CARACTEREIZAÇÃO SÓCIO ECONÔMICA E AMBIENTAL DA ACAFEG Ulisses Ferreira de Oliveira
Pós-Graduação  latu senso  em Cafeicultura Sustentável
SE VOCÊ NÃO SABE PARA ONDE QUE IR, QUALQUER CAMINHO SERVE!!!
Dahl (1997) pondera que um dos problemas do conceito de desenvolvimento sustentável refere-se ao fato de que a sociedade d...
NARAYANA DE DEUS NOGUEIRA FOI A ORIENTADORA Diante disso, a importância de desenvolver um trabalho de conclusão de curso q...
CASO CONTRÁRIO, MUITAS EMPRESAS  APOIARIAM A PIRATARIA O presente trabalho tem como objetivo principal realizar a caracter...
A ACAFEG é uma associação de cafeicultura familiares, certificada dentro dos critérios do Comércio Justo, o Fair Trade, se...
Na presente pesquisa foram aplicados 21 questionários, o que representa uma amostra real da ACAFEG.
Para que o desenvolvimento seja sustentável é preciso levar em consideração aspectos referentes às dimensões sociais, ecol...
A certificação Fair Trade é uma certificação exclusiva para grupos de agricultores familiares organizados em uma associaçã...
Segundo Coelho (2005), quando se fala em agricultor familiar, ainda surge na mente de alguns pesquisadores a imagem do per...
Para Pedini (2005:118) a certificação tem proporcionado a agricultores familiares a condição de alcançar mercados com cond...
O Comércio Justo é uma estratégia que tem por objetivo promover um desenvolvimento sustentável e reduzir a pobreza através...
“ Tudo leva a crer que o produtor do futuro é o de grande escala, com infraestrutura atacadista. Isso será verdade se o pe...
Segundo o IBGE,   um país é socialmente desenvolvido quando a sua população tem um ótimo nível de qualidade de vida. Essas...
O desenvolvimento econômico é um fenômeno histórico que passa a ocorrer nos países ou Estados-nação que realizam sua revol...
 
SOS CAFEICULTURA
RESULTADOS!
Identificação do Produtor  RESULTADOS!
MAIS TARDE NASCE O QUE CHAMAMOS DE FICÇÃO RESULTADOS! Habilitação e vocação do produtor
RESULTADOS! Aptidão de recursos da propriedade
RESULTADOS! Aptidão de recursos da propriedade
RESULTADOS! Boas práticas
RESULTADOS! Boas práticas
QUADRINHOS RESULTADOS! Relação com o mercado
RESULTADOS! Tecnologia de produção
RESULTADOS! Tecnologia de produção
RESULTADOS! Questões Sociais
RESULTADOS! Questões Ambientais
RESULTADOS! Questões Ambientais
RESULTADOS ! <ul><li>Produtores de café certificado: Tijuco-Preto- Santa Clara, Serra dos Lima, Paulo Giordani Teixeira, O...
A conclusão que fica é que  a certificação Fair Trade promete ser muito benéfica  para a organização, entretanto não é a s...
Entretanto as responsabilidades de alcançar os objetivos devem ser compartilhadas, para que a ACAFEG cresça com responsabi...
ENTÃO, QUAL CAMINHO A ASSOCIAÇÃO QUER SEGUIR?
Upcoming SlideShare
Loading in …5
×

Apresentação Trabalho de Conclusão de Curso - ACAFEG

877 views
688 views

Published on

Car

Published in: Business
0 Comments
0 Likes
Statistics
Notes
  • Be the first to comment

  • Be the first to like this

No Downloads
Views
Total views
877
On SlideShare
0
From Embeds
0
Number of Embeds
211
Actions
Shares
0
Downloads
1
Comments
0
Likes
0
Embeds 0
No embeds

