• Share
  • Email
  • Embed
  • Like
  • Save
  • Private Content
Henri wallon - AFETIVIDADE
 

Henri wallon - AFETIVIDADE

on

  • 62,049 views

SLIDES UTILIZADOS NO 4°PERIODO CURSO DE PEDAGOGIA

SLIDES UTILIZADOS NO 4°PERIODO CURSO DE PEDAGOGIA

Statistics

Views

Total Views
62,049
Views on SlideShare
61,883
Embed Views
166

Actions

Likes
13
Downloads
698
Comments
5

3 Embeds 166

http://acleciodantas.blogspot.com 97
http://acleciodantas.blogspot.com.br 68
http://www.acleciodantas.blogspot.com.br 1

Accessibility

Categories

Upload Details

Uploaded via as Adobe PDF

Usage Rights

© All Rights Reserved

Report content

Flagged as inappropriate Flag as inappropriate
Flag as inappropriate

Select your reason for flagging this presentation as inappropriate.

Cancel

15 of 5 previous next Post a comment

  • Full Name Full Name Comment goes here.
    Are you sure you want to
    Your message goes here
    Processing…
Post Comment
Edit your comment

    Henri wallon - AFETIVIDADE Henri wallon - AFETIVIDADE Presentation Transcript

    • HENRI WALLON AFETIVIDADE
    • OBJETIVOS IDENTIFICAR E RELATARA IMPORTÂNCIA DAS EMOÇÕESNO DESENVOLVIMENTOHUMANO DE MANEIRACOMPLETA. SEGUNDO O AUTOR,A EMOÇÃO É A EXTEORIZAÇÃODA AFETIVIDADE.
    • ROTEIRO• Breve biografia• Conceitos• Fases• Exemplos dos textos• Exemplos prático• Citações de artigos com exemplos• Considerações finais• Referência bibliográficas
    • BREVE BIOGRAFIA• Nasceu na França em 1879.• Morreu aos 87 anos em Paris lugar onde viveu toda sua vida.• Com 23 anos se formou em filosofia• Vivenciou duas guerras mundiais (1914-18 e 1939-45• Em 1925 publica sua tese de doutorado “A Criança Turbulenta”• Lança seu ultimo livro em 1945 “Origens Do Pensamento da Criança”• Em 1948 cria a revista ‘Enfance’
    • CONCEITO• Wallon considera o desenvolvimento da pessoa completa integrada ao meio em que está imersa com seus aspectos afetivo, cognitivo e motor.• “Jamais pude dissociar o biológico e o social, não porque o creia redutíveis entre si, mas porque, eles me parecem tão estreitamente complementares, desde o nascimento, que a vida psíquica só pode ser encarada tendo em vista suas relações recíprocas.”(Wallon 1951)
    • FASES• Os cincos estágios de desenvolvimento do ser humano apresentados por (Galvão 1998) sucedem-se em fases com predominância afetiva e cognitiva.• 1° estágio impulsivo-emocional A predominância da afetividade orienta as primeiras reações do bebê.• 2° estágio sensório-motor e projetivo O ato mental se desenvolve a partir do ato motor.• 3° estágio personalismo construção da consciência de si mediante as interações sociais.• 4° estágio categorial Os Progressos intelectuais. Esta etapa é muito importante para o desenvolvimento das aptidões intelectuais e sociais da criança.• 5° estágio predominância funcional Novas definições dos contornos da personalidade desestruturados devido as modificações corporais resultantes da ação hormonal
    • EXEMPLOS DE TEXTOS Para wallon as emoções tem o papel MOVIMENTO predominante no desenvolvimento da motricidade tem caráter pedagógico pessoa e é por meio delas que o aluno exterioriza seus desejos e suas tanto pela qualidade do gesto e do vontades pouco estimulado, pelos movimento quanto por sua modelos tradicionais de ensino. representação. Ele acreditava que asAFETIVIDADE escolas deveriam quebrar a rigidez e a A emoção é altamente orgânica, altera mobilidade adaptando a sala de aula a respiração os batimentos cardíacos e para que as crianças possam se até o tônus muscular tem momentos de movimentar mais. tensão e distensão que ajudam o ser INTELIGÊNCIA humano a se conhecer. Priorizam a inteligência e oO EU E O OUTRO desenvolvimento em sala de aula a A construção do eu depende essencialmente do outro, proposta Wallanaina põe o principalmente quando a criança desenvolvimento intelectual dentro de começa a viver a chamada crise de uma cultura mais humanizada. Os oposição. elementos como:afetividade movimento e espaço físico se encontram num mesmo plano.
