Tecnologias Aplicadas à Educação a Distância   Atualização Profissional de tutores no    ambiente virtual de aprendizagem ...
Sumário SUMÁRIO ................................................................................................... 2 INTR...
Introdução as Tecnologias EducacionaisCom o avanço das tecnologias e da Internet, permitiu-se uma solidificação de inúmero...
Ambientes Virtuais de Aprendizagem – AVANos dias atuais, as instituições de ensino utilizam de diferentes sistemas de apre...
Desenvolvido também para instituições de ensino privadas, públicas e universidadescorporativas.                           ...
FilosofiaA filosofia do Moodle conforme as próprias palavras de Dougiamas baseiam-se napedagogia sócio-construtivista:    ...
   Controlar Backup’s;                                             Controlar cursos/disciplinas ;                       ...
Objetos de AprendizagemOs objetos de aprendizagem nada mais são que aplicativos disponíveis no AVA para geririnformações q...
FÓRUMConsiderado o mais utilizado objeto de aprendizagem. É um sistema de colaboraçãoassíncrona. Também chamado de lista d...
Objeto de aprendizagem que permite a composição colaborativa de documentos de formacoletiva. Através deste objeto os parti...
Referências BibliográficasNakamura, Rodolfo. Moodle: como criar um curso usando a plataforma de Ensino à     Distância. Sã...
Upcoming SlideShare
Loading in …5
×

Tecnologias aplicadas à educação a distância na UFVJM

1,784 views
1,612 views

Published on

Trabalho de treinamento para os tutores a distância da Universidade Federal do Vale do Jequitinhonha e Mucuri - UFVJM.

0 Comments
0 Likes
Statistics
Notes
  • Be the first to comment

  • Be the first to like this

No Downloads
Views
Total views
1,784
On SlideShare
0
From Embeds
0
Number of Embeds
3
Actions
Shares
0
Downloads
26
Comments
0
Likes
0
Embeds 0
No embeds

