• Share
  • Email
  • Embed
  • Like
  • Save
  • Private Content
(re)construção e partilha de conteúdos e recursos em eLearning literacia digital e informacional
 

(re)construção e partilha de conteúdos e recursos em eLearning literacia digital e informacional

on

  • 846 views

Comunicação apresentada no Congresso UIIPS - Investigação e Desenvolvimento no IPS (em parceria com Dina Rocha)

Comunicação apresentada no Congresso UIIPS - Investigação e Desenvolvimento no IPS (em parceria com Dina Rocha)

Statistics

Views

Total Views
846
Views on SlideShare
846
Embed Views
0

Actions

Likes
0
Downloads
12
Comments
0

0 Embeds 0

No embeds

Accessibility

Categories

Upload Details

Uploaded via as Adobe PDF

Usage Rights

CC Attribution-NonCommercial-ShareAlike LicenseCC Attribution-NonCommercial-ShareAlike LicenseCC Attribution-NonCommercial-ShareAlike License

Report content

Flagged as inappropriate Flag as inappropriate
Flag as inappropriate

Select your reason for flagging this presentation as inappropriate.

Cancel
  • Full Name Full Name Comment goes here.
    Are you sure you want to
    Your message goes here
    Processing…
Post Comment
Edit your comment

    (re)construção e partilha de conteúdos e recursos em eLearning literacia digital e informacional (re)construção e partilha de conteúdos e recursos em eLearning literacia digital e informacional Presentation Transcript

