Crise de fé

  • 206 views
Uploaded on

 

  • Full Name Full Name Comment goes here.
    Are you sure you want to
    Your message goes here
    Be the first to comment
    Be the first to like this
No Downloads

Views

Total Views
206
On Slideshare
0
From Embeds
0
Number of Embeds
3

Actions

Shares
Downloads
0
Comments
0
Likes
0

Embeds 0

No embeds

Report content

Flagged as inappropriate Flag as inappropriate
Flag as inappropriate

Select your reason for flagging this presentation as inappropriate.

Cancel
    No notes for slide

Transcript

  • 1. Crise de Fé
  • 2. EXT. CAFÉ - DIA No meio do nada, rodeado por paisagem ribatejana. Assim ouvimos uma voz, tal como a paisagem, calma e serena. JOVEM AQUELE (V.O) Deus. A minha mãe amava Deus e detestava o meu pai. INT. CAFÉ - DIA Tudo é velho. Não há ninguém sentado nas mesas. Apoiado numa delas está JOVEM AQUELE, de cigarro nos lábios, vestido com casaco de cabedal, óculos escuros e um vistoso terço de ouro ao pescoço. Todo ele transpira um estilo old school. JOVEM AQUELE (V.O) Eles viveram juntos até a caçadeira dele entrar numa conversa de ambos sobre o facto dela andar a dormir com o vizinho de cima, um espanhol chamado Jesus. A partir daí fui rebelde, faltei à catequese. Ele está indeciso entre DUAS CERVEJAS. DONO (O.S) Precisa de ajuda? Jovem Aquele deixa cair uma das cervejas ao chão. Atrapalhado pontapeia-a para longe e avança ao balcão recuperando o seu swag ala James Dean. DONO É tudo? Jovem Aquele apaga o cigarro e olha em volta. JOVEM AQUELE Pode ser... um morleys. DONO Não temos. JOVEM AQUELE Huh, huh. Então salazar... (CONTINUA)
  • 3. CONTINUA: 2. DONO Peço desculpa. Não temos. A confiança do swag de Jovem Aquele desvanece ligeiramente. JOVEM AQUELE Então e camelo? EXT. CAFÉ - DIA Jovem Aquele aparece com o cigarro amachucado nos lábios e acende-o. Ele leva o telemóvel ao ouvido. Ouve-se o som da FALTA DE REDE. Jovem Aquele guarda o telemóvel, olha para o relógio e anda dali para fora. EXT. CRUZAMENTO DE TERRA BATIDA - DIA Jovem Aquele observa um CARRO DESCAPOTÁVEL que aparece ao fundo. Ele dirige-se na direcção do mesmo e quando parece que se vão encontrar o descapotável continua, cobre Jovem Aquele de pó e pára no cruzamento. O pó dissipa-se e do descapotável sai AQUELA LOIRA, atraente e ingénua. Jovem Aquele dirige-se a ela sorridente, de braços abertos. Aquela Loira não está bem disposta. JOVEM AQUELE (em mau inglês) Love of me life. Correu tudo bem? AQUELA LOIRA Correu. JOVEM AQUELE Correu? AQUELA LOIRA Mais ou menos. Jovem Aquele abre a cerveja e bebe. Full swag de novo. JOVEM AQUELE Mais ou menos é bom. Podia só ser menos -- ou mais... (CONTINUA)
  • 4. CONTINUA: 3. AQUELA LOIRA Podia ser outra coisa podia. JOVEM AQUELE A parte difícil já passou. Agora está no ir. Jovem Aquele enfia a chave na bagageira. Aquela Loira está muito desconfortável. JOVEM AQUELE Achas que abra aqui? Ou lá? É que não sabemos onde "lá" é, percebes? Mas está cá não está? AQUELA LOIRA Estás a falar do quê? JOVEM AQUELE Do quê, o quê? O dinheiro. Abrir esta mala vai-me deixar feliz e contente não vai? Porque... quem assim o quer? AQUELA LOIRA Por favor não digas... JOVEM AQUELE Deus assim o quer. Jovem Aquele vai abrir a mala mas -- AQUELA LOIRA Não! -- Jovem Aquele hesita. AQUELA LOIRA Não abras. Estou com sede. Jovem Aquele coloca a cerveja na bagageira do carro. Aquela Loira bebe e de uma forma sensual, dirige-se a Jovem Aquele. AQUELA LOIRA Abre quando chegarmos. Aquela Loira deixa cerveja escorrer por si. AQUELA LOIRA Por favor. Por mim? Aquela Loira senta-se na bagageira, claramente colocada entre esta e Jovem Aquele. (CONTINUA)
  • 5. CONTINUA: 4. Ambos estão a ter um momento mas -- algo bate na bagageira e Aquela Loira entorna cerveja para cima de Jovem Aquele. JOVEM AQUELE (nervoso) Uou. Estamos a... isto é claramente perto do pecar. Aquela Loira repara que a bagageira abre e fecha-a logo. AQUELA LOIRA Não me estou a sentir bem... Jovem Aquele afasta Aquela Loira da bagageira. JOVEM AQUELE São só trocos da igreja, é como um empréstimo do Senhor. Assaltar bancos? Era pior. AQUELA LOIRA Como pior? Jovem Aquele abre a bagageira mas não olha lá para dentro. JOVEM AQUELE É propriedade privada, o Senhor não perdoa esse tipo de merdas. AQUELA LOIRA Eu acho que criei um problema novo com o Senhor. PADRE (O.S) Mas ainda o podes sarar minha filha! Jovem Aquele olha chocado para a bagageira onde está um PADRE deitado em moedas espalhadas por todo o lado.. Jovem Aquele fecha a bagageira. JOVEM AQUELE O padre... tu trouxeste o padre! Para que raio trouxeste tu o padre? PADRE (O.S) É um sinal de Deus... JOVEM AQUELE E o padre opina, tu raptaste um padre que opina. (CONTINUA)
