Slides Geografia SETEMIRJ

3,179 views
2,985 views

Published on

Published in: Education

Slides Geografia SETEMIRJ

  1. 1. GEOGRAFIA BÍBLICA I adejovane.blogspot.com
  2. 2. NOÇÕES DE GEOGRAFIAGEOGRAFIA BÍBLICA é a parte da GEOGRAFIAGERAL que estuda as terras e os povos bíblicose conduz à História Bíblica.
  3. 3. DEFINIÇÕESGEOGRAFIA é a ciência da superfície daterra.GEOGRAFIA BÍBLICA é a ciência dasterras identificadas com a história da Bíblia.
  4. 4. DOUTRINAS GEOGRÁFICAS1. Determinismo geográfico2. Possibilismo geográfico
  5. 5. DETERMINISMO GEOGRÁFICO• Defendia que o meio era capaz de determinar o modo de ser de uma sociedade;• O historiador francês Michelet diz o seguinte: “...a história é desde cedo toda geográfica... Diga-me dos ares, fale-me das águas, conte-me sobre o solo que eu vos direi quem mora lá, pois tal ninho tal pássaro, tal pátria tal o homem”;• Apesar de sua falta de rigor científico, o determinismo alastrou-se, arrebatou inúmeros adeptos, ganhou força e acabou por enveredar-se pelo racismo;• Atualmente, a maioria dos autores nega o caráter determinista da Geografia.
  6. 6. POSSIBILISMO GEOGRÁFICO• Ao contrário do determinismo, o possibilismo geográfico afirma ser o homem capaz de dominar o meio à medida em que aperfeiçoa suas técnicas e descobre como melhor aproveitar as matérias – primas o os insumos que se acham à sua disposição.
  7. 7. A Importância da Geografia BíblicaÉ de muita importância o estudo da geografia bíblicacomo meio auxiliar no estudo e compreensão daBíblia.Mensagens e fatos descritos na Bíblia, tido comoobscuros tornam-se claros quando estudados à luz dageografia bíblica.
  8. 8. A Importância da Geografia BíblicaDeus permitiu a inserção de grande volume dessamatéria na Bíblia.Um exame, mesmo superficial, mostrará que a cadapasso, a Bíblia menciona terras, povos, montes,cidades, vales, rios, mares e fenômenos físicos danatureza.
  9. 9. O Porquê Dessa Importância1. A Geografia é o palco terreno e humano da revelaçãoDivina. É ela que juntamente com a cronologia, situa amensagem no tempo e no espaço, quando for o caso.2. Ela dá cor ao relato sagrado, ao localizar, situar, fixar edocumentá-los. Através dela, os acontecimentos históricostornam-se vívidos e as profecias mais expressivas.
  10. 10. O Porquê Dessa Importância3. O ensino da Bíblia torna-se objetivo e de fácilcomunicação quando podemos apontar, mostrar edescrever os locais onde os fatos se desenrolaram.Exemplos: Lc 10.30 ("descia um homem de Jerusalém paraJericó");4. As nações vêm de Deus, logo o estudo deste assunto àluz da Bíblia é profícuo sob todos os pontos de vista. Ler Dt32.8.
  11. 11. O Porquê Dessa Importância5. Inumeráveis personagens tomam vida quandoestudados à luz da Geografia: Jacó, Moisés e o Êxodo,Davi, Paulo, sem falar em Jesus.
  12. 12. O MUNDO ANTIGO
  13. 13. Berço geográfico das grandes civilizações; é uma região de“meia-lua”que abrange a Mesopotâmia – mesos + potos = no meio de rios (Tigree Eufrates), a Terra Santa e parte do Egito. Região fértil, propícia paraa agricultura.
  14. 14. MESOPOTÂMIA• (Literalmente “entre rios”);• É a vasta região do oesteasiático margeado pelos riosTigre e Eufrates, que se estendedesde os montes da Armênia aonorte até o Golfo Pérsico ao sul,de cerca de um milhão e meiode quilômetros quadrados;• É conhecida também comoberço da humanidade, pois é aterra dos primeiros dias dahistória Bíblica;• Foi nesta região que ocorreu osurgimento do homem, conclui-se então que o jardim do Édenficava nas nascentes dos riosTigre e Eufrates (Gn 2.10-14).
