A internet
Upcoming SlideShare
Loading in...5
×
 

A internet

on

  • 4,186 views

 

Statistics

Views

Total Views
4,186
Views on SlideShare
4,184
Embed Views
2

Actions

Likes
1
Downloads
114
Comments
0

2 Embeds 2

http://besttuning.herobo.com 1
http://www.slideshare.net 1

Accessibility

Categories

Upload Details

Uploaded via as Microsoft Word

Usage Rights

© All Rights Reserved

Report content

Flagged as inappropriate Flag as inappropriate
Flag as inappropriate

Select your reason for flagging this presentation as inappropriate.

Cancel
  • Full Name Full Name Comment goes here.
    Are you sure you want to
    Your message goes here
    Processing…
Post Comment
Edit your comment

    A internet A internet Document Transcript

    • 65405-495935<br />A internet <br />Tecnologias de informação e comunicação <br />1032510304800<br />Ano lectivo 2009/2010 Março de 2010 <br />Professor Marco Antunes <br />Tiago Carromeu Nº18 9ºC <br />Conteúdo TOC o " 1-3" h z u Introdução PAGEREF _Toc257378877 h 3Internet PAGEREF _Toc257378878 h 4O que é? PAGEREF _Toc257378879 h 4Funções PAGEREF _Toc257378880 h 5História da internet PAGEREF _Toc257378881 h 6Como é que funciona a internet PAGEREF _Toc257378882 h 7Redes e protocolos PAGEREF _Toc257378883 h 7Serviços da internet PAGEREF _Toc257378884 h 8Tipos de serviços: PAGEREF _Toc257378885 h 8Fornecedores de serviço PAGEREF _Toc257378886 h 10O que são? PAGEREF _Toc257378887 h 10Vários tipos de fornecedores: PAGEREF _Toc257378888 h 10Motores de busca PAGEREF _Toc257378889 h 13O que são? PAGEREF _Toc257378890 h 13Tipos de motores de busca PAGEREF _Toc257378891 h 14Conclusão PAGEREF _Toc257378892 h 15Web grafia PAGEREF _Toc257378893 h 16<br />Introdução<br />Este trabalho foi proposto pelo professor Marco Antunes no âmbito da disciplina de TIC. <br />Com a realização deste trabalho queremos conhecer e aprender coisas novas. Temos como objectivos aprender e conhecer melhor esta matéria e assim não teremos dúvidas.<br />Com a realização deste trabalho pretendemos tratar, a internet e os seus componentes. O que vamos relatar: o que é a internet; as suas funções; a história; como funciona; tipos de serviços, o que são fornecedores de serviços; tipos de fornecedores, o que são motores de busca; e por fim vários tipos de motores de busca.<br />Internet<br />O que é? <br />32632655294630Ilustração 1 - A internet A rede Internet (abreviação de Interconnected Networks ou Internetwork System) é constituída por milhares de outras redes regionais e nacionais, todas interligadas entre si criando uma rede virtual que comunica a velocidades elevadas. Esta rede não foi construída por ninguém, tendo sim evoluído ao longo dos anos de uma forma desorganizada.Pode-se então considerar a Internet como uma rede de redes em que dezenas de milhares de computadores falam uns com os outros.As diversas redes que compõem a Internet são operadas por múltiplas e diferentes organizações, desde universidades, organismos governamentais, instituições de pesquisa, instituições militares, empresas, etc.Dado que existem mais de 21,000 redes interligadas pela Internet, é muito difícil de detalhar que redes estão disponíveis, e o utilizador não deve assumir que se pode ligar a cada uma destas redes. É então também virtualmente impossível conhecer cada um dos computadores que está ligado à rede Internet e o seu número total de utilizadores.Algumas redes, são consideradas privadas e estão fechadas à utilização pelo público em geral. Estas redes ligam-se à Internet principalmente para intenção de comunicação entre as organizações que a compõem, e não para fornecer recursos adicionais à população da Internet. <br /> <br />Funções <br />Multi-Janelas: Abre múltiplas janelas em simultâneo. <br />Bloqueador de PopUps integrado baseado em identificação inteligente da internet. <br />Filtro de Publicidade: bloqueia banners, animações flash, etc... <br />Filtro ActiveX Integrado: bloqueia caixas de diálogo de ActiveX suspeitas. <br />Acesso conveniente a motores de pesquisa na Barra de Pesquisas. <br />" Ver Código Fonte" em HTML: ver código fonte de um site. <br />Analisador de Páginas: Uma poderosa ferramenta que destaca os script usados pela página, informação sobre imagens, etc.