• Share
  • Email
  • Embed
  • Like
  • Save
  • Private Content
Olho e visão
 

Olho e visão

on

  • 1,068 views

 

Statistics

Views

Total Views
1,068
Views on SlideShare
1,063
Embed Views
5

Actions

Likes
0
Downloads
15
Comments
0

1 Embed 5

http://oushquemerda.blogspot.com 5

Accessibility

Categories

Upload Details

Uploaded via as Microsoft PowerPoint

Usage Rights

© All Rights Reserved

Report content

Flagged as inappropriate Flag as inappropriate
Flag as inappropriate

Select your reason for flagging this presentation as inappropriate.

Cancel
  • Full Name Full Name Comment goes here.
    Are you sure you want to
    Your message goes here
    Processing…
Post Comment
Edit your comment

    Olho e visão Olho e visão Presentation Transcript

    • E VISÃO LH
      • Os olhos são bolsas membranosas cheias de líquido, embutidas em cavidades ósseas do crânio, as órbitas oculares. À eles estão associadas estruturas acessórias: pálpebras, supercílios (sobrancelhas), conjuntiva, músculos e aparelho lacrimal.
      • O formato do olho proporciona um esboço perfeito para o foco , seleção , absorção e regulagem da intensidade dos raios de luz. A interpretação das imagens transportadas ao olho pela luz acontece no cérebro.
      INTRODUÇÃO :
    • ANATOMIA DO OLHO HUMANO
    • O olho humano é limitado por três membranas:
      • A esclerótica, protetora, que forma na frente a córnea transparente;
      • A coróide, pigmentada e que assegura a nutrição, que se prolonga para a frente pela íris, com a pupila no meio, abertura variável segundo a intensidade de luz incidente;
      • A retina, nervosa e sensível ao excitante luminoso, ligada ao encéfalo pelo nervo óptico, e na qual se desenham as imagens que passam através dos meios anteriores transparentes do olho (córnea, humor aquoso, cristalino, humor vítreo).
    • CÓRNEA
      • Superfície frontal transparente do olho
      • Protege a região interna do olho
      • Atua como pára-brisa
    • ÍRIS E PUPILA
      • ÍRIS é a parte mais visível e colorida do olho de vertebrados no meio da íris, tem um oríficio de cor escura, chamdo de PUPILA, cuja função é controlar a quantidade de luz que entra no olho. Em um ambiente com muita luz, ocorre a miose (diminuição do diâmetro da pupila), ao passo que, com pouca luz, ocorre a midríase (aumento do diâmetro da pupila).
    • CRISTALINO:
      • É a "lente" do olho. É uma estrutura biconvexa, avascular e incolor, responsável pela projecção nítida da imagem na retina através da mudança de sua espessura promovida pelo músculo ciliar, mecanismo conhecido como acomodação.
      • Os músculos ciliares, no limite da íris e da coróide, fazem variar a convergência do cristalino, permitindo desta forma a acomodação, cuja amplitude diminui durante a velhice (presbitismo).
      CRISTALINO CRISTALINO RETINA CÓRNEA LONGE PERTO
    • RETINA
      • A Retina é uma membrana sensorial que recebe os raios luminosos. É uma extensão do nervo óptico que vai da entrada do globo ocular até ao orifício da pupila, é responsável pela formação de imagens.
      • A retina tem dois tipos de células receptoras os cones    células  que tem a capacidade de reconhecer as cores e os bastonetes tem a capacidade de reconhecer a luminosidade, estes convertem os raios luminosos em impulsos nervosos, os quais vão através do nervo óptico ao quiasma óptico e dai passam para o cérebro.
      • Em cada retina há cerca de 100 milhões de fotoreceptores (cones e bastonetes) que libertam moléculas neurotransmissoras a uma taxa que é máxima na escuridão e diminui, de um modo proporcional, com o aumento da intensidade luminosa. Esse sinal é transmitido depois à cadeia de células bipolares e células ganglionares.
    • IMAGEM DETALHADA SOBRE A RETINA E OS FOTORECEPTORES BASTONETES CONES RECEPTORES CÉLULAS PIGMENTADAS CÉLULAS BIPOLARES CÉLULAS GANGLIONARES SINAPSES FIBRAS NERVOSAS LUZ
    • NERVO ÓPTICO
      • Envia um impulso elétrico para o cérebro transmitindo a imagem
    • PONTO CEGO
      • Não há bastonetes nem cones onde o nervo óptico conecta com a retina, neste local nós não podemos transmitir a informação ou não podemos ‘ver’.
      • Todos os indivíduos possuem o ‘Ponto Cego’ em ambos os olhos.
      PONTO CEGO
    • O que é a Visão? (Conclusão)
      • A visão é um dos cinco sentidos que permite aos seres vivos dotados de órgãos adequados, aprimorarem a percepção do mundo. Como Ocorre ? Raios de luz que atingem o olho são convergidos por duas lentes para serem focados na retina (área nervosa no fundo do olho, responsável pela captação das imagens).  Essas duas lentes são a córnea, estrutura transparente localizada na parte mais anterior dos olhos com poder aproximado de 40 dioptrias (graus) e a outra é o cristalino, localizado no interior dos olhos com poder aproximado de 20 dioptrias.  As duas juntas levam a formação da imagem sobre a retina. O cristalino pode, através da mudança de sua curvatura, modificar o ponto de foco para longe e perto, fenômeno denominado de acomodação. As imagens que chegam na retina são captadas por receptores de cores e formas chamados cones e bastonetes e enviadas ao cérebro através do nervo óptico, onde serão codificadas e interpretadas. A íris é a estrutura responsável pela cor dos olhos e através de seu fechamento ou abertura (semelhante ao diafragma da máquina fotográfica), regula a intensidade de luz que entra.