Your SlideShare is downloading. ×
0
ComemD. João I in  Mensagem, de Fernando Pessoa
ComemD. João I in  Mensagem, de Fernando Pessoa
ComemD. João I in  Mensagem, de Fernando Pessoa
ComemD. João I in  Mensagem, de Fernando Pessoa
ComemD. João I in  Mensagem, de Fernando Pessoa
ComemD. João I in  Mensagem, de Fernando Pessoa
ComemD. João I in  Mensagem, de Fernando Pessoa
ComemD. João I in  Mensagem, de Fernando Pessoa
ComemD. João I in  Mensagem, de Fernando Pessoa
ComemD. João I in  Mensagem, de Fernando Pessoa
ComemD. João I in  Mensagem, de Fernando Pessoa
ComemD. João I in  Mensagem, de Fernando Pessoa
ComemD. João I in  Mensagem, de Fernando Pessoa
ComemD. João I in  Mensagem, de Fernando Pessoa
ComemD. João I in  Mensagem, de Fernando Pessoa
ComemD. João I in  Mensagem, de Fernando Pessoa
Upcoming SlideShare
Loading in...5
×

Thanks for flagging this SlideShare!

Oops! An error has occurred.

×
Saving this for later? Get the SlideShare app to save on your phone or tablet. Read anywhere, anytime – even offline.
Text the download link to your phone
Standard text messaging rates apply

ComemD. João I in Mensagem, de Fernando Pessoa

9,018

Published on

Published in: Education, Travel, Business
0 Comments
1 Like
Statistics
Notes
  • Be the first to comment

No Downloads
Views
Total Views
9,018
On Slideshare
0
From Embeds
0
Number of Embeds
3
Actions
Shares
0
Downloads
114
Comments
0
Likes
1
Embeds 0
No embeds

Report content
Flagged as inappropriate Flag as inappropriate
Flag as inappropriate

Select your reason for flagging this presentation as inappropriate.

