Your SlideShare is downloading. ×
0
Apresentação Projeto manuelzão sobre a Meta 2010 e 2014
Apresentação Projeto manuelzão sobre a Meta 2010 e 2014
Apresentação Projeto manuelzão sobre a Meta 2010 e 2014
Apresentação Projeto manuelzão sobre a Meta 2010 e 2014
Apresentação Projeto manuelzão sobre a Meta 2010 e 2014
Apresentação Projeto manuelzão sobre a Meta 2010 e 2014
Apresentação Projeto manuelzão sobre a Meta 2010 e 2014
Apresentação Projeto manuelzão sobre a Meta 2010 e 2014
Apresentação Projeto manuelzão sobre a Meta 2010 e 2014
Apresentação Projeto manuelzão sobre a Meta 2010 e 2014
Apresentação Projeto manuelzão sobre a Meta 2010 e 2014
Apresentação Projeto manuelzão sobre a Meta 2010 e 2014
Apresentação Projeto manuelzão sobre a Meta 2010 e 2014
Apresentação Projeto manuelzão sobre a Meta 2010 e 2014
Apresentação Projeto manuelzão sobre a Meta 2010 e 2014
Apresentação Projeto manuelzão sobre a Meta 2010 e 2014
Apresentação Projeto manuelzão sobre a Meta 2010 e 2014
Apresentação Projeto manuelzão sobre a Meta 2010 e 2014
Apresentação Projeto manuelzão sobre a Meta 2010 e 2014
Apresentação Projeto manuelzão sobre a Meta 2010 e 2014
Apresentação Projeto manuelzão sobre a Meta 2010 e 2014
Apresentação Projeto manuelzão sobre a Meta 2010 e 2014
Apresentação Projeto manuelzão sobre a Meta 2010 e 2014
Apresentação Projeto manuelzão sobre a Meta 2010 e 2014
Apresentação Projeto manuelzão sobre a Meta 2010 e 2014
Apresentação Projeto manuelzão sobre a Meta 2010 e 2014
Apresentação Projeto manuelzão sobre a Meta 2010 e 2014
Apresentação Projeto manuelzão sobre a Meta 2010 e 2014
Upcoming SlideShare
Loading in...5
×

Thanks for flagging this SlideShare!

Oops! An error has occurred.

×
Saving this for later? Get the SlideShare app to save on your phone or tablet. Read anywhere, anytime – even offline.
Text the download link to your phone
Standard text messaging rates apply

Apresentação Projeto manuelzão sobre a Meta 2010 e 2014

2,170

Published on

Apresentação Projeto manuelzão sobre a Meta 2010 e 2014 para o rio das Velhas

Apresentação Projeto manuelzão sobre a Meta 2010 e 2014 para o rio das Velhas

0 Comments
0 Likes
Statistics
Notes
  • Be the first to comment

  • Be the first to like this

No Downloads
Views
Total Views
2,170
On Slideshare
0
From Embeds
0
Number of Embeds
0
Actions
Shares
0
Downloads
17
Comments
0
Likes
0
Embeds 0
No embeds

Report content
Flagged as inappropriate Flag as inappropriate
Flag as inappropriate

Select your reason for flagging this presentation as inappropriate.

