LISTA DE REVISÃO UEFS
GEOGRAFIA
PROFESSORES: ADEMIR, BARTILOTTI e CADU (FRENTES 1 e 2)
Questão 01 - (UEFS BA/2010/)
É um e...
b) Os fenômenos climáticos interferem diretamente nos elementos da biosfera, da litosfera e da
hidrosfera (em particular, ...
Questão 06 - (UEFS BA/2010/)

A partir da análise das ilustrações e dos conhecimentos sobre a dinâmica da formação do rele...
Com base nas informações dos versos e nos conhecimentos sobre o Pantanal e a Região Centro-Oeste, é
correto afirmar:
a) A ...
c) semiárido.
d) tropical de altitude.
e) subtropical.
Questão 11 - (UEFS BA/2010/)
Sobre o intemperismo e os solos e sua ...
Os conhecimentos sobre a população do Brasil e mundial permitem afirmar:
a) A população brasileira está distribuída regula...
d) O mundo multipolar possibilitou a formação de blocos econômicos nos países periféricos, capazes
de competir com os dos ...
Com base na análise do gráfico e nos conhecimentos sobre a desconcentração industrial no Brasil, é
correto afirmar:
a) As ...
As origens de uma geografia crítica, que não só contestasse o pensamento dominante, mas tivesse
também a intenção de parti...
d) As atividades agrícolas anuais e o aumento das safras dependem, basicamente, da sucessão dos
climas.
e) A capacidade nu...
A partir da análise do mapa, é correto afirmar que a alternativa que indica os tipos de clima das cidades
de Belém, Belo H...
Com base na análise do quadro, sobre a água na superfície terrestre, pode-se afirmar que está correto o
que se afirma nos ...
e) O país, nas últimas décadas, tem estendido sua influência ao espaço africano, onde desenvolve os
maiores programas de e...
e) A região Norte, no início do século XXI, devido à expansão industrial da Zona Franca de Manaus,
foi o centro de atração...
Ehrlich não antecipou foi um fenômeno [...] baseado no desenvolvimento de técnicas modernas para
aumentar a produtividade ...
Questão 39 - (UEFS BA/2011/)
Refletir, hoje, sobre a cidade no Brasil significa pensá-la enquanto materialização do proces...
d) destaca a paisagem natural, fonte da evolução da própria natureza, da ação de fenômenos naturais,
como fenômenos geológ...
Questão 44 - (UEFS BA/2011/)
Os principais tipos de relevo do Brasil foram esculpidos sobre rochas de milhões e milhões de...
d) A expressão popular “em se plantando tudo dá” é condizente com a realidade brasileira, pois os
solos férteis predominam...
Toda essa caudalosa riqueza está espalhada pelos milhares de rios que percorrem o país. [...] Uma
característica important...
Considerando-se as informações constantes da tabela sobre os vários povos que habitaram a América,
no período pré-colombia...
e) Em V, a população é bem distribuída, devido à ausência de áreas anecúmenas, sobressaindo-se as
altas densidades das pla...
a)
b)
c)
d)
e)

o centro industrial de Aratu, na Bahia.
as empresas de informática, em Ilhéus, na Bahia.
o Centro Industri...
b) O campo, ao oferecer maior oportunidade de trabalho, acabou atraindo os empregados e
desempregados das áreas urbanas.
c...
EVOLUÇÃO da divisão regional brasileira. Geografia e Vestibular+ENEM.
São Paulo: Abril, ed. 3, 2011, p. 134.
a) I correspo...
Sobre a matriz de transporte brasileira e suas implicações, pode-se afirmar:
a) A ampliação do transporte intermodal tem d...
d) F F F V
e) F V V F
Questão 65 - (UEFS BA/2012/)
Os conhecimentos sobre o processo de urbanização brasileiro permitem af...
e) V V V
Questão 68 - (UEFS BA/2012/)
A partir da análise das pirâmides etárias e dos conhecimentos sobre o perfil demográ...
Processo de diagênes do solo, que envolve uma série de condições, dentre essas a alternância de estação
chuvosa e seca, e ...
d) D está indicado no climograma III, onde a influência de correntes marítimas quentes é a principal
responsável pela elev...
pela floresta submersa em decomposição, é dez vezes maior do que a de uma usina termelétrica com a
mesma capacidade. (BRAS...
d) Os ventos que circulam nesse bioma são os alísios do sudeste, ventos periódicos responsáveis por
intensos temporais no ...
d) Mata de Terra Firme, pouco afetada pelo extrativismo vegetal predador, ocupa as áreas mais
elevadas do planalto da Amaz...
4) Gab: C

5) Gab: A

6) Gab: E

7) Gab: D

8) Gab: E

9) Gab: C

10) Gab: A

11) Gab: D

12) Gab: C

13) Gab: C

14) Gab:...
22) Gab: E

23) Gab: A

24) Gab: B

25) Gab: C

26) Gab: C

27) Gab: E

28) Gab: B

29) Gab: E

30) Gab: A

31) Gab: B

32...
40) Gab: C

41) Gab: E

42) Gab: E

43) Gab: D

44) Gab: A

45) Gab: A

46) Gab: C

47) Gab: B

48) Gab: C

49) Gab: B

50...
57) Gab: C

58) Gab: D

59) Gab: A

60) Gab: D

61) Gab: B

62) Gab: C

63) Gab: E

64) Gab: A

65) Gab: D

66) Gab: A

67...
75) Gab: E

76) Gab: C

77) Gab: B

78) Gab: C

79) Gab: D
Upcoming SlideShare
Loading in...5
×

Revisão uefs geografia

6,760

Published on

Published in: Education
0 Comments
2 Likes
Statistics
Notes
  • Be the first to comment

No Downloads
Views
Total Views
6,760
On Slideshare
0
From Embeds
0
Number of Embeds
0
Actions
Shares
0
Downloads
62
Comments
0
Likes
2
Embeds 0
No embeds

No notes for slide

Transcript of "Revisão uefs geografia"

