Your SlideShare is downloading. ×
Casasolar2011
Upcoming SlideShare
Loading in...5
×

Thanks for flagging this SlideShare!

Oops! An error has occurred.

×

Introducing the official SlideShare app

Stunning, full-screen experience for iPhone and Android

Text the download link to your phone

Standard text messaging rates apply

Casasolar2011

1,170
views

Published on

Published in: Education

0 Comments
0 Likes
Statistics
Notes
  • Be the first to comment

  • Be the first to like this

No Downloads
Views
Total Views
1,170
On Slideshare
0
From Embeds
0
Number of Embeds
0
Actions
Shares
0
Downloads
47
Comments
0
Likes
0
Embeds 0
No embeds

Report content
Flagged as inappropriate Flag as inappropriate
Flag as inappropriate

Select your reason for flagging this presentation as inappropriate.

Cancel
No notes for slide

Transcript

  • 1. Centro de Pesquisas de Energia Elétrica As energias solar e eólica no Brasil Bruno Montezano Rio de Janeiro, 21/10/10 DTECentro de Pesquisas de Energia Elétrica - Cepel CASA SOLAR | 2011
  • 2. CEPEL • Centro de P&D do Sistema Eletrobrás • Maior centro do Brasil em P&D de energia elétrica • Maiores laboratórios de alta tensão e potência na América Latina • Associação sem fins lucrativos fundada em 1974 • Mais de 500 funcionários e 100 parceiros de Universidades • Infra-estrutura de P&D de US$ 300 milhões • Orçamento anual de cerca de R$ 135 milhões • Apoio Técnico para o Sistema Eletrobrás, Governo (MME), Entidades Setoriais (ONS, CCEE, EPE e ANEEL), concessionárias e indústria Unidade Ilha do Fundão Unidade AdrianópolisCentro de Pesquisas de Energia Elétrica - Cepel CASA SOLAR | 2011
  • 3. Centro de Referência para EnergiaSolar e Eólica Sérgio Brito – CRESESB Promover o desenvolvimento das energias solar e eólica através da difusão de conhecimentos, da ampliação do diálogo entre as entidades envolvidas e do estímulo à implementação de estudos e projetos.Centro de Pesquisas de Energia Elétrica - Cepel CASA SOLAR | 2011
  • 4. Sumário • Introdução • Contexto Nacional e Internacional da Energia Eólica • Contexto Nacional e Internacional da Energia Solar • Casa Solar EficienteCentro de Pesquisas de Energia Elétrica - Cepel CASA SOLAR | 2011
  • 5. Características do Setor ElétricoBrasileiro Matriz Matriz Energética Brasileira - 2009 Energética Brasileira - 2009 PETRÓLEO e DERIVADOS GÁS NATURAL 8,8% 37,9% 4,8% CARVÃO MINERAL 1,4% URÂNIO HIDRÁULICA e RENOVÁVEIS 15,2% BIOMASSA DERIVADOS DA CANA-DE-AÇÚCAR 18,0% Renováveis 32,0% LENHA E CARVÃO Brasil: 47,2 % 10,1% VEGETAL OECD: 7,2 % OUTRAS RENOVÁVEIS 3,8% Mundo: 12,7 % (Fonte: Resenha Energética 2009. MME, Mar/2010)Centro de Pesquisas de Energia Elétrica - Cepel CASA SOLAR | 2011
  • 6. Características do Setor ElétricoBrasileiro Capacidade de Geração Elétrica no Brasil Matriz Elétrica Brasileira Total: 122,7 GW Hidro Gás 66.50% Petróleo Biomassa 6.66% Nuclear Carvão Mineral Eólica 0.81% Importação 1.58% 1.64% 6.64% 5.42% Total: 122,7 GW 10.75% (Fonte: Banco de Informações de Geração. ANEEL, 8/6/2011)Centro de Pesquisas de Energia Elétrica - Cepel CASA SOLAR | 2011
