www.videoaulagratisapoio.com.br - Biologia - Introdução à Citologia

1,701 views
1,585 views

Published on

Biologia - VideoAulas Sobre Introdução à Citologia– Faça o Download desse material em nosso site. Acesse www.videoaulagratisapoio.com.br

Published in: Education
0 Comments
6 Likes
Statistics
Notes
  • Be the first to comment

No Downloads
Views
Total views
1,701
On SlideShare
0
From Embeds
0
Number of Embeds
15
Actions
Shares
0
Downloads
0
Comments
0
Likes
6
Embeds 0
No embeds

No notes for slide

www.videoaulagratisapoio.com.br - Biologia - Introdução à Citologia

  1. 1. Biologia
  2. 2. Ao final desta aula será importante entenderAo final desta aula será importante entender os seguintes conceitos:os seguintes conceitos: • A descoberta das célulasA descoberta das células • A microscopia e suas funçõesA microscopia e suas funções • A Teoria Celular e suas principaisA Teoria Celular e suas principais característicascaracterísticas • Do que composto as células, osDo que composto as células, os constituintes orgânicos e inorgânicos,constituintes orgânicos e inorgânicos, ressaltando suas características eressaltando suas características e funçõesfunções
  3. 3. Introdução à CitologiaIntrodução à Citologia • CitologiaCitologia (do grego kytos = célula e logos =(do grego kytos = célula e logos = estudo): é a parte da biologia que estuda aestudo): é a parte da biologia que estuda a célula.célula. • Célula:Célula: “É a unidade morfológica e funcional dos“É a unidade morfológica e funcional dos seres vivos”.seres vivos”. • Histórico: Descoberta da CélulaHistórico: Descoberta da Célula – Robert HookeRobert Hooke (1665) fez a primeira(1665) fez a primeira observação da célula utilizando um fragmentoobservação da célula utilizando um fragmento de cortiça.de cortiça.
  4. 4. O Mundo MicroscópicoO Mundo Microscópico • Zacharias Janssen – 1591Zacharias Janssen – 1591 • Leeuwenhoek -1632-1723Leeuwenhoek -1632-1723 • Robert Hooke - 1663Robert Hooke - 1663
  5. 5. Microscópio ÓpticoMicroscópio Óptico
  6. 6. Microscópio EletrônicoMicroscópio Eletrônico
  7. 7. A Teoria CelularA Teoria Celular • Proposta por Mathias Schleiden eTheodorProposta por Mathias Schleiden eTheodor Schwann. Dizia que:Schwann. Dizia que: • Todos os seres vivos são formados por células;Todos os seres vivos são formados por células; • As células são as unidades fisiológicas de vida;As células são as unidades fisiológicas de vida; • Toda célula se origina de outra preexistente.Toda célula se origina de outra preexistente. Agora responda a seguinte questão:Agora responda a seguinte questão:
  8. 8. (UFMG) Qual foi a estrutura celular observada por Robert Hooke? Resposta: Hooke observou apenas paredes celulares de células mortas
  9. 9. Composição Química daComposição Química da Matéria VivaMatéria Viva • Principais átomos: C, H, O, N, P, SPrincipais átomos: C, H, O, N, P, S • Principais Moléculas:Principais Moléculas:  70 a 80% de Água70 a 80% de Água  10 a 15% de Proteína10 a 15% de Proteína  2 a 3% de Lipídio2 a 3% de Lipídio  1% de Glicídio1% de Glicídio  1% de Ácidos Nucléicos1% de Ácidos Nucléicos  1% de Sais Minerais1% de Sais Minerais
  10. 10. Constituinte QuímicoConstituinte Químico InorgânicoInorgânico
  11. 11. ÁguaÁgua Estrutura molecular da águaEstrutura molecular da água • Uma molécula de água é formada por dois átomos de hidrogênio ligados aUma molécula de água é formada por dois átomos de hidrogênio ligados a um átomo de oxigênio. A água é uma molécula polar.um átomo de oxigênio. A água é uma molécula polar. • Moléculas polarizadas ou moléculas polares.Moléculas polarizadas ou moléculas polares.
  12. 12. Propriedades da ÁguaPropriedades da Água • Solvente UniversalSolvente Universal : Capacidade de dissolver muitas: Capacidade de dissolver muitas substâncias.substâncias.
  13. 13. • Calor específico : é a quantidade de calor necessária para elevar em 1 ºC a temperatura de 1g dessa substância. • Reguladora da Temperatura • Coesão e Adesão: coesão atração entre as moléculas; adesão- atração entre moléculas de água e de outras substâncias polares. Tensão superficial: coesão entre as moléculas da superfície, formando uma "rede".
  14. 14. • Conceito de Capilaridade: sobe por capilar devido a força de adesão e coesão geradas pelas moléculas.