<br />Leitor de RSS Integrado: Pode ver as suas notícias de RSS directamente sem necessitar de aplicações externas. <br />Super Arrastamento: O super arrastamento permite que arraste os links com o rato e os visualize de imediato. <br />Limpador de Registos: Com o AcooBrowser pode rapidamente eliminar vestígios do seu uso como: páginas digitadas, Cookies, Histórico de sites visitados, ficheiros temporários e palavras pesquisadas. <br />Gestos do Rato: Símbolos simples que se desenha no ecrã com o rato para efectuar funções ou comandos. <br />Grupos: Grave conjuntos de sites em grupos para melhor organização. <br />Nomes de URL: Digite nomes pequenos para endereços de sites grandes. <br />Zoom in /Zoom out Qualquer página pode ser visualizada com ou sem zoom. <br />Recuperação: Se o AcooBrowser for fechado de uma forma menos apropriada, na próxima abertura poderá recuperar os sites que estava a visualizar no momento da quebra ou falha. <br />História da internet<br />A primeira internet nasceu em 1969, de um projecto do Ministério da Defesa dos EUA. Chamava-se ARPANET e tinha como objectivo a interligação de computadores utilizados em centros de investigação com termos militares.<br />Após a sua apresentação pública em 1972, e do estabelecimento das primeiras ligações internacionais um ano depois, a ARPANET continuou a crescer durante os anos 70 mas, por razões de segurança, continuava a ser uma rede estritamente controlada pelos militares <br />E foi no início dos anos 80, mais precisamente em 1983, com a adopção dos protocolos TCP/IP na ARPANET, a criação da CSNet (Computer Science Network) e a sua ligação à ARPANET, que surgiu a verdadeira Internet.<br />Ao longo dos anos 80, o ritmo de crescimento da Internet foi-se acelerando, tornando necessária a existência e funcionamento de estruturas de coordenação e cooperação entre o cada vez maior número de redes e operadores que a integravam. Assim, logo em 1983, foi criado o Internet Activities Board. Na década de 80 são ainda de destacar a criação da EUnet (European UNIX Network) em 1982, em 1986 e da NSFNET (rede académica americana, responsável pela expansão das ligações das universidades à Internet).<br />No final da década de 80 (1989) a Internet ultrapassava já as 100000 máquinas com ligação directa à Interne. <br />Ilustração 2-internet no mundo288226571755<br />Como é que funciona a internet<br />Redes e protocolos<br />Definimos a Internet como uma rede de redes de computadores. Uma rede de comunicação, é um conjunto de computadores ligados por um meio de transmissão.<br />Na Internet estão interligadas vários tipos de redes, quer quanto à cobertura geográfica (redes locais, redes de longa distância, etc.), quer quanto aos equipamentos que as compõem e à tecnologia utilizada. Para que isso seja possível, é necessário que exista regras comuns, designadas protocolos.<br />O conjunto de protocolos utilizados na Internet é o TCP/IP (Transmission Control Protocol/Internet Protocol. IP é o protocolo que define a forma como um determinado computador é reconhecido na Internet ou seja, o seu endereço IP.<br />A comunicação entre os diversos computadores interligados na Internet é assegurada pela atribuição de um endereço numérico a cada host, que o identifica. Esse endereço, chamado endereço IP, é formado por quatro campos, separados entre si por ponto: 193.136.14.172 é o endereço IP do computador onde estão hospedadas estas páginas.<br />Ao endereço IP corresponde também um nome: www-bib.eng.uminho.pt é o nome correspondente ao endereço 193.136.14.172.<br />Os nomes são formados por duas partes: uma que identifica o computador e outra que identifica a sua localização. A primeira parte é definida livremente pelos utilizadores. A segunda é atribuída segundo o Domain Name System (DNS), criado em 1984.