Your SlideShare is downloading. ×
0
Entendendo Webwriting
Entendendo Webwriting
Entendendo Webwriting
Entendendo Webwriting
Entendendo Webwriting
Entendendo Webwriting
Entendendo Webwriting
Entendendo Webwriting
Entendendo Webwriting
Entendendo Webwriting
Entendendo Webwriting
Entendendo Webwriting
Entendendo Webwriting
Entendendo Webwriting
Entendendo Webwriting
Entendendo Webwriting
Entendendo Webwriting
Entendendo Webwriting
Upcoming SlideShare
Loading in...5
×

Thanks for flagging this SlideShare!

Oops! An error has occurred.

×
Saving this for later? Get the SlideShare app to save on your phone or tablet. Read anywhere, anytime – even offline.
Text the download link to your phone
Standard text messaging rates apply

Entendendo Webwriting

334

Published on

No meio digital a quantidade de informações cresce vertiginosamente a cada dia que passa. Infelizmente a qualidade de muitas dessas informações são comprometidas devido a falta de cuidado com o seu …

No meio digital a quantidade de informações cresce vertiginosamente a cada dia que passa. Infelizmente a qualidade de muitas dessas informações são comprometidas devido a falta de cuidado com o seu desenvolvimento. Para suprir essa necessidade é interessante que saibamos escrever para a web.
Para isso, nada mais importante do que aprendermos e usarmos os conceitos de webwriting, um conjunto de técnicas e estudos que nos auxiliam na redação para a web.

Published in: Business
0 Comments
3 Likes
Statistics
Notes
  • Be the first to comment

No Downloads
Views
Total Views
334
On Slideshare
0
From Embeds
0
Number of Embeds
1
Actions
Shares
0
Downloads
19
Comments
0
Likes
3
Embeds 0
No embeds

Report content
Flagged as inappropriate Flag as inappropriate
Flag as inappropriate

Select your reason for flagging this presentation as inappropriate.

