CURSO DE AUXILIAR DE CONTABILIDADEProfº ALDEIR LOPESCOORDENADOR REGIONAL– Prof. Walter Alencar www.professorwalteralencar....
CURSO DE AUXILIAR DE CONTABILIDADE – Prof. Aldeir LopesVeículos utilizados pela comunicação internadentro de uma empresa.•...
CURSO DE AUXILIAR DE CONTABILIDADE – Prof. Aldeir Lopes• É uma maneira eficaz de manter o públicointerno bem informado. É ...
CURSO DE AUXILIAR DE CONTABILIDADE – Prof. Aldeir Lopes• Circulares– Tem um formato e tamanhomenor que os relatórios, as c...
CURSO DE AUXILIAR DE CONTABILIDADE – Prof. Aldeir LopesBoletins– Os boletins podem conter matériasde interesse do público ...
• Memorando - É uma comunicação escrita,rápida e interna, somente para funcionários eoperários. Não é tão formal quanto a ...
• Carta - É um documento simples, pois nelapodem aparecer a narração, a descrição, areflexão ou o parecer dissertativo.• O...
• Ofício - O ofício é uma correspondência oficialenviada a alguém, normalmente funcionárioou autoridade pública.• E-mail –...
• Atas - É o registro dos assuntos que foramtratados em uma reunião.• Normalmente após a redação da ata a mesmaé copiada e...
• Após assinada pelo secretário e por todos ospresentes, a ata constitui prova de que houvea reunião, das decisões nela to...
• Devido a ter como requisito não permitir quehaja qualquer modificação posterior, o seuformato renuncia a quebras de linh...
• As características básicas da formatação deatas são:• Texto completamente contínuo, semparágrafos ou listas de itens - o...
• Números, valores, datas e outras expressõessempre representados por extenso;• Sem emprego de abreviaturas ou siglas;• Se...
• Caso a ata esteja sendo registradadiretamente em livro de atas manuscrito, osconfortos da edição do texto não estarãodis...
• Caso perceba-se o erro apenas ao final dacomposição da ata, mas antes que a mesmaseja assinada, pode-se retificar no tér...
•Ata da reunião extraordinária para aprovação de despesa imprevista, realizada pela diretoriacolegiada e conselho fiscal d...
• ATENÇÃO• O essencial é lembrar que a ata não é umatranscrição de tudo o que foi falado, mas simum documento que registra...
• Não se deixe levar pelo formalismo! Oimportante de uma ata é registrar comfidelidade e clareza o que se discutiu, semdei...
As instalações para arquivar documentosdevem ser:a) Úmidasb) Pouco iluminadasc) Contra incêndiod) Com bastante iluminação ...
É uma comunicação escrita, rápida e interna,somente para funcionários e operários. Não étão formal quanto a carta comercia...
O capital será tanto da iniciativa privadaquanto dos órgão públicos.a) Empresa privadab) Empresa mistac) Empresa rurald) E...
Relacione :a) Arquivo corrente b) Arquivo intermediárioc) Arquivo permanente d) Eliminação( ) Com uso pouco freqüente( ) D...
Relacione :a) Planejamento b) Direção ou coordenaçãoc) Controle d) Organização( ) Abrange as decisões entre os objetivoses...
Aula 4 aux.de contabilidade-aldeir
Upcoming SlideShare
Loading in...5
×

Aula 4 aux.de contabilidade-aldeir

484

Published on

AUXILIAR DE CONTABILIDADDE COM INFORMÁTICA - MARANHÃO PROFISSIONAL - C E EDISON LOBÃO - SÃO JOÃO DOS PATOS/MA - COORDENAÇÃO REGIONAL: WALTER ALENCAR - www.professorwalteralencar.com

Published in: Education
0 Comments
0 Likes
Statistics
Notes
  • Be the first to comment

  • Be the first to like this

No Downloads
Views
Total Views
484
On Slideshare
0
From Embeds
0
Number of Embeds
4
Actions
Shares
0
Downloads
34
Comments
0
Likes
0
Embeds 0
No embeds