  1. 1. LISTA DE REVISÃO UEFS GEOGRAFIA PROFESSORES: ADEMIR, BARTILOTTI e CADU (FRENTES 1 e 2) Questão 01 - (UEFS BA/2010/) É um espaço que está sempre em transformação. Em algumas, ocasiões à própria natureza, com seus terremotos, vulcões, o trabalho das ondas do mar, encarrega-se de fazer as modificações. Mas o homem, desde os tempos mais remotos, é o principal responsável pelas alterações do espaço. Por isso, esse espaço reflete as diferentes épocas em que sofreu as várias intervenções humanas. Cada povo imprime em seu território a sua forma própria de se relacionar com o meio ambiente. (ALMEIDA; RIGOLIN, 2005, p. 8). O espaço descrito no texto, utilizado e constantemente modificado pelos seres humanos, no decorrer do tempo, é denominado de espaço a) b) c) d) e) físico. cultural. geológico. globalizado. geográfico. Questão 02 - (UEFS BA/2010/) “A Geopolítica tem sido intensamente estudada na atualidade, e o Brasil, pela sua localização estratégica, na porção centro-oriental da América do Sul, pela sua organização espacial, suas riquezas minerais, agropastoris, comerciais e industriais, dentre outras, tem procurado desenvolver uma política de boa vizinhança, com participação ativa na integração regional e em relação aos países do globo, mediando conflitos e ampliando sua participação em várias organizações internacionais”. A partir dessas informações e dos conhecimentos sobre o espaço brasileiro e sua organização geopolítica, é correto afirmar: a) As regiões do país configuram o cenário geopolítico brasileiro com importante atividade agropastoril, moderno sistema de exploração mineral, grande produtividade e descentralização industrial. b) O Brasil ocupa, na América do Sul, uma posição semelhante à da Índia, na Ásia, por apresentarem, ambos, a maior extensão territorial e populacional. c) A colonização do Brasil foi igual à dos outros países da América, pois contou com os mesmos colonizadores e tipo de ocupação. d) Os conflitos e as guerras de grande intensidade são relevantes, para o Brasil e para a América do Sul, por serem comuns na história dos países sul-americanos. e) O Mercosul, consolidado pelo Tratado do Rio de Janeiro, ao final da última década do século passado, é de grande importância geopolítica para o Brasil, Argentina, Chile, Uruguai e Paraguai e demais associados da América do Sul. Questão 03 - (UEFS BA/2010/) Com relação à organização do espaço terrestre, a exemplo de clima, modelado terrestre, solos como matrizes, produção do espaço socioeconômico e populacional, é correto afirmar: a) O homem modifica, domina e controla todos os fenômenos naturais, devido ao desenvolvimento tecnológico alcançado nas últimas décadas.
  2. 2. b) Os fenômenos climáticos interferem diretamente nos elementos da biosfera, da litosfera e da hidrosfera (em particular, nas águas continentais). c) Os solos constituem a superfície consolidada do planeta, onde vivem em equilíbrio com todos os fatores que determinam sua formação, como o clima, a topografia e a biota. d) A internacionalização da tecnologia, da informação, das telecomunicações e da informática, com livre acesso para todos os povos, mundializou a organização do espaço geográfico. e) O crescimento econômico de uma região é resultante da concentração de riquezas naturais, em razão de o homem, historicamente, ser submetido à natureza. Questão 04 - (UEFS BA/2010/) A partir da observação do mapa e dos conhecimentos sobre o Nordeste brasileiro, é correto afirmar: a) O Sertão semiárido é uma sub-região de ocupação recente, baseada no pastoreio intensivo. b) O Meio-Norte é a sub-região mais integrada no contexto econômico regional, porque sua estrutura de produção é muito dependente da agropecuária. c) O Sertão semiárido subequatorial e tropical apresenta as mais bizarras e rústicas paisagens morfológicas e fitogeográficas, com drenagens intermitentes, relacionadas com o ritmo pouco frequente das precipitações. d) A Zona da Mata se caracteriza por uma estrutura agrária com base nas pequenas propriedades policultoras, com aplicação do trabalho familiar, e por um grande equilíbrio social. e) O Agreste, localizado na extremidade ocidental do Nordeste, corresponde a uma faixa de terra que se estende paralelamente à Zona da Mata, sendo uma área de transição entre o Sertão árido e a floresta Amazônica superúmida. Questão 05 - (UEFS BA/2010/) “Planaltos em núcleos cristalinos arqueados são planaltos que, embora isolados e distantes uns dos outros, possuem a mesma forma, ligeiramente arredondada”. Entre esses planaltos, encontram-se os a) b) c) d) e) de Borborema e Sul-Rio-Grandense. planaltos e chapadas das bacias do Parnaíba e Paraná. planaltos residuais Norte-Amazônicos e Sul-Amazônicos. planaltos e serras do Atlântico Leste-Sudeste e Goiás-Minas. planaltos e Chapadas dos Parecis e do Alto-Paraguai.
  3. 3. Questão 06 - (UEFS BA/2010/) A partir da análise das ilustrações e dos conhecimentos sobre a dinâmica da formação do relevo, suas causas e conseqüências, pode-se afirmar: a) O movimento destacado nas ilustrações é a epirogênese. b) A epirogênese é o movimento endógeno que mais afeta a disposição e a estrutura das rochas. c) O movimento das placas tectônicas destacadas em I, I e III é o divergente, razão pela qual a placa Indiana se afasta da Euro-Asiática 2cm ao ano. d) As transgressões marinhas são provocadas pela orogênese e as regressões pela epirogênese, como destaca as ilustrações. e) Os deslocamentos horizontais das placas tectônicas dão origem à orogênese, responsável pelos dobramentos modernos da crosta terrestre. Questão 07 - (UEFS BA/2010/) Observando-se os critérios de extensão e de perenidade do seu rio principal, a área da bacia hidrográfica, ocupando parte das terras de três unidades políticas, é a maior totalmente nordestina, pois grande parte da bacia do São Francisco está localizada no Sudeste. Seu rio principal tem suas nascentes na Chapada das Mangabeiras, corre de sul para norte, até desembocar no oceano Atlântico, com uma foz de rara beleza. (LOPES, 2006, p. 71). O rio, a forma da foz e as unidades políticas a que o texto se refere são, respectivamente, a) b) c) d) e) Jaguaribe / mista / Ceará, Rio Grande do Norte e Paraíba. Mearim / delta / Maranhão, Ceará e Paraíba. Paraíba / estuário / Paraíba, Rio Grande do Norte e Pernambuco. Parnaíba / delta / Piauí, Maranhão e Ceará. Piranha-Açu / estuário / Rio Grande do Norte, Paraíba e Pernambuco. Questão 08 - (UEFS BA/2010/) Na Região Centro-Oeste Há um grande Pantanal Com uma biodiversidade Que não há outra igual. As águas correm lentamente Revelando sua mansidão Criando grandes lagos Nas cheias da região Favorecendo a fauna e a flora Desse pedaço de chão.
  4. 4. Com base nas informações dos versos e nos conhecimentos sobre o Pantanal e a Região Centro-Oeste, é correto afirmar: a) A Região Centro-Oeste é a mais extensa do Brasil e a que possui o maior número de Estados. b) A biodiversidade destacada nos versos é resultante do isolamento da região, devido ao deficiente sistema viário. c) O processo de erosão, na planície do Pantanal, é maior que o de sedimentação, devido às cheias que ocorrem na região. d) Os solos da região são predominantemente afetados por ações eólicas. e) A planície do Pantanal é de formação geológica recente e é banhada por rios de planície. Questão 09 - (UEFS BA/2010/) Em 1979 a população mundial alcançou a marca de 6 bilhões de pessoas, o último bilhão tendo sido acrescentado há apenas doze anos depois de ter atingido 5 bilhões. Se a última taxa de crescimento registrada na década de 90 fosse mantida na próxima década, a população no planeta alcançaria 7 bilhões daqui a sete anos, em torno do ano 2011 ou um pouco antes. (COUTINHO, 2004, p. 6). Com base nas informações do texto e nos conhecimentos sobre população, crescimento, distribuição e movimentos, pode-se afirmar: a) A desaceleração do crescimento populacional verificada nas últimas décadas ocorre devido à política demográfica adotada pelos governantes dos países subdesenvolvidos. b) A teoria de Malthus foi reafirmada, porque previa a desaceleração demográfica no século XX. c) O impacto da AIDS, a popularização dos anticoncepcionais e a urbanização constituem as principais causas da desaceleração demográfica mundial. d) A redução da taxa de natalidade ocorreu de forma desigual, e essa afirmação explica a explosão demográfica verificada na América Latina, na China e na África. e) O movimento mais expressivo da população mundial, nas últimas décadas, é a transumância. Questão 10 - (UEFS BA/2010/) Com base no mapa, no climograma e nos conhecimentos sobre climas do Brasil, é correto afirmar que o tipo e clima apresentado corresponde ao conhecido como a) tropical. b) equatorial.
  5. 5. c) semiárido. d) tropical de altitude. e) subtropical. Questão 11 - (UEFS BA/2010/) Sobre o intemperismo e os solos e sua importância socioeconômica, é correto afirmar: a) O intemperismo, meteorização ou erosão complementar, constitui a etapa final dos processos mecânicos que desintegram e decompõem as rochas. b) O uso do solo com monoculturas e pastagens extensas diminui a erosão, aumenta a diversidade biológica e a produtividade agrícola. c) A ação antrópica, nos países subdesenvolvidos, tanto na zona rural quanto na urbana, constitui-se a verdadeira causa da ação do intemperismo físico e da degradação do solo, nesses espaços. d) A preservação dos solos, a maneira de tratar o ambiente e a forma de produzir alimentos apontam para a construção de uma vida saudável. e) O fogo, além de limpar o terreno rapidamente, conserva os micro-organismos do horizonte O do solo e não contribui para acelerar o efeito estufa. Questão 12 - (UEFS BA/2010/) Sobre a dinâmica do espaço populacional, pode-se afirmar: a) As variáveis responsáveis pelo crescimento demográfico nos países subdesenvolvidos modificaramse no início do século XIX, o que contribuiu para o declínio da natalidade. b) O final desta década registra acentuado aumento da mortalidade entre os idosos dos países desenvolvidos da Europa, tendo como consequência enormes encargos para a previdência social e aumento da natalidade. c) O crescimento vegetativo consiste na diferença entre o número de nascimentos e o de mortes, em determinado período (geralmente um ano). d) As migrações internacionais são importantes para calcular o crescimento da população mundial, porém não são consideradas no crescimento ou no declínio da população de cada país. e) O crescimento contínuo da produção de alimentos tem contribuído para aumentar a qualidade de vida dos povos ao sul do Saara e para diminuir as taxas de mortalidade. Questão 13 - (UEFS BA/2010/) É um dos indicadores demográficos que mais alterações sofreu no pós-guerra [1939-1945]. Ela se diferencia de país para país, dependendo, sobretudo, de particularidades do crescimento vegetativo e da natureza dos processos migratórios, sendo que as guerras também exercem uma grande influência. Por sua vez, influi sobre os outros indicadores demográficos, como a mortalidade e a natalidade, além de determinar o encargo econômico e a disponibilidade de mão de obra. Ainda, é de grande relevância na elaboração de planos socioeconômicos mais consistentes. (COIMBRA; ARNALDO, 1995, p. 117). O texto retrata as características comuns da estrutura da população e se refere a) b) c) d) e) à política demográfica do mundo. ao processo de transição demográfica. à estrutura etária da população da Terra. à estrutura da população economicamente inativa. ao processo migratório pós-guerras. Questão 14 - (UEFS BA/2010/)
