2011 NR8PORTUGAL           Marcação de alta performance de           códigos Datamatrix com 100% de           fiabilidade n...
índice                                                         editorial                         03	 Visão sobre a tecnolo...
Visão sobre a tecnologiaRedes sem fios em ambientes industriaisComo preparar uma implementação BEMSUCESSIDA de uma rede se...
VISãO SObRE A TECNOLOgIA           SOLUÇÕES DE VOZ - cOM OU SEM tREiNO? cOMO FAZER A EScOLHA AcERtADA           SatHiSH Sa...
VISãO SObRE O MERCADOMELHOR GEStÃO DE DiSPOSitiVOS MÓVEiSZeteS totalCare aJuDa aS orGaniZaçÕeS a minimiZar oS CuStoS De um...
VISãO SObRE O MERCADO              NA PRÓXiMA ViSitA DO cARtEiRO, PODEREMOS              PAGAR AS cONtAS E LER O cONtADOR ...
VISãO SObRE O MERCADOimagens e textos que alertam a administração local, por correioelectrónico, para problemas como edifí...
CASO DE SUCESSO             MARcAÇÃO DAtAMAtRiX DE ALtO DESEMPENHO             cOM cONtROLO DE QUALiDADE DE 100%          ...
CASO DE SUCESSOPrazos de entrega muito curtosO projecto foi implementado em muito pouco tempo: o contratofoi assinado em M...
OPINIãO               tEcNOLOGiA ADAPtA-SE PARA APOiAR AS REDES               DE cADEiAS DE AbAStEciMENtO DE REtALHO      ...
OpiniãoPor exemplo, os sistemas de inventário gerido pelo fornecedor           que os clientes que compram artigos de gama...
UMA ÚLTIMA PALAVRA               Merck aumenta produtividade no armazém               com solução de voz               Far...
Upcoming SlideShare
Loading in...5
×

Zetes eglobe 8-maio 2011

131

Published on

Como se preparar para instalar com sucesso uma rede sem
Fios;
Soluções de voz - com ou sem treino? Como fazer a escolha
Acertada;
Visidot suporta GS1 DataBar;
Zetes TotalCare: uma forma de gerir eficazmente os seus dispositivos móveis;
Heuschen & Schrouff prepara-se para o futuro com RF;
Abertura de Mercado abrirá novas oportunidades denegócio para as empresas postais;
A Bristol-Myers Squibb beneficia de um sistema de
marcação Datamatrix de alta performance;
A tecnologia adapta-se às redes de abastecimento em
tempo real;
Quem está a beneficiar com a Auto-ID?;
Merck aumenta produtividade no armazém com solução
de voz.
Mais informações em www.zetes.pt

Published in: Business
0 Comments
0 Likes
Statistics
Notes
  • Be the first to comment

  • Be the first to like this

No Downloads
Views
Total Views
131
On Slideshare
0
From Embeds
0
Number of Embeds
0
Actions
Shares
0
Downloads
1
Comments
0
Likes
0
Embeds 0
No embeds

No notes for slide

Transcript of "Zetes eglobe 8-maio 2011"

  1. 1. 2011 NR8PORTUGAL Marcação de alta performance de códigos Datamatrix com 100% de fiabilidade na Bristol-myers squibb Serviços postais: os ctt explicam como a abertura do mercado irá criar oportunidades de negócio
  2. 2. índice editorial 03 Visão sobre a tecnologia Como se preparar para instalar com sucesso uma rede sem Caro(a) leitor(a), fios (p3) O ritmo da mudança tecnológica é espantoso e a Auto-ID não Soluções de voz - com ou sem treino? Como fazer a escolha é excepção. Além disso, alguns sectores estão a ajustar-se às acertada (p4) dinâmicas de mercado em mutação, das quais a liberalização é Visidot suporta GS1 DataBar (p4) um exemplo. Nesta edição da Globe, discutimos a mudança como 05 Visão sobre o mercado catalisador de novas oportunidades de negócio. Zetes TotalCare: uma forma de gerir eficazmente os seus dispositivos móveis (p5) Porque a tecnologia de voz continua a progredir, analisamos os Heuschen & Schrouff prepara-se para o futuro com RF (p5) mais recentes sistemas sem necessidade de formação – que Abertura de Mercado abrirá novas oportunidades de permitem aos operadores começar a trabalhar de imediato – e negócio para as empresas postais (p6) os seus equivalentes com necessidade de formação. O retalhista 08 Caso de sucesso Système U partilha as suas experiências com o Voice Only A Bristol-Myers Squibb beneficia de um sistema de Wearable, o mais recente terminal operado por voz da Motorola, marcação Datamatrix de alta performance (p8) bem como as vantagens dos processos de trabalho multimodais. 10 Opinião Os operadores do sector dos serviços postais estão a adaptar-se A tecnologia adapta-se às redes de abastecimento em à liberalização e aos desafios de novos concorrentes. “A tempo real (p10) diversificação é fundamental para o sucesso futuro, mas exige 11 Notícias que muitos processos internos sejam optimizados”, explica José Quem está a beneficiar com a Auto-ID? (p11) Leal, responsável pela inovação nos Correios de Portugal. Agenda (p11) Contacte um especialista (p11) No sector farmacêutico, todos os produtos distribuídos em França 12 UMA ÚLTIMA PALAVRA têm agora ao seu dispor de etiquetas Datamatrix. Antecipando-se Merck aumenta produtividade no armazém com solução à legislação, a Bristol-Myers Squibb tem actualmente capacidade de voz (p12) para marcar, etiquetar, selar e verificar até 400 contentores por minuto, graças à Zetes. ZETES Burótica Na indústria alimentar, o equivalente aos códigos de barras Datamatrix são os Databar. A solução Visidot é agora compatível Sede: Edificio Empresarial Alameda António Sérgio, 7 com Databar e constitui um enorme avanço na automatização 2799-532 LINDA-A-VELHA da visibilidade e da rastreabilidade. Por sua vez, a Coca-Cola Telefone +351.21.415.22.00 Fax +351.21.415.22.90 confia nas soluções de Impressão e Aplicação para garantir a comercial@pt.zetes.com rastreabilidade. Delegação Norte: Aviz Trade Center A rastreabilidade também é crucial para uma gestão eficiente do Rua Eng. Ferreira Dias, 924, Sala E19 4100-246 PORTO equipamento de identificação automática. O portal TotalCare da Telefone +351.22.619.10.76 Zetes proporciona às empresas melhor visibilidade dos produtos, Fax +351.22.619.10.78 permitindo-lhes poupar tempo e dinheiro. comercial.norte@pt.zetes.com Esta newsletter é uma edição Portuguesa do Grupo Zetes. Finalmente, destacamos os desenvolvimentos na infra-estruturaPara mais informações visite www.zetes.com/pt sem fios. Eddy Van Herburggen, um especialista nesta área, Responsável Editorial: Sarah Dheedene, explica os principais ingredientes para uma infra-estrutura sem rue de Strasbourg 3, 1130 Brussels, Belgium fios bem sucedida. Assim, como podem ver, o ritmo da mudança tecnológica na Auto-ID continua inquebrantável. E a Zetes está empenhada em garantir que as suas soluções proporcionam às empresas as melhores vantagens. Tiago Conceição General Manager Zetes Burótica 2
