Idade. 75% das crianças de 2 a 4 anos atingidas
Cura da gagueira chega a 90% em crianças
Problema comum entre as crianças,...
Conheça as dificuldades na fala das crianças
Disfluência normal.
Em seu desenvolvimento normal, a criança pode ser disflue...
Upcoming SlideShare
Loading in...5
×

Cura da gagueira chega a 90% em crianças

367

Published on

0 Comments
0 Likes
Statistics
Notes
  • Be the first to comment

  • Be the first to like this

No Downloads
Views
Total Views
367
On Slideshare
0
From Embeds
0
Number of Embeds
0
Actions
Shares
0
Downloads
1
Comments
0
Likes
0
Embeds 0
No embeds

No notes for slide

Transcript of "Cura da gagueira chega a 90% em crianças"

  1. 1. Idade. 75% das crianças de 2 a 4 anos atingidas Cura da gagueira chega a 90% em crianças Problema comum entre as crianças, a gagueira pode apresentar até 90% de cura quando for diagnosticada e tratada ainda na infância. A disfunção é comum, pois, durante os primeiros anos de vida, os pequenos atravessam um período de falta de de ritmo normal na fala, quando estão aprendendo a conversar. Aos pais cabe o papel de não reprimi-los para que eles tenham mais liberdade no desenvolvimento da fala. A dificuldade para mencionar palavras e o costume em hesitar ou repetir determinadas sílabas pode representar três tipos de gagueira: A disfluência normal; a gagueira leve e a gagueira severa - quando 10% da fala é prejudicada. Especialista no assunto, a fonoaudióloga Sarah Quintairos garante que, para que o problema seja resolvido, um dos primeiros passos é ter calma com as crianças e não se deixar levar pela vontade de corrigi-las. "É importante deixá-las falar mesmo gaguejando. Assim, elas não se sentirão intimidadas e reprimidas e não haverá interferência no desenvolvimento da fala. O aspecto emocional prejudica muito", diz a especialista. Outra dica é trabalhar constantemente o ritmo da fala. "Cantar e falar de forma a marcar o ritmo das sílabas com os pés ou as mãos é uma atividade que e ajuda os pequenos a ganhar fluência". Quando o caso for o mais grave, o caminho é procurar uma terapia. PROBLEMA A disfemia, conhecida popularmente como gagueira, é a mais comum desordem de fluência da fala e atinge dois milhões de pessoas no Brasil e mais de 60 milhões em todo o mundo. Cerca de 75% das crianças entre dois e quatro anos de idade apresentam o problema. (Frederico Goulart) Vila Velha vai sediar encontro nacional de gagos No próximo dia 23 de outubro, Vila Velha vai receber o 3º Encontro Brasileiro de Pessoas que Gaguejam, que será realizado na Faculdade Novo Milênio. A inscrição é gratuita e já pode ser feita no site da Associação Brasileira de Gagueira (Abra Gagueira) - www.abragagueira.com.br. Com o tema "Pessoas que gaguejam, inspirem-se!", o evento contará com palestras de profissionais, diversos depoimentos, discussões sobre os conceitos atuais da gagueira, questões sobre gagueira infantil, diferentes abordagens da terapia do adulto, e ainda um show musical ao fim do encontro. O encontro é destinado a pessoas que gaguejam, seus familiares e amigos, além de fonoaudiólogos e estudantes de fonoaudiologia. DIA A DIA A GAZETA Vitória (ES), sexta-feira, 08 de outubro de 2010
  2. 2. Conheça as dificuldades na fala das crianças Disfluência normal. Em seu desenvolvimento normal, a criança pode ser disfluente. Isso ocorre quando ela repete uma ou duas vezes sílabas ou palavras, por exemplo: pa-pa-pato. Gagueira leve. A criança com gagueira leve repete sons mais de duas vezes, pa-pa-pa-pa pato, por exemplo. A presença de tensão pode ser evidente nos músculos faciais, especialmente ao redor da boca. Gagueira severa. Se seu filho gagueja em mais de 10% da sua fala, apresenta esforço e tensão para falar, evita palavras (muda a palavra) e/ou usa vários sons para começar a falar, ele precisa de terapia. Essas são as características de quem tem gagueira severa DICAS IMPORTANTES - Fale lenta e relaxadamente com seu filho, mas não perca a naturalidade - Preste mais atenção ao conteúdo da mensagem e não no quanto a criança está gaguejando - Mostre que você está prestando atenção ao que a criança fala: acene com a cabeça, sorria, faça sons de aprovação, etc - Mantenha contato de olho com a criança enquanto ela estiver falando - Não apresse a criança a falar - Nunca termine a palavra para seu filho - Não permita que outras pessoas caçoem de sua criança Fonte: Associação Brasileira de Gagueira (Abra Gagueira)

×