Cancel
No notes for slide

Transcript

  • 1. Velhas 2014
  • 2. OS RESULTADOS DA META 2010
  • 3. Epicentro da Meta 2010
  • 4. Gráfico 1: Evolução da vazão dos esgotos tratados, 2009 Bacia do Rio das Velhas - RMBH 140.000.000 (84,00%) 127.090.080 120.000.000 100.000.000 102.176.040 (57,33%) 85.907.533 (68,00%) Vazão (m³/ano) 80.000.000 77.160.496 (52,56%) 60.000.000 (31,95%) 46.799.424 53.052.382 (34,15%) 46.348.459 (32,08%) 40.000.000 41.567.602 (28,29%) 20.000.000 (2,32%) (1,34%) (2,12%) 4.780.858 4.779.985 3.900.372 4.902.673 (2,24%) 0 1999 2000 2001 2002 2003 2004 2005 2006 2007 2008 2009 2010 OBS: O percentual no gráfico se refere ao esgoto tratado em relação ao coletado Anos• Fonte: Copasa, 2009
  • 5. Gráfico : IQA do Ribeirão Arrudas e do Rio das Velhas, 1997-2009 Tratamento Tratamento Primário SecundárioFonte: IGAM, dados do monitoramento das águas superficiais do Rio das Velhas,1997- 2009
  • 6. Gráfico 6: Oxigênio dissolvido e demanda bioquímica de oxigênio na foz do ribeirão Arrudas, 1997-2009 Tratamento Tratamento Primário SecundárioFonte: IGAM, dados do monitoramento das águas superficiais do Rio das Velhas,1997 a 2009
  • 7. Gráfico 7: Impacto do Ribeirão do Onça na Qualidade das águas do Rio das Velhas 1997-2009
  • 8. Gráfico : Influência do Rio Jaboticatubas na qualidade das águas do VelhasFonte: IGAM, dados do monitoramento das águas superficiais do Rio das Velhas- 2006 a 2009
  • 9. Influência do Rio Taquaraçú na Qualidade das Águas do Rio das Velhas 100,00Índice de Qualidade das Áquas - IQA 90,00 80,00 70,00 60,00 50,00 40,00 30,00 20,00 10,00 0,00 Rio das Velhas a jusante do Ribeirão da Mata Foz do Rio Taquaraçu Rio das Velhas em Lagoa Santa
  • 10. ORGANISMOS ORGANISMOS ORGANISMOSRESISTENTES TOLERANTES SENSÍVEIS
  • 11. RIO DAS VELHAS As ações implementadas pela para despoluição do Rio das Velhas já vem dando resultados. Espécies de peixes estão sendo detectadas rio acima.
  • 12. Velhas (gráfico 2). Gráfico 2: Comparação entre o IDH e IQA, 2000 Fonte: Fundação João Pinheiro (IDH) e IGAM (IQA), 2000
  • 13. Parque Linear da Av. Nossa Senhora da Piedade Fonte: - Drenurbs
  • 14. Figura : Destino final do lixo municipal,2002
  • 15. VELHAS 2014 : garantir a volta dos peixes e nadar na região metropolitana do rio das Velhas.• O VELHAS 2014 propõe três focos de atuação:• um foco na recuperação da região mais degradada da calha do Velhas que é a RMBH;• segundo foco na preservação ou conservação da bacia do Cipo-Paraúna, reserva biológica natural da bacia do Velhas;• o terceiro foco de ações de preservação e recuperação das dezenas de sub-bacias do Velhas, envolvendo todas as prefeituras e empresas das respectivas áreas hidrográficas e em torno da liderança e função legal atribuída aos Sub Comitês de bacias que integram o sistema CBH Velhas.
  • 16. AÇÕES ESTRATÉGICAS DO PROJETO VELHAS 2014:• 100% de intercepção dos esgotos de Belo Horizonte• Revitalização do ribeirão Pampulha-Onça e Arrudas• Tratamento de esgotos de todas as cidades da bacia do ribeirão da Mata• Tratamento de esgoto de Sabará – ribeirão Caeté-Sabará• Tratamento de esgoto de Nova Lima – ribeirão Água Suja• Fortalecimento do comitê de bacia e um novo plano diretor da bacia• Garantir que todos os afluentes sejam no minímo classe II, e os que estão em classe especial e I assim se mantenham• Integração de gestão ambiental com a gestão das águas• Tratamento terciário nas etes.• Tratamento adequado dos resíduos sólidos• Polítca de agroecologia e combate ao agrotóxico• saneamento rural
  • 17. • A META 2010 findou com os seus ganhos e perdas, e esgotou as possibilidades do arranjo proposto. • O projeto VELHAS 2014 foi requerer um novo arranjo institucional, não pode ser mais somente um projeto COPASA, tem que envolver diversos setores do governo do estado - agricultura, meio ambiente, saúde,planejamento,desenvolvimento econômico e outros -, prefeituras, Comitê de bacia, ministério publico, setores empresarias e sociedade civil.
  • 18. MARCUS VINICIUS POLIGNANO mupoli@medicina.ufmg.br www.manuelzao.ufmg.br Obrigado!

×