  3. 3. Visão sobre a tecnologiaRedes sem fios em ambientes industriaisComo preparar uma implementação BEMSUCESSIDA de uma rede sem fiosPRODUÇÃO | 3PL | ARMAZENAGEMAs redes sem fios têm sofrido grandes desenvolvimentos. Ao lon-go dos anos, os problemas têm sido ultrapassados, o que permitiuconceber redes sem fios que rivalizam realmente com as redestradicionais. As redes sem fios estão a tornar-se, cada vez mais,uma parte integrante do ambiente de escritório comum. Contudo,as redes para ambientes industriais profissionais têm necessida-des completamente diferentes das que utilizamos nos escritórios.Não estamos a falar de pessoas que trabalham sem fios em com-putadores portáteis e smartphones, deslocando-se a baixa veloci-dade. Trata-se de terminais sem fios montados em empilhadoras, As redes para ambientes industriais profissionais têm necessida­ es dconstantemente em movimento, alternando a alta velocidade entre completamente diferentes das que utilizamos nos escritóriosdiferentes pontos de acesso. Eddy Van Herbruggen, especialista deredes da Zetes, realça os benefícios e a necessidade da implemen- Avaliação do localtação bem-sucedida de uma rede sem fios. A prospecção do local é necessária para ter uma perspectiva de-Vantagens da rede sem fios talhada das necessidades do ambiente em termos de coberturaVisibilidade: A comunicação em tempo real com os sistemas de rede sem fios, especialmente em ambientes industriais, ondeWMS e ERP permite uma melhor visualização do movimento de uma abordagem padrão nem sempre oferece a solução adequa-stock. da. Quando as normas IEEE802.11 foram criadas em 1997, os for- necedores passaram da sua solução de WLAN dedicada para oSegurança: Os níveis de segurança aplicados a um ambiente novo protocolo padrão IEEE802.11. Alguns passaram de soluçõesWLAN são frequentemente mais elevados do que a protecção de banda estreita a utilizar 9600 bps para um ambiente WLAN denuma infra-estrutura de rede com fios, nomeadamente graças à 1 Mbps. Assim, é essencial trabalhar com um parceiro que pos-firewall incorporada que separa a rede sem fios da infra-estrutu- sua um conhecimento profundo de todas as soluções disponíveisra de rede com fios. no mercado. Este parceiro também necessita de ter um bom co-Qualidade: A qualidade e a fiabilidade da rede sem fios são muito nhecimento dos requisitos específicos dos equipamentos móveismelhores do que no passado, enquanto o rendimento efectivo e a utilizados em ambiente industrial.qualidade do serviço são muito superiores. Concepção da redeFiabilidade: As actuais redes sem fios permitem aplicações de No entanto, avaliar as necessidades da rede sem fios é apenastelefone VoIP, comunicação vital entre máquinas e comunicação o primeiro passo do projecto. Embora o protocolo padrão tenhaentre utilizadores de dispositivos móveis através da mesma infra- aumentado a velocidade da rede sem fios, também tornou a im--estrutura de rede, de uma forma fiável. plementação mais complexa. É por isso que também a própria concepção da rede necessita de atenção específica. É essencial“A qualidade da prospecção do compreender as necessidades do utilizador da WLAN e adaptar a elas a concepção da rede. As vantagens de uma rede com fioslocal e da concepção da rede devem ser comparadas com uma rede mesh, na qual os pontos desão elementos críticos para a acesso comunicam através da rede sem fios com a infra-estrutu-implementação bem-sucedida de ra da rede. Não existe nenhuma solução universal. Especialmen- te no que diz respeito às redes sem fios, é importante descobrir auma rede sem fios” solução mais adequada, tanto para as necessidades actuais como para as futuras. Relativamente a projectos em ambientes indus-A qualidade da prospecção inicial do local e da concepção da triais complexos, recorrer à prospecção do local e à concepçãorede definem o sucesso da rede antes de pôr em prática a implementação é a forma maisA qualidade da prospecção do local e da concepção da rede são inteligente de obter uma rede sem fios bem sucedida.elementos críticos para a implementação bem-sucedida de umarede sem fios. | MAIS INFORMAÇÃO ? | Para contactar um especialista, leia a página 11 3
  4. 4. VISãO SObRE A TECNOLOgIA SOLUÇÕES DE VOZ - cOM OU SEM tREiNO? cOMO FAZER A EScOLHA AcERtADA SatHiSH SaStrY, DireCtor Do Centro De inoVação De VoZ 3i Da ZeteS, eXpliCa oS prÓS e oS ContraS DoS SiStemaS De VoZ Com e Sem treino PRODUÇÃO | tRANSPORtE E LOGíSticA | 3PL | ARMAZENAGEM | viamente incorporada. Ao utilizar uma gramática adequada à REtALHO aplicação suportada pelo sistema sem treino, este pode tornar-se ainda melhor do que um sistema com treino. Quando treinamos Qual é a diferença entre um sistema de voz com e sem necessi- os comandos, nem sequer faz diferença se o utilizador fala ou não dade de treino? uma língua real. Uma vez que estes sistemas não dependem de Sathish Sastry “Um sistema de voz sem necessidade de treino um idioma específico, é possível dar-lhes formação com sons que está pronto para ser utilizado, logo após a compra, sem ser ne- não sejam palavras verdadeiras. Para ampliar a utilização de um cessário registar a voz do operador. Num sistema de voz com ne- sistema sem necessidade de treino, é necessário adicionar um cessidade de treino, é necessário registar os diversos comandos novo conjunto de idioma. Isto pode ser necessário também para com a voz do operador.” abranger pronúncias regionais.” Existe alguma diferença em termos de precisão entre um sistema Quais são as principais razões para se optar por um sistema com e outro? ou sem necessidade de treino? Sathish Sastry “Um sistema com necessidade de treino é, por Sathish Sastry “Tudo se resume ao ambiente onde o sistema vai predefinição, mais preciso, pois o utilizador dá literalmente for- ser utilizado. Um sistema de voz com necessidade de treino é mação ao modelo de voz antes de começar a utilizar o sistema. ideal para um ambiente estável, com uma equipa estável de uti- Contudo, os sistemas de voz sem treino sofreram muitos pro- lizadores. Contudo, na realidade a rotatividade dos funcionários gressos ao longo dos anos, proporcionando resultados que são é elevada em muitas organizações, chegando alguns deles a tra- agora equivalentes aos primeiros.” balhar apenas por poucos dias. Uma vez que dar formação a um sistema de voz pode demorar cerca de meia hora, a utilização de isto significa que um sistema de voz sem necessidade de treino um sistema de voz sem necessidade de treino – com