Tecido Epitelial ;)

10,297 views

Published on

Trabalho de biologia ;)

0 Comments
2 Likes
Statistics
Notes
  • Be the first to comment

No Downloads
Views
Total views
10,297
On SlideShare
0
From Embeds
0
Number of Embeds
8
Actions
Shares
0
Downloads
110
Comments
0
Likes
2
Embeds 0
No embeds

No notes for slide

Tecido Epitelial ;)

  1. 1. O que é tecido? O corpo de um organismo multicelular é constituído por diferentes tipos de células, especializadas em realizar diversas funções. As células com determinado tipo de especialização organizam-se em grupos, constituindo os tecidos.
  2. 2. Tecido Epitelial 2M5
  3. 3. Tecido Epitelial O Tecido epitelial é formado por células justapostas, ou seja, intimamente unidas entre si. Função: Sua principal função é revestir a superfície externa do corpo, os órgãos e as cavidades corporais internas.
  4. 4. Tecido Epitelial Todos os tecidos presentes nos vertebrados adultos são formados a partir de três tipos de folhetos germinativos: endoderma, ectoderma e mesoderma. Cada um desses, durante o desenvolvimento embrionário, é responsável por uma genealogia de células especializadas quanto à forma e função.
  5. 5. Tecido Epitelial
  6. 6. Os destinos finais (organogênese) desses folhetos germinativos, na formação dos tecidos e órgão humanos, são: Tecido Epitelial
  7. 7. Tecido Epitelial Ectoderma: A ectoderma é a camada exterior de um embrião em desenvolvimento. Epiderme e anexos cutâneos(pêlos e glândulas mucosas); ● Todas as estruturas do sistema nervoso (encéfalo, nervos, gânglios nervosos e medula espinhal); ● Epitélio de revestimento das cavidades nasais, bucal e anal. ● ●
  8. 8. Tecido Epitelial Mesoderma: Forma a camada interna da pele (derme); Músculos lisos e esqueléticos; Sistema circulatório (coração, vasos sangüíneos, tecido linfático, tecido conjuntivo); Sistema esquelético (ossos e cartilagem); Sistema excretor e reprodutor (órgãos genitais, rins, uretra, bexiga e gônadas). ● ● ● ● ●
  9. 9. Tecido Epitelial Endoderma: Epitélio de revestimento e glândulas do trato digestivo, com exceção da cavidade oral e anal; ● Sistema respiratório (pulmão); ● Fígado e pâncreas. ●
  10. 10. Tecido Epitelial O tecido epitelial de revestimento reveste toda a superfície externa do corpo e as cavidades corporais internas. Tecido Epitelial de Revestimento Estas células encontradas no tecido epitelial que estão em constante processo de renovação variam em uma ou mais camadas e possuem formatos diversificados. O tecido epitelial de revestimento pode ser dividido em:
  11. 11. Tecido Epitelial Epitélio simples pavimentoso: Reveste a Cápsula de Bowman, localizada no rim, como também reveste os vasos (endotélio).
  12. 12. Tecido Epitelial Epitélio simples cúbico: Este tipo de epitélio é encontrado na parede dos folículos da tireóide, como também nos túbulos contorcidos do rim.
  13. 13. Tecido Epitelial Epitélio simples cilíndrico: Encontrado em grande parte no aparelho digestivo, revestindo o estômago, intestino delgado e intestino grosso, como também reveste outros órgãos como a vesícula biliar, etc.
  14. 14. Tecido Epitelial Epitélio pavimentoso estratificado: No entanto reveste outras áreas, porém sem queratina, como no caso do esôfago que é revestido por epitélio pavimentoso estratificado não queratinizado. Neste tecido existe uma camada superficial de queratina, como é o caso da pele.
  15. 15. Tecido Epitelial Epitélio cúbico estratificado: Possui células epiteliais com formato cúbico em diversas camadas.
  16. 16. Tecido Epitelial Epitélio estratificado de transição: Este tipo de epitélio caracteriza-se por ter as células mais superficiais com formatos diversificados. É encontrado na bexiga e no ureter.
  17. 17. Tecido Epitelial Pseudo-estratificado: É constituído por somente uma camada de células que se prendem à membrana basal, porém com tamanhos diferenciados. Este tipo de epitélio é encontrado na traquéia, fossas nasais e brônquios, e as células possuem cílios bem desenvolvidos, que tem a função de remoção de partículas estranhas oriundas do ar.
  18. 18. Tecido Epitelial Hanseníase É causada pelo bacilo de Hansen: um parasita que ataca a pele e nervos periféricos, mas pode afetar outros órgãos como o fígado, os testículos e os olhos. Não é, portanto, hereditária. Com período de incubação que varia entre três e cinco anos, sua primeira manifestação consiste no aparecimento de manchas dormentes, de cor avermelhada ou esbranquiçada, em qualquer região do corpo. Placas, caroços, inchaço, fraqueza muscular e dor nas articulações podem ser outros sintomas.
  19. 19. Tecido Epitelial Hanseníase Esta doença é capaz de contaminar outras pessoas pelas vias respiratórias, caso o portador não esteja sendo tratado. O tratamento e distribuição de remédios são gratuitos e, ao contrário do que muitas pessoas podem pensar, em face do estigma que esta doença tem, não é necessário o isolamento do paciente. Aliás, a presença de amigos e familiares é fundamental para sua cura. Durante este tempo, o hanseniano pode desenvolver suas atividades normais, sem restrições. Entretanto, reações adversas ao medicamento podem ocorrer e, nestes casos, é necessário buscar auxílio médico.
  20. 20. Tecido Epitelial Curiosidades: Sirenomelia ou disgenesia caudal Ocorre devido à formação insuficiente de mesoderma na porção caudal do disco embrionário. Como este mesoderma contribui para a formação dos membros inferiores, sistema urogenital e vértebras lombossacrais, o resultado é o aparecimento de anomalias nessas estruturas. Pode estar associado à diabetes gestacional.
  21. 21. Tecido Epitelial Evisceração e regressão caudal Falta de mesoderme na parede abdominal. Em geral, ocorre aborto no primeiro trimestre de gravidez.

×