Tabela Matriz Novo Curso Acmatias

206
-1

Published on

A BE no contexto de mudança

Published in: Education
0 Comments
0 Likes
Statistics
Notes
  • Be the first to comment

  • Be the first to like this

No Downloads
Views
Total Views
206
On Slideshare
0
From Embeds
0
Number of Embeds
0
Actions
Shares
0
Downloads
1
Comments
0
Likes
0
Embeds 0
No embeds

No notes for slide

Tabela Matriz Novo Curso Acmatias

  1. 1. Tabela matriz a utilizar para a realização da 1ª parte da tarefa, conforme indicações do Guia da Sessão Conhecimento na área Biblioteca escolar Aspectos críticos que a Literatura Desafios. Acções Domínio Pontos fortes Fraquezas Oportunidades Ameaças identifica a implementar - Facilitar o acesso à . Professor . Equipa da BE e . Professor . Carreira separada da . Articulação informação e a sua bibliotecário, equipa professores bibliotecário a tempo docência regular; curricular; apropriação sob a e colaboradores bons colaboradores sem inteiro ou só com . Sujeição a outros . Melhor cooperação forma de conhecedores dos continuidade entre uma turma critérios e parâmetros com professores não conhecimento; currículos anos lectivos; de avalição afectos à BE - Mentor de trabalhos . Integração no Grupo . Ausência de . A metodologia de e ambiente de de trabalho das BE do formação ou de trabalho de projecto aprendizagem concelho apetência por tal por ou que implica cooperativo; .Cooperação com a parte desses investigação ou -Recolher evidências; Bib. Municipal elementos pesquisa também - Planear a acção .Orientação da RBE deve ser Competências do formativa e criteriosamente professor bibliotecário transformativa da BE orientada por todos os em articulação com o professores plano de acção da escola; - Motivador/animador de uma comunidade de partilha de conhecimento; - Líder estratégico, colaborativo, criativo e flexível. 1
  2. 2. Conhecimento na área Biblioteca escolar A BE como espaço . Funcionária com . Equipa de BE e - PTE - Ausência de - Negociar a pedagógico de acesso continuididade anual professores - Acções de formação garantia de continuidade dos à informação, e com formação colaboradores continuidade dos elementos e visando a apropriação . Orientações dos indicados pelo órgão elementos da BE, considerar pré- Organização e Gestão da de conhecimento cooordenadores de gestão após todos com excepção para o requisito o à-vontade BE locais e os outros cargos ou coordenador. com as TIC interconcelhios funções terem sido distribuídas - Privilegiar a - Base de dados - Material livro, em - Catálogos on-line - As TIC e os novos - Empréstimo qualidade e não a informatizada e com muitos casos, já - Divulgação de sites/ suportes (DVD, CD- interbibliotecas; quantidade acesso livre pela antiquado ou link de acesso à ROM) consomem as - Avaliação da - Colecção variada Internet desactualizado informação verbas e relegam o colecção Gestão da Colecção em diferentes ( catálogo on-line) recomendados livro para segundo suportes e ambientes - Bibliotecas digitais plano -Política de gestão da colecção - O importante não é - Aumento da - Incipiente domínio - Currículos cada vez - A coordenação é - Trabalho A BE como espaço de fornecer informação frequência da BE de técnicas de mais valorizam o dificultada porque cooperativo com conhecimento e mas ensinar a como espaço/ recurso pesquisa e de trabalho de pesquisa implica toda a departamentos e aprendizagem. Trabalho convertê-la em de pesquisa e de tratamento e selecção ou o trabalho de comunidade escolar grupos disciplinares conhecimento trabalho de grupo, de informação com projecto - Dispersão de - Planificações colaborativo e articulado - O uso da BE Independentemente rigor por parte dos - Áreas curriculares esforços integradas e com com Departamentos e aumenta os níveis de do curso e da área alunos; não disciplinares: carácter transversal docentes. sucesso e a qualidade curricular - Fraco investimento Área de Projecto e ou interdisciplinar da literacia em todas dos professores neste Área de Integração as áreas domínio 2
  3. 3. Conhecimento na área Biblioteca escolar - Papel privilegiado - Contratos de leitura - Literacia científica e - Semana da leitura - Decréscimo do - Melhor articulação da BE na formação recreativas ( Port.) matemática pouco - Acções em domínio da com os de leitores e de - Divulgação de apoiada cooperação com a apetência / tempo departamentos/ Formação para a leitura e detentores de apreciações de - Literacia da BM e outras para ler romances grupos disciplinares; literacias leituras redigidas informação entidades - Espectro/Peso dos - Incremento das para as literacias - Aprendizagem pelos alunos apropriada com - Seguranet exames nacionais e sessões de construtivista - Encontros com pouco rigor -Equipas UALG testes intermédios informação/divulgaçã escritores que desvalorizam a o/aplicação de - Intervenção TIC E leitura extensiva e a competências de PTE literacia da leitura e de literacias informação - Articulação com os - Aumento do - Falta de um corpo - PTE - Resistência à - Formação contínua currículos número de docente com - Certificação de mudança e à de docentes com - A BE como espaço computadores formação ajustada ao competências inovação incidências sobre centralizador/ pólo disponíveis, uso dos novos digitais - Falta de técnicos de novos ambientes BE e os novos ambientes dinamizador de - Acção do PTE ambientes digitais manutenção TIC digitais digitais. materiais para -Formação informal quadros interactivos e oferecida pela BE outros ambiente digitais - A existência de um - Ser a primeira vez - Auto-avaliação - Exaustão do modelo - Sensibilização para - Só pela prática de modelo orientador e que a nossa BE vai anual com foco num - Só o coordenador é a relevância da BE no recolha de evidências regular ( Auto- aplicar o modelo só domínio e o que se sente novo contexto de se sustenta uma avaliação da BE – consequente delinear responsável por esta aprendizagem adequada avaliação, RBE) das medidas de intervenção - Divulgação do se prova os Gestão de evidências/ - Acção de formação melhoria - Alheamento de modelo de auto- progressos e se avaliação. centrada nesta área grande parte da avaliação perspectiva a comunidade escolar - Divulgação dos melhoria da da sua pertinente resultados dessa intervenção da BE na contribuição para o avalição e das acções comunidade sucesso da BE de melhoria a educativa /Escola implementar 3
  4. 4. Conhecimento na área Biblioteca escolar Gestão da mudança SÍNTESE Factores de sucesso Obstáculos a vencer Acções prioritárias - Articulação BE / currículo escolar; - Estabilização do corpo de docentes - Incrementar o apoio ao - Formação de utilizadores em afectos à BE desenvolvimento curricular com a Formar para a construção competências de: - Resistência à mudança acção colaborativa de todos os do conhecimento tirando - leitura; - Ausência de técnico de manutenção docentes partido da informação que - literacias (incluindo a da informação) TIC - Formação em ambientes digitais para nos é disponibilizada - A convicção de ( muitos ) alunos e docentes, não docentes e discentes professores de que um trabalho de pesquisa não carece de orientação nem de monitorização do processo e do produto, bem como do que de facto se aprendeu. Tavira, 2 de Nov. 2009 Ana Cristina Matias 4
  1. A particular slide catching your eye?

    Clipping is a handy way to collect important slides you want to go back to later.

×