  • 7. Setor Elétrico Brasileiro Capacidade Instalada Fonte Potência [MW] % Hidrelétrica 81.602 71,23 Térmica 21.801 19,03 Biomassa 8.149 7,11 114,6 GW Nuclear 2.007 1,75 Eólica 999 0,87 Total 114.558 100,00  Linhas de Transmissão: 97.703 km (alta voltagem)  98% do mercado de energia elétrica é suprido através do Sistema Interligado Nacional (SIN); o sistema isolado representa 2% do mercado concentrando 3% da população Consumidores 63.3 milhões Energia Gerada 499 TWh/ano Pico de consumo 64,9 GW (Fonte: ANEEL, 2011, MME,2009)Centro de Pesquisas de Energia Elétrica - Cepel CASA SOLAR | 2011
  • 8. Características do Setor Elétrico 8Brasileiro Linhas de Transmissão de dimensões continentais BRASIL 3,900 km EUROPA (Fonte: MME, 2009)Centro de Pesquisas de Energia Elétrica - Cepel CASA SOLAR | 2011
  • 9. Recursos Renováveis no BrasilManual de Inventário Hidrelétrico Potencial Hidrelétrico Norte 111.396 MW Nordeste 26.268 MW Sudeste e Centro-oeste Brasil 78.716 MW Potencial: 260 GW Aproveitado: 30% Inventariado: 40% Sul Estimado: 30% 42.030 MW (Fonte: WEC 2005)Centro de Pesquisas de Energia Elétrica - Cepel CASA SOLAR | 2011
  • 10. Energia Hidráulica • As vantagens de uma usina hidrelétrica são o fato de sua operação não ser poluente e de a água ser uma fonte renovável. As barragens também controlam a vazão dos rios, minimizando os efeitos das enchentes. • As desvantagens são a desapropriação de terras produtivas pela inundação e o impacto ambiental do alagamento, que provoca a perda de vegetação e da fauna terrestres. Além disso existem estudos que indicam emissão de gás de efeito estufa do reservatório devido a decomposição da matéria orgânica submersa com a construção do reservatório (COPPE/UFRJ).Centro de Pesquisas de Energia Elétrica - Cepel CASA SOLAR | 2011
  • 11. Usinas Hidrelétricas do Brasil USINAS HIDRELÉTRICAS em Operação UHE (MW) Usina [MW] Proprietário Município Rio Outorgada 17.174,8 Tucuruí I e II 8.370,0 ELETRONORTE Tucuruí – PA Tocantins Em Obras 8.347,0 Itaipu (Parte 7.000,0 Itaipu Binacional Foz do Iguaçu – PR Paraná Brasileira) Em Operação 81.602,0 Companhia Energética Ilha Solteira - SP / Ilha Solteira 3.444,0 Paraná de São Paulo Selvíria – MS UHE (no de Canindé de São Francisco empreendimentos) Xingó 3.162,0 CHESF São Francisco - SE / Piranhas – AL Outorgada 237 Delmiro Gouveia - AL / Paulo Afonso IV 2.462,4 CHESF São Francisco Paulo Afonso - BA Em Obras 62 USINAS HIDRELÉTRICAS em Construção Em Operação 908 Usina [MW] Proprietário Município Rio Energia Sustentável do Jirau 3.300,0 Porto Velho - RO Madeira Brasil S.A. Potência Total: Santo Antônio 3.150,4 Santo Antônio Energia S.A. Porto Velho - RO Madeira 81,6 GW Instalados USINAS do tipo UHE em Outorga Total: 908 Usinas Usina [MW] Proprietário Município Rio Belo Monte 11.233,1 Norte Energia S.A. Vitória do Xingu - PA Xingu em Operação Grupo de Empresas Ananás - TO / Santa Isabel 1.087,0 Araguaia Privadas Palestina do Pará – PA (Fonte: Banco de Informações de Geração. ANEEL, 8/6/2011)Centro de Pesquisas de Energia Elétrica - Cepel CASA SOLAR | 2011
