Aula Aberta Convergência - Jenkins

1,520 views
1,433 views

Published on

0 Comments
2 Likes
Statistics
Notes
  • Be the first to comment

No Downloads
Views
Total views
1,520
On SlideShare
0
From Embeds
0
Number of Embeds
50
Actions
Shares
0
Downloads
25
Comments
0
Likes
2
Embeds 0
No embeds

No notes for slide

Aula Aberta Convergência - Jenkins

  1. 1. #aulaaberta #comdig “Cultura da Convergência” - Henry Jenkins, 2006, NYU Press [Ed. Aleph, 2008]
  2. 2. Agradecimentos !   #unisinos #comdig !   @dbittencourt !   @gusfischer !   @soniamontano !   Público presencial !   “Audiência invisível” da web !   aulaaberta.comdigital.info
  3. 3. Guias de observação !   Intratextuais !   Extratextuais !   Intertextuais !   Paratextuais
  4. 4. !   http://www.youtube.com/watch?v=jZ6-J_6EdPI
  5. 5. #comofas ? !   Contextualização histórica de recepção da obra !   Abordagem genealógica !   Autores - conceitos !   Críticas
  6. 6. Sobre o autor: !   Henry Jenkins - University of Southern California (ex-MIT) !   http://henryjenkins.org/ e @henryjenkins
  7. 7. Obras Anteriores !   Textual Poachers, !   Fans, Bloggers and Gamers !   From Barbie to Mortal Kombat: gender and computer games
  8. 8. Genealogia Teórica !   Literatura e Mídia Comparada !   Estudos Culturais !   Estudos de Audiência !   Estudos de Fandom
  9. 9. Autores de base !   Raymond Williams Fluxo Televisivo !   Pierre Lévy Inteligência Coletiva !   Ithiel de Sola Pool Convergência de Modos
  10. 10. Abordagem do objeto
  11. 11. Internet: Artefato Cultural !   Inserção da tecnologia na vida cotidiana !   Significados diferentes em diferentes contextos !   Objeto não é único mas multifacetado e passível de apropriações !   “Produção e consumo dispersos entre múltiplos locais, instituições e indivíduos” (Hine, 2000: 28)
  12. 12. Fluxo - Audiência !   O papel das audiências pode ser enfatizado e relativizado (positiva e negativamente) a partir de uma intrínseca relação com os estudos culturais, sob a noção antevista por Raymond Williams (1974) : “tecnologias são sempre produzidas por um processo histórico e em um sistema social, como uma articulação ou aparato”
  13. 13. !   Crítica à noção de caixa preta - tudo em único aparelho - visão predominante na indústria !   Relação cultura, produtos, audiência !   Relação entre públicos, produtores e conteúdos midiáticos !   Conjunto de protocolos e práticas culturais e sociais (Gitelman)
  14. 14. Perspectiva do ACA-Fan (Insider - Hodkinson)
  15. 15. Ênfase - Early adopter
  16. 16. Práticas Culturais !   Spoiling - exercício de poder, conhecimento e disputas !   “Fansourcing”(Baym, 2009; Amaral, 2010) - curadoria !   Spoofs !   Memes !   Remixes !   Mashups
  17. 17. “Economia Afetiva” !   Fundamentos emocionais da tomada de decisão !   “Lovemarks” !   Capital emocional !   Estudos Culturais - Ponto de vista do fã !   Discurso de MKT - Moldar decisões de compra
  18. 18. Lovemark - Branding
  19. 19. Narrativa Transmídia
  20. 20. Como se conta uma história !   “Era uma vez”(Contos de Fada - Umberto Eco) !   “Há muito tempo atrás, em uma galáxia muito distante”
  21. 21. !   Experiência !   Revelação (mistério) !   Utilizar a “gramática dos meios” !   Fluxo midiático de conteúdos !   Autoria coletiva !   Criação de universos
  22. 22. Questões: !   Cultura Tradicional? !   Cultura de Massa? !   Cultura Pop? !   Subculturas? !   Cultura da Convergência? !   Entretenimento !   Resistência?
  23. 23. Extrapolação: !   “Media Litteracy”- Educação !   Atividade e engajamento dos fandoms !   Possibilidades narrativas !   Sci-fi como um dos elementos narrativos fundadores do imaginário da cibercultura !   Importância da “cultura pop” na Academia
  24. 24. Tecendo críticas: o lado negro da força
  25. 25. “Don’t believe the hype” !   Divulgação Científica - Metodologia não-explicitada !   Falta de questionamentos sobre a apropriação dos conteúdos pelos conglomerados midiáticos (perspectiva do empresário) !   Não discute as relações de poder, hierarquia e protocolos que estão presentes nas dinâmicas e disputas sociais !   Crença “excessiva”no poder do coletivo - aspectos positivos
  26. 26. Obrigada! !   Contatos: !   @adriamaral !   adriamaral.com

×