Acessibilidade Montele
Upcoming SlideShare
Loading in...5
×
 

Acessibilidade Montele

on

  • 3,034 views

Guia de Acessibilidade para plataformas elevatórias. Tudo resumido aqui!

Guia de Acessibilidade para plataformas elevatórias. Tudo resumido aqui!

Statistics

Views

Total Views
3,034
Views on SlideShare
3,030
Embed Views
4

Actions

Likes
0
Downloads
29
Comments
0

1 Embed 4

http://www.slideshare.net 4

Accessibility

Categories

Upload Details

Uploaded via as Adobe PDF

Usage Rights

© All Rights Reserved

Report content

Flagged as inappropriate Flag as inappropriate
Flag as inappropriate

Select your reason for flagging this presentation as inappropriate.

Cancel
  • Full Name Full Name Comment goes here.
    Are you sure you want to
    Your message goes here
    Processing…
Post Comment
Edit your comment

Acessibilidade Montele Acessibilidade Montele Presentation Transcript

  • Guia de Acessibilidade
  • Índice 01. PL200 ......................................................................................... 3 06. EL2000 ....................................................................................... 11 . Con guração de Série ............................................................ 3 . Con guração de Série ............................................................ 11 . Itens de Segurança ................................................................ 3 . Itens de Segurança ................................................................ 11 . Opcionais ................................................................................. 3 . Opcionais ................................................................................. 11 02. Ilustração Esquemática dos Percursos ................................. 4 07. Ilustração Esquemática ........................................................... 12 . Percurso Aberto ..................................................................... 4 . Percurso Fechado .................................................................. 5 08. Possibilidades de Acesso ........................................................ 13 . Caixa de Alvenaria ................................................................. 5 . Portas do Mesmo Lado .......................................................... 13 . Enclausuramento .................................................................. 5 . Portas de Lados Opostos ....................................................... 13 03. Possibilidade de Acesso .......................................................... 6 09. Instruções .................................................................................. 14 . Portões do Mesmo Lado ........................................................ 6 . Instalação Elétrica .................................................................. 14 . Portões de Lados Opostos ..................................................... 6 . Casa de Máquina .................................................................... 15 . Quadro de Cotas ..................................................................... 7 . Caixa de Corrida ..................................................................... 15 . Sobre o Poço ........................................................................... 16 04. Sobre a Altura das Portas ....................................................... 