Aula4 comunicação aula_5_relatórios_atas_ctb_adm

1,658
-1

Published on

PROGRAMA MARANHÃO PROFISSIONAL-COORDENAÇÃO REGIONAL URE SÃO JOÃO DOS PATOS:WALTER ALENCAR DE SOUSA (programamaranhaoprofissional.blogspot.com.br)-PROFESSOR ALDEIR LOPES-AUXILIAR DE ADMINISTRAÇÃO-AULA 04.

Published in: Education
0 Comments
0 Likes
Statistics
Notes
  • Be the first to comment

  • Be the first to like this

No Downloads
Views
Total Views
1,658
On Slideshare
0
From Embeds
0
Number of Embeds
6
Actions
Shares
0
Downloads
82
Comments
0
Likes
0
Embeds 0
No embeds

No notes for slide

Aula4 comunicação aula_5_relatórios_atas_ctb_adm

  1. 1. • AULA 4 • 4. Comunicação interna e interpessoal nas organizações • 4.1 O que é comunicação organizacional? • 4.2 Tipos de comunicação • 4.3 - Objetivos da comunicação nas empresas • 4.4- Comunicação Interpessoal • 4.5 – Formas de comunicação • 4.6 - Uma comunicação nada eficaz • 4.7 - A informação com meio facilitador da comunicação Blog:programamaranhaoprofissional.blogspot.com.br COORDENAÇÃO URE SÃO JOÃO DOS PATOS: WALTER ALENCAR DE SOUSA UNIVIMA - QUALIFICAÇÃO PROFISSIONAL Professor Aldeir Lopes
  2. 2. UNIVIMA - QUALIFICAÇÃO PROFISSIONAL Professor Aldeir Lopes COORDENAÇÃO URE SÃO JOÃO DOS PATOS: WALTER ALENCAR DE SOUSA Blog:programamaranhaoprofissional.blogspot.com.br
  3. 3. COMUNICAÇÃO INTERNA E INTERPESSOAL NAS ORGANIZAÇÕES • Dentro das empresas a comunicação toma várias direções de acordo com os objetivos que se quer alcançar, estes objetivos determinam que ferramentas serão utilizadas. UNIVIMA - QUALIFICAÇÃO PROFISSIONAL Professor Aldeir Lopes COORDENAÇÃO URE SÃO JOÃO DOS PATOS: WALTER ALENCAR DE SOUSA Blog:programamaranhaoprofissional.blogspot.com.br
  4. 4. TIPOS DE COMUNICAÇÃO •A comunicação se divide em: comunicação verbal e comunicação não verbal. •A COMUNICAÇÃO VERBAL envolve participação, transmissão e trocas de conhecimento e experiências. UNIVIMA - QUALIFICAÇÃO PROFISSIONAL Professor Aldeir Lopes COORDENAÇÃO URE SÃO JOÃO DOS PATOS: WALTER ALENCAR DE SOUSA Blog:programamaranhaoprofissional.blogspot.com.br
  5. 5. • A comunicação verbal pode ser: INTERNA, quando o processo acontece dentro da empresa e EXTERNA, quando o processo ultrapassa os limites da empresa, ocorrendo entre a própria empresa e funcionários ou instituições e pessoas de fora da empresa UNIVIMA - QUALIFICAÇÃO PROFISSIONAL Professor Aldeir Lopes COORDENAÇÃO URE SÃO JOÃO DOS PATOS: WALTER ALENCAR DE SOUSA Blog:programamaranhaoprofissional.blogspot.com.br
  6. 6. Quanto à transmissão da mensagem, a comunicação ocorre de duas formas: ORAL e ESCRITA. UNIVIMA - QUALIFICAÇÃO PROFISSIONAL Professor Aldeir Lopes COORDENAÇÃO URE SÃO JOÃO DOS PATOS: WALTER ALENCAR DE SOUSA Blog:programamaranhaoprofissional.blogspot.com.br
  7. 7. COMUNICAÇÃO NÃO VERBAL O propósito deste tipo de informação é exprimir sentimentos sem usar a palavra. Exemplo: balançar a cabeça para indicar um “sim”, levantar o polegar para indicar que está tudo bem. UNIVIMA - QUALIFICAÇÃO PROFISSIONAL Professor Aldeir Lopes COORDENAÇÃO URE SÃO JOÃO DOS PATOS: WALTER ALENCAR DE SOUSA Blog:programamaranhaoprofissional.blogspot.com.br
  8. 8. Muitas vezes, a comunicação não acontece de forma eficaz em virtude da falta de habilidade do emissor e/ou receptor, constituindo-se verdadeiras barreiras. UNIVIMA - QUALIFICAÇÃO PROFISSIONAL Professor Aldeir Lopes Blog:programamaranhaoprofissional.blogspot.com.br COORDENAÇÃO URE SÃO JOÃO DOS PATOS: WALTER ALENCAR DE SOUSA