  • 6. CONTINUA: 5. AQUELA LOIRA É não é? JOVEM AQUELE É o quê? AQUELA LOIRA Um sinal? Dos nossos erros, disto? Jovem Aquele não sabe o que dizer. Ele apanha a cerveja do chão e senta-se na bagageira. AQUELA LOIRA Já sei. Aquela Loira saca uma Bíblia da mala. JOVEM AQUELE Uei, tenho cara de Pedro Alvares Camões? Aquela Loira estende a Bíblia a Jovem Aquele e insiste. JOVEM AQUELE ´Tá be, tá bem. Clubezinho de leitura... EXT. CRUZAMENTO DE TERRA BATIDA - FIM DE TARDE Jovem Aquele folheia o fim da Bíblia deitado no banco de trás do descapotável. Aquela Loira olha para a IGREJA ao fundo, sentada na bagageira. PADRE (O.S) Já está? AQUELA LOIRA Já acabaste? JOVEM AQUELE Já acabei mas não tem nada. AQUELA LOIRA Vê com atenção. JOVEM AQUELE Eu vi mas sem índice é complicado. AQUELA LOIRA Pronto, e agora? (CONTINUA)
  • 7. CONTINUA: 6. PADRE (O.S) Agora é como as pombas. Aquela Loira salta do carro e abre a bagageira. AQUELA LOIRA Como as pombas? PADRE (O.S) Sim, liberta e eu voo daqui para fora minha filha. Jovem Aquele aproxima-se de Aquela Loira e do Padre. JOVEM AQUELE Nah, nah. Não está na bíblia ce la vie. Quer dizer, isto não é o manual de instrução para o que fazer em termos religiosos? PADRE É a palavra do senhor... JOVEM AQUELE A não, que só em palavras são umas oitocentas mil. De resto uma leitura super pessimista sobre os destinos da humanidade capaz de arruinar o dia do mais assíduo dos leitores... AQUELA LOIRA O que é que estás para aí a dizer? JOVEM AQUELE Nós temos um plano, não nos podemos desviar do caminho -- PADRE A religião é o caminho... AQUELA LOIRA Estás a ouvir? É errado. Nós, roubar, fugir... O Senhor nunca há-de perdoar nada disto! Tu estás errado! Aquela Loira começa a juntar as moedas num saco. JOVEM AQUELE E o padre está certo! Três quilos de trocos na bagageira e um padre que queres que faça com isto? (CONTINUA)
  • 8. CONTINUA: 7. AQUELA LOIRA Não sei. Devolver à igreja e rezar uns pais-nossos... PADRE E a verdade libertar-te-à! JOVEM AQUELE (ridiculamente desesperado) Cale a boca padre! Amor isto é uma fase passageira de óbvia paranóia cristã que o tempo há-de curar... Aquela Loira retira o saco cheio da bagageira. AQUELA LOIRA Não é uma doença! PADRE É a fé! JOVEM AQUELE Fé vai ser vê-lo num buraco se não se cala. AQUELA LOIRA Ele tem razão, se fugirmos somos condenados mais tarde. PADRE Redenção, o Senhor ama-nos a todos como parte de um! JOVEM AQUELE E eu? Eu estou a ser descartado padre! Sou uma parte descartável! Aquela Loira começa-se a afastar do carro. JOVEM AQUELE (CONTINUAÇÃO) Onde vais tu? AQUELA LOIRA Vou-me entregar ao Senhor. JOVEM AQUELE Excelente! Fica sabendo que... ir à igreja não te faz cristã -- é o mesmo que dizeres que te transformas num carro por viveres numa garagem! Jovem Aquele reage mal consigo mesmo pelo óbvio insulto fatela. Aquela Loira pára e olha para trás. (CONTINUA)
  • 9. CONTINUA: 8. AQUELA LOIRA És um falso, um pobre e estás a dois passos de te tornares um mitra condenado! Jovem Aquele arranca o crucifixo do pescoço e suspira, olha para o Padre e novamente para Aquela Loira. Ao fundo começa-se a ouvir sons agudos. JOVEM AQUELE É justo. Entregas-te a Jesus e deixas-me com um padre no porta-bagagens. AQUELA LOIRA Melhor de joelhos com ele do que contigo. Besta! Aquela Loira aponta-lhe o dedo do meio e continua a andar. O som revela-se serem sirenes. Jovem Aquele olha para o bolso, o telemóvel não está lá. O Padre, com um olhar inocente, mostra te-lo consigo. Jovem Aquele aceita a situação, não está chateado. JOVEM AQUELE Está a ver padre? Parece que vamos ter uma fuga com pedido de resgate seguido do normal tiroteio onde o refém é sacrificado... e que Deus nos proteja! Jovem Aquele pega no telemóvel e fecha a bagageira com força acertado na cabeça do Padre. Juntamente com o terço guarda-o no bolso, entra no carro e parte.