    • (re)construção e partilha de conteúdos e recursos em eLearning literacia digital e informacionalAna Loureiro | Dina Rocha | Maria Barbas | Valter Gouveia | Nuno LopesEscola Superior de Educação – Instituto Politécnico de Santarém, 9 Fevereiro 2012
    • literacia digital e informacional [key words] Ana Loureiro | Dina Rocha | Maria Barbas | Valter Gouveia | Nuno Lopes |
    • enquadramento [WWW]• Vivemos numa sociedade em rede (Castells, 2005), numa era de partilha e de colaboração, trazida pelo exponencial crescimento da World Wide Web - em particular a Web 2.0 (e Social Web).• A Web 2.0 é entendida como sendo a “collective intelligence of everyone who uses the web to upload, download, add comments, provide feedback, add tags and actively engage in the creation of new knowledge” (O´Reilly, 2005).• Os utilizadores deixaram de ser meros e passivos recetores de informação e conhecimento, passando a ser utilizadores ativos e reativos - buscando, criando, partilhando e comentando conteúdos e contextos, contribuindo para uma mass collaboration (Tapscott, e Williams, 2008) ou collective intelligence (Lévy, 1997) e para uma wisdom of crowds (Surowiecki, 2005). Ana Loureiro | Dina Rocha | Maria Barbas | Valter Gouveia | Nuno Lopes |
    • literacia digital [conceito]• refere-se “to the awarenesses, skills, understandings, and reflective approaches necessary for an individual to operate comfortably in information-rich and IT-enabled environments” (Martin e Ashworth, 2004)• “o processo de ensinar e aprender sobre a tecnologia e sobre o uso da tecnologia (…) requer capacidades sofisticadas de pesquisa e processamento da informação (isto, é, literacia da informação)” (http://www.miudossegurosna.net)• "A person’s ability to perform tasks effectively in a digital environment (...) Literacy includes the ability to read and interpret media, to reproduce data and images through digital manipulation, and to evaluate and apply new knowledge gained from digital environments" (Jones-Kavalier e Flannigan, 2006) Ana Loureiro | Dina Rocha | Maria Barbas | Valter Gouveia | Nuno Lopes |
    • literacia digital [porquê]• “Jobs and their skills requirements are constantly evolving. Concepts such as critical thinking, multi-tasking, collaboration and team work are increasingly strategically relevant. E-skills can provide the opportunities to meet these fast-changing requirements of the knowledge-based society and achieve a better position to overpass global competitive challenges” (Perán, 2010)• Assim, são necessárias pessoas com competências digitais que providenciem determinadas infra-estruturas digitais e também de pessoas com competências digitais para as usar.• Desta forma, uma sociedade digital ou em rede – digitally literate – é um percursor para uma sociedade baseada no conhecimento - knowledge-based society. Ana Loureiro | Dina Rocha | Maria Barbas | Valter Gouveia | Nuno Lopes |
    • literacia digital [competências de futuro][retirado de: http://www.iftf.org/futureworkskills2020] Ana Loureiro | Dina Rocha | Maria Barbas | Valter Gouveia | Nuno Lopes |
    • literacia digital [dimensões]Ser digitally literate envolve ter capacidades de:• (i) saber como aceder a informação e saber como a recolher em ambientes virtuais/digitais;• (ii) gerir e organizar informação para a poder utilizar no futuro;• (iii) avaliar, integrar, interpretar e comparar informação de múltiplas fontes;• (iv) criar e gerar conhecimento adaptando, aplicando e recreando nova informação;• (v) comunicar e transmitir informação para diferentes e variadas audiências, através de meios adequados. Ana Loureiro | Dina Rocha | Maria Barbas | Valter Gouveia | Nuno Lopes |
    • literacia digital [dimensões] Aceder Comunicar Gerir informação conhecimento Criar Integrar Avaliar[adaptado de: Basic elements of Digital Literacy, in California ICT Digital Literacy Assessments and Curriculum Framework Ana Loureiro | Dina Rocha | Maria Barbas | Valter Gouveia | Nuno Lopes |
    • literacia informacional [conceito]• “abrange o conhecimento das próprias necessidades e problemas com a informação, e a capacidade para identificar, localizar, avaliar, organizar e criar, utilizar e comunicar com eficácia a informação para resolver problemas ou questões apresentadas”. (Declaração de Praga, 2003).• “is the set of skills needed to find, retrieve, analyze, and use information (…) Ultimately, information literate people are those who have learned how to learn. They know how to learn because they know how knowledge is organized, how to find information, and how to use information in such a way that others can learn from them. They are people prepared for lifelong learning, because they can always find the information needed for any task or decision at hand”. American Library Association Presidential Committee on Information Literacy (2010) Ana Loureiro | Dina Rocha | Maria Barbas | Valter Gouveia | Nuno Lopes |
    • literacia informacional [abordagem do conceito] natureza e a extensão da sua necessidade de informação decidirintervenção reativa e pró-ativa de forma efetiva e eficaz fontes de conhecer informação refletir Sujeito e utilizar vs Necessidade gerar e criar novas de informação critérios de relevância, necessidade de objetividade, informação pertinência, lógica e usar e ética comunicar avaliar Ana Loureiro | Dina Rocha | Maria Barbas | Valter Gouveia | Nuno Lopes |
    • literacia informacional [implicações] literacia digital inteligência coletiva energias e aprendizagem sinergias ao longo da vida contexto Ana Loureiro | Dina Rocha | Maria Barbas | Valter Gouveia | Nuno Lopes |
    • literacia informacional [projeto IPSantarém]eLearning e-Raizes_Redes Sujeitos com UC Literacia da Informação competências em gestão informacional Ana Loureiro | Dina Rocha | Maria Barbas | Valter Gouveia | Nuno Lopes |
    • literacia informacional [projeto IPSantarém - justificação]• “os estudantes manifestam uma acentuada e reiterada utilização dos motores de busca, em detrimento de recursos mais qualificados [conferindo] uma maior credibilidade à informação que encontra no Google, do que à obtida num recurso como a b-on”. (Silva et al, 2010)• “students need formal help to cope with overload and wade through the glut of information available to filter out what is most credible and relevant”. (Head e Eisenberg, 2011)• “students who completed an online information literacy tutorial gained an understanding of information literacy concepts and that the flexible, self-paced delivery of this module is an effective way for students to develop information literacy skills”. (Johnston, 2010) Ana Loureiro | Dina Rocha | Maria Barbas | Valter Gouveia | Nuno Lopes |
    • partilha de recursos [permissões]• Aquando da implementação de uma UC (Unidade Curricular) em formato de eLearning, muitas vezes, os docentes veem-se confrontados com a questão da proteção dos recursos que produzem e disponibilizam online.• Sendo a plataforma de suporte ao projeto (UC Literacia da Informação) um espaço aberto e em rede (e_Raízes-Redes), até que ponto os recursos e conteúdos disponibilizados no ciberespaço ficam protegidos de eventuais usurpações e plágios? Que fazer? Ana Loureiro | Dina Rocha | Maria Barbas | Valter Gouveia | Nuno Lopes |
    • partilha de recursos [CC]• As Licenças Creative Commons (CC) permitem expandir a quantidade de obras disponibilizadas livremente e estimular a criação de novas obras com base nas originais, de uma forma eficaz e muito flexível, recorrendo a um conjunto de licenças padrão que garantem a proteção e liberdade - com alguns direitos reservados.• As Licenças Creative Commons situam-se entre os direitos de autor (todos os direitos reservados) e o domínio público (nenhum direito reservado). Têm âmbito mundial, são perpétuas e gratuitas. Ana Loureiro | Dina Rocha | Maria Barbas | Valter Gouveia | Nuno Lopes |
    • partilha de recursos [CC]• Com uma licença Creative Commons, mantém o seu direito de autor e os seus direitos conexos mas autoriza que outros reproduzam e distribuam o seu trabalho desde que façam a atribuição — e só nas condições que especificar aqui. Foi preparado, para utilizadores novos das licenças Creative Commons, uma lista de coisas a considerar. Se pretende oferecer o seu trabalho sem quaisquer condições ou marcar um trabalho que já se encontra livre de restrições conhecidas devidas ao direito de autor e ou direitos conexos, escolha um dos instrumentos de domínio público. escolha uma licença Ana Loureiro | Dina Rocha | Maria Barbas | Valter Gouveia | Nuno Lopes |
    • (re)construção e partilha de conteúdos e recursos em eLearning literacia digital e informacional (re)construção e partilha de conteúdos e recursos em eLearning literacia digital e informacional by Ana Loureiro e Dina Rocha is licensed under a Creative Commons Atribuição-Uso Não-Comercial-Partilha nos termos da mesma licença 3.0 Unported License. Based on a work at eraizes.com. Ana Loureiro | Dina Rocha | Maria Barbas | Valter Gouveia | Nuno Lopes |