  9. 9. UNIVIMA - QUALIFICAÇÃO PROFISSIONAL Professor Aldeir Lopes COORDENAÇÃO URE SÃO JOÃO DOS PATOS: WALTER ALENCAR DE SOUSA Blog:programamaranhaoprofissional.blogspot.com.br
  10. 10. UNIVIMA - QUALIFICAÇÃO PROFISSIONAL Professor Aldeir Lopes COORDENAÇÃO URE SÃO JOÃO DOS PATOS: WALTER ALENCAR DE SOUSA Blog:programamaranhaoprofissional.blogspot.com.br
  11. 11. UNIVIMA - QUALIFICAÇÃO PROFISSIONAL Professor Aldeir Lopes COORDENAÇÃO URE SÃO JOÃO DOS PATOS: WALTER ALENCAR DE SOUSA Blog:programamaranhaoprofissional.blogspot.com.br
  12. 12. COMUNICAÇÃO INTERPESSOAL •É a maneira como você se comunica e se relaciona com as pessoas à sua volta. •A forma como você reage às pessoas, como você interage com elas, suas emoções, ações e atitudes UNIVIMA - QUALIFICAÇÃO PROFISSIONAL Professor Aldeir Lopes COORDENAÇÃO URE SÃO JOÃO DOS PATOS: WALTER ALENCAR DE SOUSA
  13. 13. • A comunicação interpessoal é o processo de criação de relações sociais entre pelo menos duas pessoas que participam num processo de interação. UNIVIMA - QUALIFICAÇÃO PROFISSIONAL Professor Aldeir Lopes COORDENAÇÃO URE SÃO JOÃO DOS PATOS: WALTER ALENCAR DE SOUSA Blog:programamaranhaoprofissional.blogspot.com.br
  14. 14. •A comunicação interpessoal, pode ser definida como o processo pelo qual a informação é trocada e entendida por duas ou mais pessoas, normalmente com o intuito de motivar ou influenciar o comportamento UNIVIMA - QUALIFICAÇÃO PROFISSIONAL Professor Aldeir Lopes COORDENAÇÃO URE SÃO JOÃO DOS PATOS: WALTER ALENCAR DE SOUSA Blog:programamaranhaoprofissional.blogspot.com.br
  15. 15. FORMAS DE COMUNICAÇÃO Veículos utilizados pela comunicação interna Relatórios – Circulares – Boletins – Atas – Ofício – Memorando – Carta - E-mail UNIVIMA - QUALIFICAÇÃO PROFISSIONAL Professor Aldeir Lopes COORDENAÇÃO URE SÃO JOÃO DOS PATOS: WALTER ALENCAR DE SOUSA Blog:programamaranhaoprofissional.blogspot.com.br
  16. 16. ATIVIDADES 1 - Comente cada afirmativa abaixo, destacando se as mesmas são verdadeiras ou falsas. (a) A comunicação interpessoal é o processo de criação de relações sociais onde uma pessoa sozinha é responsável pelo bom andamento dos processos da empresa. (b) Nos processos de relações interpessoais que acontecem no interior das organizações, a comunicação figura como uma importante estratégia de gestão UNIVIMA - QUALIFICAÇÃO PROFISSIONAL Professor Aldeir Lopes COORDENAÇÃO URE SÃO JOÃO DOS PATOS: WALTER ALENCAR DE SOUSA programamaranhaoprofissional.blogspot.com.br
  17. 17. 1 - Comente cada afirmativa abaixo, destacando se as mesmas são verdadeiras ou falsas. (c) Comunicação interpessoal é a maneira como você se comunica e se relaciona com as pessoas à sua volta. (d) Não basta uma equipe ser formada de ótimos profissionais, estar motivada se não houver uma boa comunicação interpessoal UNIVIMA - QUALIFICAÇÃO PROFISSIONAL Professor Aldeir Lopes COORDENAÇÃO URE SÃO JOÃO DOS PATOS: WALTER ALENCAR DE SOUSA Blog:programamaranhaoprofissional.blogspot.com.br
  18. 18. 2 - O que pode fazer a comunicação não ser eficaz? 3 - Qual o principal objetivos da comunicação? 4 - No processo de comunicação, qual a etapa da mesma que revela que de fato a comunicação aconteceu? É a mensagem, o receptor, o canal ou o feedback? UNIVIMA - QUALIFICAÇÃO PROFISSIONAL Professor Aldeir Lopes COORDENAÇÃO URE SÃO JOÃO DOS PATOS: WALTER ALENCAR DE SOUSA Blog:programamaranhaoprofissional.blogspot.com.br
