Uploaded on

 

  • Full Name Full Name Comment goes here.
    Are you sure you want to
    Your message goes here
    Be the first to comment
No Downloads

Views

Total Views
13,950
On Slideshare
0
From Embeds
0
Number of Embeds
1

Actions

Shares
Downloads
445
Comments
0
Likes
2

Embeds 0

No embeds

Report content

Flagged as inappropriate Flag as inappropriate
Flag as inappropriate

Select your reason for flagging this presentation as inappropriate.

Cancel
    No notes for slide

Transcript

  • 1. PERSONAL TRAINER MÉTODOS E APLICAÇÃO
  • 2. Princípios
    • Qualidade e presteza no atendimento.
    • clientela exigente e acostumada ao atendimento vip de outros profissionais e prestadores de serviços.
    • Qualidade e nível do quadro de profissionais .
    • capacitados e sensíveis às necessidades da clientela.
    • Qualidade e nível de instrumentos e aparelhagem empregados.
    • inovações tecnológicas .
  • 3. Afinal, Personal Trainer ou Personal Training? Personal = individual, particular. Training = treinamento, aprendizado - o serviço. Trainer = treinador - o profissional.
  • 4. O que o cliente leva na compra do Personal training?
    • Na saúde
    • Na aparência
    • No trabalho
    • No dia a dia
    • No comportamento
  • 5. Objetivos
    • Este sucesso deve-se principalmente, ao cumprimento dos seguintes objetivos:
    • Exclusividade;
    • Motivação;
    • Objetividade, segurança e eficiência;
    • Comodidade e vantagens;
    • Cumprimento dos objetivos e satisfação necessária ‘a continuidade do programa;
    • Demonstrar outros benefícios e alterações contínuas;
  • 6. Quais são as competências de um Personal Trainer?
    • A intervenção do profissional geralmente está descrita nas seguintes fases:
    • Análise e avaliação
    • Solicitação de exames complementares
    • Indicação
  • 7.
    • No planejamento das atividades
    • Na assessoria e orientação
    • Na escolha das melhores condições
    • No controle
  • 8.
    • Na Motivação
    • Na segurança
    • Nas reavaliações
    • Novo Planejamento
  • 9. Por que contratar um Personal Trainer?
    • O atendimento e acompanhamento individualizado.
    • Maior atenção na supervisão e correção dos exercícios.
    • Possibilidade de variação de modalidades e atividades de exercícios.
    • Comodidade na escolha e variações de locais para execução das aulas.
    • Escolha de horários compatíveis com a disponibilidade e rotina diária do cliente.
  • 10. Por que contratar um Personal Trainer?
    • Elaboração de programas com objetividade e eficiência , atendendo às expectativas do cliente e sua individualidade biológica.
    • Maior motivação causada pela presença do Personal para os dias de indisposição e falta de vontade para exercitar-se.
    • É o profissional que disponibiliza a maior possibilidade de qualidade de vida pela orientação da atividade física.
  • 11. A quem se destina?
    • saúde, a qualidade de vida, forma física e performance;
    • agenda comprometida ,
    • vida agitada e falta de tempo;
    • deseja privacidade;
    • necessita de exclusividade e atenção;
  • 12.
    • não gosta do barulho e agitação;
    • deseja aumentar a eficiência;
    • melhorar o quadro de saúde;
    • atendimento, orientação e atenção exclusivos, segurança e objetividade nos exercícios físicos.
  • 13. Em um estudo do mercado e do público alvo desse serviços, foram identificados os seguintes grupos:
    • Pessoas com baixo nível de atividade física, mas sem maiores riscos no quadro de saúde. Principais objetivos do grupo: - Estéticos. - Redução e manutenção do peso corporal. - Tonicidade muscular e combate à flacidez. - Combate e redução no nível de ansiedade e de estresse.
  • 14.
    • Grupos Especiais (com alguma limitação ou patologia no quadro de saúde, como hipertensos, diabéticos, gestantes,...). Principais objetivos do grupo: - Restauração e manutenção. - Prevenção no quadro de saúde.