No notes for slide

Tecnologias aplicadas à educação a distância na UFVJM

  1. 1. Tecnologias Aplicadas à Educação a Distância Atualização Profissional de tutores no ambiente virtual de aprendizagem AVA/Moodle Adriano Lima
  2. 2. Sumário SUMÁRIO ................................................................................................... 2 INTRODUÇÃO AS TECNOLOGIAS EDUCACIONAIS.................................................... 3 AMBIENTES VIRTUAIS DE APRENDIZAGEM – AVA ................................................ 4 A EAD NA UFVJM....................................................................................... 4 FORMA DE ACESSO ....................................................................................... 4 APLICAÇÃO ................................................................................................. 4 HISTÓRICO.................................................................................................. 5 FILOSOFIA................................................................................................... 6 PERMISSÕES DE ACESSO................................................................................. 6 OBJETOS DE APRENDIZAGEM........................................................................... 8 COLABORAÇÃO SÍNCRONA E ASSÍNCRONA ........................................................ 10 REFERÊNCIAS BIBLIOGRÁFICAS ....................................................................... 11
  3. 3. Introdução as Tecnologias EducacionaisCom o avanço das tecnologias e da Internet, permitiu-se uma solidificação de inúmerosdispositivos, computadores de última geração, celulares do tipo smartphones, tablets esistemas de comunicação oriundos da própria Internet como MSN, sistemas decomunicação instantânea fóruns de discussão, web-conferências, sites de pesquisa,bibliotecas virtuais, entre tantos outros espaços de convivência de interesses comuns daspessoas, ocasionando em uma rápida disseminação do conhecimento. Assim todos essesbenefícios combinados originaram-se nas atualmente conhecidas TIC’s ou Tecnologia daInformação e Comunicação que vem a cada dia mais contribuindo no âmbito da educaçãoe ultrapassando barreiras geográficas levando conhecimento a todos através deferramentas que vêm ganhando destaque na aplicação da educação à distância – EaD,devido a flexibilidade de horários de estudo e maior interação e motivação noaprendizado, já que a Internet se tornou muito popular nos dias atuais com a facilidade deacesso e a dimensão de dispositivos como os citados acima. Assim como já conhecemos, aEaD utiliza de diversos elementos das TIC’s que oferece um novo formato e diversosrecursos para proporcionar a professores e alunos condições de atuarem de formainteressante.Página Inicial do Sistema AVA da UFVJM.
  4. 4. Ambientes Virtuais de Aprendizagem – AVANos dias atuais, as instituições de ensino utilizam de diferentes sistemas de aprendizagem,também conhecidos como AVA – Ambiente Virtual de Aprendizagem ou LMS – LearningManagement System ou Sistema de Gerenciamento de Aprendizagem. Indiferente de suasnomenclaturas, todos se referem a sites colaborativos com foco em Educação, oferecendodiversos tipos de ferramentas para gestão de conteúdos ou cursos.A EaD na UFVJMA UFVJM dispõe e utiliza em seus cursos a distância do AVA Moodle – Modular Object-Oriented Dynamic Learning Environment ou em uma tradução livre, Ambiente Modular deAprendizagem Dinâmico e Orientado a Objetos ou simplesmente, Sistema de Gestão deAprendizagem. Trata de um sistema de computação livre que possui inúmeras ferramentasou objetos de aprendizagem com foco para educação e que atua de forma colaborativa,permitindo a todos uma participação conjunta na construção do conhecimento.Forma de AcessoO acesso ao AVA Moodle se dá pela Internet, bastando usar suas credenciais de acesso(Nome de usuário e Senha), informadas pela instituição.AplicaçãoO uso do Moodle como plataforma virtual de aprendizagem embora projetado para cursosa distância, pode ser adotado em quaisquer outras como ferramenta de apoio dos alunose professores. Em cursos presenciais, semi-presenciais, web-conferências, entre outros.
  5. 5. Desenvolvido também para instituições de ensino privadas, públicas e universidadescorporativas. Na prática, segundo TEODORO e ROCHA (2007), o MOODLE é um sistema construído para criar ambientes virtuais voltados à aprendizagem. Ou ainda, um “sistema para gerenciamento de cursos destinado a auxiliar educadores na implantação de cursos em um ambiente virtual. Podemos dizer também que o Moodle é um Sistema de Gerenciamento de Aprendizagem em trabalho colaborativo (SGA)”.HistóricoConcebido em 2001, o Moodle foi desenvolvido por Martin Dougiamas, educador ecientista computacional, formação e visão que unidas formou o sistema educacional maisabrangente no mercado nacional e internacional.O Moodle destaca-se principalmente no aprendizado colaborativo utilizando-se detecnologias virtuais, permitindo que alunos e professores interajam através deferramentas de fácil assimilação e familiaridade rápida com os recursos disponíveis.Amplamente difundido, hoje o Moodle é usado em mais de 80 países por milhares deinstituições em diferentes segmentos. Sua distribuição é gratuita sob licença de softwarelivre GNU Public Licence1, sendo sua portabilidade aplicada nos sistemas operacionaisWindows, Linux, Unix e Mac OS.1 O Projeto GNU foi lançado em 27 de setembro de 1983 por Richard Stallman, originando à Fundaçãopara o Software Livre, organização principal que patrocina o projeto. Essa licença permitiu que a partirda década de 80, pudessem ser desenvolvidos softwares colaborativamente por desenvolvedores domundo todo. A palavra “livre” em “software livre” refere-se à liberdade e não ao preço, dando acessototal aos desenvolvedores do código-fonte do software.