  • 12. Pespectivas da Energia Hidráulica • É a fonte de energia que ainda apresenta os menores custos de geração. Os custos da energia gerada pelas Usinas Hidrelétricas brasileiras é na faixa de 70-80 R$/MWh. • Os maiores potenciais remanescentes estão localizados em regiões com fortes restrições ambientais e distantes dos principais centros consumidores. • As Pequenas Centrais Hidréletrica (PCHs), com potências de 1-30 MW, operam a fio d’água com reservatórios limitados. Essa modalidade de aproveitamento hidráulico apresenta um menor impacto ambiental sendo enquadrada com uma fonte alternativa.Centro de Pesquisas de Energia Elétrica - Cepel CASA SOLAR | 2011
  • 13. Tecnologias em Foco(energia renovável complementar) Eólica Solar fotovoltaica Solar térmicaCentro de Pesquisas de Energia Elétrica - Cepel CASA SOLAR | 2011
  • 14. Aplicações da Energia Eólica Catavento – Bombeamento d’água • Residências • Fazendas • Aplicações RemotasCentro de Pesquisas de Energia Elétrica - Cepel CASA SOLAR | 2011
  • 15. Aplicações da Energia Eólica Pequeno Porte Intermediário (10 kW) (10-250 kW) • Residências • Sistemas • Fazendas Híbridos • Aplicações • Geração Remotas Distribuída Grande Porte (250 kW - 5+MW) • Parques Eólicos • Geração DistribuídaCentro de Pesquisas de Energia Elétrica - Cepel CASA SOLAR | 2011
  • 16. Configurações de Aerogeradores Cubo Rotor Eixo Multiplicador Gerador Nacele Torre (Fonte: CRESESB, 2008)Centro de Pesquisas de Energia Elétrica - Cepel CASA SOLAR | 2011
  • 17. Desenvolvimento da Tecnologia Evolução da potência dos 7.000 kW aerogeradores 5,000 kW 140 Diâmetro do rotor (m) Aerogeradores de Série 2,500 kW 120 Protótipos 1,500 kW 100 80 600 kW 60 500 kW 40 300 kW 50 kW 20 0 1980 1985 1990 1995 2000 2005 2010 Ano (Fonte: DEWI, 2006)Centro de Pesquisas de Energia Elétrica - Cepel CASA SOLAR | 2011
  • 18. Potência Eólica Instaladano Mundo 196,6 GW instalados no mundo em 2010 (Fonte: WWEA, 2011. World Wind Energy Report 2010)Centro de Pesquisas de Energia Elétrica - Cepel CASA SOLAR | 2011
  • 19. Potencial Eólico Brasileiro Potencial Eólico: 143,5 GW Altura de Referência: 50m (Fonte: Atlas do Potencial Eólico Brasileiro. CEPEL, 2001)Centro de Pesquisas de Energia Elétrica - Cepel CASA SOLAR | 2011
  • 20. Complementaridade sazonal entreos ventos e as vazões hídricas Sazonalidade das Usinas Eólicas do Proinfa 6.000 350.000 Eólicas - NE PROINFA - Eólicas do NE (MWh) 300.000 5.000 250.000 Vazão (m3/s) 4.000 200.000 3.000 150.000 2.000 100.000 1.000 50.000 Vazão do Rio São Francisco 0 0 JAN FEV MAR ABR MAI JUN JUL AGO SET OUT NOV DEZ Potencializa maior estabilidade sazonal de ofertaCentro de Pesquisas de Energia Elétrica - Cepel CASA SOLAR | 2011
  • 21. Atlas do Potencial EólicoIniciativas Estaduais• Alagoas http://www.desenvolvimentoeconomico.al.gov.br/min as-e-energia/mapa-eolico/• Bahia http://www.coelba.com.br/• Ceará http://www.seinfra.ce.gov.br/• Espírito Santo http://www.aspe.es.gov.br/atlaseolico/• Minas Gerais http://www.cemig.com.br/atlas_eolico_2010/index.ht m• Paraná http://www.copel.com/download/mapa_eolico/Atlas_d o_Potencial_Eolico_do_Estado_do_Parana.pdf http://www.copel.com/download/mapa_eolico/Mapa_d o_Potencial_Eolico_do_Estado_do_Parana.pdf• Rio de Janeiro Governo do Estado - Secretaria de Estado de Energia, da Indústria Naval e do Petróleo• Rio Grande do Norte http://www.cosern.com.br/ARQUIVOS_EXTERNOS/PD F/mapa_eolico.pdf• Rio Grande do Sul http://www.semc.rs.gov.br/index.php?menu=atlaseoli coCentro de Pesquisas de Energia Elétrica - Cepel CASA SOLAR | 2011
