Your SlideShare is downloading. ×
Era uma vez, em cabo frio
Upcoming SlideShare
Loading in...5
×

Thanks for flagging this SlideShare!

Oops! An error has occurred.

×
Saving this for later? Get the SlideShare app to save on your phone or tablet. Read anywhere, anytime – even offline.
Text the download link to your phone
Standard text messaging rates apply

Era uma vez, em cabo frio

269
views

Published on

Published in: Education

0 Comments
0 Likes
Statistics
Notes
  • Be the first to comment

  • Be the first to like this

No Downloads
Views
Total Views
269
On Slideshare
0
From Embeds
0
Number of Embeds
0
Actions
Shares
0
Downloads
3
Comments
0
Likes
0
Embeds 0
No embeds

Report content
Flagged as inappropriate Flag as inappropriate
Flag as inappropriate

Select your reason for flagging this presentation as inappropriate.

Cancel
No notes for slide

Transcript

  • 1. Era uma vez, em Cabo Frio... Sua história, suas belezas, seus mistérios...
  • 2. Mapageográfico
  • 3. Há mais de 1 500 anos, os guerreirosindígenas Tupinambás começaram a conquista do litoral da região.. Através de sulcos epequenos círculosesculpidos em blocos degranito preto, osTupinambás contam ashistórias de seus heróis efeiticeiros
  • 4. • Os índios Tupinambás batizaram aMorro do caixão região de Cabo Frio como "Gecay", que era o nome do único tempero da sua cozinha, feito com sal grosso cristalizado. Itajuru ("bocas de pedra" em tupi).
  • 5. Morro do caixão Salinas
  • 6. • Em 1503, a terceira expedição naval portuguesa que navegava para reconhecimento do litoral brasileiro sofreu um naufrágio em Fernando de Noronha e a frota remanescente se dispersou. Dois navios, sob o comando de Américo Vespúcio, seguiram viagem até a Bahia e depois até Cabo Frio. • Isso já faz 508 anos!
  • 7. Extração do pau-brasil e a guerra (1575) Já faz 436 anos!
  • 8. A data de fundação da cidade de Cabo Frio é 13 de novembro de 1615. Neste ano a cidade de Cabo Frio estará comemorando 396 anos Pontos históricos Forte de São Mateus Convento Nossa Senhora dos Anjos Convento e capela Nossa Senhora da Guia Igreja Matriz Nossa Senhora da Assunção Igreja Santo Inácio (construída pelos escravos) Pelourinho
  • 9. O Forte deSão Mateus
  • 10. • Construído por Estevão Gomes entre 1616 e 1620, na entrada do canal do Itajurú, com o objetivo de impedir a passagem de embarcações inglesas, francesas e holandesas que vinham buscar pau-brasil. A construção, feita de pedra e cal, é um dos símbolos da cidade de Cabo Frio.
  • 11. Tem, aproximadamente, 395 anos
  • 12. Convento Nossa Senhora dos AnjosO terreno foi doado aosfreis Franciscanos em1615, mas a obra só foiconcluída após 81 anos,no ano de 1696. Portanto,essa capela tem 315 anos.
  • 13. Morro da Capela Nossa Senhora da Guia
  • 14. Charitas • A casa foi construída em 1837 e recebeu o nome de Charitas ou Casa de Caridade por abrigar crianças abandonadas. Essa construção tem 174 anos de idade.
  • 15. Igreja Nossa Senhora da Assunção ( existe há 396 anos)• Construída em 1615, em estilo jesuítico, possui altares barrocos. No altar-mor está a imagem da padroeira esculpida em madeira, na mesma data da construção da igreja.• É a sétima igreja mais antiga do país, foi totalmente construída em estilo barroco e decorada em ouro.• A paróquia de Nossa Senhora da Assunção localiza-se na praça Porto Rocha, no centro da cidade, ao lado do cinema.