  6. 6. FilosofiaA filosofia do Moodle conforme as próprias palavras de Dougiamas baseiam-se napedagogia sócio-construtivista: (...) não só trata a aprendizagem como uma atividade social, mas focaliza a atenção na aprendizagem que acontece enquanto construímos ativamente artefatos (como textos, por exemplo), para que outros os vejam ou utilizem.Toda essa filosofia é pautada em quatro conceitos-chaves: 1. Construtivismo — teoria pedagógica que sustenta que as pessoas constroem ativamente novos conhecimentos à medida que interagem com o seu ambiente; 2. Construcionismo — que sustenta que a aprendizagem é particularmente eficaz quando se dá construindo alguma coisa para que outros experimentem; 3. Construcionismo Social — que amplia o conceito anterior para um grupo de pessoas que constroem algo para outras que, de maneira colaborativa, criam assim uma cultura de "coisas" compartilhadas, assim como de significados compartilhados; 4. Ligado e Separado — onde o objeto de observação é a motivação das pessoas em uma determinada discussão de assuntos.Permissões de AcessoTodas as pessoas sejam elas alunos, professores, autores ou administradores acessam oMoodle da mesma forma, porém de acordo com sua função designada o sistema lhe dápermissões específicas àquela função. Abaixo listo as principais permissões de cada tipo deacesso ao Moodle:  Acesso total ao sistema; Administrador  Controlar usuários;
  7. 7.  Controlar Backup’s;  Controlar cursos/disciplinas ;  Controlar categorias de cursos;  Controlar todas as atividades;  Controlar a página inicial;  Controlar layout do AVA;  Gerenciar relatórios;  Instalar novas atividades;  Customizar a interface do AVA;  Atualizar a versão do Moodle.  Configurar cursos;  Gestão de alunos;  Gestão de grupos de alunos;  Analisar relatórios; Tutor (professor)  Análise de notas dos alunos;  Gestão de arquivos do curso;  Criação e acesso a fóruns;  Acesso as atividades dos alunos.  Realizar atividades;  Acesso a cursos inscritos; Aluno  Acesso a notas e feedbacks dos tutores.Além do Moodle, existem outros tantos AVA’s no mercado, embora o Moodle esteja jádifundido no mundo inteiro. O âmbito da EaD, os mais conhecidos são o TelEduc,Amadeus, BlackBoard, iTutor, Formare, Webaula, iCapro e Chamilo.Pela flexibilidade, torna-se necessário haver elementos que supram o tempo dedicadopara maior aproveitamento dos usuários/alunos. Claro que, muitos desses elementostambém respeitam cronogramas, períodos para sua realização e até de prazos paraentrega de atividades, informados previamente pelo tutor (professor virtual que faz oacompanhamento pedagógico das aulas).Os cursos da modalidade a distância, também podem ser ministrados no formato semi-presencial, modalidade que atua tanto no âmbito presencial como a distância. No caso dasaulas à distância, serão dadas com o uso da Internet através do AVA, que também podeser chamado de sala de aula virtual. Nesta sala, haverá objetos de aprendizagem queformam os conteúdos que serão estudados durante o acesso.
  8. 8. Objetos de AprendizagemOs objetos de aprendizagem nada mais são que aplicativos disponíveis no AVA para geririnformações que interagem diretamente com os participantes do curso para mensurar osconhecimentos adquiridos, além de permitir ao tutor acompanhar a evolução de cadaparticipante no curso.O MEC mantém um banco de objetos de aprendizagem que é um repositório virtual demilhares de objetos de aprendizagem separados por níveis escolares que vão desde aeducação infantil a educação superior.Visite o site http://objetoseducacionais2.mec.gov.br/ e faça uma pesquisa de objetos deaprendizagem que você pode agregar em suas aulas virtuais.Banco Internacional de Objetos de Educacionais do MEC.Veja a seguir os objetos de aprendizagem que o AVA pode disponibilizar para os estudos:CHATSistema de colaboração síncrona que permite maior interação entre participantes do cursoe tutor, ampliando a eficiência do curso.
  9. 9. FÓRUMConsiderado o mais utilizado objeto de aprendizagem. É um sistema de colaboraçãoassíncrona. Também chamado de lista de discussão, os fóruns são um espaço em que osparticipantes podem colaborar entre si com questões de um mesmo tema. Todas asmensagens enviadas para o fórum, todos os participantes podem responder, argumentar,comentar e toda discussão formada ficam arquivadas no AVA.Cada participante do fórum é também chamado de Assinante, que permite ao AVA, enviarcópias das mensagens postadas no fórum para sua conta de e-mail, facilitando a cadaparticipante saber se houve intervenções sobre sua postagem.GLOSSÁRIOTrata de uma lista de conceituação de termos relevantes apresentados durante o curso.Assim, amplia o entendimento do significado de algumas palavras.QUESTIONÁRIOTambém é encontrado no AVA, atividades de avaliação para averiguar os conhecimentosadquiridos no curso. Um questionário pode ser formado por diferentes tipos de questõescomo: múltipla-escolha, V ou F, respostas abertas, de associação, aleatórias, numéricas,entre outras.TAREFASUma tarefa descreve uma atividade feita em um determinado tempo, esteja conectado aoAVA ou não. Muito usado em atividades dos tipos redação, relatórios, imagens,apresentações, entre várias outras. A tarefa é um arquivo enviado para o AVA, corrigidopelo tutor. Todas essas informações ficam registradas no AVA.WIKI
  10. 10. Objeto de aprendizagem que permite a composição colaborativa de documentos de formacoletiva. Através deste objeto os participantes podem construir juntos e exporem suasideias, adotando seus próprios padrões.RELATÓRIOS DE AVALIAÇÃOAtravés dos relatórios de avaliação, o tutor poderá testar o nível de aprendizado de cadaparticipante no curso, obtendo as pontuações distribuídas durante as atividades realizadaspor cada aluno e assim, determinar o índice de aproveitamento de cada participante nocurso.Colaboração Síncrona e AssíncronaOs diferentes objetos de aprendizagem citados acima se categorizam em colaboraçãosíncrona e assícrona. A colaboração sícrona significa dizer que toda interação é realizadaem tempo real, ou seja, simultaneamente. Nesse modelo, a participação é realizada aovivo. Os objetos que atuam nesse contexto são as salas de bate-papo ou chat’s e aswebconferências ou vídeo-aulas.Já na colaboração assíncrona, a participação é realizada em qualquer momento, nãohavendo necessidade da intervenção do tutor ou participação de outros usuários. Nessemodelo temos os fóruns de discussão, a produção de textos e os questionários.
  11. 11. Referências BibliográficasNakamura, Rodolfo. Moodle: como criar um curso usando a plataforma de Ensino à Distância. São Paulo. Farol do Forte, 2009. 160p.Lima, Adriano Gomes. Capacitação Moodle para Administradores. Belo Horizonte. 2008. 90p.http://pt.wikipedia.org/wiki/Moodlehttp://pt.wikipedia.org/wiki/Projecto_GNUhttp://pt.wikipedia.org/wiki/FSF

×