  • 22. Usinas Eólicas do Brasil Potência Total Instalada: USINAS EÓLICAS em Operação Usina MW Proprietário Município 998,5 MW (0,81%) Eólica Formosa Geração e 51 Plantas em operação Praia Formosa 104,4 Comercialização de Energia Camocim – CE S.A. Parque Eólico PROINFA – Eólica (MW) 70,0 Elebrás Projetos S.A Tramandaí – RS Elebrás Cidreira 1 Contratado 1.422,9 Bons Ventos Geradora de Canoa Quebrada 57,0 Aracati – CE Energia S.A. Em Operação 902,4 Eólica Icaraizinho Geração e Em Construção 520,5 Eólica Icaraizinho 54,6 Comercialização de Energia Amontada – CE S.A. Alegria I 51,0 New Energy Options Geração Guamaré - RN PROINFA – Eólica de Energia S/A (# Projetos) Situação Atual dos Empreendimentos de Energia Eólica Contratado 57 # Projetos Situação Atual Potência [MW] Em Operação 43 115 Outogardos 3.771,7 Em Construção 14 35 Em construção 928,0 51 Em operação 998,5 (Fonte: Banco de Informações de Geração. ANEEL, 8/6/2011)Centro de Pesquisas de Energia Elétrica - Cepel CASA SOLAR | 2011
  • 23. Sistemas de Grande Porte Mucuripe – 2,4 MW (Fortaleza, CE) Osório – 50 MW (Osório, RS) (http://www.suzlen.com)RN 15 – 49,3 MW (Rio do Fogo, RN) Paracuru – 23,5 MW (Paracuru, CE)Centro de Pesquisas de Energia Elétrica - Cepel CASA SOLAR | 2011
  • 24. Benefícios da Energia Eólica • É uma fonte de energia limpa e renovável que não produz a emissão de gases de efeito estufa ou resíduos tóxicos. Contribui para o combate às mudanças climáticas. • Projetada para operar por mais de 20 anos e, ao final de sua vida útil, a área pode ser restaurada com baixo financeiros e ambientais. É uma forma de desenvolvimento essencialmente reversível. • Melhora da segurança e confiabilidade do fornecimento de energia elétrica com a diversificação da matriz. • Reduz a dependência de importação de energia. • A geração de empregos com desenvolvimento do mercado de energia eólica.Centro de Pesquisas de Energia Elétrica - Cepel CASA SOLAR | 2011
  • 25. Perspectivas da Energia EólicaCentro de Pesquisas de Energia Elétrica - Cepel CASA SOLAR | 2011
  • 26. Perspectivas da Energia Eólica • Energia limpa e renovável é uma alternativa a expansão de geração térmica contribuindo para mitigação das mudanças climáticas (um único aerogerador de 1,8 MW poupa a emissão de mais de 2 ton de CO2 anualmente). • Perspectivas de crescimento com o custo da eletricidade gerada em queda contínua. Entre 1990 e 2008, a capacidade instalada no mundo dobrava a cada 3 anos coincidindo reduções de 15% nos preços. • O grande potencial eólico brasileiro e a evolução tecnológica dos aerogeradores apontam a energia eólica como uma alternativa viável econômica e ambientalmente. • Nos leilões realizados em ago/2011, foram comercializados o equivalente a 1.928,8 MW instalados, distribuídos entre 78 projetos, com preço médio da energia de 99,56 R$/MWh. O preço de referência da energia hidrelétrica homologado pela ANEEL é de R$ 64,69/MWh. • Apresenta fatores de capacidade entre 42% e 32%, enquanto usinas elétricas convencionais apresentam em média 60%. Energia Eólica X Complementares Energia de Fonte HídricaCentro de Pesquisas de Energia Elétrica - Cepel CASA SOLAR | 2011
