Introdução ao framework grails slide

1,385 views

Published on

Published in: Technology
1 Comment
1 Like
Statistics
Notes
  • yap people, i liked so much, Grails is very nice and simple.
    ENJOY
       Reply 
    Are you sure you want to  Yes  No
    Your message goes here
No Downloads
Views
Total views
1,385
On SlideShare
0
From Embeds
0
Number of Embeds
2
Actions
Shares
0
Downloads
35
Comments
1
Likes
1
Embeds 0
No embeds

No notes for slide

Introdução ao framework grails slide

  1. 1. Introdução ao Framework GrailsAdriano Basto Antunes
  2. 2. Tópicos  Grails Contexto Histórico  Estudo de Caso  Breve Histórico  Problema  Surgimento do Grails  Desenvolvendo c/ Scrum  Product BacklogSurge o Grails  Sprint Backlog  O que é? Criadores e  Digrama de Classe Comunidade  O Sistema  Groovy  Camada de Modelo  Comparação com Java.  Camada de Controle  Closures  Camada de Visualização  Testes  Persistência de Dados  Plugins  Implantação
  3. 3. Breve Histórico Evolução ambiente computacional Desenvolvimento ágil Frameworks
  4. 4. Surgimento do Grails  Java vs Ruby on RailsVantagens  Vantagens do RoR sobre o Java  Vantagens do Java sobre o RoR  Soluções  Implantar Ruby/Python em Java  Criar nova ferramenta escrita em Groovy e baseada no RoR
  5. 5. Surge o Grails O que é? Criadores Comunidade Groovy O que é?  Principais Vantagens.
  6. 6. Closure Variáveis Bloco de códigos executaveis em lugar de um único valor Conceito antigo reutilizado ao máximo pelo Groovy
  7. 7. Exemplo de Closure Declaração def save = { def usuarioInstance = new Usuario(params) if (usuarioInstance.save(flush: true)) { redirect(action: "show", id: usuarioInstance.id) } else { render(view:"create", model:[usuarioInstance: usuarioInstance]) } } Referência/Execução def aba = new Usuario(nome:"Adriano Basto", login:"aba", senha:"123456") aba.save()
  8. 8. Grails Criando Uma aplicação Grails  IDEs  NetBeans, Eclipse  Linha de Comando Estudo de Caso  Problema  Soluçãoem Grails  Desenvolvendo com Scrum
  9. 9. Product Backlog NOME DA ESTÓRIA IMP EST COMO DEMONSTRAR ID Usuário faz login, clica em clientes, na página CADASTRO DE 1 10 1 clientes seleciona "criar novo", insere os dados e clica em CLIENTES salvar. Usuário faz login, clica em funcionários, e se for CADASTRO DE autorizado de acordo com seu papel na aplicação vai a 2 5 3 FUNCIONÁRIOS pagina funcionários seleciona "criar novo", insere os dados e clica em salvar. Possuirá dependência direta do controle de estoque e 7 CONTROLE DE VENDAS 10 8 de caixa. Se a forma de venda for a prazo, clica-se em Venda a CONTROLE DE VENDAS 8 10 2 prazo, clica em "Criar nova", seleciona cliente por código e A PRAZO nome, insere dados da venda e salva. Depende do controle de vendas, serviços, compras, 9 CONTROLE DE CAIXA 8 10 despesas Clica em realizar venda na sessão venda, insere os 15 REALIZAR VENDA 10 10 dados da venda e imprime cupom fiscal CONSULTAR VENDAS A Digita um dado sobre a venda no campo buscar da 16 10 2 PRAZO sessão vendas a prazo e clica em buscar
  10. 10. Sprint Backlog NOME DA ESTÓRIA IMP EST COMO DEMONSTRARID Usuário loga-se, clica em clientes, na página1 CADASTRO DE CLIENTES 10 1 clientes seleciona "criar novo", insere os dados e clica em salvar. Se a forma de venda for a prazo, clica-se em CONTROLE DE VENDAS A2 10 2 Venda a prazo, clica em "Criar nova", seleciona cliente PRAZO por código e nome, insere dados da venda e salva. CONSULTAR VENDAS A Digita um dado sobre a venda no campo buscar3 10 2 PRAZO da sessão vendas a prazo e clica em buscar Digita um dado sobre o cliente no campo4 CONSULTAR CLIENTES 10 3 buscar da sessão clientes e clica em buscar Clica em cliente e uma lista de clientes5 LISTAR CLIENTES 10 1 cadastrados é exibida Clica em vendas a prazo e uma lista de vendas é6 LISTAR VENDAS A PRAZO 10 2 exibida
  11. 11. Diagramas de Classes
  12. 12. O Sistema
  13. 13. Estrutura de Diretórios grails-app confdomain controllers services i18n utils taglibviews lib src test Web-app
  14. 14. Camada de Modelo Constraints (Validações) Herança Relacionamento
  15. 15. Classe de Domínio Herança Relacionamento Constraints (Validações)
  16. 16. Camada de Controle Scaffold  Quando usar? Como usar? Action Segurança  Acesso e Autenticação de Usuários Filtros  Administração do Sistema Classes Utilitárias  Codificação de Senhas
  17. 17. Classe de Controle Closure No controller chamada action
  18. 18. Camada de Visualização GSP – Groovy Server Pages SiteMesh Bibliotecas de Marcas (TagLibs)  Templates e Layout
  19. 19. Arquivo GSP
  20. 20. Testando a aplicação TDD Testes Unitários Hierarquia de teste em Grails
  21. 21. Persistência de Dados daAplicação DataSource.groovy  Dbcreate  Enviroments  HSQLDB  MySql GORM e Hibernate
  22. 22. Persistência de Dados
  23. 23. Expandindo a aplicação Plugins Spring O Plugin Searchale (busca rápida)
  24. 24. Implementação da Aplicação Deploy Tomcat War Árvore de diretórios war
  25. 25. ConclusãoGrails caracteriza-se por fim como: Recurso Aliado ao Java Implementar Desenvolvimento ágil Gerar soluções rápidas e eficientes
  26. 26. MUITO OBRIGADO!

×