Cancel
No notes for slide

Transcript

  • 1. Entendendo Webwriting Gestão da Informação Digital
  • 2. O que é Webwriting?  Conjunto de técnicas que auxiliam na distribuição de conteúdo informativo em ambientes digitais  A preocupação é como um todo, seja ela ícone, foto, filme, som e, claro, texto  Provavelmente o termo será substituído por Gestão da Informação Digital Entendendo Webwriting 2
  • 3. Quando surgiu?  Jakob Nielsen foi quem deu a devida importância ao estudo da informação para a mídia digital  Em março de 1997 publicou o resultado de seus testes para o comportamento do texto no ambiente digital online  Foi constatado que o usuário exige uma boa formatação de texto para a web Entendendo Webwriting 3
  • 4. Princípios do Webwriting  Persuasão  Objetividade  Navegabilidade  Visibilidade Entendendo Webwriting 4
  • 5. Princípios do Webwriting  Persuasão:  Dê atenção ao que é produzido  Revise minuciosamente as informações antes de disponibilizá-las  O que fortalece o conteúdo de um sítio é o retorno do usuário, seja através de uma pesquisa ou contato pelo ‘Fale Conosco’ Entendendo Webwriting 5
  • 6. Princípios do Webwriting  Objetividade  Fornecer a informação sem rodeios  Tudo que o usuário procura é acesso à informação  Desenvolva cada aspecto da informação apresentada em um parágrafo Entendendo Webwriting 6
  • 7. Princípios do Webwriting  Navegabilidade  É onde o link ganha importância  Pode ser ainda:  Linear: o usuário segue a estrutura sugerida  Não-linear: o visitante acessa a informação na ordem que desejar  Só inclua links ao longo do texto quando for complementar a informação  Links de assuntos correlatos devem vir sempre após o texto Entendendo Webwriting 7
  • 8. Princípios do Webwriting  Visibilidade  Não dê destaque apenas para a informação recém lançada  Lidar com o conteúdo de um sítio como se tudo fosse material noticioso é um vício da mídia impressa que não se aplica ao ambiente virtual  Apoie-se em uma boa organização hierárquica da informação para facilitar o acesso às informações não-recentes Entendendo Webwriting 8
  • 9. Componentes da informação na web  Chamada  Conteúdo genérico  Conteúdo expandido  Conteúdo restrito  Imagem  Áudio e vídeo Entendendo Webwriting 9
  • 10. Componentes da informação na web  Chamada  Texto breve que funciona como um atrativo para o conteúdo genérico  O título deve incluir a palavra-chave que define a informação que logo será apresentada  Abuse de verbos e expressões como ‘conheça’, ‘descubra’, ‘consulte’ e etc. Entendendo Webwriting 10
  • 11. Componentes da informação na web  Conteúdo genérico  Texto principal sobre determinado tema  Contextualiza o usuário sobre o tema e o estimula para que queira saber mais  Em geral, possui entre 15 e 25 linhas Entendendo Webwriting 11
  • 12. Componentes da informação na web  Conteúdo expandido  Textos que abordam aspectos que vão além das questões jornalísticas básicas, já respondidas no conteúdo genérico  Oferece uma visão detalhada  Principal responsável pelo retorno do usuário Entendendo Webwriting 12
  • 13. Componentes da informação na web  Conteúdo restrito  Oferece informações especiais, privadas ou confidencias, por isso só podem ser vistam por determinados usuários  Necessitam que usuário se cadastre e faça autenticação para visualizar as informações  Uma das premissas aqui é que haja atualização rígida das informações Entendendo Webwriting 13
  • 14. Componentes da informação na web  Imagem  Fotografias, ilustrações e ícones  Complementam a informação textual  Jamais deve repetir um aspecto abordado por outro componente Entendendo Webwriting 14
  • 15. Componentes da informação na web  Áudio e vídeo  Arquivos de som e imagem  Utilizar quando há aspectos da informação com potencial de grande impacto emocional  Quando bem utilizado, garante transparência e credibilidade ao sítio Entendendo Webwriting 15
  • 16. Arquitetura da Informação (A.I.)  Tarefa de estruturar e distribuir as áreas, principais e secundárias  Tornam as informações fáceis de serem identificadas  Toram a navegação intuitiva Entendendo Webwriting 16
  • 17. Arquitetura da Informação (A.I.)  Princípios (Palavras de Ordem):  Organizar: sugere diversas opções de construção para um ambiente digital como um todo e para suas áreas secundárias  Navegar: lida com o aprendizado, tanto na aquisição da informação pelo usuário, quanto na percepção de como ele navega pelos ambientes digitais  Nomear: estuda de que maneira as áreas serão identificadas  Buscar: ensina como indexar a informação para que sua procura seja tranquila Entendendo Webwriting 17
  • 18. Espero que tenham gostado  Wérmeson da S. Lopes  Estudante de Sistemas de Informação na instituição Faculdade Paraíso do Ceará, e atuante na área de Desenvolvimento Web no NexTI (Núcleo de Informação em Tecnologia da Informação) que se localiza dentro da mesma instituição.  http://www.slideshare.net/WermesonSL  http://twitter.com/wermezoom  http://www.facebook.com/WermesonSL  http://br.linkedin.com/in/wermeson  Acompanhe dicas e artigos sobre desenvolvimento web em : http://www.webnossa.blogspot.com/ Referências  BRUNO RODRIGUES. Manual de Redação na Web. ed. 3. Disponível em http://comuniquese.ifrs.edu.br/file s/Manual%20de%20reda%C3%A 7%C3%A3o%20para%20a%20w eb.pdf>. Acesso em 25 de agosto de 2013.  CNC. Manual de Webwriting. Disponível em http://www.cnc.org.br/sites/default /files/arquivos/manual-webwriting- cnc_versaoweb_14.12.2011.pdf. Acesso em 25 de agosto de 2013. Entendendo Webwriting 18

×