No notes for slide

Aula 4 aux.de contabilidade-aldeir

  1. 1. CURSO DE AUXILIAR DE CONTABILIDADEProfº ALDEIR LOPESCOORDENADOR REGIONAL– Prof. Walter Alencar www.professorwalteralencar.com
  2. 2. CURSO DE AUXILIAR DE CONTABILIDADE – Prof. Aldeir LopesVeículos utilizados pela comunicação internadentro de uma empresa.•Relatórios- são utilizados para oacompanhamento de alguns processosorganizacionais, tendo uma certa periodicidadepara sua elaboração, sendo necessária aavaliação de seus dados.COORDENADOR REGIONAL– Prof. Walter Alencar www.professorwalteralencar.com
  3. 3. CURSO DE AUXILIAR DE CONTABILIDADE – Prof. Aldeir Lopes• É uma maneira eficaz de manter o públicointerno bem informado. É um instrumentoflexível, que oferece amplas possibilidades deexposição, tanto pelo volume, quanto pelaapresentação gráfica, com a possibilidade douso de imagens, gráficos e tabelas, o quefacilita a compreensão.• Tem a finalidade de “prestar contas”, demaneira simples, das atividades realizadaspela instituição.COORDENADOR REGIONAL– Prof. Walter Alencar www.professorwalteralencar.com
  4. 4. CURSO DE AUXILIAR DE CONTABILIDADE – Prof. Aldeir Lopes• Circulares– Tem um formato e tamanhomenor que os relatórios, as circulares sãoutilizadas para comunicar resultados depesquisas, relatórios, ações que devem seracompanhadas por seus respectivosresponsáveis.COORDENADOR REGIONAL– Prof. Walter Alencar www.professorwalteralencar.com
  5. 5. CURSO DE AUXILIAR DE CONTABILIDADE – Prof. Aldeir LopesBoletins– Os boletins podem conter matériasde interesse do público externo, dependendo doobjetivo estabelecido para o mesmo.COORDENADOR REGIONAL– Prof. Walter Alencar www.professorwalteralencar.com
  6. 6. • Memorando - É uma comunicação escrita,rápida e interna, somente para funcionários eoperários. Não é tão formal quanto a cartacomercial ou ofício.COORDENADOR REGIONAL– Prof. Walter Alencar www.professorwalteralencar.com
  7. 7. • Carta - É um documento simples, pois nelapodem aparecer a narração, a descrição, areflexão ou o parecer dissertativo.• O que determina a abordagem, a linguagem eos aspectos formais de uma carta é o m a queela se destina: um amigo, um negócio, uminteresse pessoal, uma pessoa amada, umfamiliar, um seção de jornal ou revista.COORDENADOR REGIONAL– Prof. Walter Alencar www.professorwalteralencar.com
  8. 8. • Ofício - O ofício é uma correspondência oficialenviada a alguém, normalmente funcionárioou autoridade pública.• E-mail – sistema de transmissão deinformações que permite a comunicaçãoentre pessoas por meio de serviço de correioeletrônico.COORDENADOR REGIONAL– Prof. Walter Alencar www.professorwalteralencar.com
  9. 9. • Atas - É o registro dos assuntos que foramtratados em uma reunião.• Normalmente após a redação da ata a mesmaé copiada em um livro apropriado, só paraesse fim, porque ela será lida no início dapróxima reunião e deverá ser assinada portodos os membros nela citados comopresentes.COORDENADOR REGIONAL– Prof. Walter Alencar www.professorwalteralencar.com
  10. 10. • Após assinada pelo secretário e por todos ospresentes, a ata constitui prova de que houvea reunião, das decisões nela tomadas, e dasmanifestações de todos os participantesCOORDENADOR REGIONAL– Prof. Walter Alencar www.professorwalteralencar.com
  11. 11. • Devido a ter como requisito não permitir quehaja qualquer modificação posterior, o seuformato renuncia a quebras de linha eletivas,espaçamentos verticais e paragrafação,ocupando virtualmente todo o espaçodisponível na página.COORDENADOR REGIONAL– Prof. Walter Alencar www.professorwalteralencar.com
  12. 12. • As características básicas da formatação deatas são:• Texto completamente contínuo, semparágrafos ou listas de itens - ou seja,reduzido como se o texto inteiro fosse umúnico e longo parágrafo;COORDENADOR REGIONAL– Prof. Walter Alencar www.professorwalteralencar.com
  13. 13. • Números, valores, datas e outras expressõessempre representados por extenso;• Sem emprego de abreviaturas ou siglas;• Sem emendas, rasuras ou uso de corretivo;• Todos os verbos descritivos de ações dareunião usados no pretérito perfeito doindicativo (disse, declarou, decidiu...);COORDENADOR REGIONAL– Prof. Walter Alencar www.professorwalteralencar.com
  14. 14. • Caso a ata esteja sendo registradadiretamente em livro de atas manuscrito, osconfortos da edição do texto não estarãodisponíveis. Neste caso, se houver erro doSecretário, o mesmo deverá serimediatamente corrigido sem rasurar ouemendar, mas sim usando o "digo", como noexemplo: "(...) O diretor propôs adquiririmediatamente vinte mil, digo, trinta milunidades de matéria-prima (...)".COORDENADOR REGIONAL– Prof. Walter Alencar www.professorwalteralencar.com