  15. 15. ROSA DOS VENTOS
  16. 16. NAÇÕES CANANEIAS
  17. 17. AS NACÕES CANANÉIAS• Os cananeus eram os habitantes da terra de Canaã, o nome mais antigo da Palestina;• A palavra se refere à cor vermelho-púrpura, um corante derivado de um molusco Murex existente na costa de palestina e eles eram negociantes fenícios;• Os cananeus eram bem desenvolvidos nas artes e nas ciências e suas construções eram superiores às que Israel edificava na terra de Canaã;• Destacavam-se na cerâmica, na música, instrumentos musicais e na arquitetura, e seus artesãos e operários executaram grande parte do projeto da construção do templo de Salomão (I Rs 7:13-51).
  18. 18. OS AMORREUS• O nome vem do acadiano amurru, que pode significar “ocidental” ou “habitantes do cume”;• Depois da queda de Ur, vários reinos amorreus governaram a região;• Eles eram a tribo mais poderosa das tribos cananéias (Gn 14:7), localizando-se perto do mar Morto;• Quando Israel ocupou a terra, a leste do mar Morto, que antes eram dos amorreus, ficaram com as tribos de Rúbem, Gate e a meia tribo de Manassés;• O próprio rei Hamurabi da Babilônia foi chamado de amorreu.
  19. 19. HAMURABIFoi o primeiro grande organizador que consolidou o seu império sobre normasregulares de administração. Tornou-se famoso por ter mandado compilar o maisantigo código de leis escritas, conhecido como Código de Hamurabi no qualconsolidou uma legislação pré-existente, transcrevendo-a numa estela de dioritoem escrita cuneiforme acádica.
  20. 20. CÓDIGO DE HAMURABIAs leis estão gravadasem um monólito dediorito (rocha magmáticaou rocha eruptiva é umtipo de rocha queresultou da consolidaçãodevida a resfriamento demagma derretido ouparcialmente derretido)preto de 2,5 m de altura.
  21. 21. PARTE SUPERIOR DO CÓDIGONa parte superior domonólito, Hamurabié mostrado emfrente ao trono dorei Sol Shamash.Logo abaixo estãoescritos, emcaracterescuneiformesacadianos, osartigos regularizandoa vida quotidiana.
  22. 22. O TAMANHO DO CÓDIGO EM RELAÇÃO À UM HOMEM MÉDIO
  23. 23. OS JEBUSEUS Eram uma das mais poderosas nações de Canaã que se estabeleceram próximos ao monte Moriá, onde construíram a cidade de Jerusalém, que chamaram de Jebus, seu primeiro antepassado; (Gn 10:16; 15:21; Ex 3:8, 17); Josué conseguiu derrotá-los, matando seu rei Adonizedeque (Js 10), porém eles não foram totalmente subjugados, conseguiram reter sua capital Jebus (Jz 1:8); Eles somente foram desapossados com Davi e o templo foi edificado na propriedade de um jebuseu chamado Araúna (II Sm 24:18-25).
  24. 24. MONTE MORIÁ
  25. 25. HETEUS OU HITITAS• O termo significa terror, podendo se referir ao terror que tribos selvagens impunham aos seus vizinhos;• São aborígenes do planalto central da Ásia menor e no norte da Síria, onde fundaram um poderoso império em 2000-1200 A.C.;• Dominavam a escrita cuneiforme;• O império hitita começou com a conquista de Hatusilis I, que estabeleceu sua capital em Hatusas.
  26. 26. CIDADE DE HATUSAS PORTAL DE HATUSA
  27. 27. OS HEVEUS• No hebraico quer dizer “aldeões”, um povo que descendia de Canaã e que ocupava o sul da Palestina (Gn 10:17);• O território deles começava em Gaza e se estendia para o sul, até o rio do Egito;• A pátria original dos heveus chamava-se Hazerim, conforme algumas versões;• A Bíblia portuguesa cita o nome deles como aveus (Dt 2:23);• Os heveus foram expulsos do seu território pelos filisteus, que fundaram cinco principados.