  6. 6. Os conhecimentos sobre a população do Brasil e mundial permitem afirmar: a) A população brasileira está distribuída regularmente por todo território, graças à política de extensão das grandes rodovias e de ocupação recente dos eixos de interesse econômico do Norte e Centro-Oeste do país. b) As regiões brasileiras possuem grande equilíbrio na distribuição da população mestiça, com mulatos (branco+índio), cafuzos (indígena+negro) e caboclos ou mamelucos (branco+negro). c) A população rural do globo era inexpressiva, até a primeira metade do século XX, porém, com o avanço tecnológico e o desenvolvimento da agroindústria, as populações das cidades, em grandes levas, deslocaram-se para o campo, provocando grandes adensamentos rurais. d) A maior parte da população mundial se concentra em espaços relativamente reduzidos e de forma irregular, pelos continentes. e) O continente mais povoado é o asiático, com elevadas densidades demográficas, em todas as suas regiões, contrastando com o continente europeu, que é populoso, mas possui baixas densidades demográficas. Questão 15 - (UEFS BA/2010/) O processo de urbanização nos países do Terceiro Mundo iniciou-se há pouco tempo, em geral após 1945, mas ocorre atualmente num ritmo bastante intenso. [...] essa urbanização não é semelhante ao exemplo clássico do Primeiro Mundo, pois não é acompanhada de igual ritmo de industrialização e geração de empregos. (VESENTINI, 2004, p. 254). Considerando-se as informações do texto e os conhecimentos sobre a urbanização mundial, é correto afirmar: a) A urbanização começou a se generalizar no século XVII, envolvendo as nações que viveram a Revolução Industrial e atualmente são subdesenvolvidas. b) A Argentina e o Uruguai estão entre os países subdesenvolvidos mais urbanizados do mundo e sua população urbana já ultrapassa os 90% do total. c) A saída de pessoas do campo para a cidade, nos países subdesenvolvidos, dá-se, essencialmente, pela mecanização das atividades agrícolas e pela oferta de empregos urbanos. d) O ritmo de crescimento das metrópoles, nos países do Norte, aumentou bastante nas últimas décadas, ao contrário do que ocorre, atualmente, nos países do Sul. e) As nações ex-socialistas, nas quais, nas últimas décadas, predomina a economia planificada, possuem, em geral, um elevado índice de urbanização e são fortemente industrializadas. Questão 16 - (UEFS BA/2010/) O colapso do socialismo real soviético, em 1991, resultou em uma mudança de estratégia nos países hegemônicos. Na verdade, foi implementada uma nova forma de exercer a liderança mundial. (TAMDJIAN; MENDES, 2004, p. 230). O texto e os conhecimentos sobre a nova ordem mundial e suas implicações possibilitam afirmar: a) O fim da Guerra Fria consolidou a importância do Pacto de Varsóvia, formado pelos países do Leste Europeu. b) A Organização Mundial do Comércio (OMC) foi criada para assumir a coordenação e a regulamentação das políticas de comércio e serviços, em substituição ao G ATT. c) A Organização do Tratado do Atlântico Norte (OTAN), cujo objetivo era impedir o avanço do socialismo soviético, se extinguiu logo após o colapso da URSS.
  7. 7. d) O mundo multipolar possibilitou a formação de blocos econômicos nos países periféricos, capazes de competir com os dos países centrais no comércio internacional, impondo suas regras e seus produtos. e) A acirrada concorrência no mundo globalizado favoreceu os países periféricos, porque só eles produzem produtos primários e matéria-prima abundante. Questão 17 - (UEFS BA/2010/) “O processo de desenvolvimento da atividade industrial, desde o século XVIII, não só representa a mundialização das relações capitalistas, como também exerce papel fundamental nas transformações ocorridas na organização do espaço geográfico e nas relações existentes entre as diversas partes desse espaço, nos mais diferentes níveis. O estudo da indústria é fundamental para a compreensão e a análise da organização espacial”. A partir dessas informações e dos conhecimentos sobre o desenvolvimento da atividade industrial, pode-se concluir: a) O artesanato foi a segunda etapa de transformação das matérias-primas e é praticado até os dias atuais, principalmente nos países do Primeiro Mundo. b) A Alemanha foi o berço da atividade industrial, graças ao seu grande aproveitamento hidrelétrico, além da sua avançada tecnologia. c) A Segunda Revolução Industrial teve no carvão mineral sua grande fonte de energia, o que explica a localização das indústrias nas proximidades das bacias carboníferas. d) A invenção do computador, após a Primeira Guerra Mundial, na terceira década do século passado, foi responsável pelo avanço industrial nos continentes. e) A industrialização não apareceu de forma homogênea em todos os países, historicamente sofreu e sofre um processo de acumulação técnica cultural, apresentando, a cada momento, as características e as determinações da sociedade responsável pela sua produção. Questão 18 - (UEFS BA/2010/) A finalidade dos transportes é o deslocamento e a circulação de mercadorias e de pessoas, de um lugar para outro. Sobre sua função social, nos países subdesenvolvidos, é correto afirmar: a) A organização dos transportes é resultante do planejamento e do desenvolvimento econômico interno. b) Os transportes permitem um elevado grau de integração territorial inter-regional. c) Os transportes são produtos da vanguarda da pesquisa e da inovação tecnológica. d) O deslocamento de mercadorias é feito, predominantemente, por ferrovias e hidrovias. e) O sistema viário brasileiro é formado por redes que, quase sempre, são periféricas, precárias e convergentes para os portos de exportação. Questão 19 - (UEFS BA/2010/)
  8. 8. Com base na análise do gráfico e nos conhecimentos sobre a desconcentração industrial no Brasil, é correto afirmar: a) As montadoras têm privilegiado a região metropolitana de São Paulo na aplicação de recursos e na abertura de novas fábricas. b) A dispersão industrial, no Brasil, é um fato novo deste final de década. c) O primeiro grande passo da desconcentração industrial brasileira foi o deslocamento das agroindústrias do Sudeste para o Nordeste, na década de 20 do século passado. d) O Sudeste ainda concentra, aproximadamente, metade das indústrias brasileiras, porém as unidades estão mais espalhadas pelo país. e) Os estados favorecidos pela “guerra fiscal” conseguem grandes vantagens, com a criação de empregos, polpudos impostos, além das novas infraestruturas doadas pelas empresas. Questão 20 - (UEFS BA/2010/) I. Atividade agrícola praticada em pequena escala de produção. Baseia-se na produção de alimentos, como feijão, milho, mandioca, inhame e outros, para seu próprio sustento. Apresenta, como características principais, pequenas propriedades, onde se faz a rotação de terras, técnica rudimentar, de baixa produtividade, que consegue, no máximo, atender às necessidades de subsistência do grupo familiar que aí trabalha. II. Forma de cultivo de cereais e hortaliças, muito comum no sul, sudeste e leste da Ásia. Apresenta, como características principais, o uso intensivo da força de trabalho e o baixo investimento de capital, em áreas com adensamento populacional e poucas terras agricultáveis, com baixa produtividade por pessoa e alta produtividade por hectare. (COELHO; TERRA, 2005, p. 358). Os sistemas de produção rural, retratados nos textos I e II, são, respectivamente, a) b) c) d) e) agricultura extensiva e agricultura de terraceamento. agricultura de terraceamento e agricultura comercial. agricultura itinerante e agricultura de jardinagem. agricultura intensiva e agricultura de subsistência. agricultura extensiva e agricultura científica. Questão 21 - (UEFS BA/2011/)
  9. 9. As origens de uma geografia crítica, que não só contestasse o pensamento dominante, mas tivesse também a intenção de participar de um processo de transformação da sociedade, situam-se no final do século XIX. Trata-se da geografia proposta pelos anarquistas Elisée Reclus e Piotr Kropotkin. Ela não fez escola, submergida pela geografia “oficial”, vinculada aos interesses dominantes. (CORRÊA,1991, p. 19). A alternativa que indica o geógrafo que melhor representou o movimento de renovação crítica da Geografia no Brasil é a a) b) c) d) e) Manuel Correia de Andrade. Milton Santos. Aziz Ab’Saber. Jurandyr Ross. Aroldo de Azevedo. Questão 22 - (UEFS BA/2011/) No começo era a natureza selvagem, formada por objetos naturais e depois, cibernéticos, fazendo com que a natureza artificial tenda a funcionar como uma máquina. Através da presença desses objetos técnicos — hidrelétricas, fábricas, fazendas modernas, portos, estradas de rodagem, estradas de ferro, cidades —, o espaço é marcado por esses acréscimos, que lhe dão um conteúdo extremamente técnico. (ALMEIDA; RIGOLIN, 2005, p. 7). Levando-se em conta as informações, e com base nos conhecimentos sobre a organização do espaço terrestre, é correto afirmar: a) As pesquisas acerca das colisões com meteoritos não contribuem para o entendimento da organização da Terra. b) A natureza, com seus vulcões, terremotos, tsunamis, furacões, dentre outros, é a principal responsável pelas alterações do espaço. c) O carbono 14 é o único método capaz de avaliar o passado de rochas e fósseis, com mais de 30 mil anos, pela sua exatidão nas datações. d) O espaço compreendido entre a litosfera e a estratosfera não permite a organização espacial, porque não existe a sobrevivência humana, nem dos animais e vegetais. e) O grande desenvolvimento tecnológico alcançado pelo homem e as suas intervenções no meio natural contribuem, significativamente, para a organização do espaço geográfico. Questão 23 - (UEFS BA/2011/) O meio, ou paisagem, natural de uma área é formado de elementos da natureza que interagem naquele lugar, ou seja, que são interdependentes. Os seres humanos, ao ocupar esse espaço, se relacionam com esses elementos: clima, estrutura geológica e relevo, solo, vegetação e fauna originais e hidrografia. (VESENTINI, 2004.p. 302). A partir da informação e dos conhecimentos das inter-relações dos fatores bióticos e abióticos da paisagem, é correto afirmar: a) As variações do tempo, em qualquer lugar do globo, podem ser rápidas e inesperadas, e o homem procura adaptar-se a essas alterações. b) O relevo de uma região é formado, essencialmente, pelo clima e pelos solos desse lugar. c) A presença de vegetação exclusivamente natural (sem interferência humana) é muito comum e pode ser encontrada em qualquer parte da superfície terrestre, principalmente nas áreas de grande adensamento populacional.