  19. 19. 5 - Qual é o emissor, código, mensagem, canal e receptor ... UNIVIMA - QUALIFICAÇÃO PROFISSIONAL Professor Aldeir Lopes COORDENAÇÃO URE SÃO JOÃO DOS PATOS: WALTER ALENCAR DE SOUSA Blog:programamaranhaoprofissional.blogspot.com.br
  20. 20. Emissor:local privado. Receptor: fumantes de cigarro Canal: método visual Código: linguagem verbal Mensagem: advertência contra o uso de cigarro em local privado UNIVIMA - QUALIFICAÇÃO PROFISSIONAL Professor Aldeir Lopes COORDENAÇÃO URE SÃO JOÃO DOS PATOS: WALTER ALENCAR DE SOUSA Blog:programamaranhaoprofissional.blogspot.com.br
  21. 21. Aula 5 FORMAS DE COMUNICAÇÃO Veículos utilizados pela comunicação interna dentro de uma empresa Relatórios – Circulares – Boletins – Atas – Ofício – Memorando – Carta - E-mail UNIVIMA - QUALIFICAÇÃO PROFISSIONAL Professor Aldeir Lopes COORDENAÇÃO URE SÃO JOÃO DOS PATOS: WALTER ALENCAR DE SOUSA Blog:programamaranhaoprofissional.blogspot.com.br
  22. 22. Veículos utilizados pela comunicação interna dentro de uma empresa. •Relatórios- são utilizados para o acompanhamento de alguns processos organizacionais, tendo uma certa periodicidade para sua elaboração, sendo necessária a avaliação de seus dados. UNIVIMA - QUALIFICAÇÃO PROFISSIONAL Professor Aldeir Lopes COORDENAÇÃO URE SÃO JOÃO DOS PATOS: WALTER ALENCAR DE SOUSA Blog:programamaranhaoprofissional.blogspot.com.br
  23. 23. • É uma maneira eficaz de manter o público interno bem informado. É um instrumento flexível, que oferece amplas possibilidades de exposição, tanto pelo volume, quanto pela apresentação gráfica, com a possibilidade do uso de imagens, gráficos e tabelas, o que facilita a compreensão. • Tem a finalidade de “prestar contas”, de maneira simples, das atividades realizadas pela instituição. UNIVIMA - QUALIFICAÇÃO PROFISSIONAL Professor Aldeir Lopes COORDENAÇÃO URE SÃO JOÃO DOS PATOS: WALTER ALENCAR DE SOUSA Blog:programamaranhaoprofissional.blogspot.com.br
  24. 24. • Atas - É o registro dos assuntos que foram tratados em uma reunião. • Normalmente após a redação da ata a mesma é copiada em um livro apropriado, só para esse fim, porque ela será lida no início da próxima reunião e deverá ser assinada por todos os membros nela citados como presentes. UNIVIMA - QUALIFICAÇÃO PROFISSIONAL Professor Aldeir Lopes COORDENAÇÃO URE SÃO JOÃO DOS PATOS: WALTER ALENCAR DE SOUSA Blog:programamaranhaoprofissional.blogspot.com.br
  25. 25. • Após assinada pelo secretário e por todos os presentes, a ata constitui prova de que houve a reunião, das decisões nela tomadas, e das manifestações de todos os participantes UNIVIMA - QUALIFICAÇÃO PROFISSIONAL Professor Aldeir Lopes COORDENAÇÃO URE SÃO JOÃO DOS PATOS: WALTER ALENCAR DE SOUSA Blog:programamaranhaoprofissional.blogspot.com.br
  26. 26. • Devido a ter como requisito não permitir que haja qualquer modificação posterior, o seu formato renuncia a quebras de linha eletivas, espaçamentos verticais e paragrafação, ocupando virtualmente todo o espaço disponível na página. UNIVIMA - QUALIFICAÇÃO PROFISSIONAL Professor Aldeir Lopes COORDENAÇÃO URE SÃO JOÃO DOS PATOS: WALTER ALENCAR DE SOUSA Blog:programamaranhaoprofissional.blogspot.com.br