  28. 28. GIRGASEUS• Esse é o nome de uma das sete principais tribos que residiam na terra de Canaã e que Israel deslocou dali (Gn 10:16; 15:21);• O nome da principal cidade deles era Carquisa;• É possível que o nome signifique “clientes de um deus”, provavelmente Ges, que era um deus sumério da luz;• R. Nachman, religioso judeu, afirma em seus comentários que os girgaseus, temendo o avanço dos israeleitas, retiraram-se para a África.
  29. 29. ANU DEUS SUMÉRIO DEUS ENKI
  30. 30. POVOS VIZINHOS DE ISRAEL
  31. 31. FILISTEUS• Entre 1200 e 1000 a.C., eles foram os principais inimigos do povo de Israel;• Ocupavam o sudoeste da Palestina, chamada Filístia, dominando o mar daquelas costas;• Os Filisteus vieram de Casluim, filho de Mizraim (Egito), filho de Cão (Gn 10:14; I Cr 1:12);• Eles ocuparam cinco cidades-estado principais: Azoto (Asdode), Gaza, Ascalom (Asquelom), Gate e Ecrom;• Eles tinham três deuses principais: Dagom, Astarote e Baalzebube;• Eles controlavam as fundições de ferro e mantinham Israel destituído de ferreiros (I Sm 13:19-22);• Eles também eram ourives competentes (I Sm 6:4, 5);• Do ponto de vista material, a cultura deles era superior à dos israelitas.
  32. 32. ASTAROTE
  33. 33. DAGOM, O DEUS PEIXE
  34. 34. ECROM
  35. 35. AMALEQUITAS• No hebraico, “habitantes do vale” que habitavam a região do sul da Palestina, bem como a leste do mar Morto e do monte Seir;• Ocupavam a porção de Israel que coube à tribo de Efraim (Gn 14:7);• Após o êxodo de Israel, os amalequitas foram os primeiros adversários atacantes (Ex 17:8-13);• Eles eram tão numerosos como gafanhotos, possuidores de inúmeros camelos;• Saul foi rejeitado por poupar a vida do rei amalequita chamado Agague (I Sm 15: 1 ss);• Nos dias de Davi, ele perseguiu e matou vários amalequitas (I Sm 30:1-17).
  36. 36. MIDIANITASHabitavam o sul e o leste da Palestina, no deserto ao norte da península da Arábia
  37. 37. • O nome deriva-se de Midiã, um dos filhos de Abraão e Quetura;• Os negociantes que levaram José, filho de Jacó eram midianitas (Gn 37:28);• Quando Moisés fugiu da ira de Faraó, dirigiu-se à terra de Midiã (Ex 2:15);• Lá se casou com Zípora, a filha de Jetro, um sacerdote midianita;• Midiã fazia fronteira com Moabe e quando o povo de Israel saiu do Egito, passando por ali, os anciãos desses lugares contrataram um falso profeta chamado Balaão (Nm 22:1 ss);• Nenhuma cidade dos midianitas foi jamais descoberta pela arqueologia. Isso é natural, pois nenhum nômade constrói cidades permanentes.
  38. 38. MOABITAS• O nome Moabe parece significar “do pai”, ou seja, uma alusão a como esse povo começou, como descendentes de Ló e sua filha mais velha em 2055 a.C. (Gn 19:30- 37);• Ficavam a leste do mar Morto;• Na época dos juízes de Israel, os moabitas governaram os israelitas durante 18 anos, graças ao rei Eglom. Somente foram libertos do jugo quando Eúde, um juiz benjamita matou o rei Eglom (Jz 3:12-30);• Rute, a moabita, casou-se com Boás descendente de Judá e dessa forma, tornou-se antepassada do rei Davi e passou a fazer parte da árvore genealógica de Jesus, o Cristo (Rt 4:18-22; Mt 1:5)
  39. 39. • A maior descobertaarqueológica relativa aMoabe, foi a estela do reiMesa, encontrada emDhiban, na Jordânia, em1868;• Essa pedra é conhecidacomo a Pedra Moabita;• Ela comemora a revolta deMesa contra Israel e areconstrução de váriasimportantes cidades moabitas(II Rs 3:4 ss);• Essa pedra tornou-separticularmente importantepor ser a única fonte que nospermite compreender algo dalinguagem moabita, além donos fornecer algumasinformações interessantes.
