Bárbara, gonçalo, luis, francisco, fernando

7,192 views
7,047 views

Published on

Published in: Education

Bárbara, gonçalo, luis, francisco, fernando

  1. 1. História de uma gaivota e do Gato que a ensinou a voar <ul><li>Ficha de Leitura </li></ul><ul><li>Grupo : Bárbara Fernando Gonçalo Francisco Luís </li></ul><ul><li>1 - Identificação do livro </li></ul><ul><li>Título da obra : História de uma gaivota e do Gato que a ensinou a voar </li></ul><ul><li>Editora : Edições Asa Nº da edição : 4ª </li></ul><ul><li>Local : R. Mártires da Liberdade, Porto Data 1ª publicação : Maio de 1997 </li></ul>
  2. 2. <ul><li>2 – Identificação do autor </li></ul><ul><li>Nome do autor : Luís Sepulveda </li></ul><ul><li>Dados bibliográficos </li></ul><ul><li>Nascimento (Local e data) : Nasceu em Ovalle, no Chile 04/10/1949 </li></ul><ul><li>Profissão : Escritor e jornalista </li></ul><ul><li>Morte (Local e Data) : Vivo </li></ul><ul><li>Obras publicadas pelo autor : “ O vello que lia romances de amor” “ Mundo do fim do mundo (1998),” The story of a seagull and the cat who taught her to fly ( 2003), As rosas de Atacama (2006), O poder dos sonhos (2006), Crônicas do Sul (2007), e Fim de século (2008). </li></ul>
  3. 3. <ul><li>3 - Análise da obra </li></ul><ul><li>Tipo de texto : Fábula </li></ul><ul><li>Género literário : Narrativo </li></ul><ul><li>Tema estruturante : Uma gaivota, vítima da poluição de uma maré negra, confia o seu pequeno ovo a um gato, chamado Zorbas, pedindo-lhe para cumprir três promessas: não comer o ovo; cuidar dele até nascer a gaivotinha; e, por fim, ensiná-la a voar. Zorbas pede então ajuda a três amigos (Colonello, Sabetudo Secretário e Barlavento) para tentar levar a cabo a estranha missão de cuidar da gaivotinha. </li></ul>Zorbas Kengah
  4. 4. História de uma gaivota e do Gato que a ensinou a voar <ul><li>Era uma vez um gato chamado Zorbas, que era um gato grande, preto e gordo. Mora </li></ul><ul><li>junto ao porto de Hamburgo. Durante umas férias estava Zorbas a apanhar banhos de sol na sua varanda quando, de repente, viu cair uma gaivota na sua varanda, esta estava prestes a morrer. </li></ul><ul><li>Porém antes de morrer ainda conseguiu pôr um ovo e pediu a Zorbas o seguinte: </li></ul><ul><li>1º Promete-me que não comes ovo; </li></ul><ul><li>2º Cuidas dele até a gaivotinha nascer; </li></ul><ul><li>3ºPromete-me que a ensinas a voar. </li></ul>Resumo
  5. 5. <ul><li>Zorbas aceitou cumprir os pedidos da gaivota moribunda. </li></ul><ul><li>Começa então a tarefa de Zorbas chocar o ovo. </li></ul><ul><li>Após o nascimento da pequenina gaivota Zorbas vai pedir a ajuda dos seus amigos: </li></ul><ul><li>Collonelo ,Secretário, Sabetudo e Barlavento para o ajudarem a tomar conta da </li></ul><ul><li>gaivotinha a quem chamaram de Ditosa . </li></ul>
  6. 6. Deste modo e com a ajuda de todos, Ditosa começou a aprender a lutar pela sua sobrevivência e pensa que também é um gato, até que um dia Zorbas tem uma conversa com ela e explica -lhe que ela tem de voar, pois é isso que as gaivotas fazem. Collonelo Secretário Sabetudo Barlavento
  7. 7. <ul><li>Mas os cinco amigos, não conseguem fazer a ditosa voar, pois todas as tentativas fracassam, então decidiram pedir ajuda a um humano. A escolha do humano é difícil mas escolhem um poeta que costumava estar em casa sempre a escrever. Então, o poeta disse para irem ter com ele à torre de Hamburgo. Como a ditosa era uma gaivota e apesar de querer ficar com os seus amigos, nessa noite chuvosa poeta ensinou a ditosa a voar. Foi aí que Zorbas disse à gaivota para se por em cima do muro e voar. </li></ul><ul><li>A gaivota estava com medo, mas não foi isso que a impediu de voar . </li></ul>
  8. 8. <ul><li>Zorbas ficou muito triste e choroso, mas acabou por compreender e aceitar a partida da ditosa para junto da sua espécie, mas todos os dias a gaivota voava pela varanda de Zorbas. </li></ul>
  9. 9. 5 - Apreciação critica da obra <ul><li>Três boas razões para ler este livro: </li></ul><ul><li>1 – Aprende-se muito sobre os problemas da terra e as precauções para os mesmos não acontecerem; </li></ul><ul><li>2 – A vida dos gatos do Porto e também sobre as viagens das gaivotas; </li></ul><ul><li>3 – E também porque é um livro muito interessante curioso. </li></ul><ul><li>Aspectos Positivos : </li></ul><ul><li>O compromisso Zorbas perante uma gaivota que está a morrer (lealdade, amizade e honra). </li></ul><ul><li>  Quando o gato Zorbas e os seus companheiros tentam ajudar a “ gaivota filha “ a voar. </li></ul><ul><li>          Aspectos mais negativos : </li></ul><ul><li>Respeito pela Natureza ( defesa do meio ambiente, a solidariedade, a aceitação e integração das diferenças). Questão ambiental que é a poluição dos mares. </li></ul><ul><li>Embarcações que lavavam os seus tanques petrolíferos no mar. </li></ul><ul><li>  </li></ul>
  10. 10. <ul><li>Zorbas ficou muito triste e choroso, mas acabou por compreender e aceitar a partida da ditosa para junto da sua espécie, mas todos os dias a gaivota voava pela varanda de Zorbas. </li></ul>
  11. 11. Conclusão <ul><li>Esta história leva-nos a reflectir sobre os valores que são a amizade, lealdade que devemos ter uns para com os outros, mas também o respeito pela natureza que é muito mal tratada pelos”Homem” </li></ul>

×