Saiba mais sobre a gagueira infantil
Upcoming SlideShare
Loading in...5
×
 

Saiba mais sobre a gagueira infantil

on

  • 493 views

 

Statistics

Views

Total Views
493
Views on SlideShare
493
Embed Views
0

Actions

Likes
0
Downloads
0
Comments
0

0 Embeds 0

No embeds

Accessibility

Categories

Upload Details

Uploaded via as Adobe PDF

Usage Rights

© All Rights Reserved

Report content

Flagged as inappropriate Flag as inappropriate
Flag as inappropriate

Select your reason for flagging this presentation as inappropriate.

Cancel
  • Full Name Full Name Comment goes here.
    Are you sure you want to
    Your message goes here
    Processing…
Post Comment
Edit your comment

Saiba mais sobre a gagueira infantil Document Transcript

  • 1. Saiba mais sobre a gagueira infantil O que mais ajuda a criança com gagueira é a atitude da família Fátima Petronieri Colaboradora: Fátima Petronieri O programa Saúde em Questão desta quinta-feira, 23 de maio, recebeu a fonoaudióloga do Núcleo Integrado de Recuperação de Perus (NIR Perus), Alcione Campiotto, para uma conversa sobre a Gagueira Infantil. Também chamada de disfemia, a gagueira é um distúrbio que se caracteriza por interrupções na fluência verbal. Essas interrupções vem acompanhadas por repetições ou prolongamentos, audíveis ou não, de sílabas e sons. Essas alterações na fala não são controladas e podem vir acompanhadas por medos, insegurança, irritação, excitações etc. Segundo a fonoaudióloga, estima-se que 1% da população mundial tem o distúrbio da gagueira persistente (que começa na infância e permanece na vida da pessoa, chamada “crônica”). Para a fonoaudióloga, Alcione Campiotto, a posição da família, dos professores e de todas as pessoas que convivem com a criança auxilia no tratamento da gagueira crônica. “A melhor atitude da família é sempre a própria tranquilidade, o que mais ajuda a pessoa gaga é você ficar tranquilo”, disse. Para a gagueira não existe cura, mas sim tratamento. O programa ainda abordou o modo como a criança deve ser tratada na escola, na família, como pode surgir a gagueira, quais suas consequências e como tratá-la.
  • 2. “O ideal é assistir cada sujeito dentro da sua dificuldade, considerando-o como uma pessoa que gagueja não como um gago”, finalizou. Saiba mais em: Abra Gagueira - http://www.abragagueira.org.br/gagueirainfantil.asp