8 . Medidas da Porta Inferior ...................................................... 8 . Medidas da Porta Superior .................................................... 8 05. Instruções .................................................................................. 9 . Instalação Elétrica .................................................................. 9 . Rebaixamento ......................................................................... 10 . Medidas do Rebaixamento .................................................... 10 . Se Impossível Rebaixar ......................................................... 10
  • 01. PL 200 Pioneira em Acessibilidade no Brasil, a linha de plataformas PL200 adaptou-se às atuais tendências e exigências, tornando-se ícone nacional em Acessibilidade. A linha PL200 é uma solução para o transporte vertical de passageiros com mobilidade reduzida em percusos de até 4m de altura. As Plataformas podem ser con guradas para uso restrito ou público e apresentam requisitos para ambientes fechados e abertos, de acordo com as informações técnicas disponíveis nas próximas páginas. Além da valorização do espaço, a escolha da PL200 garante o transporte mais confortável, unindo segurança e praticidade. Con guração de Série Itens de Segurança Opcionais •Desenvolvida conforme a Norma NBR •Dispositivo de segurança •Acabamento em Aço Inox. 15655-1. anti-esmagamento. •Opção de fornecimento do flap em •Velocidade de 6 metros por minuto. •Acionamento: fuso de aço com rosca substituição do rebaixamento do piso. Capacidade 275Kg. trapezoidal, com bucha seguidora de segurança - elimina o risco de queda. •Plataformas cabinadas e panorâmi- •Acionamento da plataforma por cas. botões de pressão constante nos pavi- •AutoSafe (nobreak): resgata o fun- mentos e joystick (alavanca) na cabina. cionamento da plataforma em caso de queda de energia, levando a cabina •Homologada nas prefeituras do Rio automaticamente para o primeiro de Janeiro (GEM) e São Paulo (Contru). pavimento. •Instalação elétrica simples, necessita •Proteção contra sobrecarga do motor. apenas de uma rede trifásica 220/380v e aterramento exclusivo. Instalação elétrica bifásica sob consulta. •Acabamento em pintura eletrostática (branco, bege, cinza ou preto). 3
  • PLATAFORMA COM PERCURSO ABERTO 02. Ilustração Esquemática dos Percursos •Plataformas uso público até 2m, e plataformas de uso restrito, desde que não passe por laje. Figuras 01, 02 •Necessário enclausuramento quando há transposição de laje ou mezanino. Necessário para as plataformas públicas com percurso superior a 2m. Figuras 03, 04 COLUNA DA PLATAFORMA PAREDE EXISTENTE PORTÃO 2° PISO COLUNA DA CURSOR DO FLAP PLATAFORMA PORTÃO 2° PISO NIVEL PARADA 2º ANDAR BOTOEIRA NIVEL PARADA 2º ANDAR PORTÃO 1° PISO NIVEL PARADA 1º ANDAR FECHAMENTO DE SEGURANÇA INSTALADO PELO FECHAMENTO DE CLIENTE SEGURANÇA NIVEL PARADA 1º ANDAR INSTALADO PELO CLIENTE FLAP fig.01 fig.02 PLATAFORMA PERCURSO ABERTO PLATAFORMA PERCURSO ABERTO SEM REBAIXO NO PISO E FLAP NA 1 PARADA COM REBAIXO NO PISO E PORTÕES PARA PERCURSO ATÉ 2m PARA PERCURSO ATÉ 2m 4