    • Atletas amadores e profissionais. Principal objetivo do grupo: - Melhora da performance esportiva.
  • 15. Perfil Profissional do Personal Trainer na Cidade de São Paulo Prof. Roberto César de Oliveira
  • 16. Perfil Profissional do Personal Trainer na Cidade de São Paulo
  • 17. Os 63,62% representam os formados e pós-graduados, 29,99% representam os acadêmicos (1º ao 4º ano) e 6,36% apenas os com curso técnico.
  • 18.  
  • 19.  
  • 20. Quais são as variáveis utilizadas na sua avaliação física? Unanimidade nas variáveis bio-psico-sociais: Anamnese dos hábitos de saúde, nutricional e atlético; Avaliação antropométrica (medidas de circunferência); Avaliação da composição Corporal; Avaliação Postural;Testes físicos (RML, Resistência Aeróbia, Flexibilidade); Avaliação cardiológica com médico, através de teste ergométrico, foi considerada importante mas não obrigatória pela maioria dos entrevistados.
  • 21.  
  • 22.  
  • 23.  
  • 24.  
  • 25. Quais são os locais em que você ministra as suas aulas particulares? Todos afirmaram que ministravam aulas em mais de um local, atendendo a disponibilidade do aluno, porém, comprovando mais uma vez a questão 08 tivemos 86 votos para as academias, 70 votos para as residências, 46 para os parques, 25 para academias particulares (salas de ginástica em condomínio) e 01 voto para cada um em clubes, local próprio e USP.
  • 26.  
  • 27.  
  • 28.  
  • 29.  
  • 30. Verifica-se que o valor médio cobrado nas academias em sua maioria, está em torno de R$ 40,50 reais e que há um desconto dos professores, considerando que o aluno tem que pagar outras despesas da academia (matricula, mensalidade, avaliação física, carteirinha, etc).
  • 31.  
  • 32.  
  • 33. Conclusão: o personal trainer atuante na cidade de São Paulo é um profissional de Ed. Física, atuando com excelente remuneração comparado à outras áreas, com boa qualificação universitária, interagindo com diversas áreas de saúde e alternativas, valorizando o trabalho individualizado. Percebe-se deste professor uma dificuldade em conseguir novos clientes fora das academias em função de pouca ou nenhuma propaganda externa. Caracteriza-se também, um profissional com pouco conhecimento em marketing (esportivo) e administração do próprio negócio, mesmo por que não obteve informação na universidade, porém buscando o seu respeito e reconhecimento perante a sociedade. 
  • 34.
    • Personal Trainer - Conceitos Aonde pode ser implantado ?
    • Na residência ou no local de trabalho do cliente
    • Logradouros públicos
    • Estúdios, centros ou clínicas de treinamento personalizado
    • Hotéis, flat"s e condomínios .
    • Centros de estética, clínicas, "SPAs", centros de saúde, hospitais .
    • Academias
    • Consultoria
  • 35.
    • Personal Trainer - Conceitos
    • Objetivos e preferências do aluno
    • A tividade física X avaliação física e exames complementares ₌ aptidões físicas relacionadas à saúde, o desenvolvimento de qualidades físicas.
  • 36.
    • Atividades Prescritas:
    • Exercícios Aeróbios: Caminhada, corrida, ciclismo, natação, dança de salão,...
    • Exercícios de Força ou Resistidos: Musculação, ginástica localizada, hidroginástica,...
    • Exercícios de Flexibilidade ou mobilidade: Alongamentos, exercícios de flexibilidade,...
  • 37. Como registrar e calcular? Desenvolvi-mento de software exclusivo Excel ou Softwares comerciais Cálculos manuais com calculadora Cálculos e programas (softwares) Notebook e pda's (palm) Computador Diário de treino e planilhas Registro e tratamento dos dados
