• Share
  • Email
  • Embed
  • Like
  • Save
  • Private Content
Escultura barroca
 

Escultura barroca

on

  • 19,409 views

 

Statistics

Views

Total Views
19,409
Views on SlideShare
18,518
Embed Views
891

Actions

Likes
12
Downloads
0
Comments
3

10 Embeds 891

http://mucanasnaarte.blogspot.pt 709
http://www.mucanasnaarte.blogspot.pt 130
http://www.edmodo.com 22
http://iai.edmodo.com 8
http://mucanasnaarte.blogspot.com 7
http://mucanasnaarte.blogspot.com.br 6
http://hcapalco.pbworks.com 6
http://hcaepge.pbworks.com 1
http://www.blogger.com 1
http://mucanasnaarte.blogspot.jp 1
More...

Accessibility

Categories

Upload Details

Uploaded via as Microsoft PowerPoint

Usage Rights

© All Rights Reserved

Report content

Flagged as inappropriate Flag as inappropriate
Flag as inappropriate

Select your reason for flagging this presentation as inappropriate.

Cancel

13 of 3 previous next Post a comment

  • Full Name Full Name Comment goes here.
    Are you sure you want to
    Your message goes here
    Processing…
Post Comment
Edit your comment

    Escultura barroca Escultura barroca Presentation Transcript

    • A escultura barroca
    • A escultura barroca“A primeira característica reconhecível e típica daescultura barroca é a sua omnipresença”Flávio Conti, Como reconhecer a Arte Barroca” Baldaquino, Gian Lorenzo Bernini, 1624- 1633 (Basílica de S. Pedro)
    • A escultura barroca “A primeira característica reconhecível e típica da escultura barroca é a sua omnipresença” Flávio Conti, Como reconhecer a Arte Barroca” Arte mais praticada e difundida neste período Baldaquino, GianArquitetura Pintura Praças Jardins Lorenzo Bernini, 1624- 1633 (Basílica de S. Pedro)
    • A escultura barroca Arte mais praticada e difundida neste período- Adaptabilidade a interiores e exteriores- capacidades plásticas: Capacidade em - modelação de volumes (realismo cumprir os tridimensional) objetivos da arte - dialética de contrastes (luz/sombra) barroca e dos seus encomendadores - movimento e expressividade - cenografia das composições Função simbólica e didática da escultura
    • A escultura barroca -Igreja: -transmissão da fé e dos dogmas - reforço da mensagem espiritual - Reis:Função simbólica edidática da escultura - manifestação pública do seu poder - divulgação da ordem ideológica que o fundamenta - Famílias ricas – manifestação do seu individualismo e gosto pelo quotidiano
    • A escultura barrocaDavid, Miguel Ângelo David, Bernini
    • Expressão técnico-formal Bernini, Plutão e Proserpina, 1621-22
    • Expressão técnico-formalRigor na execução técnica Grande mestria Realismo formal Rutura do + bloco único naturalismo Composições Perfeição das formas livres que juntam peças obtidas em (cânones renascentistas blocos diferentes mas com proporções mais esguias) Bernini, Plutão e Proserpina, 1621-22
    • Expressão técnico-formal O Êxtase de Sta. Teresa de Ávila, BerniniApolo e Dafne, Bernini David, Bernini
    • Expressão técnico-formalExploração das capacidades Acentuação dos gestos e dasexpressivas das personagens ou expressões faciais e corporaisdas cenas Dramatismo
    • Expressão técnico-formalRepresentação de posiçõesem movimento, captadas comonum instantâneo fotográfico David, Bernini
    • Expressão técnico-formal O Êxtase de Sta. Teresa de Ávila, Bernini
    • Expressão técnico-formalUtilização de panejamentos Contraste dasvolumosos, agitados e texturasdescompostos + Jogos de luz/sombra O Êxtase de Sta. Teresa de Ávila, Bernini
    • Expressão técnico-formal Bernini, Apolo e Dafne, 1625, Galeria Borgese
    • Expressão técnico-formalComposições livres e soltas Esquemas complexos Sentido cénico das obras Teatralidade dos Preocupação pelo gestos enquadramento Bernini, Apolo e Dafne, 1625, Galeria Borgese
    • Expressão técnico-formalComposições livres e soltas Esquemas complexos Sentido cénico das obras Teatralidade dos Preocupação pelo gestos enquadramento O espaço onde se enquadrava a escultura era organizado como se de um cenário se tratasse, de forma a valorizar a sua leitura O Êxtase de Sta. Teresa de Ávila, Bernini
    • Expressão técnico-formalPeças para serem vistas deum ou no máximo doispontos de observação,fugindo à multifacialidadeda escultura renascentista Bernini, Apolo e Dafne, 1625, Galeria Borgese
    • Expressão técnico-formalVariados materiais:- pedra (sobretudo mármore)- bronze- ouro e prata- marfim- estuques- madeiras policromadas- cartão Baldaquino, Bernini, 1624-33
    • Duas categorias Escultura Escultura monumental independenteOrnamentar e completar a - carácter alegórico, honoríficoarquitetura, enquadrando-se ou comemorativo;nos cenários por ela criados - função urbanísticas
    • Escultura ornamental Objetivo Decorar para Rematar as reforçar construções o efeito estéticoEsconder Interligar Preencher espaçosligações superfícies mortos
    • Escultura ornamentalDois tipos de trabalho escultóricoRelevos Escultura de vulto redondo Sant’Andrea delle Fratte, Francesco Borromini, pormenor da torre, 1653-67, Roma