<br />Ilustração 3 - como funciona a internet3635375408305De acordo com o DNS, os nomes têm sempre a seguinte estrutura:  nome. Subdomínio (s). Domínio<br />Serviços da internet<br />Tipos de serviços:<br />Ilustração 4 - e-mail4387215956945E-Mail: O E-Mail ou Correio Electrónico é um serviço que tem a função de controlar o envio e o recebimento de mensagens entre pessoas. Também possui recursos para enviar arquivos anexados à própria mensagem. Assim, quando uma pessoa ler a mensagem, pode copiar para sua máquina os arquivos que lhe foram enviados.<br />Ilustração 5 - FTP43916601513205FTP: Permite que arquivos sejam transmitidos.  É importante lembrar que os servidores armazenam arquivos, igual às bibliotecas que guardam e organizam livros. Os programas de transferência de arquivos pela Internet apresentam na tela os dados sobre a estrutura de pastas no computador local e no remoto, a partir da qual indicam-se origem e destino de uma operação de cópia.  É bastante usado para a transferência de arquivos directamente para o servidor durante a construção de sites. <br />Chat: Oferece recursos para que duas ou mais pessoas possam conversar " on-line" por meio de canais de Chat. Vários programas usados neste serviço incluem também recursos de transferência de arquivos. Há outros serviços nesta linha: a possibilidade de conversar com pessoas na Internet. Também hoje é possível fazer vídeo-conferência, em tempo real, por meio de câmaras instaladas no micro, possibilitando que as pessoas Ilustração 6 - Chat4234180413385além de ouvir, possam ver a imagem.<br />Ilustração 7 - Newsgroup4301490746125Newsgroup: Este serviço é uma variação do E-Mail, mas lhe adiciona um recurso: a coordenação de grupos de discussão, com divulgação de boletins de assuntos específicos. O utilizador deve se associar a um grupo de discussão de determinado assunto para que possa enviar/receber mensagens deste grupo.<br />Ilustração 8 - WWW40824151142365WWW: É a World Wide Web, o serviço que espalhou a Internet pelo mundo.  É uma grande teia mundial onde é possível ver documentos que podem ter textos, imagens, sons e vídeos, que são documentos que possuem a característica de ter " links" pelos quais se pode saltar de uma parte para outra de um mesmo documento, ou para outro documento. <br />Fornecedores de serviço<br />O que são? <br />Um Fornecedor de Serviços Internet é uma empresa que fornece acesso à Internet que, normalmente, é pago. As formas mais comuns de ligação a um ISP são através de uma linha de telefone ou de uma ligação de banda larga (cabo ou DSL). Muitos ISPs fornecem serviços adicionais, tais como contas de correio electrónico, Web browsers e espaço para criar um Web site.<br />Vários tipos de fornecedores:<br />Linha telefónica: <br />Através da linha telefónica terá que ter um modem no computador. Na configuração da ligação coloca o número de telefone do operador. Os portáteis costumam trazer já modem incluído.<br />Neste caso paga pelas chamadas que fizer e pela sua duração. O telefone está ocupado durante o tempo que estiver com a ligação.<br />Para quem se pretenda ligar o mínimo de tempo possível é a melhor opção e está disponível em qualquer lugar onde exista um telefone.<br />A principal desvantagem é que a velocidade máxima é de 56 kbps.<br />Também existe possibilidade de fazer uma ligação RDIS.<br />Ilustração 9 - Internet via linha telefónica2827655141605 <br />ADSL: <br />O ADSL funciona igualmente por linha telefónica mas é preciso que a central telefónica esteja preparada para isso. Pode-se usar o telefone ao mesmo tempo.<br />As velocidades de acesso são superiores desde 512 kbps até 20 mbps. O preço é de acordo com a velocidade escolhida e o operador.<br />As ofertas mais competitivas em Portugal são da Clix e da Oni sendo que o Sapo também apresenta pacotes.<br />As ligações na maior parte dos casos são permanentes pelo que pode estar ligado permanentemente à internet sem pagar mais por isso.<br />Existe habitualmente um limite de tráfego na ordem dos vários gigabytes mas é um valor que só se atinge se descarregar programas grandes.