  • 38. O que avaliar ? Pela FC por Freqüêncimentros ou pelo Lactato com o uso do Lactímetro. Pela Freqüência cardíaca pela palpação ou Freqüêncimentos cardíacos Escala subjetiva de esforço de Borg Intensidade do esforço Aparelho de Pressão de Mercúrio com pedestal Aparelho de Pressão Aneróide e digitais Aparelho de Pressão Aneróide Pressão Arterial Freqüêncimentos Freqüêncimentos cardíacos. Palpação da artéria em pontos específicos Freqüência cardíaca Paquímetro de metal antropométrico Paquímetro de metal da construção ou industria Paquímetro de plástico Diâmetros ósseos Trena antropométrica metálica com 2m Trena antropométrica em fibra de vidro Fita de costureira ou trena metálicas de construção Perímetros Estadiômetro de parede Estadiômetro em balanças Trena Estatura Balanças digitais Balanças mecânicas Balanças portáteis Peso
  • 39. Uso de um aparelho Isoocinético Dinamômetros Teste de campo Resistência e Força Pesagem hidrostática ou DEXA Compasso de dobras e bioimpedância Trena e protocolos de perimetria Composição Corporal Filmagem com software específicos e radiografias.  Uso do simetrógrafo Observação com uso de uma linha de prumo Analise Postural Uso da ergoespirometria com análise de gases Uso do ventilômetro com a análise do fluxo ventilatório Estimativas em testes de campo, banco, e outros ergômetros Capacidade Aeróbia Flexômetro ou Flexímetro, Goniômetro e Inclinômetro Banco de Wells Teste de sentar e alcançar adaptado ou Flexiteste Flexibilidade
  • 40.
    • Pré-requisitos recomendados para a inserção ao mercado:
    • Graduação em Educação Física
    • Registro no CONFEF/CREF"s
    • Conhecimento da legislação pertinente
    • Cursos de extensão e especialização
    • Vivência prática, estágios e orientações de entidades e profissionais qualificados e formação de Know-how
    • Domínio de idioma estrangeiro e de informática
    • Capacitação empresarial
    • Pesquisar a viabilidade e saturação do mercado
    • Aprimoramento de técnicas de vendas, marketing e atendimento.
  • 41.
    • Principais limitações de um Personal em sua atuação profissional:
    • Atualização e reciclagem em sua área de atuação. Poder da oratória e da fluência verbal , falando com desenvoltura com o cliente.
    • Falta de noções mercadológicas, administrativas, marketing e jurídicas.
    • Falta de foco e de planejamento estratégico .
    • Clareza na elaboração e venda de seus serviços.
  • 42.
    • Personal Trainer - Obras sugeridas
    • Como Montar um Centro de Treinamento Físico Personalizado Autor : Fausto Arantes Porto Brasília – DF – SEBRAE
    • Manual do Personal Trainer Autor : Carlos Eduardo Cossenza Ernani Bevilaqua Contursi Rio de Janeiro – Sprint – 1998
    • Manual do Personal Trainer Autor : Teri S. O’ Brien Tradução : Tatiana Passos Zyberberg São Paulo – Manole – 1998
    • Personal Training Autor : Carlos Eduardo Conssenza Rio de Janeiro – Sprint – 1996
    • Manual do Personal Trainer Brasileiro Autor: Luiz Antônio Domingues Filho São Paulo – Icone Editora – 1998
  • 43.
    • Metodologia do Desenvolvimento do Personal Training Autor : Ângelo Peruca Londrina - Editora Midiograf – 1999
    • Personal Training Autor : Carlos Eduardo Conssenza Rio de Janeiro – Sprint – 1996
    • Personal Training Autor : Luiz Otávio Moscatello Phorte Editora
    • Personal Training e Condicionamento Físico em Academia Autor : Jefferson S. Novaes Jeferson M. Vianna Rio de Janeiro – Shape – 1998
    • Personal Training Manual para avaliação e prescrição de condicionamento físico Autor : Walace Monteiro Rio de Janeiro – Sprint – 1998
  • 44.
    • Personal Training : Material Prático de uso Diário Autor : Antônio Eduardo Rodriguês da Silva São Paulo – Fitness Brasil – 1995
    • Personal Training para Grupos Especiais Autor : Carlos Eduardo Cossenza Nelson Carvalho Rio de Janeiro – Sprint – 1997
    • Personal Training uma Abordagem Metodológica Autor : Roberto Cesar Oliveira São Paulo – Editora Atheneu
    • Seu Preparador Físico Particular Autor : David H. Brass Rio de Janeiro – Infobook, 1995
    • Treinamento Personalizado Uma Abordagem Didático Metodológica Autor: Arthur Guerrini Monteiro São Paulo - Editora : Phorte
  • 45. Fim