  10. 10. d) As atividades agrícolas anuais e o aumento das safras dependem, basicamente, da sucessão dos climas. e) A capacidade nutricional de um solo depende fundamentalmente de suas propriedades físicas e químicas, não sendo influenciada pela presença de matéria orgânica. Questão 24 - (UEFS BA/2011/) Compreende uma extensa área rebaixada e predominantemente aplanada, constituindo superfície de erosão que secciona uma grande diversidade de litologias e arranjos estruturais. Essa superfície apresenta inúmeros trechos com ocorrência de relevos residuais, quase sempre associados às litologias do cristalino. Entretanto, existem alguns relevos residuais de maior extensão esculpidos em sedimentos do Cretáceo. (ROSS, 2000 p. 55, 63). Com base no perfil, no texto e nos conhecimentos das formas do relevo brasileiro, pode-se afirmar que a depressão apresentada é a a) b) c) d) e) periférica central. sertaneja. da borda leste da bacia do Paraná. do Tocantins. do rio Araguaia. Questão 25 - (UEFS BA/2011/) As regiões hidrográficas brasileiras foram definidas pelo IBGE (Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística) e pelo Conselho Nacional de Recursos Hídricos, para tornar mais fácil o planejamento e o uso racional desses recursos. A região que mais se destaca, pelo seu aproveitamento hídrico, é a a) Amazônica, graças às suas novas usinas hidrelétricas, Belo Monte e Jirau, dentre outras, que servem todo o norte do país. b) do rio Paraguai, que, por ser de planalto, facilitou seu pleno emprego, com grande atividade agroindustrial. c) do rio Paraná, que apresenta o maior aproveitamento hídrico do Brasil, abrigando grandes hidrelétricas, com destaque para a de Itaipu e Ilha Solteira. d) dos rios Tocantins — Araguaia, que, ao descerem o planalto Central, formam numerosas cachoeiras, alimentando dezenas de usinas hidrelétricas. e) do São Francisco, entre Juazeiro e Pirapora, que possui grande potencial hidrelétrico, aproveitado pelas usinas de Paulo Afonso, Três Marias e Sobradinho. Questão 26 - (UEFS BA/2011/)
  11. 11. A partir da análise do mapa, é correto afirmar que a alternativa que indica os tipos de clima das cidades de Belém, Belo Horizonte e Curitiba são, respectivamente, a) b) c) d) e) tropical de altitude / semiárido / tropical atlântico. tropical atlântico / tropical / semiárido. equatorial / tropical de altitude / subtropical. tropical / tropical atlântico / tropical de altitude. semiárido / equatorial / tropical. Questão 27 - (UEFS BA/2011/) I e II identificam, respectivamente, as formações vegetais a) b) c) d) e) litorâneas / Mata de Araucárias. da Mata Atlântica / formações campestres. complexas / Mata Amazônica. da Mata dos Cocais / Mata Atlântica. complexas / formações campestres. Questão 28 - (UEFS BA/2011/)
  12. 12. Com base na análise do quadro, sobre a água na superfície terrestre, pode-se afirmar que está correto o que se afirma nos itens a) b) c) d) e) I e II. I e IV. II e III. II e IV. III e IV. Questão 29 - (UEFS BA/2011/) A ação de desagregação das rochas, por intemperismo físico e químico, somada aos agentes modeladores (como a chuva, o vento, os rios, o mar e os gelos), cria condições para que a ação bacteriana, além da decomposição de animais e vegetais, forme camadas dos mais variados tipos na superfície da crosta continental, caracterizando os horizontes dos solos. (PIFFER, 2005. p. 206). Com base no texto e nos conhecimentos sobre intemperismo e o valor socioeconômico dos solos, é correto afirmar: a) A decomposição do solo é uma função dos agentes climáticos, e as argilas se desenvolvem nos climas mais quentes e secos. b) Os solos de massapé, no Brasil, são os mais utilizados no plantio de soja. c) A origem e a porosidade do solo não interferem na sua fertilidade. d) Os processos de gênese dos solos são rápidos, sendo as camadas humíferas formadas em poucos meses. e) Os seres vivos participam do intemperismo do solo de diversas maneiras, e as raízes criam galerias ou agem na decomposição, por meio das comunidades de animais do solo. Questão 30 - (UEFS BA/2011/) Acerca das tendências da organização geopolítica brasileira, é correto afirmar: a) O país registra inúmeros casos de controle pelas elites nacionais, como ocorreu com a construção de Brasília, em meados do século passado. b) O equilíbrio nas características socioeconômicas das regiões brasileiras, seu desenvolvimento sustentável e a ausência de conflitos no campo, configuram atualmente o cenário geopolítico brasileiro. c) O Brasil, em grande parte dos anos sessenta, setenta e oitenta do século passado, teve seu território controlado pelas classes populares. d) O espaço geográfico dos países centrais é organizado considerando-se os cursos fluviais, e, por essa razão, não se permite a ocupação desse espaço ao longo dos cursos dos rios.
  13. 13. e) O país, nas últimas décadas, tem estendido sua influência ao espaço africano, onde desenvolve os maiores programas de exploração de petróleo, construção de portos e de sistemas rodo-ferroviários, interligando os principais países desse continente. Questão 31 - (UEFS BA/2011/) No Nordeste, essas formações alongam-se do Maranhão ao Sul da Bahia. Elas resultam de depósitos recentes da era Cenozoica (período Quaternário) e alternam-se com formações mais elevadas, originárias de sedimentos da mesma era geológica, embora mais antigos (período terciário). Nessa área sedimentar, estão contidas grandes reservas de petróleo nos Estados da Bahia, Sergipe, Alagoas, Rio Grande do Norte, Ceará e Maranhão. (MOREIRA, 1998, p. 214). A alternativa que melhor expressa as formas de relevo descritas no texto é a a) b) c) d) e) Planaltos e Serras do Leste-Sudeste. Planícies e Tabuleiros Litorâneos. Planaltos e Chapadas da Bacia do Parnaíba. Chapada Diamantina e Depressão do Tocantins. Planalto da Borborema e Chapada Diamantina. Questão 32 - (UEFS BA/2011/) Os conhecimentos sobre a distribuição geográfica da população mundial e brasileira possibilitam afirmar: a) As áreas de maior densidade geográfica dos continentes estão concentradas nas porções setentrionais. b) A Ásia, além de ser o continente mais populoso, concentra, na sua porção sul-oriental, dois países populosos, a China e a Índia. c) A África, após resolver sérios problemas internos, como a devastação pela AIDS e pela malária e guerras sangrentas, dentre outros, desenvolve um intenso programa de controle de natalidade e de redistribuição populacional. d) O equilíbrio na distribuição da população brasileira coloca o país entre o grupo de países que possuem a ocupação do espaço mais racional e democrática. e) A população brasileira sempre se concentrou em determinadas áreas do país, sobretudo no sertão do Nordeste e nas margens dos grandes rios. Questão 33 - (UEFS BA/2011/) “Migração é uma forma de deslocamento populacional, no espaço da superfície terrestre, envolvendo mudança permanente de residência. Quando feita entre dois países diferentes, elas são conhecidas como migrações internacionais e, dentro de um mesmo país, são chamadas migrações internas”. Considerando-se a informação e os conhecimentos sobre a dinâmica do espaço populacional, é correto afirmar: a) A maioria das migrações é de países em desenvolvimento para nações desenvolvidas, como o México e os países da Europa Oriental. b) As pessoas se deslocam de uma região (área de emigração) para outra (área de imigração). c) Os habitantes das regiões mais pobres são os que mais migram, internacionalmente. d) O colonato de posse dos europeus, no sul do Brasil, nos dois primeiros séculos da ocupação portuguesa, aconteceu em razão das condições naturais da região.
  14. 14. e) A região Norte, no início do século XXI, devido à expansão industrial da Zona Franca de Manaus, foi o centro de atração das migrações internas. Questão 34 - (UEFS BA/2011/) Considerando-se os gráficos e os conhecimentos sobre a estrutura da população mundial e brasileira, é correto afirmar: a) A expansão da rede de saneamento básico em todas as regiões do país é responsável pelo aumento da expectativa de vida da população brasileira, principalmente na região Norte. b) O Brasil possui uma população majoritariamente masculina em todas as regiões, com exceção do Nordeste, em razão da melhoria nas condições de vida das mulheres. c) O crescimento demográfico brasileiro vem se desacelerando nas últimas quatro décadas, em decorrência, principalmente, da queda constante da taxa de fecundidade. d) Nos países desenvolvidos, onde a natalidade e a expectativa de vida são altas, as pirâmides etárias apresentam, de forma geral, uma base larga e um ápice mais estreito. e) A população brasileira atingiu uma alta qualidade de vida, assemelhando-se aos países desenvolvidos da Europa. Questão 35 - (UEFS BA/2011/) Sobre a América Latina e suas características populacionais, identifique as afirmativas verdadeiras. I. A região pode ser considerada uma das mais desiguais do mundo, reunindo um elevado número de países com grande concentração de renda. II. A expressão América Latina é adequada a um critério geopolítico, pois esses países exibem, em comum, profundas desigualdades sociais e instabilidade econômica. III. Os países da América Latina tiveram uma colonização de povoamento, e, atualmente, caracterizamse por seu desenvolvimento industrial homogêneo e pela sua diversidade cultural. IV. Os países platinos têm forte influência da civilização quíchua e formam os países da América Latina, cuja maioria da população é descendente de ameríndios. A alternativa que indica todas as afirmativas verdadeiras é a a) b) c) d) e) I e II I e III I e IV II e III III e IV Questão 36 - (UEFS BA/2011/) Em 1968, o biólogo americano Paul Ehrlich escreveu, no livro A Bomba Populacional, que milhões de pessoas morreriam de fome nas décadas seguintes. Sua previsão estava parcialmente correta. O que