    • Escultura ornamentalDois tipos de trabalho escultóricoRelevos Escultura de vulto redondo Estátuas no ático da Colunata de S. Pedro, Bernini, 1657-67, Vaticano
    • Escultura ornamental Relevos Função decorativa Função descritiva Gramática formal Cenas de conteúdo típica narrativoElementos decorativosvariados e exuberantes Fachada de S. Vicenzo de Anastaso, Martino Longhi, 1646-50, Roma
    • Escultura ornamental -nichos, consolas ou mísulas nas fachadas dos edifícios ou paredes interiores - filas horizontais sobre os parapeitos das pontes e dos áticos dos edifícios, escadarias e colunatasEscultura de vulto redondo - estátuas-colunas sustentando tetos e entablamentos: - atlantes (figuras masculinas) - cariátides (figuras femininas) - monumentos escultóricos, com mistura de estatuária, relevos e elementos arquitetónicos : baldaquinos, retábulos e mausoléus
    • Escultura independente Tipologias da escultura independente Monumentos Passoscomemorativos processionais Figuras túmulos alegóricas retratos fontes
    • Escultura independente Santa Cecília, Stefano Maderno, 1600, Igreja de Santa Cecília in Trastevere, Roma
    • Escultura independenteBusto do Cardeal Cipião, Busto de Gabrielle Fonseca,médico do Papa Inocêncio X,Bernini, 1668-75 Giuliano Finelli, 1620
    • Escultura independente Tipologias da escultura independente Preferência por grupos escultóricos com composições mais dinâmicas e com maiores capacidades dramáticas e cénicas
    • Escultura independente Vida de santos e mártires Iconografia sacra Novos temas marianos (sagrada família e Imaculada Conceição Vida de Cristo (Cristo no calvário e cenas da Paixão de Cristo)Funções didáticas: Representação simbólica do triunfo-traduzem em imagens s doutrina da Eucaristia e das virtudesreligiosa e os seus dogmas cristãs- autoafirmação da fé e do poderda Igreja Católica Valorização do Papa (= herói cristão)
    • Escultura independente Iconografia sacraTúmulo do Papa Alexandre VII, Bernini,1673-74, Basílica de S. Pedro, Vaticano
    • Escultura independente Iconografia sacra Excelente composição cenográficaContrastes de texturase cores de diversosmateriais Esqueleto de bronzeImagens alegóricas (Caridade,Verdade, Prudência e Justiça) Túmulo do Papa Alexandre VII, Bernini, 1673-74, Basílica de S. Pedro, Vaticano
    • Escultura independente Escultura Retratos individuais com carácter honorífico e propagandístico laica Realista e expressivo + Retratos oficiais dos reis:Objetivos dos seus - atitudes de triunfoencomendadores: - rodeados por:-Valorização da sua figura - imagens alegóricas das- afirmação do seu poder virtudes morais e políticas - figuras mitológicas (heróis clássicos, por exemplo)
    • BerniniNasceu em Nápoles a 7 deDezembro de 1598 faleceu em Gian Lorenzo BerniniRoma a 28 de Novembro de1680. Foi um eminente artista do barroco italiano, trabalhando principalmente na cidade de Roma. Distinguiu-se como escultor e arquitecto, ainda que tivesse sido pintor, desenhista, cenógrafo e criador de espectáculos de pirotecnia. Esculpiu numerosas obras de arte em Roma e no Vaticano.
    • Bernini Baldaquino, 1624-1633, Basílica de S. Pedro
    • Bernini Baldaquino, 1624-1633, Basílica de S. Pedro
    • Bernini Baldaquino, 1624-1633, Basílica de S. Pedro - Situado sob a cúpula da Basílica de S. Pedro e sobre a cripta das relíquias do santo - União perfeita entre escultura e arquitetura: peça de arquitetura com tratamento escultórico - Caracteriza-se pela graciosidade, majestade e requinte trono do Papa - colunas torsas - rematadas por volutas e anjos - evoca a ascendência aos céus - transmite efeito teatral e cénico
    • Bernini Apolo e Dafne, 1625, Galeria Borghese
    • Bernini Apolo e Dafne, 1625, Galeria Borghese
    • Bernini Apolo e Dafne, 1625, Galeria Borghese - Capta o momento da transformação de Dafne em Loureiro -Realismo das diferentes texturas: - rugosidade do tronco de loureiro - macieza do manto de Apolo - transparência da pele de Dafne - Posições em desequilíbrio - Sentido ascendente das figuras
    • Bernini Plutão e Proserpia, 1621-22
    • Bernini Plutão e Proserpia, 1621-22
    • Bernini Plutão e Proserpia, 1621-22 - Capta o momento do rapto da deusa do reino das sombras - concentração temática e plástica nos lados frontal e esquerdo - movimento realista - contraste de texturas - dramatismo acentuado
    • Bernini David, Bernini, 1623-24
    • Bernini David, Bernini, 1623-24 - Abandono do ideal estético e estático -Representa um momento de uma ação - Sentido dinâmico e participativo do espectador - dramatismo exacerbado
    • BerniniO Êxtase de Sta. Teresa de Ávila, Bernini
    • BerniniO Êxtase de Sta. Teresa de Ávila, Bernini
    • Bernini O Êxtase de Sta. Teresa de Ávila, Bernini -Capta o momento em que um anjo trespassa continuamente o coração da santa - contraste entre a rugosidade dos rochedos e a agitação dos panejamentos - integração do espaço real numa dimensão mística (acesso ao mundo celeste) - dramatismo expressivo exacerbado: êxtase e falecimento, mistura entre dor e prazer
    • FIM