  • PLATAFORMA COM PERCURSO FECHADO FECHAMENTO DE SEGURANÇA A CARGO DO CLIENTE PORTÃO 2° PISO PORTÃO 2° PISO AC ESS AC O ESS O NIVEL PARADA 2º ANDAR NIVEL PARADA 2º ANDAR PORTÃO PORTÃO 1º PISO 1º PISO AC AC E SS E O SS O NÍVEL PARADA 1º ANDAR NIVEL PARADA 2º ANDAR g.03 g.04 PLATAFORMA PERCURSO FECHADO EM CAIXA DE ALVENARIA PLATAFORMA PERCURSO FECHADO COM ENCLAUSURAMENTO PARA PERCURSOS ACIMA DE 2m PARA PERCURSOS ACIMA DE 2m 5
  • 03. Possibilidade de Acesso •Acesso pelo mesmo lado. Figuras 01, 02 •Acesso por lados opostos. Figuras 03, 04 •Quadro de cotas. Tabela 01 (próx. pág.) A A PORTÃO PORTÃO D fig. 01 fig. 02 D PLATAFORMA ACESSO MESMO LADO PLATAFORMA ACESSO MESMO LADO COLUNA DIREITA COLUNA ESQUERDA C C PLATAFORMA PLATAFORMA PLATAFORMA PLATAFORMA COLUNA DA A COLUNA DA A B B C C PORTÃO PORTÃO D PLATAFORMA D PLATAFORMA COLUNA DA PLATAFORMA PLATAFORMA COLUNA DA B B C C fig. 03 fig. 04 PORTÃO PLATAFORMA ACESSO LADOS OPOSTOS PLATAFORMA ACESSO LADOS OPOSTOS D PORTÃO COLUNA DIREITA COLUNA ESQUERDA D 6
  • Detalhamento Técnico ÁREA ÚTIL DA CABINA DIMNESÕES PARA INSTALAÇÃO PROJEÇÃO DO ABERTURA DO PORTÃO PORTÃO PERCURSSO ALTURA DA POTÊNCIA DO MODELO MESMO LADO LADOS OPOSTOS MESMO LADO / LADOS OPOSTOS CAPACIDADE VELOCIDADE MÁXIMO COLUNA MOTOR C D L P L P A B PL 205 R 50 160 80 125 80 130 130 135 6 100 275 Kg 1,5 CV 4 m/min PL 205 P 50 160 90 140 90 145 140 150 6 100 275 Kg 1,5 CV 4 m/min PL 210 R 100 200 80 125 80 130 130 135 6 100 275 Kg 1,5 CV 4 m/min PL 210 P 100 200 90 140 90 145 140 150 6 100 275 Kg 1,5 CV 4 m/min PL 215 R 150 250 80 125 80 130 130 135 6 100 275 Kg 1,5 CV 4 m/min PL 215 P 150 250 90 140 90 145 140 150 6 100 275 Kg 1,5 CV 4 m/min PL 220 R 200 300 80 125 80 130 130 135 6 100 275 Kg 1,5 CV 4 m/min PL 220 P 200 300 90 145 90 145 140 150 6 100 275 Kg 1,5 CV 4 m/min PL 225 R 250 361 80 125 80 130 130 135 6 100 275 Kg 2 CV 6 m/min PL 225 P 250 361 90 140 90 145 140 150 6 100 275 Kg 2 CV 6 m/min PL 237 R 370 481 80 125 80 130 130 135 6 100 275 Kg 2 CV 6 m/min PL 237 P 370 481 90 140 90 145 140 150 6 100 275 Kg 2 CV 6 m/min PL 240 R 400 521 80 125 80 130 130 135 6 100 275 Kg 2 CV 6 m/min PL 240 P 400 521 90 140 90 145 140 150 6 100 275 Kg 2 CV 6 m/min Tabela 01 QUADRO DE COTAS 7
  • 04. Sobre a Altura dos Portões ÚLTIMO PÉ DIREITO MÍNIMO = 212 Portão inferior Portão superior PORTÃO 2º PISO ACESSO 200 •Com 1,10m de altura para plataformas com •Com altura mínima de 1,10m para percurso até 1m. plataformas com percurso até 2m. •Com 2,0m de altura para plataformas com •Com 2,0m de altura para plataformas com - NIVEL PARADA 2º ANDAR percurso acima de 1m. percurso acima de 2m. ALTURA DA COLUNA PERCURSO ACESSO PORTÃO 1º PISO VÃO DO PORTÃO 212 200 DEVERÁ SER INSTALADO PRÓXIMO A PLATAFORMA UM DISJUNTOR TRIFÁSICO 45 NIVEL PARADA 1º ANDAR 10 B 8
  • CABO ANTI-CHAMA CONFORME TABELA 05. Instruções INSTALAÇÃO ELÉTRICA CABO ANTI-CHAMA 2,5mm X 1mt. QUADRO DE FORÇAS (CE3832-17 CEMAR) UMA CAIXA PARA 1 3 5 SIEMENS 5SX1 DUAS CAIXA PARA TOMADA 2 x 4 D1 D1 0 0 0 TOMADA 2 x 4 25A QUADRO DE FORÇAS 2 4 6 (CE3832-17 CEMAR) 1 3 5 SIEMENS 5SX1 D1 D2 0 0 0 1 3 5 N Deverá ser instalado 25A SIEMENS 5SM1 2 4 6 DR DR 0 próxima a plataforma um 25A/30mA 220 V 2 4 6 N disjuntor trifásico com 1 3 5 N ponto 220V ou 380V, 60Hz 220 V 110 V SIEMENS 5SM1 DR neutro, terra e cabo anti- DR chamas, com dispositivo 0 25A/30mA 2 4 6 N TERRA tetrapolar diferencial DR e disjuntor tripolar D1. TERRA PONTO DE ALIMENTAÇÃO ELÉTRICA L1 PONTO DE ALIMENTAÇÃO ELÉTRICA L2 L3 L1 N PE L2 L3 N DR D2 D1 Trifásico 220V Trifásico 380V KW CV DISJUNTOR DR CABO CIRCUITO N PE KW CV DISJUNTOR DR CIRCUITO N DE FORÇA DE FORÇA 1,472 2 15A 25/30mA 2,5 1,472 2 15A 25/30mA QUADRO DE COMANDO QUADRO DE COMANDO 9