um guião de pode ser tão bem-sucedido como um que tenha treino? diálogo fácil de utilizar – pode ser mais eficiente.” Sathish Sastry “Na verdade, sim. A nova geração de sistemas de voz sem necessidade de treino tem muito mais informação pre- | MAiS iNFORMAÇÃO ? | Para contactar um especialista, leia a página 11 ViSiDOt SUPORtA GS1 DAtAbAR Com o Suporte para GS1 DataBar, a Solução Da ZeteS ofereCe uma VerifiCação De eXpeDição ainDa maiS riGoroSa PRODUÇÃO | ALiMENtAÇÃO E bEbiDAS | RPc | iNDÚStRiA AUtOMÓVEL ideal para as soluções de autenticação e rastreabilidade de pro- Visidot é a solução baseada em imagem da Zetes que capta e re- dutos 100% rigorosas proporcionadas pela tecnologia Visidot. conhece com precisão centenas de códigos de barras. A solução Maior eficiência também já é compatível com o gS1 Databar, um código de barras Num processo de verificação de expedição tradicional, a tecnolo- lançado pela gS1, no início de 2010, que é mais pequeno e pode gia Visidot compara as informações de identificação dos artigos conter mais informações do que o código de barras EAN/UPC tra- preparados para expedição com a encomenda original, detec- dicional. tando artigos em falta ou incorrectos. Uma vez que os códigos O gS1 Databar é particularmente útil para identificar artigos pe- de barras gS1 Databar contêm informações mais detalhadas, a quenos e difíceis de marcar, tais como alimentos frescos e artigos tecnologia Visidot executa em simultâneo outras verificações adi- farmacêuticos, para além de ser capaz de armazenar informa- cionais, tais como a monitorização do prazo de validade, durante ções adicionais, incluindo números de série, números de lote e os procedimentos de recolha de dados pré-expedição. prazos de validade. Esta capacidade alargada é o complemento Este processo garante uma entrega sem erros e assegura que todos os produtos enviados são da mais alta qualidade. Sempre que a tecnologia Visidot detecta uma discrepância, a localização exacta do artigo é realçada visualmente, permitindo ao funcioná- rio agir de imediato. Além disso, a tecnologia Visidot regista uma imagem de cada palete, oferecendo provas visuais do estado dos produtos aquando do envio. Estas imagens poderão ser úteis em caso de conflito. Facilidade de actualização O suporte para gS1 Databar está incluído no novo leitor Visidot, versão 4.5.1. Os leitores Visidot previamente instalados podem ser facilmente actualizados para detectar os códigos de barras gS1 Databar. Dadas as vantagens do gS1 Databar, a Zetes espera que este novo identificador venha a ser adoptado por um número crescente de empresas que recorrem a leitores de laser nos seus Uma vez que os códigos de barras GS1 DataBar contêm informa- processos logísticos. Por este motivo, tornou-se essencial pre- ções mais detalhadas, a tecnologia Visidot executa em simultâ- neo outras verificações adicionais, tais como a monitorização do parar a solução Visidot para ser compatível com o gS1 Databar. prazo de validade. | MAiS iNFORMAÇÃO ? | Para contactar um especialista, leia a página 114
  5. 5. VISãO SObRE O MERCADOMELHOR GEStÃO DE DiSPOSitiVOS MÓVEiSZeteS totalCare aJuDa aS orGaniZaçÕeS a minimiZar oS CuStoS De umaplataforma De moBiliDaDe Sempre operaCionalPRODUÇÃO | tRANSPORtE E LOGíSticA | 3PL | ARMAZENAGEM |REtALHOO número de dispositivos móveis não pára de crescer. graças àdescida do preço dos aparelhos, o investimento em terminaistornou-se mais fácil. Mas, embora a aquisição tenha menos im-pacto ao nível do CAPEX, o número crescente de dispositivos co-loca uma pressão adicional sobre o OPEX de uma organização.As despesas de manutenção e reparação poderão ter um sérioimpacto nos orçamentos de TI. Com a solução TotalCare, a Zetesdesenvolveu uma ferramenta de gestão que permite monitorizarestas actividades de manutenção e reparação, facilita a aquisição A TotalCare é uma ferramenta de gestão que permite moni-centralizada de novos dispositivos e possibilita a gestão remota. torizar as actividades de manutenção e reparação, facilita a aquisição centralizada de novos dispositivos e gestão remota.Uma abordagem flexívelA solução TotalCare é alojada na Web, sendo utilizada como qual-quer outra aplicação online. A organização pode escolher as fun- o seu orçamento sob controlo. A utilização de uma lista predefi-cionalidades que prefere, adaptadas às suas necessidades espe- nida de dispositivos evita que a plataforma móvel se transformecíficas. A base da aplicação é a ferramenta RMA (Autorização de num ambiente demasiado heterogéneo.Devolução de Material), que permite comunicar qualquer problema Gestão remotaque surja com determinado dispositivo. Após análise do problema, Finalmente, a solução Zetes TotalCare permite a gestão remotaa TotalCare sugere o seguinte passo, por exemplo, enviar o dispo- de dispositivos. A organização monitoriza o estado e a disponibili-sitivo para o centro de reparação do fornecedor. A ferramenta tam- dade dos seus dispositivos e instala ou actualiza automaticamen-bém contém informações personalizadas sobre o SLA (Acordo de te software de aplicação e o sistema operativo. O portal suportaNível de Serviço) associado a cada dispositivo. Desta forma, a or- todos os dispositivos móveis dos principais fabricantes, incluindoganização pode monitorizar o estado de manutenção ou reparação. a Motorola, Intermec, LXE, Psion/Teklogix, Honeywell, Zetes-IND,Aquisição mais inteligente entre outros.A solução TotalCare permite às organizações multinacionais op- A Zetes TotalCare é uma solução imprescindível para qualquertimizarem os seus processos de aquisição. As diversas filiais po- organização que pretenda minimizar os custos de uma platafor-derão adquirir novos dispositivos móveis, com base numa lista ma de mobilidade sempre operacional.predefinida, a preços negociados centralmente. O processo devenda é gerido a nível central, mas as entregas e a facturação são | MAiS iNFORMAÇÃO ? | Para contactar um especialista, leia a página 11realizadas a nível local. Desta forma, a organização pode manterHEUScHEN & ScHROUFF PREPARA-SE PARA O FUtURO cOM RFinteGração perfeita Com Sap ofereCe informaçÕeS De GeStão em tempo realALiMENtAÇÃO E bEbiDAS - PRODUÇÃO A logística flui em tempo realA Heuschen & Schrouff Oriental Foods Trading é a principal dis- Qual foi a principal motivação comercial por detrás do projecto?tribuidora de produtos alimentares asiáticos autênticos na Euro- Pascal Wetzels Passar de um processo tradicional baseado empa. Para apoiar a