  27. 27. • As características básicas da formatação de atas são: • Texto completamente contínuo, sem parágrafos ou listas de itens - ou seja, reduzido como se o texto inteiro fosse um único e longo parágrafo; UNIVIMA - QUALIFICAÇÃO PROFISSIONAL Professor Aldeir Lopes COORDENAÇÃO URE SÃO JOÃO DOS PATOS: WALTER ALENCAR DE SOUSA Blog:programamaranhaoprofissional.blogspot.com.br
  28. 28. • Números, valores, datas e outras expressões sempre representados por extenso; • Sem emprego de abreviaturas ou siglas; • Sem emendas, rasuras ou uso de corretivo; • Todos os verbos descritivos de ações da reunião usados no pretérito perfeito do indicativo (disse, declarou, decidiu...); UNIVIMA - QUALIFICAÇÃO PROFISSIONAL Professor Aldeir Lopes COORDENAÇÃO URE SÃO JOÃO DOS PATOS: WALTER ALENCAR DE SOUSA Blog:programamaranhaoprofissional.blogspot.com.br
  29. 29. • Caso a ata esteja sendo registrada diretamente em livro de atas manuscrito, os confortos da edição do texto não estarão disponíveis. Neste caso, se houver erro do Secretário, o mesmo deverá ser imediatamente corrigido sem rasurar ou emendar, mas sim usando o "digo", como no exemplo: "(...) O diretor propôs adquirir imediatamente vinte mil, digo, trinta mil unidades de matéria-prima (...)". UNIVIMA - QUALIFICAÇÃO PROFISSIONAL Professor Aldeir Lopes COORDENAÇÃO URE SÃO JOÃO DOS PATOS: WALTER ALENCAR DE SOUSA Blog:programamaranhaoprofissional.blogspot.com.br
  30. 30. • Caso perceba-se o erro apenas ao final da composição da ata, mas antes que a mesma seja assinada, pode-se retificar no término do texto, como no exemplo: "Em tempo: onde consta 'vinte mil unidades de matéria-prima', leia-se 'trinta mil unidades de matéria- prima‘.” • Veja a seguir um modelo de texto de ata. UNIVIMA - QUALIFICAÇÃO PROFISSIONAL Professor Aldeir Lopes COORDENAÇÃO URE SÃO JOÃO DOS PATOS: WALTER ALENCAR DE SOUSA Blog:programamaranhaoprofissional.blogspot.com.br
  31. 31. •Ata da reunião extraordinária para aprovação de despesa imprevista, realizada pela diretoria colegiada e conselho fiscal da Empresa X em nove de março de dois mil e oito, no gabinete da Direção- Geral da empresa, em seu edifício-sede situado em Marília - São Paulo. A reunião foi presidida pelo Diretor-Financeiro, José Luz da Rocha, secretariada por Antônio Meira e contou com a presença do Diretor de Recursos Humanos, Marcelo Firmino, do Diretor de Operações, Afonso Quezada, e de todos os integrantes do Conselho Fiscal da empresa, à exceção do Sr. Rogério Meira, cuja ausência foi previamente justificada. Inicialmente foi lida e aprovada a ata da reunião anterior, à exceção da seguinte ressalva: onde constou 'vinte mil unidades de matéria-prima', leia-se 'trinta mil unidades de matéria-prima'. Em seguida o Diretor-Financeiro solicitou ao Diretor de Operações que apresentasse suas estimativas de necessidade de realização de serviço extraordinário nas unidades fabris do estado do Paraná para o próximo trimestre, sendo atendido na forma de uma apresentação audiovisual que definiu os motivos para a realização de sete mil e duzentas horas extras por um total de mil e duzentos funcionários no período. Os aspectos relacionados à legislação trabalhista foram integralmente aprovados pelo Diretor de Recursos Humanos, e colocou-se em votação aberta junto ao conselho fiscal a disponibilização dos recursos para pagamento desta despesa não incluída no Plano Plurianual da Empresa X, resultando