  • 27. Tecnologias em Foco(energia renovável complementar) Eólica Solar fotovoltaica Solar térmicaCentro de Pesquisas de Energia Elétrica - Cepel CASA SOLAR | 2011
  • 28. Energia Solar O Sol envia para a Terra energia equivalente a cerca de 10.000 vezes o consumo mundial de energia brutaCentro de Pesquisas de Energia Elétrica - Cepel CASA SOLAR | 2011
  • 29. Radiação Solar Global 40º N O “Cinturão” Solar 35º S (Fonte: Wikipedia)Centro de Pesquisas de Energia Elétrica - Cepel CASA SOLAR | 2011
  • 30. Potencial Solar (Fonte: Atlas Solarimétrico do Brasil. UFPE, 2000)Centro de Pesquisas de Energia Elétrica - Cepel CASA SOLAR | 2011
  • 31. Painéis fotovoltaicosPotência instalada em nível mundial (Fonte: SOLARBUZZ, 2009/ PHOTON INTERNATIONAL, 2008)Centro de Pesquisas de Energia Elétrica - Cepel CASA SOLAR | 2011
  • 32. Painéis fotovoltaicosVenda anual em nível mundial (Fonte: IDEAL, 2011, http://www.americadosol.org/vendas/)Centro de Pesquisas de Energia Elétrica - Cepel CASA SOLAR | 2011
  • 33. Painéis fotovoltaicosConsumo anual por Aplicação (Fonte: IDEAL, 2011, http://www.americadosol.org/vendas/)Centro de Pesquisas de Energia Elétrica - Cepel CASA SOLAR | 2011
  • 34. Efeito Fotovoltaico Efeito Fotovoltaico – Conversão direta de energia luminosa (fótons) em energia elétrica Célula Fotovoltaica – construída a partir de uma junção p-n de material semicondutor, tem a propriedade de implementar o efeito fotovoltaico. (Fonte: http://micro.magnet.fsu.edu/primer/java/solarcell/index.html, 05/2009)Centro de Pesquisas de Energia Elétrica - Cepel CASA SOLAR | 2011
  • 35. Módulos Fotovoltaicosdisponíveis no mercado a) Silício Cristalino (c-SI) (a) m-SI b) Silício amorfo hidrogenado (a-Si) c) Telureto de cádmio (CdTe) d) Disseleneto de cobre (gálio) e índio (CIS e CIGS) e) Módulos coloridos (a) p-SI f) Módulos High Power (b) (e) (c) (Fonte: IDEAL, 2011, http://www.americadosol.org/tecnologias-no-mercado-3/)Centro de Pesquisas de Energia Elétrica - Cepel CASA SOLAR | 2011
  • 36. Células Fotovoltaicas de Si Silício monocristalino Silício policristalino Silício amorfo (mono-Si) (poly-Si) (a-Si) • Rendimento: 18% • Rendimento: 16% • Rendimento: 8% • Custo Elevado • Menor Custo de fabricação • Menor Custo • Vida Útil: 20-40 anos comparado a célula de • Vida Útil: 15-25 anos silício monocristalino • Vida Útil: 20-40 anosCentro de Pesquisas de Energia Elétrica - Cepel CASA SOLAR | 2011
  • 37. Sistema Fotovoltaico Isolado Sistema Isolado com Inversor de Tensão Instalado em áreas de difícil acesso a rede elétrica, normalmente zonas rurais, neste caso a energia fotovoltaica é a única fonte de eletricidade e é necessário algum armazenamento, como baterias. Tais sistemas podem ser de geração apenas para uma residência ou pode ser instalado em mini-redes para atender uma pequena comunidade.Centro de Pesquisas de Energia Elétrica - Cepel CASA SOLAR | 2011