sua expansão, a organização ampliou o centro papel para a separação de pedidos por RF foi uma grande mu-de distribuição de Landgraaf, na Holanda, em mais 10 000 m², dança para nós. O sistema de RF optimiza a gestão do inventáriocontando agora com um total 30 000 m² de superfície de arma- no armazém ampliado, nomeadamente porque nos permite tra-zém. Esta expansão exigiu a instalação de um novo sistema de RF. balhar com base em localizações dinâmicas.como avaliaram a necessidade de RF no armazém renovado? O sistema também se integra com SAP.Pascal Wetzels, director de logística da Heuschen & Schrouff De- Pascal Wetzels Correcto, e isso constitui uma grande vantagem.cidimos substituir a rede existente – instalada há quase dez anos Antes da nova implementação, só tínhamos acesso aos dados do– por um sistema de RF de vanguarda. Comparámos as ofertas de inventário no final do dia de trabalho, quando todo o trabalho ad-vários fornecedores. A Zetes avaliou minuciosamente as nossas ministrativo estivesse terminado. A integração com SAP permite-necessidades em termos de rede sem fios. Com base numa pros- -nos acompanhar todos os processos do armazém – e gerir o flu-pecção detalhada do local, o design de rede que a Zetes sugeriu xo logístico em tempo real.era claramente superior ao das empresas concorrentes. Qual é o próximo passo que têm em mente para o ambiente decomo se caracteriza a infra-estrutura de RF? RF?Pascal Wetzels A infra-estrutura de RF sem fios baseia-se num Pascal Wetzels Migrámos para um sistema de RF que está pre-Wireless LAN Switch RFS6000 da Motorola e em 25 terminais parado para trabalhar com voz. No futuro – dentro de cerca de umportáteis LXE MX7. Também utilizamos terminais montados em ano – planeamos migrar para a separação de pedidos por voz. Istoveículos LXE VX6. Alguns destes computadores são adequados irá oferecer algumas vantagens adicionais aos nossos funcionários.para aplicação no sector refrigerado do armazém. Utilizando o sistema de voz, irão ganhar em produtividade, ao traba- lharem num ambiente totalmente sem papel e com as mãos livres. | MAiS iNFORMAÇÃO ? | Para contactar um especialista, leia a página 11 5
  6. 6. VISãO SObRE O MERCADO NA PRÓXiMA ViSitA DO cARtEiRO, PODEREMOS PAGAR AS cONtAS E LER O cONtADOR liBeraliZação Cria oportuniDaDeS noS SerViçoS poStaiS. opiniÕeS De JoSÉ leal (Ctt) e tiaGo ConCeição (ZeteS portuGal) SERViÇOS POStAiS | SERViÇOS DE ENtREGA Que trunfos possuem os serviços postais e como é que estes os Por que motivo é importante que os serviços postais diversifi- irão ajudar a diversificar o seu negócio? quem o seu negócio? José Leal As pessoas, o nosso enorme alcance e a confiança que José Leal, responsável pela Inovação e Desenvolvimento Tec- a população deposita em nós são os nossos maiores trunfos. As nológico dos CTT A sociedade está em rápida mudança e a nova pessoas trabalham mais horas do que nunca e têm cada vez menos geração de clientes, a geração Z, tem comportamentos muitos tempo livre, por isso precisamos de diversificar ao oferecer horários diferentes. Os CTT precisam de chegar a este público “ultra liga- alargados e diferentes serviços que as ajudem a gerir o seu tempo do” para garantir o seu futuro a longo prazo. Mas, para termos mais eficazmente. Uma vez que os nossos trabalhadores fazem par- sucesso, temos de compreender quais são os serviços de que ne- te da comunidade e conhecem estes problemas, podem ajudar-nos cessitam e de que forma querem viver as suas vidas. a compreender qual será a melhor forma de diversificar, com uma oferta que descrevemos como serviços para “cidadãos móveis”. Tiago Conceição, director-geral da Zetes Portugal Algumas em- presas de serviços postais têm sido mais progressistas que ou- como é que a identificação automática pode ajudar os serviços tras e os CTT representam um bom exemplo de um fornecedor postais com esta diversificação? que reconheceu a necessidade urgente de inovar e diversificar. Tiago Conceição Nos anos mais recentes, assistimos a um enorme aumento da utilização de dispositivos móveis que permitem aos Quais são os principais impulsionadores das mudanças actual- trabalhadores em campo tornarem-se mais eficientes ao fornecer- mente em curso? -lhes a capacidade para recolher dados de forma muito precisa na José Leal Provavelmente a maior mudança é a forma como os fonte, reduzindo os documentos em papel e melhorando o serviço processos de comunicação se alteraram. Em primeiro lugar, por ao cliente. Para as empresas de serviços postais, a melhoria da causa do correio electrónico e, agora, da proliferação das redes eficiência e da precisão das soluções de mobilidade em campo im- sociais. Isto requer uma reflexão acerca de como as empresas plicam custos operacionais muito mais baixos. Por outro lado, os de serviços postais podem chegar à próxima geração de clientes. serviços postais precisam de “mobilizar” novos serviços para criar Tiago Conceição Para as empresas de serviços postais que se valor acrescentado e aumentar o volume de negócios. adaptam à liberalização e ao declínio do negócio tradicional, a José Leal Através da sua rede existente de estações de correio preferência pela comunicação electrónica criou uma série muito e de trabalhadores postais, os CTT têm a capacidade de evoluir interessante de concorrentes, desde a Apple e o google ao Face- para se tornarem um “prestador de serviços aos cidadãos”, com book e ao Twitter. uma gama de ofertas concebidas para tornar a vida das pessoas mais fácil mediante a utilização de sistemas de identificação au- tomática. Neste momento, estamos a desenvolver novas aplica- ções para cidadãos móveis, para demonstrar o conceito. Que tipo de serviços tem em mente? José Leal No futuro, poderemos pagar as contas, ler o contador da electricidade ou organizar uma série de outros serviços domésti- cos através dos CTT. E uma vez que os smartphones mais robustos vêm equipados com gPS e câmara, também é viável que as empre- sas de serviços postais se tornem vigilantes da comunidade local, ajudando a manter a nossas cidades livres de lixo e de graffitis. “NO FUtURO, PODEREMOS PAGAR AS cONtAS, LER O cONtADOR DA ELEctRiciDADE OU ORGANiZAR UMA SÉRiE DE OUtROS SERViÇOS DOMÉSticOS AtRAVÉS DOS ctt” Tiago Conceição De facto, esta ideia já foi aplicada em Londres, onde o presidente da câmara lançou o programa “Love Clean O correio electrónico e a proliferação das redes sociais requerem uma reflexão acerca de como as empresas de serviços postais podem chegar à London”, a pensar nos Jogos Olímpicos de 2012. Os londrinos próxima geração de clientes. podem descarregar uma aplicação para o smartphone e enviar6