  15. 15. • Caso perceba-se o erro apenas ao final dacomposição da ata, mas antes que a mesmaseja assinada, pode-se retificar no término dotexto, como no exemplo: "Em tempo: ondeconsta vinte mil unidades de matéria-prima,leia-se trinta mil unidades de matéria-prima‘.”• Veja a seguir um modelo de texto de ata.COORDENADOR REGIONAL– Prof. Walter Alencar www.professorwalteralencar.com
  16. 16. •Ata da reunião extraordinária para aprovação de despesa imprevista, realizada pela diretoriacolegiada e conselho fiscal da Empresa X em nove de março de dois mil e oito, no gabinete da Direção-Geral da empresa, em seu edifício-sede situado em Marília - São Paulo. A reunião foi presidida peloDiretor-Financeiro, José Luz da Rocha, secretariada por Antônio Meira e contou com a presença doDiretor de Recursos Humanos, Marcelo Firmino, do Diretor de Operações, Afonso Quezada, e de todosos integrantes do Conselho Fiscal da empresa, à exceção do Sr. Rogério Meira, cuja ausência foipreviamente justificada. Inicialmente foi lida e aprovada a ata da reunião anterior, à exceção daseguinte ressalva: onde constou vinte mil unidades de matéria-prima, leia-se trinta mil unidades dematéria-prima. Em seguida o Diretor-Financeiro solicitou ao Diretor de Operações que apresentassesuas estimativas de necessidade de realização de serviço extraordinário nas unidades fabris do estadodo Paraná para o próximo trimestre, sendo atendido na forma de uma apresentação audiovisual quedefiniu os motivos para a realização de sete mil e duzentas horas extras por um total de mil e duzentosfuncionários no período. Os aspectos relacionados à legislação trabalhista foram integralmenteaprovados pelo Diretor de Recursos Humanos, e colocou-se em votação aberta junto ao conselho fiscala disponibilização dos recursos para pagamento desta despesa não incluída no Plano Plurianual daEmpresa X, resultando em aprovação unânime e imediata autorização de desembolso concedida aoDiretor-Financeiro. O Conselheiro Aníbal Pinheiro propôs a recomendação de que uma metodologiapara estimativa de realização de serviço extraordinário seja incorporada a futuros planos plurianuais,tendo a moção sido aprovada por todos os presentes, e imediatamente incluída na pauta da próximareunião ordinária da Diretoria Financeira. Nada mais havendo a tratar, foi lavrada por mim, AntônioMeira, a presente ata, assinada por todos os presentes acima nominados e referenciados.COORDENADOR REGIONAL– Prof. Walter Alencar www.professorwalteralencar.com
  17. 17. • ATENÇÃO• O essencial é lembrar que a ata não é umatranscrição de tudo o que foi falado, mas simum documento que registra de formaresumida e clara as deliberações, resoluçõese demais ocorrências de uma reunião.COORDENADOR REGIONAL– Prof. Walter Alencar www.professorwalteralencar.com
  18. 18. • Não se deixe levar pelo formalismo! Oimportante de uma ata é registrar comfidelidade e clareza o que se discutiu, semdeixar margem para alterações posteriores.Pense mais no conteúdo e menos no modelo,e você fará as atas mais efetivasCOORDENADOR REGIONAL– Prof. Walter Alencar www.professorwalteralencar.com
  19. 19. As instalações para arquivar documentosdevem ser:a) Úmidasb) Pouco iluminadasc) Contra incêndiod) Com bastante iluminação solarCOORDENADOR REGIONAL– Prof. Walter Alencar www.professorwalteralencar.com
  20. 20. É uma comunicação escrita, rápida e interna,somente para funcionários e operários. Não étão formal quanto a carta comercial ou ofício.a) atab) relatórioc) memorandod) ofícioCOORDENADOR REGIONAL– Prof. Walter Alencar www.professorwalteralencar.com
  21. 21. O capital será tanto da iniciativa privadaquanto dos órgão públicos.a) Empresa privadab) Empresa mistac) Empresa rurald) Empresa públicaCOORDENADOR REGIONAL– Prof. Walter Alencar www.professorwalteralencar.com
  22. 22. Relacione :a) Arquivo corrente b) Arquivo intermediárioc) Arquivo permanente d) Eliminação( ) Com uso pouco freqüente( ) Destruição de documentos e informações( ) Ainda ativos nos processos de trabalho efreqüentemente utilizados( ) Documentos preservadosCOORDENADOR REGIONAL– Prof. Walter Alencar www.professorwalteralencar.com
  23. 23. Relacione :a) Planejamento b) Direção ou coordenaçãoc) Controle d) Organização( ) Abrange as decisões entre os objetivosesperados e resultados alcançados.( ) Ordem nas coisas.( ) Ações futuras e recursos necessários pararealizar objetivos.( ) Orientar as pessoas para atingir os objetivospropostosCOORDENADOR REGIONAL– Prof. Walter Alencar www.professorwalteralencar.com
  1. A particular slide catching your eye?

    Clipping is a handy way to collect important slides you want to go back to later.

×