  • INSTRUÇÕES PARA REBAIXAMENTO Para percursos de até 2m, a Montele fornece o ap, que a substitui o rebaixamento do piso e 120 rampa, (INDICADO) RAMPA +000 i=8.33% +010 +000 (MÍNIMA) 10 B B PLATAFORMA COM REBAIXO NO PISO PLATAFORMA COM ACESSO POR RAMPA PERCURSO FECHADO PERCURSO FECHADO Para o acesso a plataforma em caso de impossibilidade de Rebaixo de 10cm do nível +000, para que o usuário tenha rebaixo deverá ser contruída uma rampa com inclinação acesso a plataforma no mesmo nível do piso. mínima de 8.33%. 10
  • 06. EL 2000 A Montele fabrica há 27 anos o Elevador Residencial EL 2000, consagrado nacionalmente em projetos de arquitetos renomados. Os itens de segurança ultrapassam em quantidade e tecnologia as exigências das instituições normativas. Em residências, nos- sos elevadores podem transportar 3 passageiros em percursos de até 15m. Em locais públicos, podem ser adaptados para uso restrito, com o objetivo de promover a ACESSIBILIDADE e integração social. Con guração de Série Itens de Segurança Opcionais • Cabina e Portas em Aço Inox: durabilidade e •Freio de Emergência: imobiliza o elevador •Cabina Panorâmica: estrutura em Aço Inox. so sticação no caso de ruptura ou afrouxamento dos Preparada para receber vidro. •Portas Automáticas: abertura lateral ou cabos de aço através de um dispositivo de •Indicação Sonora: sinal acústico nos pavi- central, proporcionando conforto e atenden- segurança xado na armação do carro, des- - mentos. do às normas de Acessibilidade. tinado a pará-lo de maneira progressiva ou •Intercomunicador: integrado à botoeira de •Barreira infravermelha: sistema de feixes instantânea, prendendo-os às guias quando cabina. de luz infravermelha, que interrompe o acionado. •Torre Metálica: fabricada pela Montele, fechamento das portas ao detectar qualquer •Fecho automático nas portas: impede a substituindo a alvenaria estrutural. Para obstrução. abertura das portas quando o elevador não o dimensionamento, reserve um espaço •Inversor de Freqüência (VVVF): elimina o está no pavimento. equivalente as cotas C e D do exemplo ao pico de corrente, proporcionando partida •Luz de Emergência: Iluminação acionada lado, acrescidas de 15cm. e parada suaves, economia de energia e por bateria, no caso de falta da energia •Rebaixo do piso para receber granito. aumento da vida útil do equipamento. elétrica. •Instalação de ponto telefônico na cabina. •Botão auto-iluminado: indica o registro •Alarme na Cabina: Sinal destinado a de chamada. Identi cação em braile nas chamar a atenção em caso de emergência. botoeiras. •Redutor Irreversível: Impossibilita o giro •Ventilador e Luminária embutida: instala- da saída, sem o acionamento na entrada do dos no teto. redutor. •Espelho e Corrimão: preparação em cabi- •Pára-choque: Dispositivo destinado a am- nas com acesso pelo mesmo lado. ortecer choques do carro ou do contrapeso, quando eventualmente atingido. •Relé de seqüência e de falta de fase: Evita que o equipamento tenha invertido o sentido de funcionamento ou seja operado com falta de alguma fase. 11