  40. 40. AMONITAS• São os descendentes de Amom, filho mais novo de Ló e de sua filha mais jovem (Gn 19:38);• Viviam em terras a leste dos amorreus;• Eles tomaram um território antes ocupado por uma raça de gigantes (Dt 2:20);• Quando os israelitas atingiram as fronteiras da Terra Prometida, foi ordenado que não molestassem os filhos de Amom, por derem descendentes de Ló;• Todavia, os amonitas não demonstraram hospitalidade para com os israelitas porque foram proibidos de entrar na congregação do Senhor, isto é, de serem membros da comunidade civil dos israelitas (Ne 13:1);• Eles eram governados por um rei (I Sm 12:12), sua divindade nacional era Moloque (I Rs 11:7) e sua capital era Rabá (Rabate Amom), que posterirmente se chamou Filadélfia. Hoje seu nome é Amam.
  41. 41. MOLOQUE
  42. 42. MOLOQUE
  43. 43. EDOMITAS• Ou idumeus, são os descendentes de Esaú (Jz 11:17; Nm 34:3);• No hebraico, edome, “vermelho”, faz alusão ao cozido vermelho de lentilhas que Esaú trocou pelo seu direito de primogenitura (Gn 25:30);• O nome também designa o território do monte Seir, uma área dominada por uma coloração avermelhada;• Localizavam-se ao sul do mar Morto até o deserto da Arábia;• Devido à grande mistura de raças, os Edonitas se tornaram um povo distinto e hostil a Israel (I Sm 14:47);• Em 604 a.C., Edom foi dominada por Nabucodonosor e em 587 a.C., eles ajudaram a destruir a cidade de Jerusalém, regozijando-se grandemente (Sl 137:7; Lm 4:21, 22).
  44. 44. MONTE SEIR
  45. 45. O nome “fenício”, deriva-se do FENÍCIOScorante púrpura que elescomercializavam na época(kenaani); Esta região era uma estreitafaixa de terra entre oMediterrâneo a oeste, acordilheira do Líbano, ou Síria,ao leste, Palestina ao sul e Síriaao norte; Sua extensão era de 25quilômetros de largura por 250de comprimento. Tinha comoprincipais cidades, Tiro e Sidon; Tão grande foi o poder seucomercial que a palavra“comércio” quase chega a sersinônimo de “fenício” Foi da Fenícia, na cidade deTiro, que veio Jezabel, a rainhaque instituiu em Israel o culto aBaal (I Rs 16 e II Rs 11).
  46. 46.  Também chamados deArameus, que no hebraico SÍRIOSsignifica elevado ou exaltado(I Cr 2:23; II Sm 8:5, 6); Em Gênesis 10, temos Arãcomo filho de Sem e pai deUz; A maior contribuição dosarameus foi o idioma que seestende até hoje; Por volta de 1000 a.C., aSíria era dividida em váriosEstados: Gesur, Zobá, Arã,Damasco. Mas quando o reide Zobá perdeu uma batalhaem 990 a.C. para Davi, ossírios uniram-se sob aliderança de Damasco paraformarem uma grande nação;Encontra-se ao norte daPalestina; Na parte oriental fica océlebre Monte Hermom.
  47. 47. PALESTINA
  48. 48. • O nome deriva-se dos filisteus (peleste), que se estabeleceram nas planícies costeiras do Mediterrâneo;• A Palestina é bem menor que o estado de São Paulo, com 150 km de norte a sul e 70 km de largura;• É dividida em duas partes iguais de norte a sul por uma linha de colinas que são a continuação dos montes do Líbano;• Em 14 de maio de 1948, as Nações Unidas aceitaram a declaração de independência do estado de Israel;• Israel era novamente uma nação oficial, independente e no seu próprio território da Palestina.
