Ead

  • 2,955 views
Uploaded on

Apresentação Curso: Vivência em EAD

Apresentação Curso: Vivência em EAD

More in: Education , Spiritual
  • Full Name Full Name Comment goes here.
    Are you sure you want to
    Your message goes here
    Be the first to like this
No Downloads

Views

Total Views
2,955
On Slideshare
0
From Embeds
0
Number of Embeds
6

Actions

Shares
Downloads
34
Comments
1
Likes
0

Embeds 0

No embeds

Report content

Flagged as inappropriate Flag as inappropriate
Flag as inappropriate

Select your reason for flagging this presentation as inappropriate.

Cancel
    No notes for slide

Transcript

  • 1. Educação a Distância
  • 2. CURSO VIVÊNCIA EM EAD - FORMAÇÃO EM EDUCAÇÃO A DISTÂNCIA - POIE Componentes Ana Claudia Lemes de Morais Cristiane Acácio Rosa Eva Chow Belezia Sandra Cristina Del Barco Professor Tutor Edson Alves
  • 3. Educação a Distância Conceitos e características
  • 4. Conceitos Os conceitos que procuram definir Educação a Distância possuem entre os diversos autores, terminologias distintas, mesmo abordando conceitos que se relacionam e apontam um mesmo caminho. Enquanto Chaves considera a expressão “Educação e Aprendizagem a Distância inadequados ao propósito que se propõe. Ele afirma que o Ensino a Distância é perfeitamente possível acontecer...quando lemos, quando assistimos e quando nos informamos, pois quem está ensinando está parcialmente distante de quem está aprendendo. Chaves (1999 pg.27) Nesse contexto Barros diverge de Chaves quanto a utilização da expressão “Ensino” Barros chama a atenção quanto aos termos Ensino e Educação. Para ele o ensino é caracterizado pela instrução, transmissão de conhecimento, adestramento e treinamento. Enquanto que a educação leva o indivíduo aprender a aprender Chaves (1999 pg.27) Barros (2003 pg.15)
  • 5. Educação a distância é a aprendizagem planejada que geralmente ocorre num local diferente do ensino e, por causa disso, requer técnicas especiais de desenho de curso, técnicas especiais de instrução, métodos especiais de comunicação através da eletrônica e outras tecnologias, bem como arranjos essenciais organizacionais e administrativos. Educação a distância refere-se a ensino e aprendizagem em circunstâncias nas quais o professor e o aprendiz estão separados um do outro no tempo e no espaço; inclui telecursos, estudos por correspondência, ensino aprendizagem por meio de computador como parte de um sistema abrangente de educação ou treinamento que culmina com a complementação de uma tarefa, curso, currículo ou programa de treinamento. Educação a distância é um sistema tecnológico e de comunicação de massa bidirecional, que substitui a interação pessoal, em aula, de professor e aluno, como meio preferencial de ensino, pela ação sistemática e conjunta de diversos recursos didáticos e o apoio de uma organização tutorial, que propiciam a aprendizagem autônoma dos estudantes. “ o termo educação a distância é usado para abranger variadas formas de estudo, em todos os níveis, nas quais os estudantes não estejam em contato direto com os seus professores” (2002, p.36). Ao analisar a maioria dos conceitos sobre EAD percebemos as expressões “local de ensino”, “professor e aprendiz separados um do outro”, substituir a interação pessoal” entre outros que deixam explicito a única distinção do EAD. Niskier apud Barros (1999, p.17). Netto apud Barros (1999, p.17) Aretio apud Sartori (2002, p.36) Laaser apud Sartori (2006 pg.36)
  • 6. Outros autores não citam a distância entre os envolvidos no processo, mas descrevem os meios e as formas de como se dá a Educação a Distância deixando implícito a fala de outros autores, ou seja, os conceitos se inte-relacionam nos seus objetivos. Conclui-se então que a diferença está na forma em que essa educação a distância é conduzida pela instituição responsável, respeitando suas características.