  • 25 07. Ilustração Esquemática 18 16 24 LEGENDA EL-2000 12 1 PORTA DE CABINA (AUTOMÁTICA ABERTURA LATERAL) 11 2 PORTA DE PAVIMENTO (AUTOMÁTICA ABERTURA LATERAL) 14 3 GUIA ARMAÇÃO CARRO 13 22 4 GUIA ARMAÇÃO CONTRAPESO 5 VIGA METÁLICA 6 ARMAÇÃO DO CARRO 10 5 7 ARMAÇÃO DO CONTRAPESO 2 7 8 CONTRAPESO 9 CABINA L=90 x P=130 x A=205cm 8 10 CABO DE AÇO 11 BASE DE MÁQUINA 12 QUADRO DE COMANDO 3 13 CANALETA 23 INSTALAR DENTRO DA CASA DE MÁQUINAS: LEGENDA OBRA CIVIL 4 A CARGO DO CLIENTE 18 20 14 FURO P/PASSAGEM DAS VIGAS METÁLICAS 19 15 POÇO 21 23 16 INTERRUPTOR 9 6 17 LÂMPADA 18 DISJUNTOR D1 E D2 19 DISJUNTOR "DR" 1 20 PONTO TRIFÁSICO 21 TOMADA 22 CINTAS P/ FIXAÇÃO DAS VIGAS METALICAS 23 CINTA DE CONCRETOS PARA GUIA 24 JANELA DE VENTILAÇÃO 15 25 PORTA DE MANUTENÇÃO A PORTA DE CABINA E PAVIMENTO RECOLHE DEIXANDO UM VÃO DE LUZ DE 80cm 12
  • 08. Possibilidades de Acesso ACESSO LADOS OPOSTOS, PORTAS AUTOMÁTICAS ABERTURA LATERAL, ACESSO MESMO LADO, PORTAS AUTOMÁTICAS ABERTURA LATERAL, CONTRAPESO LATERAL. CONTRAPESO LATERAL 1450 1450 1100 350 C 800 900 1300 1600 1300 1750 900 800 800 A 1100 350 B 1450 1100 350 D ACESSO MESMO LADO, PORTAS AUTOMÁTICAS ABERTURA CENTRAL, CONTRAPESO NO FUNDO. E 1300 A Largura interna da cabina B Profundidade interna da cabina C Largura da caixa de corrida do equipamento 900 D Profundidade da caixa de corrida do equipamento 1650 G F 1300 E Vão de passagem interno da cabina F Parede de fechamento 800 g. A G Vão de abertura na alvenaria para instalação da porta de pavi- Planta explicativa, utilizada como mento exemplo para os modelos apre- sentados a seguir. 800 1300 13
  • INSTALAÇÃO ELÉTRICA 09. Instruções CABO ANTI-CHAMA Deverá ser instalada na casa de máquinas CONFORME TABELA CABO ANTI-CHAMA uma caixa de força que atenda aos itens CONFORME TABELA especi cados nas guras 01, 02. . UMA CAIXA PARA TOMADA 2 x 4 Com ponto trifásico 220 V ou 380 V, 60 Hz, neutro, terra e cabo anti-chamas. QUADRO DE FORÇAS Com dispositivo tetrapolar diferencial DR. (CE3832-17 CEMAR) QUADRO DE FORÇAS 1 3 5 (CE3832-17 CEMAR) SIEMENS 5SX1 D1 Com disjuntor tripolar D1. 1 3 SIEMENS 5 D1 0 0 0 5SX1 Com disjuntor bipolar D2 para 220 V ou D1 25A DUAS CAIXAS PARA D1 0 0 0 2 4 6 TOMADA 2 x 4 25A 220 V monopolar para 380 V. 2 4 6 1 3 5 N 1 SIEMENS SIEMENS 5SM1 5SX1 DR 1 3 SIEMENS 5 N 1 SIEMENS 3 SIEMENS DR 0 0 D2 5SM1 5SX1 5SX1 DR 25A/30mA 10A DR 0 0 0 D2 2 4 6 N 2 25A/30mA 10A 10A 2 4 6 N 2 4 220 V 110 V S TERRA S TERRA R R T T N N PONTO DE ALIMENTAÇÃO ELÉTRICA PONTO DE ALIMENTAÇÃO ELÉTRICA DR DR D1 D2 D1 D2 g. 01 g. 02 Trifásico 220V Trifásico 380V DISJUNTOR DISJUNTOR DISJUNTOR DISJUNTOR CV DR CABO CV DR CABO (D1) (D2) (D1) (D2) CIRCUITO CIRCUITO DE N CIRCUITO CIRCUITO DE N DE FORÇA COMANDO 2 DE FORÇA COMANDO 2 2,0 25 A 10 A 25A/30mA 2,5 mm 2,0 15 A 10 A 25A/30mA 2,5 mm QUADRO DE COMANDO QUADRO DE COMANDO 14
  • INFORMAÇÕES INFORMAÇÕES JANELA DE SOBRE A CASA DE MÁQUINAS SOBRE A CAIXA DE CORRIDA VENTILAÇÃO CRUZADA ALTURA DA CASA DE MÁQUINAS 150 A caixa do elevador deverá atender aos LAJE seguintes requisitos: Dimensões da caixa, largura e profundi- Não deve ser usada como passagem a dade, conforme modelo indicado na planta qualquer outro lugar do prédio. de montagem. ÚLTIMO PÉ DIREITO ( Porta Automática-Automática) Deve estar completamente desimpedida e O pé direito dos pavimentos deverá ter 290 livre de elementos estranhos aos compo- no mínimo uma