em aprovação unânime e imediata autorização de desembolso concedida ao Diretor-Financeiro. O Conselheiro Aníbal Pinheiro propôs a recomendação de que uma metodologia para estimativa de realização de serviço extraordinário seja incorporada a futuros planos plurianuais, tendo a moção sido aprovada por todos os presentes, e imediatamente incluída na pauta da próxima reunião ordinária da Diretoria Financeira. Nada mais havendo a tratar, foi lavrada por mim, Antônio Meira, a presente ata, assinada por todos os presentes acima nominados e referenciados. UNIVIMA - QUALIFICAÇÃO PROFISSIONAL Professor Aldeir Lopes COORDENAÇÃO URE SÃO JOÃO DOS PATOS: WALTER ALENCAR DE SOUSA Blog:programamaranhaoprofissional.blogspot.com.br
  32. 32. • ATENÇÃO • O essencial é lembrar que a ata não é uma transcrição de tudo o que foi falado, mas sim um documento que registra de forma resumida e clara as deliberações, resoluções e demais ocorrências de uma reunião. UNIVIMA - QUALIFICAÇÃO PROFISSIONAL Professor Aldeir Lopes COORDENAÇÃO URE SÃO JOÃO DOS PATOS: WALTER ALENCAR DE SOUSA Blog:programamaranhaoprofissional.blogspot.com.br
  33. 33. • Circulares– Tem um formato e tamanho menor que os relatórios, as circulares são utilizadas para comunicar resultados de pesquisas, relatórios, ações que devem ser acompanhadas por seus respectivos responsáveis. UNIVIMA - QUALIFICAÇÃO PROFISSIONAL Professor Aldeir Lopes COORDENAÇÃO URE SÃO JOÃO DOS PATOS: WALTER ALENCAR DE SOUSA Blog:programamaranhaoprofissional.blogspot.com.br
  34. 34. UNIVIMA - QUALIFICAÇÃO PROFISSIONAL Professor Aldeir Lopes SECRETARIA DA FAZENDA TESOURO DO ESTADO São Luís, 17 de dezembro de 1998. CIRCULAR GERAL N° 58 Prorroga o prazo para pagamento da Taxa de Cooperação sobre Bovinos. O DIRETOR-GERAL DO TESOURO DO ESTADO, no uso de suas atribuições, transmite as seguintes instruções: 1.0 - O prazo para pagamento da Taxa de Cooperação sobre Bovinos, fixado na Lei n° 4.948, de 28 de maio de 1998, fica prorrogado, no corrente exercício, até 30 de dezembro, nos termos da Lei n° 7.034, de 10 de dezembro de 1998, publicada no Diário Oficial da mesma data. 2.0 - Expirado o prazo estabelecido no item anterior, o pagamento só será admitido com os acréscimos previstos nos artigos 71 e 73 da Lei n° 6.537, de 27 de fevereiro de 1995, alterada pela de n° 7.027, de 25 de novembro de 1998. Fulano de tal Diretor-Geral Publicado no D.O. de 21/12/98 MODELO DE CIRCULAR COORDENAÇÃO URE SÃO JOÃO DOS PATOS: WALTER ALENCAR DE SOUSA Blog:programamaranhaoprofissional.blogspot.com.br
  35. 35. Boletins– Os boletins podem conter matérias de interesse do público externo, dependendo do objetivo estabelecido para o mesmo. UNIVIMA - QUALIFICAÇÃO PROFISSIONAL Professor Aldeir Lopes COORDENAÇÃO URE SÃO JOÃO DOS PATOS: WALTER ALENCAR DE SOUSA Blog:programamaranhaoprofissional.blogspot.com.br
  36. 36. • Memorando - É uma comunicação escrita, rápida e interna, somente para funcionários e operários. Não é tão formal quanto a carta comercial ou ofício. • É uma comunicação interna das empresas, utilizada entre os vários setores para encaminhar, solicitar, pedir, distribuir ora informações ou documentos, ora material ou relatórios etc. UNIVIMA - QUALIFICAÇÃO PROFISSIONAL Professor Aldeir Lopes COORDENAÇÃO URE SÃO JOÃO DOS PATOS: WALTER ALENCAR DE SOUSA Blog:programamaranhaoprofissional.blogspot.com.br
