• Share
  • Email
  • Embed
  • Like
  • Save
  • Private Content
Dinamize - E-book mídias sociais I
 

Dinamize - E-book mídias sociais I

on

  • 785 views

Para compreender a relação das pessoas com as empresas nas redes sociais, primeiro é necessário estabelecer como o usuário se comporta neste ambiente e suas diferentes formas de expressão. Após ...

Para compreender a relação das pessoas com as empresas nas redes sociais, primeiro é necessário estabelecer como o usuário se comporta neste ambiente e suas diferentes formas de expressão. Após este momento, perceber a participação da comunicação digital nos atuais modelos de publicidade. Esta transição é marcada pela Era dos números, onde tudo, ou praticamente tudo, pode ser medido.

Statistics

Views

Total Views
785
Views on SlideShare
767
Embed Views
18

Actions

Likes
0
Downloads
23
Comments
0

2 Embeds 18

http://patymarketing.wordpress.com 10
http://wellsarto.wordpress.com 8

Accessibility

Categories

Upload Details

Uploaded via as Adobe PDF

Usage Rights

CC Attribution-NonCommercial LicenseCC Attribution-NonCommercial License

Report content

Flagged as inappropriate Flag as inappropriate
Flag as inappropriate

Select your reason for flagging this presentation as inappropriate.

Cancel
  • Full Name Full Name Comment goes here.
    Are you sure you want to
    Your message goes here
    Processing…
Post Comment
Edit your comment

    Dinamize - E-book mídias sociais I Dinamize - E-book mídias sociais I Document Transcript

    • MÉTRICA PARA MÍDIAS SOCIAIS UM MAR DE POSSIBILIDADES Parte I Dinamize Primeira edição - 2011
    • ÍNDICEINTRODUÇÃO ................................................................................... 2VOCÊ DIGITAL .............................................................................. 4TEMPO E ESPAÇO NO ONLINE...................................................... 6O MUNDO MUDOU ...................................................................... 9PRIMEIROS PASSOS ..................................................................... 12ALGUNS NÚMEROS ...................................................................... 14
    • 1
    • 2introduçãoPara compreender a relação das pessoascom as empresas nas redes sociais, primeiroé necessário estabelecer como o usuário secomporta neste ambiente e suas diferentesformas de expressão. Após este momento,perceber a participação da comunicaçãodigital nos atuais modelos de publicidade.Esta transição é marcada pela Era dosnúmeros, onde tudo, ou praticamente tudo,pode ser medido.Mas nem tudo são flores, pois métricas nãovivem só de compreensão e vontade.É necessário método e uma detalhadacompilação destes dados, de formaorganizada e coerente. O que demandatempo e como tempo é dinheiro, veremosmais afrente como tornar esta máxima omenor dos seus problemas.
    • 3“Aproveitem as métricas. A interneté repleta de números e você fazparte deste universo. Traduza estesresultados a favor do seu negócio ecrie cases de sucesso”Boa leitura.Gustavo Pereira.Gerente da Filial Rio de Janeiro.
    • 4você digitalNas redes sociais atualizamos fotos, mudamos temas,pensamentos do dia... enfim, moldamos a realidade dojeito que desejamos. Alguns perfis criados são maistímidos, outros totalmente previsíveis. Existem ossuper sinceros e os que extrapolam os limites dobom-senso. Ah sim, encontramos também os perfisapaixonados, capazes de tudo para demonstrar o seucarinho por determinada empresa.Perceba que a qualidade do relacionamento destaspessoas com as empresas está diretamente ligada aotipo de perfil criado.
    • 5 De uma forma ou de outra, as rede sociais estarão sempre ali, disponíveis para que as pessoas permitaminteragir a sua personalidade digital com os produtos eserviços de sua preferência. Precisamos, acima de tudo, compreender quais as necessidades que estes “personagens reais” possuem e com que freqüência querem se comunicar.
    • 6tempo e espaço no online Não é incomum encontrar em nosso dia-a-dia a realização do que o escritor português, e também publicitário, problematiza em sua célebre frase: “Navegar é preciso, viver não é preciso.”
    • 7Diferente de mundo não conectado, onde é difícilprecisar números e estatísticas de como e onde aspessoas interagem com as marcas que consomem,na web isso acontece de forma muito natural, poishoje navegar já não é mais preciso, éindispensável! É como se o tempo e espaço fossemunidos em uma única camada.
    • 8Podemos nos conectar com quem quisermose a qualquer momento. O “ontem” e o“amanhã” passaram a convivergenerosamente no "agora".Você e seus clientes estão online.O Brasil está online e o mundo cada vez mais.O que precisamos entender é como você esua empresa podem aproveitar estefenômeno para gerar bons negócios.ontem agora amanhã
    • 9O mundo mudou.A maioria das empresas, ao levarsua comunicação para a web, aindaencara as atividades nas mídias sociaiscomo apenas "fazer propaganda" em novosveículos de comunicação. Isso é um erro grave!A comunicação neste ambiente é controlada pelosconsumidores, não pelas marcas. Elas não mais podeminterferir neste processo. Trata-se de um mundo selvagem,estéril as convenções pragmáticas do antigo mercado publicitário.
    • 10As práticas de investimento publicitário foramconstruídas desde o início das propagandas maistradicionais e vêm se modificando muito pouco até então.A presença da nova comunicação, digitalizada einterativa, vêm provocando uma mudança adaptativadestas empresas aos novos modelos.
    • 11Investir em propaganda sempre foi um grandeparadigma, pois a estreita relação com o fator"retorno" é tão compulsória que perdemos aoportunidade de entender a qualidade nos roiprocessos de compra.Nós simplesmente deduzimos!
    • 12os primeiros passosAcostumadas ao modelo tradicional decomunicação, empresas e empresáriosbuscam saídas para aprender a convivercom este fenômeno libertador, chamado"mídias sociais".E é exatamente o impacto desta “liberdade”que dificulta a compreensão de como agirem meio a um ambiente de diálogo tãosimples e fluido.
    • 13Estar "online" possibilita algo novo, mas prefiro ver como um momentode espontaneidade, onde marca e consumidor coexistem semfronteiras. O fato é que agora as pessoas estão a frente da decisão deconsumo. Eles ditam as regras do jogo. Suas opiniões foramamplificadas com as diversas possibilidades oferecidas por esteambiente, absolutamente democrático.Uma simples conversa entre amigos sobre suas experiências comdeterminado produto, pode ganhar dimensões nunca vistasanteriormente. E o melhor é que na web, tudo, tudo pode e deve sercontabilizado. Você está pronto para escutar seus consumidores?
    • 14alguns números
    • 15Serviços, varejo, bens de consumo,telecomunicações, transporte, tecnologia, 77%mídia e correspondem a das empresas que utilizam e/ou monitoram mídias sociais. * fonte: deloitte.com.br via Social Media Club - msoma.wordpress.com
    • 16* fonte: deloitte.com.br via Social Media Club - msoma.wordpress.com