  7. 7. VISãO SObRE O MERCADOimagens e textos que alertam a administração local, por correioelectrónico, para problemas como edifícios desfigurados ou des-cargas de lixo ilegais. As empresas de serviços postais estão naposição ideal para implementar esta ideia e seriam remuneradasatravés das poupanças de custos feitas pelas autoridades locais.Em que outras situações os sistemas de identificação automáticapoderão oferecer vantagens comerciais às empresas de serviços José Leal, responsável pela Inovação e Desenvolvimento Tecnológicopostais? dos CTT: “Uma parte importante da nossa promessa de marca é garantir que os bens correctos são entregues às pessoas correctas”Tiago Conceição Os serviços de comércio electrónico são umaoportunidade óbvia porque, quando compram online, os consu-midores têm expectativas elevadas. Assumem legitimamente Quais são as vantagens que obtêm das soluções de identificaçãoque os seus artigos lhes devem ser entregues em segurança e automática?a uma hora conveniente. Não pretendem aborrecer-se com os José Leal As maiores vantagens são o acompanhamento, locali-processos de devolução, o que cria o potencial para estabelecer zação e a capacidade de verificar, com elevadíssima precisão, aparcerias com os retalhistas a fim de oferecer um serviço seguro identidade dos destinatários. Para além de prestarmos um me-de entrega e recolha para devoluções. lhor serviço aos clientes, o trabalho dos funcionários torna-se mais simples, ao melhorar a precisão e a facilidade da recolha de dados.O que acontece com as actividades tradicionais, também estão aevoluir? Que vantagens esperam vir a obter no futuro?José Leal Os nossos serviços tradicionais estão em declínio, e José Leal Quando se começa a implementar projectos de identifi-isto continuará a acontecer devido às alternativas. A liberalização cação automática e a desfrutar das suas vantagens, descobrem-gradual do sector dos serviços postais começou há alguns anos, -se muitas outras possibilidades de aplicação que, em últimaem Portugal, e ajudou-nos bastante a fazer evoluir o nosso negó- análise, nos ajudam a reduzir os custos e a chegar mais próximoscio. Ao longo dos últimos anos, transformámos a nossa cultura do cliente. Esta tem sido a nossa experiência e antecipamos quepara se tornar muito mais orientada para o cliente. Desta forma, se vá manter assim.a nossa capacidade para inovar melhorou e já estamos a colheros frutos desta mudança de mentalidade. “QUANDO SE cOMEÇA A iMPLEMENtARQue importância têm para vocês os sistemas electrónicos de pro- PROJEctOS DE iDENtiFicAÇÃO AUtOMÁ-va de entrega ?José Leal Estas soluções são fundamentais para garantir a qua- ticA E A DESFRUtAR DAS SUAS VANtA-lidade e a consistência dos nossos serviços. Temos vindo a in- GENS, DEScObREM-SE MUitAS OUtRASvestir em sistemas de prova de entrega ao longo dos últimos 15anos. Fomos os primeiros fornecedores de serviços postais em POSSibiLiDADES DE APLicAÇÃO”Portugal a implementar um sistema de prova de entrega, acom-panhamento e localização online para os clientes. Embora ou- Tiago Conceição A redução de custos e a possibilidade de alargartras empresas já tenham adoptado a prova de entrega electróni- o acesso aos clientes são vantagens intrínsecas da utilização deca, somos a única empresa de serviços postais que a oferece em soluções de identificação automática e garantirão a sobrevivênciatodo o país, e não apenas nas grandes cidades. Agora estamos a a longo prazo das empresas de serviços postais.tentar simplificar a forma de autenticar os destinatários das en- como irão monitorizar dos resultados?comendas e consideramos os novos cartões de identidade com José Leal Antecipamos um retorno do investimento em tecnolo-chip essenciais para a solução. É uma parte importante da nossa gia de recolha de dados electrónicos de 3 a 4 anos, através da re-promessa de marca garantir que os bens correctos são entregues dução da necessidade de recursos administrativos e da expansãoàs pessoas correctas. do negócio, por sermos capazes de chegar a novos clientes. ÀTiago Conceição Já trabalhamos com os CTT há vários anos, ini- medida que a organização se tornou mais sustentável, melhorá-cialmente com a implementação do seu sistema electrónico de mos a nossa rentabilidade e, nos últimos 5 anos, gerámos retor-prova de entrega. Mais recentemente, fomos seleccionados para nos significativos para o governo português, o nosso único accio-seus parceiros no protótipo de um projecto de mobilidade, no qual nista. Assim, estamos a contribuir activamente para a economiaestamos a explorar a viabilidade de novos serviços, alguns deles e para a riqueza do país.baseados no conceito de um portal para o cidadão móvel. | MAiS iNFORMAÇÃO ? | Para contactar um especialista, leia a página 11 7
  8. 8. CASO DE SUCESSO MARcAÇÃO DAtAMAtRiX DE ALtO DESEMPENHO cOM cONtROLO DE QUALiDADE DE 100% Solução De marCação e etiQuetaGem fleXÍVel aJuDa a BmS a iDentifiCar VolumeS eXtremamente eleVaDoS iNDÚStRiA FARMAcÊUticA | PRODUÇÃO empresa. Consequentemente, os especialistas da bMS tinham A bristol-Myers Squibb é uma das maiores produtoras biofar- requisitos extremamente elevados relativamente à concepção e à macêuticas do mundo. Nas suas instalações de produção em integração dos sistemas. Sylvain ballesta, gestor de Projectos da França (Agen), 400 milhões de caixas de remédios saem todos os bMS: “As nossas instalações são as maiores do mundo para pro- anos das correias transportadoras, incluindo analgésicos como dutos efervescentes – o seu volume de produção é extraordinário. o Dafalgan e o Efferalgan. Para cumprir a legislação francesa, A paragem de uma máquina numa linha interrompe toda a pro- que exige que cada produto farmacêutico distribuído no mercado dução, por isso, queríamos máquinas que fossem extremamente francês esteja marcado com um código Datamatrix, a bMS equi- robustas e adaptadas às nossas necessidades. Por outro lado, te- pou as suas linhas de embalagem com novas máquinas. A Zetes mos exigências de qualidade muito elevadas.” Outro requisito era foi o parceiro que, em tempo recorde, concebeu, produziu e insta- um design tipo “balcão”, no qual os componentes mecânicos se lou 25 máquinas. As máquinas foram construídas de acordo com situam todos atrás da máquina, em conformidade com as normas os estritos requisitos