  • 16. Fonte do Itajurú D. Pedro IIConstruída em 1847 para abastecer a cidade de água potável, tornando possível ser povoada. Foi inaugurada em 29 de agosto de 1897. A fonte tem 114 anos.
  • 17. Fazenda Campos Novos - final do século XVII Famílias da Fazenda Campos Novos • Localiza-se no distrito de Tamoios, Cabo Frio (RJ), entre os municípios de São Pedro e Casemiro de Abreu, numa elevação da planície pantanosa dos rios Una e São João, junto ao caminho colonial que ligava Campos dos Goitacazes ao Rio de Janeiro, cultivou café e açúcar. • composto por casa-grande, igreja de Santo Inácio e cemitério, forma uma quadra com claustro interno nos moldes da arquitetura jesuítica dos primeiros séculos da colonizaçãoAltar da capela de Santo Inácio
  • 18. Dias atuais Horta ApiárioHoje está bastante deteriorada
  • 19. Feliciano Pires de Abreu Sodré Ponte Feliciano SodréInaugurada no dia 14 de julho de 1926. Essa ponte tem 85 anos!
  • 20. Brasão de Cabo Frio • 1 - Escudo em formato Português (ou Espanhol); • 2 - Árvore simbolizando o pau-brasil, que motivou a cobiça dos europeus e as conseqüentes reações portuguesas que resultaram na fundação da Cidade; • 3 - Golfinhos que simbolizam Cidade Marítima; • 4 - Data do "Descobrimento" por Américo Vespúcio e da fundação da cidade; • 5 - Arco e Flecha, simbolizando a nobreza de caráter e a elevada noção de honra dos índios tamoios, primitivos habitantes do lugar;Brasão de Cabo Frio • 6 - Escudo oval usado por mulheres, sobretudo rainhas, com uma flor-de-lis, símbolo da Mãe de Deus, representando a cidade a ela dedicada... No caso Nossa Senhora dAssunção; • 7 - Coroa Mural Com Cinco Torres, simbolizando "status" de Cidade; • 8 - Forte de São Matheus construído em 1616 pelo primeiro Governador (Estevão Gomes), para defesa da Cidade; • 9 - Escudete, simbolizando Antônio Salema que comandou o massacre dos Índios Tamoios, aliados dos franceses... as estrelas representam as vítimas; • 10 - Montes de Sal, simbolizando a primeira indústria local. BRASÃO DE ARMAS DE CABO FRIO.
  • 21. Descrição das cores• Descrição das Cores: 1 - Blau (Azul) - Representa O Céu, A Felicidade Eterna E, Entre Outras Coisas, A Formosura, A Doçura, A Nobreza; 2 - Sinople (Verde) - Representa A Força, A Esperança, A Honra, A Cortesia E A Amizade; 3 - Goles (Vermelho) - Representa A Coragem, O Sangue Derramado A Serviço Do Estado, A Crueldade; 4 - Jalne (Ouro) - Representa Justiça, Clemência, Nobreza, Saúde, Alegria, Cavalheirismo, Poder; 5 - Prata - Representa Inocência, Felicidade, Pureza, Verdade, Formosura, Integridade; 6 - Sable (Preto) - Representa Firmeza, Obediência, Constância, Trabalho.
  • 22. Bandeira de Cabo Frio
  • 23. Hino de Cabo Frio Autor: Victorino Carriço Cabo Frio, minha terra amada, Tu és dotada de belezas mil, Escondida vives num recanto, Sob o manto deste meu Brasil... Noites Claras teu luar famoso, Este luar que viu meus ancestrais... O teu povo se orgulha tanto, E de ti, não esquecerá jamais... Tuas praias, Teu Forte, Olho ao longe e vejo o mar bravio A esquerda um pescador afoito, Na lagoa que parece um rio... O teu sol, que beleza! No teu céu estrelas brilham mais... Forasteiro, não há forasteiro, Pois nesta terra todos são iguais...

×