    • EXEMPLOS PRÁTICOS A teoria de Henri Wallon ainda é um o domínio do campo visual com motricidade desafio para muitos pais, escolas, das partes do corpo, dinâmicas, jogos, dança, professores, seria melhor começar a brincadeiras. pôr em prática nas escolas idéias mais O EU E O OUTRO humanistas valorizando a importância Ampliar a importância do respeito para com das escolas? as diferenças, interagir com as diferentesAFETIVIDADE fontes de conhecimento. Confeccionar Trabalhar com a coordenação motora, crachás com fotos e nome dos alunos. Expor visomotora, esquema corporal, em mural a foto dos alunos e com isso falar percepção sensorial, orientação sobre as diferenças entre eles e os espacial, orientação temporal. Músicas agrupamentos familiares. infantis, poesias, histórias infantis, INTELIGÊNCIA jogos, dramatizações, fantoches, As atividades pedagógicas devem ser brincadeiras, teatros, filmes, figuras, trabalhadas de forma variada, numa sala de slides. leitura por exemplo a criança pode ficarMOVIMENTO sentada deitada ou fazendo coreografias de Esquema corporal, orientação histórias contadas pelo professor. temporal e espacial. Inventar sons com o corpo identificar as partes que o compõem, coordenar
    • CITAÇÃO DE ARTIGO COM EXEMPLOSSeria ótimo manter um diálogo com a criança em que se possaperceber o que está acontecendo, usando tanto o silêncio quanto ocorpo, abraçando-a quando ela assim o permitir. Compartilhar com osdemais dá classe os sentimentos que estão sendo evidenciados.Nesse instante é um trabalho quase terapêutico utilizar as erupçõesviolentas e falar sobre elas. Dar oportunidade para a criança colocarseus sentimentos na escola, não apenas sua inteligência ou suacapacidade de aprender. Desenvolver exercícios de psicomotricidadejunto com todas as outras atividades pedagógicas, também daria basepsicopedagógicas para o desenvolvimento da inteligência diz ClaudioSaltinni. Ele cita exemplos práticos de bastante importância como:Chamar a criança para dramatizações solicitar que repita algummovimento em câmera lenta, pedir que ela mostre com o corpo seuspróprios sentimentos; trabalhar a interação corporal criança x criança,criança x educador, criança x ambiente e criança x objetos; rolar nochão, vendar os olhos, mexer no próprio corpo, no do educador e doscolegas. Buscar descobrir as diferenças entre sua sala de aula, a salavizinha, o banheiro e outras dependências.
    • CONSIDERAÇÕES FINAIS• Henri Wallon no campo da Psicologia e Educação Infantil.• Ele considera o desenvolvimento humano como um todo no meio em que vive.• Fundamentou suas idéias em quatro elementos básicos; afetividade, movimento, inteligência e formação do eu como pessoa.• Para Wallon, a psicologia e a pedagogia se completam.• O conhecimento da criança exige a colaboração de todos os que estão em contato com ela.
    • REFERÊNCIAS BIBLIOGRÁFICAS• Henri Wallon: Uma Concepção Dialética do Desenvolvimento Infantil, Izabel Galvão, 136 págs Ed. Vozes. (2004)• Psicologia e Educação, Henri Wallon Ione Collado Pacheco Dourado (PUC/SP) Regina Célia Almeida Rego Prandini• Nova Escola Grandes Pensadores julho 2008• Cláudio J.P. Santini Afetividade e Inteligência volume I A Emoção na Educação• Andrea Cecília Ramal História de Gente que Ensina e Aprende EDUSC 1999 Editora da Universidade do Sagrado Coração.• Wallon, Henri.Psicologia. Maria José Soraia Weber e Jaqueline Nadel Brulfert (org) São Paulo, Ártica 1986.