  37. 37. UNIVIMA - QUALIFICAÇÃO PROFISSIONAL Professor Aldeir Lopes COORDENAÇÃO URE SÃO JOÃO DOS PATOS: WALTER ALENCAR DE SOUSA Blog:programamaranhaoprofissional.blogspot.com.br
  38. 38. • Carta - É um documento simples, pois nela podem aparecer a narração, a descrição, a reflexão ou o parecer dissertativo. • O que determina a abordagem, a linguagem e os aspectos formais de uma carta é o m a que ela se destina: um amigo, um negócio, um interesse pessoal, uma pessoa amada, um familiar, um seção de jornal ou revista. UNIVIMA - QUALIFICAÇÃO PROFISSIONAL Professor Aldeir Lopes COORDENAÇÃO URE SÃO JOÃO DOS PATOS: WALTER ALENCAR DE SOUSA Blog:programamaranhaoprofissional.blogspot.com.br
  39. 39. • Ofício - O ofício é uma correspondência oficial enviada a alguém, normalmente funcionário ou autoridade pública. • E-mail – sistema de transmissão de informações que permite a comunicação entre pessoas por meio de serviço de correio eletrônico. UNIVIMA - QUALIFICAÇÃO PROFISSIONAL Professor Aldeir Lopes COORDENAÇÃO URE SÃO JOÃO DOS PATOS: WALTER ALENCAR DE SOUSA Blog:programamaranhaoprofissional.blogspot.com.br
  40. 40. Vejamos Alguns modelos UNIVIMA - QUALIFICAÇÃO PROFISSIONAL Professor Aldeir Lopes COORDENAÇÃO URE SÃO JOÃO DOS PATOS: WALTER ALENCAR DE SOUSA Blog:programamaranhaoprofissional.blogspot.com.br
  41. 41. 1) Qual a finalidade do requerimento? a) Encaminhar documentos. b) Pedir empréstimos. c) Efetuar solicitação a um órgão público. d) Firmar contrato de prestação de serviços COORDENAÇÃO URE SÃO JOÃO DOS PATOS: WALTER ALENCAR DE SOUSA Blog:programamaranhaoprofissional.blogspot.com.br UNIVIMA - QUALIFICAÇÃO PROFISSIONAL Professor Aldeir Lopes
  42. 42. 2) Assinale a alternativa que corresponde corretamente às regras de como redigir um email: a) Escrever tudo em negrito, redigir textos curtos. b) Redigir textos curtos, evitar negrito e exagerar nas abreviações. c) Evitar negrito e letras maiúsculas, nunca anexar arquivos. d) Evitar usar abreviaturas que não estejam de acordo com a norma gramatical brasileira. Blog:programamaranhaoprofissional.blogspot.com.br COORDENAÇÃO URE SÃO JOÃO DOS PATOS: WALTER ALENCAR DE SOUSA UNIVIMA - QUALIFICAÇÃO PROFISSIONAL Professor Aldeir Lopes
  43. 43. 3) No caso de uma procuração o outorgante representa a pessoa que: a) passa a procuração. b) que recebe a procuração. c) que reconhece a firma. d) que pratica atos em nome de outros. COORDENAÇÃO URE SÃO JOÃO DOS PATOS: WALTER ALENCAR DE SOUSA Blog:programamaranhaoprofissional.blogspot.com.br UNIVIMA - QUALIFICAÇÃO PROFISSIONAL Professor Aldeir Lopes
  44. 44. 4) Indique a alternativa na qual os três instrumentos são considerados correspondência comercial: a) Ofício, requerimento, telegrama. b) Carta, memorando, e-mail de negócio. c) Recibo, ofício, cartão postal. d) E-mail, procuração, convite para bodas de ouro. COORDENAÇÃO URE SÃO JOÃO DOS PATOS: WALTER ALENCAR DE SOUSA Blog:programamaranhaoprofissional.blogspot.com.brProfessor Aldeir Lopes UNIVIMA - QUALIFICAÇÃO PROFISSIONAL
  45. 45. 5) É uma comunicação escrita, rápida e interna, somente para funcionários e operários. Não é tão formal quanto a carta comercial ou ofício. a) ata b) relatório c) memorando d) ofício COORDENAÇÃO URE SÃO JOÃO DOS PATOS: WALTER ALENCAR DE SOUSA Blog:programamaranhaoprofissional.blogspot.com.br UNIVIMA - QUALIFICAÇÃO PROFISSIONAL Professor Aldeir Lopes

×