  15. 15. Ehrlich não antecipou foi um fenômeno [...] baseado no desenvolvimento de técnicas modernas para aumentar a produtividade dos campos. A introdução de variedades selecionadas de plantas, irrigação e da química (com nitrogênio, fósforo e potássio adubando o solo) fez a produtividade das lavouras se multiplicarem. (EM 1968...2010, p. 55). O fenômeno que o autor do texto não antecipou veio a ocorrer, surpreendentemente, no espaço agrário dos países subdesenvolvidos, sendo conhecido como a) b) c) d) e) surgimento da plantation. revolução verde. transformação energética (aumento das proteínas vegetais). reforma agrária. revolução do pequeno produtor. Questão 37 - (UEFS BA/2011/) Sociedade e espaço guardam relações tão próximas, que, ocorrendo mudanças em um, o outro, inevitavelmente, muda. Nesse sentido, as transformações desencadeadas a partir da Revolução Industrial são muito marcantes. (FILIZOLA, 2006, p. 321). Com base no texto e nos conhecimentos sobre a relação sociedade e espaço, pode-se afirmar: a) O artesanato, primeira etapa de transformação de matérias-primas em produto acabado, tradicionalmente, é socializado, caracterizando uma divisão do trabalho. b) As indústrias de bens de capital têm saído das áreas mais industrializadas, porque são mais numerosas e, geralmente, instalam-se próximas aos locais fornecedores de matérias-primas. c) A indústria nacional, nas primeiras décadas do século passado, já era autossuficiente em utensílios domésticos, produtos têxteis, louças e materiais de construção, entre outros. d) A chegada da indústria moderna, no Brasil, e a formação de uma economia de mercado foram essenciais para a criação de uma nova sociedade, em uma nova organização espacial. e) A geografia da indústria automobilística do Brasil se caracteriza pela concentração nas regiões centrais do país devido à falta, nas demais regiões, de mão de obra qualificada, de mercado consumidor e de matérias-primas. Questão 38 - (UEFS BA/2011/) São cidades que polarizam espaços que ultrapassam os limites nacionais, exercendo uma influência econômica, cultural ou política em partes do globo terrestre, ou, em alguns casos, até na sua totalidade. Caracterizam-se pelo poder de controle sobre o conhecimento tecnológico e científico, pela elevada qualificação e sofisticação dos serviços oferecidos e por exercerem um papel proeminente como centros de decisão na dinâmica da globalização econômica. (MÉDICI; ALMEIDA, 2001, p. 91). A situação descrita no texto retrata a) b) c) d) e) metrópoles globais. capitais regionais. metrópoles nacionais. centros regionais. metrópoles regionais.
  16. 16. Questão 39 - (UEFS BA/2011/) Refletir, hoje, sobre a cidade no Brasil significa pensá-la enquanto materialização do processo de “urbanização dependente”, em que as contradições emergem de modo mais gritante, e a acumulação da riqueza que caminha pari passu com a miséria leva a um tipo de reivindicação diferenciada, se comparada àquelas emergentes nos países ditos desenvolvidos. (CARLOS, 2001, p. 32). A reflexão sobre o texto e os conhecimentos sobre o espaço urbano no Brasil e a dinâmica social brasileira permitem afirmar: a) As maiores metrópoles brasileiras — Rio de Janeiro e São Paulo —, localizadas, respectivamente, nas regiões Sudeste e Sul, estão entre as mais populosas e mais seguras do mundo. b) O Estatuto da Cidade, sancionado pelo ex-presidente Fernando Henrique Cardoso, é um instrumento de apoio técnico-social de ajuda aos prefeitos, no crescimento ordenado das cidades e uma forma de impedir a especulação imobiliária. c) A intensa e acelerada urbanização brasileira resultou em sérios problemas sociais urbanos, como o surgimento de favelas e cortiços de forma desordenada, ocupando áreas de risco. d) O crescimento populacional das cidades médias do país conta com planos e projetos de urbanismo, proximidade das metrópoles e expansão do agronegócio. e) As favelas representam uma segregação voluntária, em razão da permanente oferta de moradias, para as diversas classes sociais. Questão 40 - (UEFS BA/2011/) Essa hidrovia é um importante corredor de transportes de minérios — das ricas jazidas de caulim e bauxita. Hoje, observa-se a formação de relevantes polos agropecuários, especialmente na região de Paragominas. A hidrovia está sinalizada e dragada, com expectativa de movimentar milhões de t/a. (SILVA FILHO et al., 2005, p. 347). A partir das informações e dos conhecimentos sobre o transporte hidroviário brasileiro, pode-se afirmar que a alternativa que associa, corretamente, a hidrovia, destacada no texto, à sua localização é a a) b) c) d) e) Rio Madeira / Corredor Centro-Norte. São Francisco / Corredor São Francisco-Rio Grande. Guamá-Capim / Corredor Araguaia-Tocantins. Paraguai / Corredor Centro-Oeste. Tietê-Paraná / Corredor Sudoeste. Questão 41 - (UEFS BA/2011/) Conjunto de lugares, marcados por naturezas, que passaram por diferentes processos históricos, unidos por uma complexa rede de relações que se realizam nas mais variadas escalas. (ALMEIDA; RIGOLIN, 2005, p. 8). A situação descrita no fragmento de texto a) evidencia uma unidade visível do arranjo espacial que a visão humana alcança. b) ressalta uma porção do espaço apropriável para a vida, onde ocorrem as relações de consumo e conflito. c) mostra a natureza, aquilo que rodeia o homem, o substrato do qual ele retira tudo que utiliza para sobreviver.
  17. 17. d) destaca a paisagem natural, fonte da evolução da própria natureza, da ação de fenômenos naturais, como fenômenos geológicos e climáticos, dentre outros. e) caracteriza o espaço geográfico, que é formado por um conjunto de elementos impregnados de história, resultado de uma série de ações e relações naturais e humanas. Questão 42 - (UEFS BA/2011/) Considerando-se o mapa e os conhecimentos das estratégias geopolíticas para um melhor controle da Amazônia brasileira, é correto afirmar que o a) Sipam (Sistema de Proteção da Amazônia) tem por finalidade a integração das forças armadas, visando à defesa da região. b) Estado brasileiro, através dos projetos Calha Norte e Sipam/Sivam, tem total controle das vastidões da Região Amazônica. c) Projeto Calha Norte teve origem no governo militar, na década de 70 do século passado, e visava, inicialmente, povoar as fronteiras do norte do país. d) Projeto Jari, localizado nos limites dos Estados de Roraima e do Amazonas, é um gigantesco empreendimento de assentamento agrícola que reforça a soberania amazônica. e) Sivam (Sistema de Vigilância da Amazônia) é uma rede de coleta e de processamento de informações sobre meio ambiente, meteorologia, vigilância aérea e de superfície, e terras indígenas, dentre outros, que são enviadas aos órgãos governamentais atuantes na região. Questão 43 - (UEFS BA/2011/) A respeito da organização do espaço terrestre — clima, modelado terrestre, solos como matrizes e produção do espaço socioeconômico e populacional —, é correto afirmar: a) O modelado terrestre é resultado do trabalho realizado pelo aquecimento solar, não havendo intervenção dos agentes biológicos. b) Os estudos recentes de clima não têm grande utilidade na explicação de certas formas de relevo, como nas planícies cobertas pelas florestas equatoriais. c) O processo de composição do solo pela desagregação das rochas é sempre rápido, fato que exerce um papel fundamental no aumento da produção de alimentos destinados aos povos dos países subdesenvolvidos. d) O desenvolvimento crescente da indústria, seu aperfeiçoamento técnico e sua expansão ocasionaram grandes transformações na natureza, face às necessidades de recursos para a sua sustentação. e) A atividade extrativa mineral, no Brasil, em grande parte conhecida como garimpagem, tem grande produção, devido à presença de capitais, de organização e de conhecimento científico do potencial das jazidas.
  18. 18. Questão 44 - (UEFS BA/2011/) Os principais tipos de relevo do Brasil foram esculpidos sobre rochas de milhões e milhões de anos. (TERRA..., 2010, p. 36). Sobre os tipos de relevo, no Brasil, é correto afirmar: a) A forma dominante do relevo é o planalto, onde os processos erosivos predominam sobre os processos de sedimentação. b) As depressões da Amazônia Oriental, da Borborema e da borda oeste do rio Paraná merecem destaque entre as depressões brasileiras. c) Os picos da Bandeira e Agulhas Negras, os mais elevados do país, sobressaem-se nas formações jovens do Sudeste. d) Os dobramentos modernos atingiram duramente a região serrana do extremo norte do país. e) As planícies típicas ocupam grande parte do território brasileiro, principalmente na Amazônia Ocidental. Questão 45 - (UEFS BA/2011/) Em relação ao intemperismo, aos solos e sua importância econômica, identifique as afirmativas verdadeiras. I. O intemperismo, também conhecido como meteorização, constitui um conjunto de processos físicos, químicos e biológicos que ocasionam a desintegração das rochas. II. A lateralização provoca o empobrecimento dos solos, devido à retirada de minerais hidrossolúveis. III. Os solos aluviais, juntamente com os solos de origem eólica, são autóctones. IV. O massapé é originário da decomposição de solos magmáticos, apresenta uma coloração avermelhada e é fundamental para a cultura do café. A alternativa que indica todas as afirmativas verdadeiras é a a) b) c) d) e) I e II. I e III. II e III. II e IV. III e IV. Questão 46 - (UEFS BA/2011/) Talvez Iuri Gagárin, o primeiro astronauta russo a apelidar a Terra de “planeta azul”, não imaginasse que seu planeta fosse, em menos de quarenta anos, a vedete de inúmeros “olhares” espaciais dos satélites, que passaram a comandar uma estratégia complexa de pesquisa, controle, diagnóstico e poder sobre a vida que envolve o planeta: a biosfera. (ROSS et al, 2000, p. 71). A partir das informações do texto e dos conhecimentos sobre as inter-relações dos fatores bióticos e abióticos da paisagem, é correto afirmar: a) O critério fisionômico é ecológico, porém não ajuda a compreender a distribuição da vida em escala planetária. b) A eliminação da cobertura vegetal aumenta a capacidade de retenção de energia solar pela superfície e acelera a formação de fluxos de ar ascendentes. c) A avaliação das interações que se verificam entre a massa atmosférica e os outros componentes da natureza é de grande importância para as atividades humanas.
  19. 19. d) A expressão popular “em se plantando tudo dá” é condizente com a realidade brasileira, pois os solos férteis predominam e são pouco vulneráveis à ação do clima, quando desmatados. e) Entre as várias modificações climáticas sofridas pela Terra, com períodos alternados de aquecimento e resfriamento, aquelas ocorridas no Paleoceno deixaram mais vestígios, por serem as mais recentes. Questão 47 - (UEFS BA/2011/) Identifique as afirmativas verdadeiras. Sobre a vegetação brasileira, pode-se afirmar: I. As florestas da Região Amazônica podem ser incluídas em três grupos: as matas de terra firme, as matas de várzeas e os igapós. II. As formações florestais latifoliadas compõem-se de espécies com folhas pontiagudas, adaptadas às altas temperaturas e à grande umidade. III. O Brasil apresenta dois grandes domínios de formações vegetais abertas e semiabertas, as caatingas e os cerrados, que ocupam uma diagonal de climas mais secos, percorrendo o país do Nordeste ao Pantanal, passando pelo Brasil Central. IV. Os pampas estão situados na porção centro-norte do Rio Grande do Sul, formando uma enorme região de planaltos recobertos por manchas de campos, área típica para a pecuária intensiva. A alternativa que indica todas as afirmativas verdadeiras é a a) b) c) d) e) I e II. I e III. II e III. II e IV. III e IV. Questão 48 - (UEFS BA/2011/) A água é “a fonte e a origem, o reservatório de todas as possibilidades de existência; ela precede todas as formas e sustenta toda criação”. (NEWMAN, 2010, p. 106). Sobre as águas continentais, oceanos e mares, pode-se afirmar: a) A água dos rios é mais densa que a dos oceanos devido à maior concentração de sais minerais. b) As fontes superficiais oriundas de lençóis pouco profundos possuem um regime muito regular, pois não dependem estreitamente do regime pluviométrico. c) As cidades de Barcelona (Catalunha) e Riad (Arábia Saudita) dependem, em grande parte, para seu abastecimento de água potável, da dessalinização da água do mar. d) O abastecimento de água potável, na Índia, está garantido, pelo menos nos próximos cinquenta anos, em função do derretimento das neves eternas do Himalaia. e) A temperatura das águas dos mares e oceanos sofre pouca variação, o que explica as temperaturas constantes dos mares mediterrâneos e as insignificantes oscilações de temperatura das águas do Pacífico. Questão 49 - (UEFS BA/2011/) A água doce é um bem extremamente precioso: corresponde a apenas 2,5 % do volume da hidrosfera. E, para felicidade geral da nação, o Brasil é bastante privilegiado na distribuição desse bem de todos: nosso território concentra mais de 10% da água superficial disponível para consumo no mundo.