da bMS relativamente a marcação, etique- da indústria farmacêutica. Isto proporciona maior facilidade de tagem, selagem, controlo de qualidade e desempenho. Têm ca- utilização para os operadores, facilita a manutenção da máquina pacidade para processar volumes extremos (até 400 contentores por minuto por linha de embalagem) e permitem à bMS controlar e evita que a linha tenha de ser parada quando é necessário pro- a qualidade de 100% dos produtos identificados. ceder a reparações nas máquinas. Uma solução à medida “PARA cUMPRiR A LEGiSLAÇÃO FRANcE- Para cumprir todos os requisitos da bMS, as 25 máquinas foram SA, A bMS ADQUiRiU 25 MÁQUiNAS PARA feitas por medida. A maioria delas consiste em quatro tipos dife- rentes de máquinas tipo “balcão”, combinando graus variados de EtiQUEtAGEM, SELAGEM, cONtROLO DE funcionalidade de forma modular. Consoante a linha de embala- QUALiDADE E DESEMPENHO DE EMbALA- gem, a marcação Datamatrix também pode ser combinada com a GENS SEcUNDÁRiAS” etiquetagem (aplicação de uma etiqueta exigida pela autoridade francesa de seguros de saúde) e a selagem. Câmaras e um mó- concebidas para alcançar volumes e padrões de qualidade ex- dulo de ejecção automática positiva asseguram um controlo de tremamente elevados qualidade de 100%. Em algumas linhas de produção, um sistema A identificação de embalagens secundárias e as máquinas res- especial de correia transportadora garante que os produtos são ponsáveis por esta tarefa ocupam uma posição primordial na rolados para optimizar o seu acondicionamento nas caixas. Em três das linhas de embalagem, havia pouco espaço para instalar uma máquina completamente nova. Nestes casos, procedeu-se a uma “adaptação”, o que significa que as máquinas existentes foram equipadas com os mesmos elementos (marcação, contro- lo) que as máquinas novas, assim como com a mesma interface de operador. Estreita colaboração A pedido da bMS, houve uma estreita colaboração e um elevado intercâmbio tecnológico entre as equipas técnicas da Zetes e da bMS, desde o primeiro dia. Sylvain ballesta, gestor de Projec- tos da bMS: “Apreciámos muito a flexibilidade das equipas de engenharia da Zetes; eles forneceram-nos máquinas que pre- encheram plenamente os nossos requisitos. As máquinas têm funcionalidades muito específicas e práticas, tais como módulos para alterar a altura da máquina, correias transportadoras que Sylvain Ballesta, Gestor de Projectos da BMS: “Graças à Zetes, estamos rolam os produtos, uma interface totalmente centralizada e se- um passo à frente no que diz respeito à qualidade” gura, etc.”8
  9. 9. CASO DE SUCESSOPrazos de entrega muito curtosO projecto foi implementado em muito pouco tempo: o contratofoi assinado em Março e as primeiras máquinas foram instala-das em Junho. A partir desse momento, foram instaladas duasou três máquinas todas as semanas. Devido ao curto prazo deentrega, não houve tempo para uma fase-piloto. Assim, a Zetesestava sob uma pressão considerável para levar a cabo a concep-ção, o desenvolvimento e a instalação em tempo recorde. Alaingrandpierre, Assistente de Projectos da bMS: “Implementar um As máquinas fornecidas pela Zetes têm capacidade para processar volumes extremos, até 400 contentores por minuto por linha de embalagemprojecto como este num tempo tão limitado no mundo da indús-tria é realmente impressionante.” Um dos factores que contribuiu para o sucesso foi a estreita co-“O PROJEctO FOi iMPLEMENtADO EM laboração entre as equipas locais e o Centro de Competências deMUitO POUcO tEMPO: O cONtRAtO FOi Impressão e Aplicação 3i da Zetes, uma equipa internacional es-ASSiNADO EM MARÇO E AS PRiMEiRAS pecializada na concepção e construção de sistemas de marcação e etiquetagem industriais. Isto permitiu à bMS beneficiar dos anosMÁQUiNAS FORAM iNStALADAS EM de experiência da Zetes no campo da integração de sistemas e dasJUNHO” suas capacidades de engenharia nos campos da marcação e etique- tagem, impressão e controlo de processos, programação de PLC eGarantia de Qualidade através de 100% de controlo e introdução integração com ERP (SAP).”de dados automatizada Preparados para o futuroEnquanto antes eram efectuadas apenas verificações estatísticas, Com a sua nova frota de máquinas, a bMS cumpre os padrões deagora todas as caixas podem ser verificadas individualmente na li- qualidades da bMS global. Sylvain ballesta: “graças à Zetes, esta-nha de produção, graças a uma câmara. Os códigos de barras Data- mos um passo à frente no que diz respeito à qualidade. Este projectomatrix que não cumprem as estritas normas de qualidade são eva- foi altamente inovador, o que nos permitirá fazer outros avanços nacuados pelo módulo de ejecção automática. Desde a instalação das qualidade. Assim, estamos preparados para o futuro.”novas máquinas, os produtos destinados à exportação também sãomarcados com os módulos de jacto de tinta (número de lote, númerode produto, prazo de validade), o que garante melhor legibilidade e Acerca da bristol-Myers Squibbtambém permite uma melhor verificação. GlobalGestão perfeita de todos os componentes Actividade: Empresa biofarmacêutica globalgraças ao software de gestão da Zetes, a recolha de dados é fiável Funcionários: 27 000(leitura de dados da linha de produtos) e a configuração de todos os instalações de produção: 13componentes (marcação, etiquetagem, controlo, robô) é automati-zada. A arquitectura cliente/servidor centraliza todos os dados im- Françaportantes de forma segura. A aplicação cumpre todos os requisitos Primeira filial do Grupo fora dos EUAde qualidade da indústria farmacêutica. instalações de produção: 2Um único parceiro Produtos: analgésicos (UPSA)A Zetes forneceu à bMS um projecto total, começando pela concep- Linhas de produção: 27ção das máquinas, passando pelo seu desenvolvimento e implemen- Volume: 300 milhões de caixas de medicamentos/anotação e terminando na assistência e formação. Pascal Longcham- Funcionários: + 3000bon, responsável por Sistemas Automáticos Sem Operador da Zetes:“O maior desafio foi construir uma frota homogénea de máquinasque combinassem diferentes funcionalidades em tão pouco tempo. | MAiS iNFORMAÇÃO ? | Para contactar um especialista, leia a página 11 9