Cancel
No notes for slide

Transcript

  • 1. Escola Secundária Dr. Jorge Correia - Tavira<br />Comemoração dos 550 anos da morte do Infante D. Henrique<br />D. João I – pai do Infante do Henrique<br />Disciplina de Português<br />
  • 2. Escola Secundária Dr. Jorge Correia - Tavira<br />Mensagem – D. João o primeiro<br />Biografia<br />Análise do poema<br />Professora Ana Cristina Matias<br />Disciplina de Português<br />Autores: <br />Ana Raquel Claro, Nº2<br />Rafael Santos, Nº18<br />12ºA2<br />Ano lectivo: 2009/2010<br />
  • 3. Biografia<br />
  • 4. D. João I nasceu em Lisboa no ano de 1357, no castelo de Alcáçova<br />O Príncipe de Boa Memória<br />Fundador da segunda dinastia<br />A crise de 1383-85<br />Responsável pela Ordem de Avis<br />Regedor e Defensor do Reino<br />Rei de Portugal<br />Luta contra Castela<br />Casa com D. Filipa de Lencastre<br />Ínclita geração<br />Iniciou a expansão portuguesa <br />Após um longo reinado de cerca de 43 anos, morre em 1433 na cidade Lisboa, estando sepultado no Mosteiro da Batalha.<br />
  • 5. SÉTIMO (I)<br />D. JOÃO O PRIMEIRO<br />O homem e a hora são um só<br />Quando Deus faz e a história é feita.<br />O mais é carne, cujo pó<br />A terra espreita.<br />Mestre, sem o saber, do Templo<br />Que Portugal foi feito ser,<br />Que houveste a glória e deste o exemplo<br />De o defender.<br />Teu nome, eleito em sua fama,<br />É, na ara da nossa alma interna1,<br />A que repele, eterna chama,<br />A sombra eterna2. <br />Mensagem, Fernando Pessoa<br />1 - "na ara da nossa alma interna"- no altar do nosso espírito nacional.<br />2 - "repele a sombra eterna"- repele o repouso, que seria o destino de Portugal se perdesse a sua identidade como nação.<br />
  • 6.
  • 7. Mensagem<br />“Brasão”<br />“Os Castelos”<br />Sétimo (I)<br />Contextualização<br />
  • 8. SÉTIMO (I)<br />D. JOÃO O PRIMEIRO<br />O homem e a hora são um só<br />Quando Deus faz e a história é feita.<br />O mais é carne, cujo pó<br />A terra espreita.<br />Mestre, sem o saber, do Templo<br />Que Portugal foi feito ser,<br />Que houveste a glória e deste o exemplo<br />De o defender.<br />Teu nome, eleito em sua fama,<br />É, na ara da nossa alma interna,<br />A que repele, eterna chama,<br />A sombra eterna. <br />1º momento<br />interligação entre Deus e o ser humano <br />2º momento<br />Elogio pelo seu patriotismo<br />3º momento<br />Imortalização do rei<br />Mensagem, Fernando Pessoa<br />
  • 9. “O homem e a hora são um só<br />Quando Deus faz e a história é feita”.(vv. 1-2)<br />O destino é traçado por Deus;<br /> Rege inexoravelmente a História;<br />A altura em que uma nação atinge uma encruzilhada é chamada a hora ;<br />Homem<br />Ocasião<br />Destino<br />Deus<br />
  • 10. “Mestre, sem o saber, do Templo<br />Que Portugal foi feito ser” (vv. 5-6)<br />Ordem do Templo --> A mais rica e poderosa ordem de Portugal;<br />Mestre do Templo sem, no entanto, ter conhecimento disso porque foi pai do Infante D.Henrique, que foi mestre na Ordem de Cristo;<br />O Templo pode ser considerado como símbolo do Homem, e do Mundo. Para se ter acesso ao Templo celeste, é preciso que nos conheçamos primeiramente a nós próprios, vivendo a vida espiritual;<br /> A própria orientação do Templo, de Ocidente para Oriente, é um símbolo: simboliza o caminho em direcção à luz.<br />
  • 11. “Que houveste a glória e deste o exemplo<br />De o defender.” (vv. 7-8)<br />um grande homem e guerreiro que fez de tudo para salvar o país.<br />
  • 12. “Teu nome, eleito em sua fama,<br />É, na ara da nossa alma interna,<br />A que repele, eterna chama,<br />A sombra eterna.” (vv. 9-12)<br />Imortalização do Rei;<br />A antítese “eterna chama”/ “sombra eterna”, pretende dar a ideia que D. João I nunca será esquecido e estará sempre vivo em todos os portugueses (eterna chama). No entanto, fisicamente ele já não está entre nós, está morto (sombra eterna). <br />
  • 13. Teu nome, eleito em sua fama,<br />É, na ara da nossa alma interna,<br />A que repele, eterna chama,<br />A sombra eterna. <br />
  • 14. Aspectos a salientar<br />Predestinação de D. João I<br />Divinização do território nacional<br />pai<br /> filho<br />
  • 15. Em suma:<br />Em “D. João, o primeiro”, Pessoa mostra que D. João e sua esposa D. Filipa de Lencastre foram a origem da geração de Avis (infantes).<br />D. João foi Mestre sem saber, defensor do Templo sagrado da Pátria e a eterna chama de Portugal. Pessoa retrata o rei como alguém eleito por Deus e também como um grande homem e guerreiro que fez de tudo para salvar o país.<br />
  • 16. Escola Secundária Dr. Jorge Correia - Tavira<br />Comemoração dos 550 anos da morte do Infante D. Henrique<br />Mensagem – D. João o primeiro<br />Disciplina de Português<br />Professora Ana Cristina Matias<br />Turma: 12º A2<br />Autores: <br />Ana Raquel Claro, Nº2<br />Rafael Santos, Nº18<br />Maio de 2010<br />

×