  • 7. Características da Educação a Distância EAD com qualidade Atender maior número de beneficiários; Vencer barreiras; Adaptar horários; O aperfeiçoamento profissional; Aprendizagem inicial e continuada. Ampliar e democratizar o acesso ao ensino; Desenvolver princípios, diretrizes e/ou critérios que possam assegurar a qualidade Analisar desenvolvimento do curso; Priorizar formação de professores; Oferecer com qualidade ao atendimento dos estudantes; Melhorar a infra-estrutura; Avaliar tudo de forma substancial.
    • Uma organização inovadora, aberta, dinâmica, com um projeto pedagógico coerente, participativa com infra-estrutura adequada, atualizada, confortável; tecnologias acessíveis, rápidas e renovadas;
    • Uma organização que reúna docentes preparados comunicacional, intelectual, emocional e eticamente bem remunerados, motivados e com boas condições profissionais;
    • Uma organização que tenha alunos motivados, preparados intelectual e emocionalmente com capacidade de gerenciamento pessoal e grupal (MORAN, 1999, p.14);
    Prioridade Objetivos Preocupações Estratégias Variáveis de qualidade
  • 8. Baseados nos conceitos e características apresentadas a educação presencial e a educação a distância se distingue pela interação e autonomia. A teoria de Piaget afirma que a interação interindividual é concebida em uma dimensão coletiva, estabelecida por relações sociais, permitindo um entendimento na direção de uma explicação, não apenas psicológica, mas também sociológica, da construção do conhecimento. Com relação à autonomia, Ramos (1996, p.245) define como sendo a capacidade de pesquisar, de se organizar e de pensar de forma crítica e independente. De acordo com Ramos, a autonomia não significa isolamento, pelo contrário, “é a capacidade de superação de pontos de vistas, de compartilhamento de escalas de valores e de sistemas simbólicos, de estabelecimento conjunto de metas e estratégias, que está presente nas relações cooperativas”. Essa interação e autonomia é desenvolvida em ambientes virtuais de aprendizagem diferenciados pelas suas características.
  • 9. AVA – AMBIENTE VIRTUAL DE APRENDIZAGEM Espaço das interações cognitivo-sociais com utilização de tecnologias de informação AVA Projeto Político-pedagógico Institucional
  • 10. RECURSOS TECNOLÓGICOS Computadores, softwares, servidores HUMANOS Alunos, professores, tutores, programadores, pessoal de apoio
  • 11. AVA – AMBIENTE VIRTUAL DE APRENDIZAGEM AulaNet – http://www.aulanet.com.br Origem : LES – PUC-RJ Premissas : Não há necessidade de ser especialista A interatividade é fundamental Reutilização de arquivos e conteúdos da WEB Perfis de Usuários : Professores Alunos
  • 12. Moodle – http://moodle.org Premissas : Software livre, de código aberto, livre e gratuito LMS – ambiente de gerenciamento de aprendizagem Facilidade para desenvolvimento de cursos Perfis de Usuários : Administrador Tutor Alunos
  • 13. Teleduc Origem : NIED e IC – UNICAMP/SP Premissas : Software livre Acesso aos cursos através de senha Perfis de Usuários : Formadores Alunos
  • 14. Blackboard (1) Origem : University of British Columbia Premissas : Criação de ambientes educacionais baseados na WEB O professor pode criar caminhos de aprendizagem de acordo com o perfil do aluno, e também registrar notas, editar testes, provas, discussões. Possibilidade de cursos seqüenciais
  • 15.
    • Blackboard (2)
    • Perfis
    • De disciplina:
      • Conceptor
      • Avaliador
      • Visitante
      • Aluno
      • Docente
      • Assistente
    • Administrativos:
      • Gestor da disciplina
      • Visitante
      • Observador
      • Gestor do portal
      • Suporte técnico
      • Administrador de sistema
      • Assistente de sistema
      • Gestor de utilizadores
  • 16. VEJA AS CARACTERISTICAS DE CADA UM DOS AMBIENTES Aulanet Moodlle Teleduc Blackboard
  • 17. CONHEÇA AS LEIS QUE FUNDAMENTAM A EDUCAÇÃO A DISTÂNCIA Decretos Nº 5.622 – regulamenta o art.80 da Lei nº 9.394 - LDB Nº 5.773 – dispõe sobre o exercício das funções de regulação, supervisão e avaliação das instituições. Nº 6.303 – estabelece diretrizes e bases da educação nacional Portarias Nº 1 de 10 de janeiro de 2007 Nº 2 (revogada) 10 de janeiro de 2007 Nº 40 de 13 de dezembro de 2007