No notes for slide

Apresentação Trabalho de Conclusão de Curso - ACAFEG

  1. 1. CARACTEREIZAÇÃO SÓCIO ECONÔMICA E AMBIENTAL DA ACAFEG Ulisses Ferreira de Oliveira
  2. 2. Pós-Graduação latu senso em Cafeicultura Sustentável
  3. 3. SE VOCÊ NÃO SABE PARA ONDE QUE IR, QUALQUER CAMINHO SERVE!!!
  4. 4. Dahl (1997) pondera que um dos problemas do conceito de desenvolvimento sustentável refere-se ao fato de que a sociedade deve saber para onde quer ir para que depois se possa medir se esses objetivos ou direção estão sendo seguidos ou alcançados.
  5. 5. NARAYANA DE DEUS NOGUEIRA FOI A ORIENTADORA Diante disso, a importância de desenvolver um trabalho de conclusão de curso que auxilie a associação de cafeicultores nessa necessidade de encontrar seu caminho e trilhar a melhor rota para o sucesso.
  6. 6. CASO CONTRÁRIO, MUITAS EMPRESAS APOIARIAM A PIRATARIA O presente trabalho tem como objetivo principal realizar a caracterização socioeconômica e ambiental da ACAFEG, que seja útil para a elaboração de um plano de desenvolvimento rural sustentável.
  7. 7. A ACAFEG é uma associação de cafeicultura familiares, certificada dentro dos critérios do Comércio Justo, o Fair Trade, sendo uma exigência da certificadora a realização de um diagnóstico socioeconômico e ambiental da organização.
  8. 8. Na presente pesquisa foram aplicados 21 questionários, o que representa uma amostra real da ACAFEG.
  9. 9. Para que o desenvolvimento seja sustentável é preciso levar em consideração aspectos referentes às dimensões sociais, ecológicas, bem como fatores econômicos, dos recursos vivos e não vivos, além das vantagens de curto e longo prazos de ações alternativas
  10. 10. A certificação Fair Trade é uma certificação exclusiva para grupos de agricultores familiares organizados em uma associação ou uma cooperativa.
  11. 11. Segundo Coelho (2005), quando se fala em agricultor familiar, ainda surge na mente de alguns pesquisadores a imagem do personagem típico do lado mais pobre do campo e que dele nada se pode esperar, considerando que essa visão não permite ver a sua importância para o desenvolvimento do País.
  12. 12. Para Pedini (2005:118) a certificação tem proporcionado a agricultores familiares a condição de alcançar mercados com condições mais justas e adequadas às condições dos produtores envolvidos. (*) POR VONTADE PRÓPRIA
  13. 13. O Comércio Justo é uma estratégia que tem por objetivo promover um desenvolvimento sustentável e reduzir a pobreza através de um comércio mais justo. (FAIRTRADE LABELLING ORGANIZATIONS INTERNATIONAL E.V., 2011).
  14. 14. “ Tudo leva a crer que o produtor do futuro é o de grande escala, com infraestrutura atacadista. Isso será verdade se o pequeno e médio produtor não perceber que eficiência produtiva e comercial podem ser obtidas também através da associação não só de produtores da mesma região, mas também entre cooperativas de várias regiões”. (SILVA e MARTINI, 2006:1).
  15. 15. Segundo o IBGE, um país é socialmente desenvolvido quando a sua população tem um ótimo nível de qualidade de vida. Essas pessoas precisam ter as suas necessidades básicas satisfeitas (alimentação necessária para atender aos requisitos nutricionais mínimos, trabalho, escola, hospital e assistência médica, moradia servida de água tratada, esgotamento sanitário, energia elétrica e coleta de lixo).
  16. 16. O desenvolvimento econômico é um fenômeno histórico que passa a ocorrer nos países ou Estados-nação que realizam sua revolução capitalista, e se caracteriza pelo aumento sustentado da produtividade ou da renda por habitante, acompanhado por sistemático processo de acumulação de capital e incorporação de progresso técnico. (BRESSER-PEREIRA, 2006).
  17. 18. SOS CAFEICULTURA
  18. 19. RESULTADOS!
  19. 20. Identificação do Produtor RESULTADOS!
  20. 21. MAIS TARDE NASCE O QUE CHAMAMOS DE FICÇÃO RESULTADOS! Habilitação e vocação do produtor
  21. 22. RESULTADOS! Aptidão de recursos da propriedade
  22. 23. RESULTADOS! Aptidão de recursos da propriedade
  23. 24. RESULTADOS! Boas práticas
  24. 25. RESULTADOS! Boas práticas
  25. 26. QUADRINHOS RESULTADOS! Relação com o mercado
  26. 27. RESULTADOS! Tecnologia de produção
  27. 28. RESULTADOS! Tecnologia de produção
  28. 29. RESULTADOS! Questões Sociais
  29. 30. RESULTADOS! Questões Ambientais
  30. 31. RESULTADOS! Questões Ambientais
  31. 32. RESULTADOS ! <ul><li>Produtores de café certificado: Tijuco-Preto- Santa Clara, Serra dos Lima, Paulo Giordani Teixeira, Osório José Lima, João B. de Lima. </li></ul><ul><li>Exportadores, cooperativas, sindicatos rurais: CARA, LJM, COOPFAM, José Pedro, Márcio, Bourbon, Sindicato Rural de Andradas, Cooxupé. </li></ul><ul><li>Assistência Técnica: Emater, Cooperativa, CARA. </li></ul><ul><li>Cursos profissionalizantes: Senar, Agrale. </li></ul><ul><li>Artesanato: Trama-da-Terra, Maria A parecida Pereira Lopes, Ângela Maria Benevere, Josiane Pan, João Ferreira, Sidnei Ribeiro, Ana MARIA Veranez Mascareli, Fernanda Aparecida da Silva. </li></ul><ul><li>Estabelecimentos que comercializam café na xícara: Tijuco- Preto. </li></ul>Indicações da Região
  32. 33. A conclusão que fica é que a certificação Fair Trade promete ser muito benéfica para a organização, entretanto não é a solução para todos os problemas. Esta certificação deve ser encarada como uma ferramenta importantíssima para a busca de abertura de mercado e organização da associação e dos associados. CONCLUSÃO
  33. 34. Entretanto as responsabilidades de alcançar os objetivos devem ser compartilhadas, para que a ACAFEG cresça com responsabilidade e sustentabilidade. Informações que geram RESULTADOS!
  34. 35. ENTÃO, QUAL CAMINHO A ASSOCIAÇÃO QUER SEGUIR?

×