Your SlideShare is downloading. ×
Momento D..
Upcoming SlideShare
Loading in...5
×

Thanks for flagging this SlideShare!

Oops! An error has occurred.

×

Introducing the official SlideShare app

Stunning, full-screen experience for iPhone and Android

Text the download link to your phone

Standard text messaging rates apply

Momento D..

158
views

Published on

Poesia, uma verdade criativa!

Poesia, uma verdade criativa!


0 Comments
0 Likes
Statistics
Notes
  • Be the first to comment

  • Be the first to like this

No Downloads
Views
Total Views
158
On Slideshare
0
From Embeds
0
Number of Embeds
0
Actions
Shares
0
Downloads
0
Comments
0
Likes
0
Embeds 0
No embeds

Report content
Flagged as inappropriate Flag as inappropriate
Flag as inappropriate

Select your reason for flagging this presentation as inappropriate.

Cancel
No notes for slide

Transcript

  • 1. Maria Lucianne 6° Período Letras
  • 2. CANÇÃO AO RIO QUE MURMURA
    • Eu, este rio que corre manso. E manso desafia as pedras em busca do mar. Corre impulsivo e determinado. E determinado desafia a terra em busca do mar. Chora ao bater das grossas raízes
  • 3. CANÇÃO AO RIO QUE MURMURA
    • E chorando de contentamento busca o mar. Não corre sozinho. Porque a solidão com ele vai A saudade do que viu e que ficou para trás o acompanha. E tais companhias com ele seguem, em busca do mar.
  • 4. CANÇÃO AO RIO QUE MURMURA
    • Se a dor da saudade o aflige no percurso A alegria do encontro o torna feliz. E se felicidade é ter consciência do caminho que corre. Corre manso este rio em busca do mar. Não espera elogios no seu murmurar
  • 5. CANÇÃO AO RIO QUE MURMURA
    • Porque a avidez do que procura segue com ele em silêncio. E silencioso este rio busca, Busca banhando a terra ao encontro do mar. A criança que nele se banhou, ali deixou luz de inocência. E inocente este rio busca, sorrindo e chorando o encontro com o mar.
  • 6. CANÇÃO AO RIO QUE MURMURA
    • A mulher que nele mergulhou, ali deixou a essência e o sonho. Porque sonhando este rio vai. Vai semi-acordado ao encontro com o mar. Eu, este rio que corre manso. E manso desafia a vida em busca do mar.