  • 38. Sistema Fotovoltaico Híbrido Sistema Híbrido com Geração Eólica (Fonte: CRESESB, 2005) A geração fotovoltaica funciona em conjunto com outros, como geradores eólicos ou diesel. Considerados mais complexos, tais sistemas exigem um controle capaz de integrar as diferentes formas de geração de energia. Estes sistemas podem estar conectados a rede, isolados ou ter o apoio da rede.Centro de Pesquisas de Energia Elétrica - Cepel CASA SOLAR | 2011
  • 39. Sistema FotovoltaicoResidencial Conectado à Rede (Fonte: www.wright-way.com/solar-power.htm) Este é o tipo mais popular de instalações PV, normalmente sobre o telhado de casas e escritórios, e no qual é necessário a presença de um inversor, para transformar a energia em corrente contínua para corrente alternada. A energia gerada pelos painéis é entregue a rede elétrica convencional.Centro de Pesquisas de Energia Elétrica - Cepel CASA SOLAR | 2011
  • 40. Mercado mundial depainéis fotovoltaicos • Incentivos governamentais expressivos têm sido utilizados para o desenvolvimento deste mercado (feed-in, incentivos fiscais, linhas de financiamento especiais, etc.) • Centenas de fabricantes de painéis fotovoltaicos no mundo • Predominância de aplicações conectadas na rede elétrica • Custos: US$ 2,00/W (célula); US$ 5,00/W (módulo completo) • Evolução tecnológica: Si amorfo com eficiência de 11,3% • Brasil: Maior exportador de Si grau metalúrgico do mundo (Fonte: PHOTON INTERNATIONAL, 2009)Centro de Pesquisas de Energia Elétrica - Cepel CASA SOLAR | 2011
  • 41. Instalações Fotovoltaicas (Fonte: CEPEL, 1999) (Fonte: CEPEL, 1999) Crianças assistindo à TV pela primeira Sistema de bombeamento da vez na comunidade de Boa Sorte. comunidade de Boa Sorte. Município de Dianópolis - Tocantins Município de Dianópolis - TocantinsCentro de Pesquisas de Energia Elétrica - Cepel CASA SOLAR | 2011
  • 42. Sistema de BombeamentoFotovoltaico (Fonte: CEPEL, 1999) Sistema energético no posto de saúde e (Fonte: CEPEL, 1999) bombeamento da comunidade de Lago Novo Município de Tartarugalzinho - AMAPÁ Abastecimento comunitário de água da comunidade de Amapá Grande Município de Amapá - AMAPÁCentro de Pesquisas de Energia Elétrica - Cepel CASA SOLAR | 2011
  • 43. Universalização:metas e desafios (Fonte: MME, 2004)Centro de Pesquisas de Energia Elétrica - Cepel CASA SOLAR | 2011
  • 44. Perspectivas • Tem sido utilizada, no Brasil, em aplicações distantes da rede, em particular na região amazônica e no interior da região nordeste (exemplo: PRODEEM / Luz para Todos). • Os custos médios variam de 400-1200,00 R$/MWh. • No Brasil, se houver uma redução de custos ainda mais significativa do que a que já está se verificando, aplicações interligadas podem contribuir num cenário distante de substituição de fontes térmicas. • Proposta de regulamentação para microgeração de energia com fontes renováveis (<100 kW) foi apresentada pela ANEEL em out/2011. (ANEEL, 2011)Centro de Pesquisas de Energia Elétrica - Cepel CASA SOLAR | 2011
