arquivos de CD para MP3 e 71% através de arquivos baixados da internet.
  • Análise da Tarefa A análise da tarefa de utilização de 3 aparelhos. pesquisa realizada com 20 pessoas. Nokia N95 IPhone 3G SonyEricsson W880i Elementos de Elementos de Elementos de interação: teclas; interação: teclas; interação: touch soft keys; uma mão soft keys; uma screen; duas mãos mão/duas mãos
  • Análise da Tarefa Nokia N95: • Alguns usuários não identificaram as teclas de mídia na parte deslizante disponível através do uso de slider; • Todos os usuários consideraram necessário um atalho para acesso a lista de músicas; Observou-se que funções como retroceder e avançar uma música estão intuitivamente relacionadas com o cursor de navegação, posicionado na face do aparelho. “As opções como artistas e gêneros deveriam acontecer depois que você escuta música”
  • Análise da Tarefa IPhone 3G: • Para a maioria dos usuários, o ícone utilizado para a função iTunes, uma clave de sol, ícone roxo, está relacionado com a função de música. Como conseqüência foi necessário retornar pelo menos uma vez ao menu principal do aparelho. • Outro ponto a ser observado é a disposição e pregnância dos elementos na interface, segundo alguns usuários não há destaque para o ícone que remete ao player. A possibilidade de manipulação via touch screen proporcionou maior satisfação e conforto durante o manuseio do produto.
  • Análise da Tarefa Sony Ericsson W880i: • Grande parte dos usuários aprovaram as teclas de atalho localizadas na lateral do celular, diminuindo a carga cognitiva e facilitando a sua utilização. • Verificou-se que o estilo musical disponível no aparelho pode influenciar a opinião sobre a qualidade do som, usuários que selecionaram sons mais agudos comentaram que poderia haver maior qualidade de som, por outro lado usuários que selecionaram opções mais graves demonstraram satisfação com o som e a qualidade do aparelho.
  • Conclusões Tarefas como jogar ou ouvir música podem ser mais prazerosamente realizadas com o uso de touch screen. Porém, como dito anteriormente, o usuário utilizando o dispositivo durante alguma atividade, pode ter alguns transtorno para executar uma ação, como aumentar o volume, mudar de faixa ou parar a música. Criando metáforas, ou seja, desenvolvendo uma analogia (equivalência) entre duas idéias ou objetos. Facilita e diminui a carga cognitiva do ususário. Como por exemplo: Arrastar o dedo na tela da esquerda → direita = faixa seguinte Arrastar o dedo na tela da direita → esquerda = faixa anterior simples toque = start / stop Arrastar o dedo do centro da tela → topo da tela = aumentar volume Arrastar o dedo do centro da tela → base da tela = baixar o volume Pesquisas em usabilidade e modelos de interação podem contribuir com o desenvolvimento de oportunidades para o designer que deverá compreender principalmente o perfil do usuário, suas necessidades, limitações e características da tarefa.
  • Referências Interação em players de música para dispositivos móveis Robson Santos e Francimar Maciel Gestural and Audio Metaphors as a Means of Control for Mobile Devices Antti Pirhonen, Stephen Brewster e Christopher Holguin (2002) www.dcs.gla.ac.uk/~stephen Comparison of portable media players Wikipedia (2010) Emerging Technologies: Messaging, Gaming, Peer-to-Peer Sharing: Language Learning Strategies & Tools for the Millennial Generation. Robert Godwin-Jones