altura de 230cm para 230 nentes do elevador. instalação das portas. Na última parada, mínimo de 350cm, para máquina super- No caso de equipamento sobre laje, iror sobre viga metálica, conforme gura 70 prever uma resistência mecânica na 06. No caso de máquina superior sobre CABINA laje adequada para suportar uma carga CINTA DE CONCRETO laje, por favor. observe gura 05. estática de 1700kgf, conforme indicado na 350 cm (Pè Direito Mínimo) gura 03. As paredes deverão ser lisas e isentas de saliências. Se houver vigas ou blocos de No caso de equipamento sobre viga, concreto, estes não podem estar salientes 350 prever uma resistência mecânica na no passadiço. ( Porta Automática-Automática) cinta adequada para suportar uma carga 280 PORTA DE PAVIMENTO estática de 1700kgf, conforme indicado na As paredes deverão ser planas (pruma- 230 gura 04 . das) e verticais. A casa de máquinas deve ser de fácil A caixa deverá ser livre de qualquer CAIXA DE CORRIDA PORTA CARRO acesso via alçapão ou porta, para elemento estranho aos componentes do montagem e futura manutenção do elevador. PERCURSO elevador; com entrada permitida somente a pessoas autorizadas para inspeção, CABINA Admite-se o uso de vidro, desde que seja manutenção e resgate de passageiros. do tipo inestilhaçável ou aramado. CONTRAPESO ( Porta Automática-Automática) g.03 g.04 230 Detalhe Detalhe Máquina superior sobre laje Máquina superior sobre viga metálica (POÇO) 60 MOLA 15
  • INFORMAÇÕES SOBRE O POÇO CONTRAPESO A profundidade ideal do poço é de 60cm e a resistência mecânica deve ser adequada para a carga estática de 1400kgf, conforme No caso de apartamento, indicado na gura 05 . na impossibilidade de rebaixamento do piso, O poço deverá ser livre terá que ser feito uma de qualquer elemento rampa ou degrau de no estranho aos componen- mínimo 25cm, conforme tes do elevador. gura 06 . CARRO ( Porta Automática-Automática) ( Porta Automática-Automática) 230 230 CABINA (POÇO) 60 g. 05 25 g. 06 MOLA Detalhe Detalhe Poço 60cm de profundidade Poço 25cm de profundidade 16
  • Montele Elevadores Contagem / MG Rio de Janeiro / RJ Mais de 5.000 equipamentos instalados Av. Simão Antônio, 1200 Av. Paulo de Frontin, 600 Bairro Cincão Bairro Rio Comprido A Montele Elevadores desenvolve, desde 1982, soluções direcionadas a Cep: 32371-610 Cep: 20261-243 acessibilidade em locais públicos, projetos residenciais e transporte de Tel: 31 2102 5444 Tel: 21 2502 7500 cargas. O atendimento nacional é disponibilizado através de uma fábrica Fax: 31 2102 5454 Fax: 21 2502 6251 em Contagem, liais em São Paulo, Rio de Janeiro e Brasília, além de representantes credenciados em todos os estados. Brasília / DF São Paulo / SP Setor Comercial Norte Rua Dr. Prudente de Moraes Neto, 85 A robustez e segurança de nossos elevadores, monta-cargas e plataformas Quadra 1 Bloco F - Sala 308 Bairro Vila Monte Alegre Cep: 70711-905 Cep: 04305-070 se deve ao atendimento el às normas nacionais e internacionais de fabri- cação e funcionamento. Consequentemente, a Montele é homologada nas Tel: 61 3326 4489 Tel: 11 3938 9718 mais rigorosas prefeituras, aprovada por grandes instituições e reconhecida Fax: 61 3327 0986 Fax: 11 3938 9723 por arquitetos e engenheiros em todo o Brasil. WWW.MONTELE.COM.BR Por favor, veri que a última atualização desse documento no site da Montele