  10. 10. OPINIãO tEcNOLOGiA ADAPtA-SE PARA APOiAR AS REDES DE cADEiAS DE AbAStEciMENtO DE REtALHO o moDelo traDiCional Da CaDeia De aBaSteCimento Sofreu tranSformaçÕeS SoB a CreSCente influÊnCia Do Cliente De um modo geral, a ênfase na melhoria da experiência do cliente através da tecnologia, aliada à redução dos custos operacionais, é uma tendência que se verifica por toda a Europa. Muitos retalhis- tas já investiram em caixas self-service, etiquetas inteligentes ou sistemas de registo de compras portáteis, quer para uso dos clientes enquanto fazem as compras, quer para uso dos funcio- nários enquanto os clientes aguardam nas filas. Desde a cadeia de abastecimento à rede baseada na procura A crescente influência do cliente transformou o modelo tradicio- nal da cadeia de abastecimento (origem-produzir-entregar-com- prar) de um canal baseado na oferta, num canal impulsionado pela procura, com o cliente firmemente no controlo. Isto volta a dar ênfase ao mix produto certo, lugar certo, altura certa, preço certo. O equilíbrio requer uma interacção dinâmica entre o fluxo de informação e o fluxo físico, para garantir que aos pedidos do cliente corresponda apenas a quantidade necessária de stock. As decisões sobre que tecnologia utilizar – por exemplo, RFID, códigos de barras tradicionais ou imagem – são geralmen- te tomadas com base numa análise da relação custo/benefício e na facilidade de integração nos sistemas actuais. Gerrit-Jan Steenbergen, vice-presidente do Centro de Competências e “A cREScENtE iNFLUÊNciA DO cLiENtE Inovação 3i da Zetes, fala das mais recentes evoluções na cadeia de abastecimento tRANSFORMOU O MODELO tRADiciONAL DA cADEiA DE AbAStEciMENtO (ORiGEM- PRODUZiR-ENtREGAR-cOMPRAR) DE UM REtALHO cANAL bASEADO NA OFERtA, NUM cANAL Visibilidade e rastreabilidade deixaram de ser palavras de ordem iMPULSiONADO PELA PROcURA, cOM O e é interessante pensar nos motivos que levaram a esta mudança. gerrit-Jan Steenbergen, vice-presidente do Centro de Competên- cLiENtE FiRMEMENtE NO cONtROLO.” cias e Inovação 3i da Zetes, fala das mais recentes evoluções na Os exemplos que se seguem sublinham porque é que a visibilidade cadeia de abastecimento e da forma como as empresas podem é importante para uma cadeia de abastecimento ligada em rede: estar à altura dos novos desafios. Flexibilidade “Juntamente com os volumes de transporte, a melhoria da dispo- Os artigos deixam de poder ser devolvidos apenas na loja onde nibilidade das redes online está a contribuir para as expectativas foram comprados. Agora, os clientes podem optar por comprar de rastreabilidade e visibilidade. Outra tendência é a crescente um produto online e ir buscá-lo a uma loja local, ou comprá-lo expectativa de rastreabilidade entre consumidores que desejam numa loja, devolvê-lo noutra ou num centro de reparação ou atra- informações sobre a origem dos seus produtos, as matérias- vés da Web. -primas que os constituem e os componentes dos produtos. As preocupações ambientais também influenciaram as empresas a Previsão optimizar a utilização de recursos, em resposta às expectativas Esta pode ser uma actividade dispendiosa e não render necessa- sociais. Os fornecedores procuram a rastreabilidade para au- riamente o valor investido, uma vez que a precisão dos dados con- mentar a eficiência, a qualidade e a visibilidade dos processos tinua a ser o maior problema. Como alternativa ao planeamento logísticos. A disponibilidade de informações “em tempo real” cria a partir de previsões, as redes “visíveis” podem ser constituídas um sistema de aviso antecipado para reduzir falhas de stock, com base na capacidade de fornecer de acordo com a actividade quebras desconhecidas (shrinkage) ou problemas de entrega, e anterior – criando uma rede de abastecimento 100% baseada na possibilitar recolhas de produtos mais orientadas. procura.10
  11. 11. OpiniãoPor exemplo, os sistemas de inventário gerido pelo fornecedor que os clientes que compram artigos de gama alta dão mais valor(VMI, Vendor Managed Inventory) são sistemas simples de intro- às informações de rastreabilidade, que comprovam a origem e aduzir, nos quais o fornecedor se torna completamente responsá- qualidade dos seus produtos, do que os outros clientes que pro-vel pelo produto, tem acesso directo aos sistemas do retalhista curam apenas os produtos mais baratos.para monitorizar as vendas ou os níveis de stock e depois cria Criação de redes de abastecimento visíveis “sempre em linha”pedidos de reposição com base na procura, nos níveis de stock Os códigos de barras tradicionais ainda são utilizados para ae nas notas de encomenda existentes. Uma vez que o fornecedor identificação de produtos mas, lentamente, o interesse no em-tem acesso directo aos dados em tempo real gerados através de balamento serializado está a criar aplicações para o código depedidos de separação ou de reposição, os quais, por sua vez, são barras 2D. Para reduzir o tempo de colocação no mercado, mui-accionados pelas vendas na loja, este método pode ser mais rigo- tos retalhistas na Europa implementaram a separação de pedidosroso. Trabalhar desta forma pode reduzir os níveis do inventário por voz e estão a expandir a utilização do trabalho dirigido por voze eliminar as falhas de stock, diminuindo significativamente os no armazém. E retalhistas mais pequenos e especializados estãocustos para o retalhista. Além disso, oferece vantagens adicio- a seguir a tendência, mas procurando soluções de voz prontas anais às duas partes, porque o retalhista não precisa de atribuir utilizar que sejam rápidas de implementar e proporcionem retor-recursos para gerir a mercadoria, uma vez que esta tarefa é pro- no do investimento.cessada pelo fornecedor, o qual, por sua vez, beneficia do acessodirecto a informações preciosas que lhe permitem suavizar a suaprópria cadeia de abastecimento e, consequentemente, reduzir “As compras pela Internetainda mais os custos. aumentaram a procura de sistemasPromoções baseadas no fabricante vs. promoções baseadas nocliente de prova de entrega”Muitos fabricantes estão cada vez a mais a realizar promoções im- Ao contrário da voz, a RFID ainda não é uma tecnologia massi-pulsionadas pelo retalhista e pelo cliente, as quais são adaptadas ficada, sendo utilizada entre os retalhistas de luxo, principal-às preferências ou hábitos de compras da clientela local. E, como mente para localizar bens retornáveis ou impedir a contrafacção.recompensa por cooperar com o fabricante e fornecer-lhe os da- As compras pela Internet aumentaram a procura de sistemasdos de vendas, o retalhista beneficia de preços com desconto. Em de prova de entrega e constituem agora um novo mercado paraalternativa, o fabricante e o retalhista trabalham em parceria com alternativas de “pagamento contra