  20. 20. Toda essa caudalosa riqueza está espalhada pelos milhares de rios que percorrem o país. [...] Uma característica importante é o predomínio de rios de planalto, o que permite bom aproveitamento hidrelétrico. (TERRITÓRIO..., 2009, p. 38). A bacia hidrográfica que mais se destaca nesse aproveitamento hidrelétrico é a do a) b) c) d) e) Paraguai. Paraná. Amazonas. Paraguaçu. São Francisco. Questão 50 - (UEFS BA/2011/) As características de uma determinada população mudam em função de condições socioeconômicas, políticas e territoriais, submetidas às múltiplas determinações culturais. A análise da orientação, do ritmo e da natureza do crescimento dessa população, a par dos deslocamentos, permite entender seu comportamento e fazer projeções para o futuro. (TARNDJIAN, 2004, p. 113). Considerando-se as informações do texto e os conhecimentos sobre a dinâmica populacional, é correto afirmar: a) O total de habitantes de um lugar tem como principal fator de aumento os movimentos migratórios. b) As taxas de natalidade, nos países desenvolvidos, registraram aumentos intensos no decorrer do século XX. c) O crescimento vegetativo e os fluxos migratórios internacionais tornam mais compreensível a dinâmica demográfica brasileira. d) As últimas décadas registram grande aumento dos fluxos imigratórios no Brasil, devido ao apoio do governo à expansão do agronegócio. e) O aumento da fecundidade das mulheres brasileiras, a partir dos anos cinquenta do século passado, está relacionado com a crescente urbanização do país. Questão 51 - (UEFS BA/2011/) Sobre estrutura da população mundial e brasileira, pode-se afirmar: a) A velhice demográfica é uma característica dos países da África e da América Latina. b) A pirâmide etária dos países subdesenvolvidos costuma apresentar uma base bem mais estreita e um ápice bem mais largo do que a dos países desenvolvidos. c) O grau de instrução varia entre a população de vários países, todavia ele não interfere no crescimento demográfico nem na expectativa de vida da população. d) A pirâmide etária resulta da interação de dois elementos básicos, que são o crescimento vegetativo e a expectativa média de vida. e) A transição demográfica é uma característica dos países centrais, devido à implantação de políticas antinatalistas. Questão 52 - (UEFS BA/2011/)
  21. 21. Considerando-se as informações constantes da tabela sobre os vários povos que habitaram a América, no período pré-colombiano, sua situação e composição populacional, características dos países atuais, população e movimentos migratórios, pode-se afirmar que estão corretas as informações indicadas em a) b) c) d) e) I e II. I e IV. I e III. II e III. III e IV. Questão 53 - (UEFS BA/2011/) Com base no mapa e nos conhecimentos sobre a distribuição da população mundial e brasileira, é correto afirmar: a) Em I, verifica-se uma menor taxa de crescimento demográfico, nos últimos anos, e uma elevada densidade média, destacando-se a ocupação da região do Sahel. b) Em II, a população está concentrada na porção setentrional e meridional do continente, porém imensos vazios demográficos sobressaem-se nas porções oriental e centro-ocidental do seu território. c) Em III, alternam-se enormes manchas de baixo povoamento, na península Arábica, nas regiões montanhosas e desérticas centrais e ao norte, na Sibéria, e regiões altamente povoadas, na porção sul-oriental do continente. d) Em IV, no início do século XXI, verifica-se, no Brasil, uma grande ocupação espacial, sem vazios demográficos.
  22. 22. e) Em V, a população é bem distribuída, devido à ausência de áreas anecúmenas, sobressaindo-se as altas densidades das planícies costeiras do Pacífico. Questão 54 - (UEFS BA/2011/) Enquanto a atividade agrícola ocupa grandes extensões do planeta, a atividade industrial se concentra em pontos do espaço. Todavia essa pequena concentração tem o poder de articular e integrar, através do mercado e da divisão espacial e internacional do trabalho, todo o universo. Isso significa que a indústria é a atividade capaz de produzir e desenvolver a integração de vastas áreas. (CARLOS, 2000, p. 20). Com base no texto e nos conhecimentos sobre o espaço industrial, sua organização, sistematização e importância, pode-se afirmar: a) A indústria, do ponto de vista histórico, se localizou, primeiramente, no vale do Ruhr, na Alemanha, onde encontrou as condições necessárias ao seu surgimento. b) A Revolução Industrial, além de se apresentar como um fenômeno técnico, significou, também, a solidificação das relações sociais entre a burguesia e o clero. c) As indústrias, nas primeiras décadas do século XIX, se instalaram nas beiras dos rios, devido à necessidade de abastecimento de energia elétrica. d) A atividade industrial é altamente descentralizada, do ponto de vista espacial, já que é uma atividade que se autossustenta. e) A localização industrial evolui ao longo do tempo, exigindo-se muita atenção a esse fenômeno, sendo importante a análise da questão locacional em sua dinâmica. Questão 55 - (UEFS BA/2011/) É um importante complexo industrial portuário, localizado na porção oriental do Nordeste e, pela sua magnitude e importância, é considerado um Polo Econômico Regional. Esse complexo conta com um dos mais importantes portos do continente sul-americano, é dotado de excelente infraestrutura e situação estratégica, estando localizado a apenas seis horas de distância das grandes rotas marítimas internacionais. Hoje, boa parte dos produtos importados pelo Norte e Nordeste é distribuída a partir deste complexo. (ANDRADE, 2003, p. 115). O setor industrial-portuário e a unidade política de localização, referidos no texto, correspondem, respectivamente, a) b) c) d) e) ao Complexo Industrial e Portuário do Pecém / no Ceará. à Agroindústria Açucareira, porto de Jaraguá / em Alagoas. ao Complexo Petroquímico de Camaçari — no Porto de Aratu / na Bahia. ao Complexo Industrial Portuário de Suape / em Pernambuco. ao Metalúrgico/Químico, complexo portuário integrado pelos terminais de Itaqui, Ponta da Madeira e Alumar / no Maranhão. Questão 56 - (UEFS BA/2011/) [...] em sentido amplo, o termo cluster apenas retrata concentrações locais de certas atividades econômicas [...]. Aglomerações puras de empresas não relacionadas não dão origem à eficiência coletiva. [...] Um cluster é uma aglomeração de tamanho considerável de firmas numa área espacialmente delimitada com claro perfil de especialização e na qual o comércio e a especialização interfirmas é substancial. (SILVA FILHO et al., 2005, p. 323). Constitui-se um exemplo de clusters, no Brasil,
  23. 23. a) b) c) d) e) o centro industrial de Aratu, na Bahia. as empresas de informática, em Ilhéus, na Bahia. o Centro Industrial do Subaé, em Feira de Santana, Bahia. o distrito industrial de Fortaleza, no Ceará. a região do ABCD, na área metropolitana de São Paulo, São Paulo. Questão 57 - (UEFS BA/2011/) Com base na análise do mapa e nos conhecimentos sobre o espaço urbano brasileiro, é correto afirmar: a) A urbanização, tal como ocorre atualmente no Brasil, é um fenômeno antigo, cujas características se ligam à expansão do Império Romano. b) O nível dos oceanos está subindo e grandes metrópoles nacionais ficam a cada ano mais expostas às suas águas, como ocorre em Curitiba, Belo Horizonte e Porto Alegre. c) As metrópoles globais do Brasil exibem sobrecarga na infraestrutura urbana, crescimento das favelas, da violência e da criminalidade, além de outros problemas sociais e ambientais. d) A conurbação só envolve grandes cidades ou áreas metropolitanas e, dessa forma, não existe conurbação entre cidades menores, como Petrolina e Juazeiro (separadas pelo rio São Francisco). e) O Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) decide administrativamente a figura da região metropolitana e, dessa maneira, o Estado de São Paulo tem uma região metropolitana em torno da capital, e Santa Catarina só possui a Região Metropolitana do Vale do Itajaí. Questão 58 - (UEFS BA/2011/) Um dos pilares da economia brasileira desde os tempos coloniais, a agricultura ostenta números grandiosos, como o maior produtor de vários itens da pauta agrícola, mas, apesar dos espetaculares resultados apresentados nos últimos anos, a agricultura brasileira encontra-se numa perigosa encruzilhada, onde se avistam potenciais problemas sociais e econômicos decorrentes das atividades do campo. A estrutura fundiária e a mecanização do setor impulsionam o êxodo rural; a dificuldade de escoamento da produção diminui a rentabilidade; o avanço da fronteira agrícola ameaça o meio ambiente e tantos outros. (AVANÇOS..., 2009, p. 117). Considerando-se as informações do texto, é correto afirmar: a) Os efeitos da crise econômica mundial não afetaram as exportações dos produtos agrícolas do país.
  24. 24. b) O campo, ao oferecer maior oportunidade de trabalho, acabou atraindo os empregados e desempregados das áreas urbanas. c) O aumento da produtividade, no Brasil, só ocorreu na Região Centro-Sul, devido à criação de programas sociais que visaram fixar o homem no campo e estabelecer uma maior democratização da posse da terra. d) O Brasil, para atender aos avanços e desafios do campo, precisa enfrentar o colapso da infraestrutura, investir em educação e modernizar a administração do Estado. e) A integração dos meios de transportes — rodoviário, ferroviário e hidroviário — ao moderno e equipado sistema portuário facilitou e valorizou as exportações dos produtos agrícolas. Questão 59 - (UEFS BA/2011/) Os transportes assumiram um papel muito grande, não só pela utilização de vários meios, como também pela sua importância econômica e pela mobilidade humana. O planejamento e a construção de instalações que possibilitem meios de transportes eficientes são essenciais para atrair investimentos, uma vez que contribuem, e muito, para a redução dos custos de produção. Ao mesmo tempo os governantes devem dar prioridade aos investimentos do transporte coletivo urbano (metrô, trem, corredores de ônibus, construção de ciclovias), para desafogar e humanizar as cidades, hoje tão poluídas e estressantes, pelo uso individualizado dos carros. (ALMEIDA; RIGOLIN, 2009, p. 492). Com base no texto e nos conhecimentos sobre a circulação no espaço, a delimitação da geografia dos transportes e seu papel social, é correto afirmar: a) A maior parte da população das grandes e médias cidades da Europa Ocidental possui veículos automotivos, todavia o eficiente sistema integrado de transporte desestimula o uso do transporte individual, melhorando a qualidade de vida da população. b) O sistema ferroviário, no continente africano, é articulado com o sistema hidroviário, facilitando, assim, a integração intra-regional. c) A opção pelo transporte rodoviário de carga, nos países da América do Norte, está relacionada à abundância dos combustíveis fósseis e à existência de rodovias bem equipadas. d) A BR 163, que liga Cuiabá a Porto Velho, no Brasil, está integrada à hidrovia do rio Xingu, por onde é exportada grande parte da soja de Mato Grosso. e) A implantação do transporte hidroviário na região Centro-Sul do Brasil foi facilitada em razão de os rios serem naturalmente navegáveis, o que viabiliza a aplicação de baixos investimentos. Questão 60 - (UEFS BA/2012/) A análise dos mapas e os conhecimentos acerca da evolução da divisão regional do Brasil permitem afirmar:
  25. 25. EVOLUÇÃO da divisão regional brasileira. Geografia e Vestibular+ENEM. São Paulo: Abril, ed. 3, 2011, p. 134. a) I corresponde à primeira proposta de divisão regional realizada pelo IBGE, que se baseava nos aspectos socioeconômicos, com o objetivo de inserir o país no capitalismo monopolista nascente. b) II levou em consideração apenas os aspectos físicos, visto que os estados sem fronteiras oceânicas fazem parte do Centro, o Maranhão e o Piauí, da atual Amazônia e a Bahia, da Região Leste. c) III baseou-se no conceito de regiões homogêneas, definidas pela combinação e pela predominância de aspectos ambientais sobre os culturais e econômicos. d) IV representa a atual divisão regional, que entrou em vigor em 1970, quando o território do Estado de Goiás ainda não havia sido dividido e os atuais estados de Rondônia, Roraima e Amapá pertenciam à categoria de territórios. e) V corresponde à última alteração na divisão regional brasileira, que aconteceu na década de 90 do século passado, quando foram criados os estados de Tocantins e Mato Grosso do Sul, ambos incorporados à Região Centro-Oeste. Questão 61 - (UEFS BA/2012/) Segundo o IBGE, a expectativa de vida do brasileiro aumentou, mas algumas regiões ainda carecem de investimentos para aumentar a longevidade de grande parcela da população, como a Região Nordeste. Sobre os aspectos referentes à mortalidade nessa Região, é correto afirmar: a) A mortalidade por causas externas, relacionada com o tráfico de drogas, é maior nos estados que fazem fronteira com a Região Norte. b) Segundo o IBGE, Salvador é a capital nordestina onde a prática do aborto constitui a principal causa da mortalidade materna. c) A falta de assistência médico-pediátrica é o fator principal da mortalidade infantil em ascendência, sobretudo no Ceará. d) O crescimento dos casos de morte por doenças relacionadas com os aparelhos respiratório e circulatório resulta unicamente do processo natural de envelhecimento, o que tem caracterizado o perfil etário da população brasileira. e) O perfil da mortalidade de uma região reflete seu grau de desenvolvimento econômico e, por esse motivo, o maior percentual de mortalidade no Nordeste corresponde ao de doenças infecciosas transmissíveis e parasitárias. Questão 62 - (UEFS BA/2012/) O Brasil é o quinto país do mundo em extensão territorial e enfrenta, no século XXI, o grande desafio de remodelar e de melhorar seu sistema de transporte de mercadorias e de pessoas: é preciso torná-lo mais eficiente, mais barato e menos perigoso. (SOBRE ..., 2012, p. 128). SOBRE pneus é mais caro. Atualidades e Vestibular+ENEM. São Paulo: Abril, ed. 14, 2012. Economia.
  26. 26. Sobre a matriz de transporte brasileira e suas implicações, pode-se afirmar: a) A ampliação do transporte intermodal tem diminuído o impacto do alto custo do transporte ferroviário, que recai diretamente sobre as exportações e sobre o consumidor interno. b) A principal meta do Plano Nacional de Logística de Transporte é a de equilibrar a matriz nacional, com a ampliação da participação dos setores aeroviário e dutoviário. c) Um dos principais fatores relacionados com os altos custos de logística se refere ao preço do transporte rodoviário, que é muito caro para ser a principal modalidade utilizada no país. d) A dificuldade do transporte hidroviário em assumir uma maior importância na matriz de transporte reside no fato de a rica rede hidrográfica brasileira ser constituída predominantemente por rios de planície. e) A matriz de transporte é obsoleta e se encontra em desequilíbrio, porque os investimentos em rodovias são insignificantes e seu traçado favorece a ocorrência de acidentes. Questão 63 - (UEFS BA/2012/) A Revolução Tecno-científica vem provocando mudanças significativas no cotidiano dos trabalhadores e das empresas, à medida que os processos produtivos e as relações de trabalho são afetados. Considerando-se essa informação e os conhecimentos sobre o processo de industrialização, na era da globalização, pode-se afirmar: a) A disseminação do toyotismo eliminou os mecanismos de exploração do operariado. b) O mercado de trabalho, desde a automação das fábricas, tem exigido trabalhadores cada vez menos qualificados. c) O controle de qualidade na produção flexível é realizado por supervisores, porque a divisão do trabalho exige profissionais qualificados para cada etapa do processo produtivo. d) Os avanços tecnológicos têm dado continuidade à acumulação capitalista, pois, visando à redução dos custos, as empresas passaram a valorizar a concentração social e espacial do trabalhador. e) O volume de produção no sistema just-in-time é vinculado à capacidade do mercado de consumo, permitindo a diminuição dos custos de estocagem. Questão 64 - (UEFS BA/2012/) Reformas agrárias foram implantadas por governos de diferentes orientações políticas, em vários momentos históricos. Sobre os movimentos de reforma agrária, no mundo e no Brasil, marque V nas afirmativas verdadeiras e F, nas falsas. ( ) Reformas agrárias ocorreram na França e na Inglaterra, no período pós-Segunda Guerra Mundial. ( ) A Rússia e a China sofreram reformas agrárias após revoluções populares de caráter socialista. ( ) As mudanças na área fundiária, no Brasil atual, contribuem para o desmatamento, pois a maioria dos novos assentamentos está situada na Amazônia Legal. ( ) As reformas agrárias, no Brasil, deverão ter uma função social, entre elas a de manter as famílias no campo, evitando o êxodo rural. A alternativa que indica a sequência correta, de cima para baixo, é a a) F V V V b) V V F V c) V F V F
  27. 27. d) F F F V e) F V V F Questão 65 - (UEFS BA/2012/) Os conhecimentos sobre o processo de urbanização brasileiro permitem afirmar: a) A ausência de metrópoles no Nordeste está relacionada à complexidade e à descontinuidade da rede urbana regional. b) A urbanização ocorreu em níveis de intensidade e de rapidez regionalmente equiparados, visto que todas as regiões apresentam problemas sociais comuns, como a violência. c) O processo de metropolização que ocorre no país tem como causas os intensos fluxos migratórios intrarregionais e o elevado crescimento vegetativo da população favelada. d) A urbanização constituiu um fenômeno marcante da segunda metade do século XX, decorrente da industrialização tardia e da modernização das atividades agrícolas. e) A ausência de hierarquia urbana e de polarização dos centros urbanos brasileiros explica o fato de um país de dimensões continentais só possuir duas metrópoles nacionais, Brasília e São Paulo. Questão 66 - (UEFS BA/2012/) Considerando-se os conhecimentos sobre as migrações internas, no Brasil, é correto afirmar: a) O Nordeste continua sendo a principal área de repulsão do país, com destaque para o Estado de Alagoas, o maior foco migratório dessa região. b) O Sudeste permanece como receptor de migrantes, sendo o Espírito Santo a unidade da Federação que apresenta a menor absorção migratória. c) A Região Norte sempre foi uma área de elevada evasão migratória, sendo que o Estado do Pará apresenta os maiores índices de evasão dessa região. d) A Região Centro-Oeste é a única do Brasil capaz de receber e de absorver, na economia, toda a mão de obra migrante. e) A maioria dos estados brasileiros possui um saldo migratório negativo, com exceção dos estados sulinos, onde a maior parte da população não migra para outras regiões, devido à eficiente implantação da reforma agrária. Questão 67 - (UEFS BA/2012/) Em relação à distribuição espacial da população brasileira, marque V nas afirmativas verdadeiras e F, nas falsas. ( ) A mudança no padrão espacial de distribuição da população decorre, dentre outros fatores, do avanço das fronteiras agrícolas, com a consequente incorporação de novos territórios, nas regiões Norte e Centro-Oeste. ( ) A irregularidade na distribuição da população pelo território brasileiro se deve a fatores geográficos, como a colonização europeia, a partir do litoral. ( ) As taxas de crescimento demográfico são, em geral, mais elevadas nas áreas de menor densidade demográfica. A alternativa que indica a sequência correta, de cima para baixo, é a a) b) c) d) VFV FVF FFV VVF
  28. 28. e) V V V Questão 68 - (UEFS BA/2012/) A partir da análise das pirâmides etárias e dos conhecimentos sobre o perfil demográfico brasileiro, é correto afirmar: SUZIN, G. O Brasil no espelho. Atualidades e Vestibular+ENEM. São Paulo: Abril, ed. 14, 2012, p. 141. a) A demanda por mão de obra é maior na população feminina, em virtude da emancipação desse gênero. b) A taxa de fecundidade está em queda, entre outros fatores, devido à maior utilização de métodos anticonceptivos. c) O perfil demográfico permanece inalterado, visto que os homens continuam sendo minoria, na população absoluta. d) O país se encontra na segunda fase de transição demográfica, pois a mortalidade está caindo rapidamente e a expectativa de vida estacionou. e) A taxa de mortalidade infantil apresenta um aumento progressivo, podendo ser percebida no maior estreitamento da base das pirâmides. Questão 69 - (UEFS BA/2012/) O intemperismo ou meteorização é responsável pela formação de detritos a serem erodidos, constituindo uma etapa na formação do regolito. Pode-se distinguir entre a ação química, responsável pela decomposição das rochas, e a ação física, responsável pela fragmentação das rochas. Quanto à fragmentação rochosa, marque V nas afirmativas verdadeiras e F, nas falsas. ( ) A cliocrastra, processo de origem mecânica, resulta da cristalização e do estufamento dos sais em superfícies horizontais das zonas periglaciais. ( ) A abrasão é provocada pelo trabalho destruidor do encontro de partículas transportadas por agentes externos do relevo com a rocha. ( ) A termoclastra, fenômeno lento e variável, resulta das oscilações de calor entre o dia e a noite, ocasionando altas amplitudes de temperatura. ( ) A fragmentação rochosa pode ocorrer sob a forma de esfoliação esferoidal, já que a chuva, devido ao seu poder corrosivo sobre os minerais das rochas, constitui o principal agente fragmentador. A alternativa que indica a sequência correta, de cima para baixo, é a a) b) c) d) e) FVVV VVFV VFVF FFFV FVVF Questão 70 - (UEFS BA/2012/)