  49. 49. 1.4 - Zonas geográficas 1ª A Transjordânia 2ª4ª 2ª O Vale do Jordão 3ª 1ª 3ª Montanhas da Cisjordânia, (ou Palestina propriamente dita) 4ª A zona costeira O Vale do Jordão divide a Cisjordânia da Transjordânia
  50. 50. TRANSJORDÂNIA
  51. 51. VALE DO JORDÃO
  52. 52. PETRA CIDADE DA CISJORDÂNIA (PATRIMÔNIO HISTÓRICO DA UNESCO DESDE 1985)
  53. 53. ZONA COSTEIRA DE ISRAEL
  54. 54. TRANSJORDÂNIA• O termo em hebreu é eber iordan que significa “além Jordão”. Transjordânia é a versão latina do mesmo termo;• Cisjordânia significa “nesse lado” do Jordão, apontando para o lado oeste, enquanto trans significa “leste”;• Gileade era usado para falar da área leste da Palestina (Dt 34:1; Js 22:9);• A rodovia do Rei passava por esse território, que também era chamado de via dos reis do leste;• Israel quando caminhava em direção à Terra Prometida, foi negado o direito de passar por ali (Nm 20 :17, 18)
  55. 55. OS CAMINHOS DA PALESTINA ISRAEL É PONTO DE PASSAGEM: Caminho do Mar (Via Maris); Caminho Real (Via Régia); Isto leva a que esteja um poucoà mercê das pressões do poderioimperial dos povos vizinhos…
  56. 56. CANÁ Nome de uma aldeiada porcão norte doterritório da tribo de Aser(Js 19:28); Hoje a vila se chamaQanah, que fica cercade dez quilômetros asuleste de Tiro.
  57. 57. GALILÉIA Essa palavra vem dohebraico, galil, que significa“círculo”, “anel”, ou seja, umdistrito ou região (Js 20:7; I Rs9:11); Essa palavra designa umadas três principais divisões daPalestina, na época de Jesus;as outras eram Judéia eSamaria; Essa região ficava cercadade povos gentílicos e passou acontar com uma populaçãomista e diversificada, o que eracausa do desprezo dos judeusmais “puros” do sul da Palestina(Jo 7:52); Jesus foi criado em Nazaré eestabeleceu o seu quartel-general em Cafarnaum (Mt4:13).
  58. 58. JUDÉIA Pode indicar a parteocidental da Palestina (Lc23:5; At 10:35); Denotava o reino de Judápara distingui-lo do reino deIsrael; Após o cativeirobabilônico, esse territóriotornou-se essencialmente oterritório ocupado peloremanescente judeu quevoltou para a Palestina; João Batista pregava eimergia no deserto da judéia(Mt 3:1) e Jesus foi tentadoali (Mt4); A região da Judéia possuitrês característicasprincipais: o deserto, ascolinas e os vales.
  59. 59. CAVERNAS EMQUNRAN NO DESERTO DA JUDÉIAachou-semilhares defragmentos derolo de papel emonze diferentescavernas.
  60. 60. COLINAS DA JUDÉIAO Herodion, ao sul de Jerusalém, nas colinas da Judéia, é um dos sítiosarqueológicos mais notáveis do mundo. Construído pelo rei Herodes, o Grande,contemporâneo ao nascimento de Jesus, suas obras começaram no ano 20 antesde Cristo. No Herodion as paredes eram duplas, dentro das quais circulavam osescravos e guardas. Talvez a origem do ditado: as paredes tem ouvidos.
  61. 61. VALES DA JUDÉIAO vale representa o Sefelá, ou terra baixa, que é o territórioondulado que fica entre a região montanhosa e a planíciemarítima (1 Rs 10.27).
  62. 62. DECÁPOLIS No grego, “dez cidades”,no NT, o termo denotauma área geográficaonde havia dez cidadespróximas umas dasoutras e unidas por certoscostumes e por uma certapopulação ondepredominavam osgentios; Aquelas cidades foramconstruídas pelos gregose reconstruídas pelosromanos; No começo do seuministério, Jesus sedirigiu à Decápolis (Mt4:25; Mc 5:2); Por causa de Decápolis,Paulo diz que em Cristo,não há judeu ou gentio(Gl 3:28).

×