entrega”. Alguns retalhistasbase na procura antecipada. Assim, por exemplo, depois de Kate também criaram aplicações inovadoras para RFID nas lojas – aMiddleton ter usado um vestido azul durante o anúncio do seu noi- Prada, por exemplo, criou uma experiência de compras persona-vado com o Príncipe William, os fornecedores de roupa da Tesco lizadas baseada em RFID, na qual os clientes nas salas de pro-reagiram rapidamente, disponibilizando nas suas lojas uma peça vas podem ver as roupas que escolheram sendo apresentadas napraticamente idêntica, apenas alguns dias depois. passerelle.Foco em acrescentar valor para os clientes vs. simples redução No fim de contas, escolher uma tecnologia é a parte mais fácil.de custos O desafio está em habilitar os retalhistas, fornecedores e outrosA redução de custos costumava ser a motivação por trás do in- membros da rede a utilizar a tecnologia para pôr em funciona-vestimento na cadeia de abastecimento; no futuro, o foco terá de mento nas redes de cadeias de abastecimento eficazes.”ser o fornecimento de valor acrescentado a grupos de clientesespecíficos. Por exemplo, os retalhistas começam a compreender | MAIS INFORMAÇÃO ? | Para contactar um especialista, leia a página 11 NotíciasQUEM ESTÁ A BENEFICIAR COM A AUTO-ID? AGENDA CONTACTE UM ESPECIALISTAChronopost Zetes Technology day 2011 IMAGEIDA nova solução de mobilidade da Chronopost Silvério Neves 16 Junho Business Developerpossibilita-lhes ter uma plataforma de fácil neves.s@pt.zetes.comutilização, com informação de qualidade em Küsnacht am Zürichsee Switzerland +351 226 191 076tempo real e com processos bem definidos. SERIALISAÇÃO E RASTREABILIDADEMerck Transport & Logistics Fair Hélder SantosO gigante farmacêutico Merck obteve im- Sales Manager 20-22 Setembro santos.h@pt.zetes.comportantes benefícios com 8 operadores de Antwerp Expo - Stand C4022 +351 214 152 200picking apenas: aumento de produtividade,aumento da satisfação dos utilizadores, re- Belgium CADEIA DE ABASTECIMENTOdução de erros e melhoria no planeamento. Luis Santos Garcia Post Expo 2011 Sales ManagerHeuschen & Schrouff 27-29 Setembro garcia.l@pt.zetes.comGraças á instalação de uma solução RF, que +351 214 152 200 Stuttgart Messeinclui terminais de mão e de empilhador, jun- Germany VOICE & REDES WIRELESStamente com uma infra-estrutura de rede sem Luis Freitasfios e integração directa em SAP, este distri- Business Developerbuidor Holandês de comida asiática, passou a APLOG - 14th LOGISTICS CONGRESS freitas.l@pt.zetes.comter uma gestão de stock em tempo real. 12-13 Outubro +351 214 152 200 Centro de Congressos de Lisboa (Junqueira) RFIDAlimerka Portugal João C. CoutinhoA utilização de voz nos seus armazéns de se- Marketing Managercos e de congelados ajudou este distribuidor coutinho.j@pt.zetes.comalimentar Espanhol a reduzir erros, a au- +351 214 152 200mentar a produtividade e consequentementea atingir os seus objectivos em menos de um Contactos Gerais +32 2 728 37 11ano. sarah.dheedene@zetes.com 11
  12. 12. UMA ÚLTIMA PALAVRA Merck aumenta produtividade no armazém com solução de voz Farmacêutica Merck optimiza os processos dos operadores de picking através DA UTILIZAÇÃO DA SOLUÇÃO de voz A Merck decidiu melhorar os processos de armazém recorrendo à implementação da solução de voz, pois esta tecnologia está op- timizada para as operações de armazém. Para o efeito, contou com a Zetes Burótica, que é especialista de implementação de sistemas de voz, já com provas dadas no mer- cado nacional. “Já tínhamos trabalhado com a Zetes Burótica no passado, e tínhamos conhecimento que implementavam soluções de voz. Fomos visitar um cliente de referência da Zetes Burótica e comprovamos as vantagens da adopção desta tecnologia”, acres- centou o IT Manager da Merck. A Zetes Burótica implementou em exclusivo a sua solução 3iVoice com integração em SAP com módulo WM. A solução de voz foi aplicada em quatro processos de armazém: RETALHO | ARMAZENAGEM | 3PL • Recepção de mercadorias; A Merck está em Portugal desde 1934. Actualmente, conta com • Arrumação; cerca de 160 colaboradores e opera nas áreas de química e far- macêutica, sendo esta última a mais representativa no mercado • Reaprovisionamento; nacional. Em 2009, a Merck teve um volume superior a 70 M€. • Picking. O armazém da Merck recebe do exterior 4 tipos de encomendas: Em termos de média mensal, o armazém da Merck realiza cerca mercadorias provenientes do Grupo Merck (de outros centros de de 9.000 operações de armazém com um total de 30.000 linhas. distribuição Merck ou de outros laboratórios), de um parceiro Desta forma, os operadores passaram a fazer o mesmo número para o qual gere o stock, material promocional e produtos que de operações de armazém mas de forma mais rápida, confortável necessitam de refrigeração. e com maior precisão. As operações de armazém para movimentação de artigos, reali- “Em vários processos no armazém atingimos os objectivos de fle- zavam-se através do recurso de terminais portáteis e terminais xibilização e aumento de produtividade”, explicou Luís Azevedo. fixos de empilhadores, com leitura de código de barras. Os operadores estão satisfeitos, a adaptação ao sistema foi sim- Estes processos revelavam-se muito morosos, pois os operado- ples e natural, o facto de terem as mãos e olhos livres facilita res tinham as mãos ocupadas com os equipamentos e tinham de muito o aviamento de encomendas e a contagem de artigos. estar concentrados no teclado e visor dos terminais. “Com a implementação da tecnologia de voz, a Merck optimizou “A utilização constante do leitor de código de barras atrasava os processos, aumentando a produtividade e a satisfação dos o processo de picking. Igualmente, com alguma frequência as operadores, reduziu a taxa de erros e melhorou o planeamento”, mercadorias chegavam ao nosso armazém sem os respectivos concluiu o responsável de IT. códigos de barras, o que nos obrigava a efectuarmos as respec- | MAIS INFORMAÇÃO ? | Para contactar um especialista, leia a página 11 tivas etiquetas quer para as paletes quer para as caixas de agru- pamento. Os equipamentos que possuíamos já se encontravam obsoletos e sem manutenção, e também não cumpriam todos os requisitos da Merck ao nível da segurança dos sistemas”, proferiu Luis Azevedo, IT Manager da Merck.www.zetes.com | always a good idBELGIUM | côte d’ivoire | FRANCE | GERMANY | GREECE | ireland | ISRAEL | ITALY | NORDIC COUNTRIES | PORTUGAL | SPAIN | SWITZERLAND | THE NETHERLANDS | UNITED KINGDOM

×