  • 45. Tecnologias em Foco(energia renovável complementar) Eólica Solar fotovoltaica Solar térmicaCentro de Pesquisas de Energia Elétrica - Cepel CASA SOLAR | 2011
  • 46. Solar TérmicoAquecimento solar residencial Grande oportunidade de crescimento da utilização de coletores solares planos para aquecimento de água. É desejável que uma legislação adequada e a disponibilidade de financiamento estimulem sua utilização. (Fonte: http://www.komeco.com.br/assets/)Centro de Pesquisas de Energia Elétrica - Cepel CASA SOLAR | 2011
  • 47. Aquecimento Solar Residencial Reservatório de Água Quente Instalação (Fonte: http://www.komeco.com.br/assets/)Centro de Pesquisas de Energia Elétrica - Cepel CASA SOLAR | 2011
  • 48. Solar TérmicoAquecimento solar residencial • O Brasil possui a sétima maior área de coletores solares instalados do mundo: 3,1 milhões de m²: – 84% no setor residencial; – 15% no setor terciário (hotéis e serviços); – 1% no setor industrial. • Em termos populacionais, o Brasil possui apenas 1,72 m² de área coletora instalada para cada 100 mil habitantes, muito atrás de Chipre (84,4), Barbados (26,9) e Turquia (13,5). • A taxa média de crescimento anual da área coletora instalada no Brasil é de 14%, enquanto no Canadá é de 50%, na Alemanha de 39% e na França e na Grécia, de 34%. (Fonte: Solar Heat Worldwide, Edition 2008)Centro de Pesquisas de Energia Elétrica - Cepel CASA SOLAR | 2011
  • 49. Solar TérmicoGeração de Energia Elétrica - Heliotermia Potência Instalada (MW) Concentrador 468 MW Parabólico Torre Central 11 MW Torre Central (Fonte: Wikipedia, 2008) Concentrador parabólico Disco parabólicoCentro de Pesquisas de Energia Elétrica - Cepel CASA SOLAR | 2011
  • 50. Solar TérmicoGeração de Energia Elétrica - Heliotermia • Custos de Instalação: – Plantas sem armazenamento térmico : 5000 Euros/kW – Plantas com armazenamento térmico : 6000 - 7000 Euros/kW • Custos da Energia Gerada: – Plantas comerciais : 0,22 Euros/kWh (2007) Desde que haja uma diminuição de custos muito significativa, a geração heliotérmica poderá ser empregada, em particular na Região Nordeste. Iniciativa governamental de criação de grupos para estabelecimento de uma agenda de P&DCentro de Pesquisas de Energia Elétrica - Cepel CASA SOLAR | 2011
  • 51. Casa Solar EficienteCentro de Pesquisas de Energia Elétrica - Cepel CASA SOLAR | 2011
  • 52. Planta Baixa 1. Painel Rastreador 2. Aerogerador 3. Banco de Baterias 4. Painel Fotovoltaico 5. Iluminação Pública 6. Aquecimento Solar Térmico 7. Sistema de Bombeamento 8. Sala de Controle 9. Cozinha 10. Auditório 11. Sala de Eficiência Energética 12. BanheiroCentro de Pesquisas de Energia Elétrica - Cepel CASA SOLAR | 2011
  • 53. Configuração Elétrica Painel Fotovoltaico: 1993 Wp Baterias: 750Ah/48Vcc (20 unidades) Inversor: 48Vcc/120Vca/60Hz-4kW Autonomia: 72 horas Consumo: 7,5 kWh Rad. Média Anual: 4,75 - 5,25 kWh/m2.dia (Fonte: CRESESB, 2010)Centro de Pesquisas de Energia Elétrica - Cepel CASA SOLAR | 2011
  • 54. Obrigado! Bruno Montezano www.cepel.br/cresesb crese@cepel.brCentro de Pesquisas de Energia Elétrica - Cepel CASA SOLAR | 2011