<br />Ilustração 10 - ADSL-46990144145Ilustração 11 - ADSL370713067310<br />Cabo:<br />A ligação por cabo é semelhante a ADSL. Normalmente obriga a ter outros serviços do operador de cabo. Cabovisão, NetCabo e o Clix ADSL.<br />As ligações por Cabo e ADSL são as chamadas ligações de banda larga. Regra geral a velocidade com que se podem transferir ficheiros do computador para a Internet como por exemplo upload é mais baixa ao contrário download.<br />Na ligação por cabo este é partilhado por vários utilizadores pelo que nalguns casos pode haver flutuações no nível de serviço.<br />Ilustração 13 - Internet por cabo no mundo3181985375285Ilustração 12 - Internet por cabo-43815261620<br />Ligações sem fios:<br />No caso de um portátil com Wi-Fi pode usar pontos de acesso em locais públicos para aceder à Internet. Em casa pode instalar um router wireless e aceder à internet de qualquer ponto da sua casa.<br />Ligado às redes de telemóveis de 3ª geração tem ligação à internet por serviços que lhe permitem aceder de qualquer sítio. O Kanguru da Optimus é um exemplo desta tecnologia e permite o acesso. A velocidade de acesso têm aumentado rapidamente tendo começado em 384 kbps e indo já em 3.6 mbps. No entanto em zonas com pior cobertura este valor baixa para 56 kbps e a velocidade de “upload” máxima é de 64 kbps. Existe uma tecnologia similar da Zapp. <br />Ilustração 15 - Internet sem fios da Optimus3107690321945Ilustração 14 - Internet sem fios-48895173990<br />Motores de busca<br />O que são? <br />Um motor de busca,   é um sistema de software projectado para encontrar informações armazenadas num computador a partir de palavras-chave indicadas pelo utilizador, reduzindo o tempo necessário para encontrar informações.<br />Os motores de busca surgiram logo após o aparecimento da internet, com a intenção de prestar um serviço extremamente importante: a pesquisa de qualquer informação na internet, apresentando os resultados de uma forma organizada, bem como a proposta de fazer isso de forma rápida eficaz.  Entre as maiores empresas se encontram o Google, o Yahoo, o Lycos, etc. <br />Os primeiros motores de busca o Yahoo baseavam-se na indexação de páginas através da sua categorização. Depois surge a mais recente geração de motores de busca o Google utiliza tecnologias diversas, como a procura por palavras-chave directamente nas páginas e o uso de referências espalhadas pela Web, permitindo até a tradução directa de páginas para a língua do utilizador. O Google, oferece também o recurso de se efectuar a busca dentro de um site, apenas.  <br />996315229870<br />Ilustração 16 – Vários motores de busca <br />Tipos de motores de busca <br />Ilustração 17 - Google1398905286385<br />Google <br />1303020281940<br />Yahoo <br />Ilustração 18 - Yahoo<br />Ilustração 19 - Netscape1301115457835<br />Netscape <br />Ilustração 20 - ASK118364034925<br />ASK <br />Conclusão<br />Neste trabalho concluímos que a internet é constituída por milhares de outras redes regionais e nacionais, todas interligadas entre si; tem como função limpar os registos, leitor de RSS integrado, ver código fonte em HTML etc; a primeira internet nasceu em 1969; a internet funciona como uma rede de comunicação, é um conjunto de computadores ligados por um meio de transmissão; os vários tipos de serviços de internet são: e-mail, FTP, Chat, Newsgroup, e WWW; um fornecedor de serviço é uma empresa que fornece acesso à Internet que, normalmente, é pago; os vários tipos de fornecedores de serviço são: linha telefónica, ADSL, cabo e ligação sem fios; um motor de busca é, um sistema de software projectado para encontrar informações armazenadas num computador a partir de palavras-chave indicadas pelo utilizador, reduzindo o tempo necessário para encontrar informações; os tipos de motores de busca são: Google, Yahoo, Netscape, ASK.<br />Web grafia<br />www.pt.wikipedia.org/wiki/Internet<br />pt.wikipedia.org/wiki/Provedor_de_acesso_à_Internet<br />www.minerva.uevora.pt<br />pt.wikipedia.org/wiki/Motor_de_busca<br />sweet.ua.pt<br />pt.wikipedia.org/wiki/TCP/IP<br />