  29. 29. Processo de diagênes do solo, que envolve uma série de condições, dentre essas a alternância de estação chuvosa e seca, e uma topografia suave. É conhecido popularmente, no Brasil, com os nomes de canga e de pedra-pará, representando a morte do solo para a agricultura. O texto se refere a) b) c) d) e) ao processo de laterização. às áreas alagadas. aos ravinamentos. à erosão laminar à lixiviação. Questão 71 - (UEFS BA/2012/) A análise do mapa e dos climogramas, aliada aos conhecimentos sobre a climatologia do Brasil, permite afirmar: MAIS QUE tropical. Geografia e Vestibular+ENEM. São Paulo: Abril, ed. 3, 2011, p. 56-57. CLIMA. Geografia e Vestibular+ENEM. São Paulo: Abril, ed. 3, 2011, p. 127. a) A tem seu clima característico representado em II, onde a concentração de chuvas no inverno decorre de sua localização em áreas de baixa pressão atmosférica, formadora da Massa Equatorial Continental e receptora dos alísios de nordeste. b) B está representado graficamente em V, cujos fatores determinantes para as baixas precipitação e amplitude térmica diária variam conforme a latitude, a altitude e o efeito da maritimidade. c) C é identificado no climograma IV, apresenta clima quente, com duas estações definidas como verão chuvoso e inverno seco, devido à penetração da Massa Tropical Continental, nessa época do ano.
  30. 30. d) D está indicado no climograma III, onde a influência de correntes marítimas quentes é a principal responsável pela elevada umidade relativa do ar na região. e) E corresponde à área cartografada em I, onde as amplitudes térmicas anuais são bastante elevadas, as chuvas são bem distribuídas durante o ano e se verifica a presença da Massa Polar Atlântica, sobretudo no inverno. Questão 72 - (UEFS BA/2012/) O domínio morfoclimático brasileiro que apresenta as características indicadas no quadro em destaque é o conhecido por Domínio a) b) c) d) e) Amazônico. dos Cerrados. dos Campos. da Caatinga. das Aracáurias. Questão 73 - (UEFS BA/2012/) O estudo dos oceanos compreende conhecimentos acerca dos diferentes aspectos físicos, químicos e biológicos da água do mar, além da dinâmica geológica da litosfera oceânica, o relevo submarino e a exploração mineral. Com relação aos oceanos, é correto afirmar a) As correntes marítimas interferem no clima, na pesca e na navegação e, quando frias, tendem a ser estreitas, rápidas e profundas, enquanto, quando quentes, são largas, lentas e superficiais. b) A plataforma continental abrange a maior superfície do relevo submarino, estendendo-se da porção submersa dos continentes até a bacia oceânica. c) Os mares onde deságua um maior número de rios apresentam elevada salinidade, devido à grande quantidade de materiais em suspensão neles depositados. d) O fenômeno das marés é ocasionado pela atração que a Lua e o Sol exercem sobre a Terra, todavia a influência do Sol é maior, por possuir um grande campo gravitacional. e) A formação das dorsais oceânicas está relacionada a movimentos divergentes de placas tectônicas, enquanto as fossas abissais se originaram da colisão entre uma placa oceânica mais densa e uma placa continental mais leve. Questão 74 - (UEFS BA/2012/) A construção dessa hidrelétrica tem sido considerada um dos piores desastres ecológicos ocorridos no Brasil. A represa alagou milhares de quilômetros quadrados de floresta, expulsou comunidades e grupos ribeirinhos e afetou as populações de espécies vegetais e animais. A vazão de água é pequena e a usina gera pouca energia, mas a emissão de dióxido de carbono e de gás metano para a atmosfera, produzida
  31. 31. pela floresta submersa em decomposição, é dez vezes maior do que a de uma usina termelétrica com a mesma capacidade. (BRASIL:..., 2009, p. 50) BRASIL: energia múltipla. Atualidades e Vestibular+ENEM. São Paulo: Abril, ed. 8, 2009. Dossiê energia. Adaptado. A alternativa que indica, respectivamente, o rio e a hidrelétrica retratados no texto é a a) b) c) d) e) Amazonas / Curuá-Una. Madeira / Santo Antônio. Uatamã / Balbina. Tocantins / Estreito. ingu / Belo Monte. Questão 75 - (UEFS BA/2012/) O terremoto seguido de tsunami, que atingiu o Japão, em março de 2011, provocou, nesse país, a pior tragédia desde o lançamento das bombas atômicas pelos norte-americanos, em Hiroshima e Nagazaki, no final da Segunda Guerra Mundial. Sobre esse desastre natural, é correto afirmar: a) O tremor, seguido de tsunami, foi provocado pelo afastamento de placas tectônicas de diferentes densidades. b) O poder de destruição do tsunami está associado à grande profundidade do epicentro do abalo sísmico. c) O aparato tecnológico, aliado ao eficiente sistema de alerta contra tremores, foi capaz de reduzir, significativamente, as consequências do evento, tanto para o ser humano quanto para a natureza. d) O sismo, apesar de atingir áreas costeiras de elevada densidade demográfica e produtiva, não produziu prejuízos materiais que chegassem a afetar a economia do país, a segunda economia do globo. e) Os abalos superaqueceram os reatores da usina nuclear de Fukushima, provocando vazamento de material radioativo para a atmosfera e para o lençol freático. Questão 76 - (UEFS BA/2012/) Originalmente cobria cerca de 1.3 milhão de km2 do território nacional, se estendendo por todo o litoral e penetrando no continente, em direção ao interior, por extensões variadas. Foi o primeiro bioma que sofreu o impacto da colonização portuguesa, que, a partir do século XVI, ocupou o território [brasileiro] a partir do litoral. (FRANÇA, 2012, p.171). FRANÇA, M. Polêmica sobre o Código Florestal. Atualidades e Vestibular+ENEM. São Paulo: Abril, ed. 14, 2012. Os conhecimentos sobre o bioma descrito no texto e sobre os fatores bióticos e abióticos da paisagem brasileira e suas inter-relações permitem afirmar: a) A vegetação recebe o nome de floresta latifoliada úmida de encosta, em virtude da umidade que recebe dos ventos alísios de nordeste e da frente de oclusão, formada na zona de contato entre a MTA e a MPA. b) Os solos são laterizados, devido à combinação da perda de nutrientes pelo elevado índice pluviométrico e da prática de monuculturas, principalmente da cana-deaçúcar e do café. c) O relevo onde ocorre o bioma destacado se apresenta ondulado e montanhoso, tendo sido submetido aos processos de intemperismo químico, típicos do clima úmido.
  32. 32. d) Os ventos que circulam nesse bioma são os alísios do sudeste, ventos periódicos responsáveis por intensos temporais no inverno e no outono. e) A diversidade de associações vegetais varia conforme a latitude e a altitude, de modo que, quanto mais afastado do Equador e do litoral, maior será o porte e a diversidade vegetal, em função do elevado índice pluviométrico. Questão 77 - (UEFS BA/2012/) A partir dos conhecimentos sobre o clima e o modelado terrestre, na organização do espaço, marque V nas afirmativas verdadeiras e F, nas falsas. ( ) A epirogênese provoca falhamentos na crosta terrestre, transgressões e regressões marinhas, além de processos de soerguimento e de rebaixamento de porções da litosfera, pelas quais se dá o reajustamento isostático. ( ) As formas litorâneas de relevo podem resultar tanto da ação erosiva quanto da deposição e, no caso da formação de falésias, o trabalho abrasivo é realizado pelo ataque das ondas. ( ) O principal elemento diferenciador dos subtipos climáticos das zonas temperadas é a variação térmica sazonal, por ser maior no clima temperado oceânico. ( ) O clima tropical monçônico, cuja área de ocorrência corresponde ao sul e ao sudeste da Ásia, apresenta verão chuvoso, resultante do deslocamento do ar úmido do oceano Índico, zona de alta pressão, para o continente asiático. A alternativa que contém a sequência correta, de cima para baixo, é a a) b) c) d) e) FVVV VVFV VFVF FFFV FVVF Questão 78 - (UEFS BA/2012/) A análise da ilustração e os conhecimentos sobre o relevo e a vegetação amazônica permitem afirmar que a ADAS, M. Panorama geográfico do Brasil. São Paulo: Moderna, 2001, p. 353. a) área representada em A corresponde aos cinturões orogênicos do pré-cambriano e à localização do ponto culminante do Brasil, o Pico da Neblina, na serra do Pacaraima. b) área indicada por B corresponde às depressões interplanálticas, esculpidas em terrenos cristalinos antigos de baixas altitudes. c) Mata do Igapó ocupa o solo permanentemente alagado, localizado na área de planície, cujos sedimentos depositados são do Período Quaternário e de origem do fluvial.
  33. 33. d) Mata de Terra Firme, pouco afetada pelo extrativismo vegetal predador, ocupa as áreas mais elevadas do planalto da Amazônia Ocidental e está sujeita a inundações periódicas, associadas ao período de cheias do rio Amazonas. e) Floresta Amazônica, considerada o “pulmão do mundo”, por estocar oxigênio armazenado pela fotossíntese, caracteriza-se por apresentar grande diversidade de vegetais decíduos, hidrófilos e aciculifoliados. Questão 79 - (UEFS BA/2012/) O objeto da Geografia é a sociedade e o seu estudo se faz através de sua organização espacial. Com base nessa afirmação e nos conhecimentos sobre a Geografia, marque V nas afirmativas verdadeiras e F, nas falsas. ( ) As guerras são decisivas na configuração do espaço geográfico, pois envolvem, habitualmente, questões territoriais, a exemplo das novas fronteiras de países europeus, definidas por tratados no período pós-Primeira Guerra Mundial. ( ) O território constitui um elemento de análise bastante utilizado pela Geografia para interpretar a sociedade e suas relações com a natureza, visto que é sobre ele que são mantidas as relações de poder, de posse e de domínio. ( ) A paisagem geográfica é constituída por um conjunto de elementos artificiais, que se modificam de acordo com as necessidades da sociedade. ( ) A geografia é responsável pelo estudo das organizações espaciais complexas, que agregam espaços naturais e atividades antrópicas. A alternativa que indica a sequência correta, de cima para baixo, é a a) b) c) d) e) VFVF FVFV FFVV VVFV VVVV REVISÃO UNEB GABARITO DA REVISÃO UEFS: 1) Gab: E 2) Gab: A 3) Gab: B
  34. 34. 4) Gab: C 5) Gab: A 6) Gab: E 7) Gab: D 8) Gab: E 9) Gab: C 10) Gab: A 11) Gab: D 12) Gab: C 13) Gab: C 14) Gab: D 15) Gab: B 16) Gab: B 17) Gab: E 18) Gab: E 19) Gab: D 20) Gab: C 21) Gab: B
  35. 35. 22) Gab: E 23) Gab: A 24) Gab: B 25) Gab: C 26) Gab: C 27) Gab: E 28) Gab: B 29) Gab: E 30) Gab: A 31) Gab: B 32) Gab: B 33) Gab: B 34) Gab: C 35) Gab: A 36) Gab: B 37) Gab: D 38) Gab: A 39) Gab: C
  36. 36. 40) Gab: C 41) Gab: E 42) Gab: E 43) Gab: D 44) Gab: A 45) Gab: A 46) Gab: C 47) Gab: B 48) Gab: C 49) Gab: B 50) Gab: C 51) Gab: D 52) Gab: B 53) Gab: C 54) Gab: E 55) Gab: D 56) Gab: B
  37. 37. 57) Gab: C 58) Gab: D 59) Gab: A 60) Gab: D 61) Gab: B 62) Gab: C 63) Gab: E 64) Gab: A 65) Gab: D 66) Gab: A 67) Gab: A 68) Gab: B 69) Gab: E 70) Gab: A 71) Gab: E 72) Gab: D 73) Gab: E 74) Gab: C
  38. 38. 75) Gab: E 76) Gab: C 77) Gab: B 78) Gab: C 79) Gab: D

×