  15. 15. Sais MineraisSais Minerais São substâncias inorgânicas formadas por íons.São substâncias inorgânicas formadas por íons. Principais sais:Principais sais: • CálcioCálcio • SódioSódio • IodoIodo • FerroFerro • FlúorFlúor • MagnésioMagnésio • ZincoZinco • FósforoFósforo • CobreCobre
  16. 16. Constituinte QuímicoConstituinte Químico OrgânicoOrgânico
  17. 17. LipídiosLipídios São ésteres derivados de ácidos graxosSão ésteres derivados de ácidos graxos superiores em reação com álcoois.superiores em reação com álcoois.
  18. 18. Classificação dos LipídiosClassificação dos Lipídios • GlicerídiosGlicerídios • CerasCeras • EsteróidesEsteróides • FosfolipídiosFosfolipídios • CarotenóidesCarotenóides
  19. 19. Glicídios ou CarboidratosGlicídios ou Carboidratos São aldoses ou cetoses de função mista.São aldoses ou cetoses de função mista.
  20. 20. Classificação dos GlicídiosClassificação dos Glicídios • MonossacarídiosMonossacarídios : mais: mais simples, apresentam entre 3 asimples, apresentam entre 3 a 7 átomos de carbono na7 átomos de carbono na molécula. Fórmula Geralmolécula. Fórmula Geral Cn(H2O)n.Cn(H2O)n.
  21. 21. • DissacarídiosDissacarídios : São glicídios: São glicídios constituídos pela união de doisconstituídos pela união de dois monossacarídios.monossacarídios.
  22. 22. • PolissacarídiosPolissacarídios : são formados: são formados por milhares de monossacarídiospor milhares de monossacarídios interligados.interligados. Glicogênio
  23. 23. Funções dos CarboidratosFunções dos Carboidratos • Energética:Energética: Conversão em ATP na respiraçãoConversão em ATP na respiração celular;celular; • Estrutural:Estrutural: Exoesqueleto de Artrópodes,Exoesqueleto de Artrópodes, Glicocálix, Parede celular nos vegetais;Glicocálix, Parede celular nos vegetais; • Reserva Energética:Reserva Energética: Amido nos vegetais eAmido nos vegetais e Glicogênio em animais e fungos;Glicogênio em animais e fungos;
  24. 24. ProteínasProteínas • ComponentesComponentes fundamentais defundamentais de todos os seres vivos.todos os seres vivos. • Formadas pela uniãoFormadas pela união de seqüência dede seqüência de aminoácidos.aminoácidos. Grupo amina Grupo carboxila
  25. 25. H2O Ligação peptídica Constituição Química das ProteínasConstituição Química das Proteínas Os AminoácidosOs Aminoácidos
  26. 26. Classificação dos AminoácidosClassificação dos Aminoácidos • Composição: 20 aminoácidosComposição: 20 aminoácidos Essenciais = 9 tipos Obtenção através da alimentação. Não essenciais = 11 tipos As células produzem.
  27. 27. Fórmula Estrutural dasFórmula Estrutural das ProteínasProteínas Estrutura Primária Estrutura Secundária Estrutura Terciária Estrutura Quaternária
  28. 28. Funções das ProteínasFunções das Proteínas • EstruturalEstrutural • Defesa (anticorpos)Defesa (anticorpos) • Enzimática, catalisando asEnzimática, catalisando as reações químicas.reações químicas. • MovimentoMovimento
  29. 29. EnzimasEnzimas BiocatalisadorasBiocatalisadoras – Aceleram o processo das reações– Aceleram o processo das reações químicas nas células.químicas nas células. Alta especificidadeAlta especificidade -- reagem com uma substânciareagem com uma substância específica chamada substrato.específica chamada substrato. Sítios ativosSítios ativos – local da enzima onde ocorre a reação com o substrato.– local da enzima onde ocorre a reação com o substrato. Modelo chave-fechaduraModelo chave-fechadura –– cada enzima um substrato, semcada enzima um substrato, sem desgaste da enzima.desgaste da enzima.
  30. 30. Fatores que influenciam as atividades enzimáticasFatores que influenciam as atividades enzimáticas pH Concentração do substrato Temperatura
  31. 31. Ácidos NucléicosÁcidos Nucléicos • São constituídos por três tipos de componentes:São constituídos por três tipos de componentes: glicídiosglicídios do grupo das pentoses,do grupo das pentoses, ácido fosfóricoácido fosfórico ee basesbases nitrogenadasnitrogenadas.. • Organizando-se em trios moleculares denominadosOrganizando-se em trios moleculares denominados nucleotídiosnucleotídios.. • Com duas funções específicas: a) coordenar a síntese proteica b) transmitir informações genéticas aos descendentes.
  32. 32. Tipos de Ácidos NucléicosTipos de Ácidos Nucléicos RNA (ácido ribonucleico) DNA (Ácido desoxirribonucléico)
  33. 33. DNA e RNA As Bases Nitrogenadas BASES PÚRICAS • ADENINA (A) (DNA e RNA) • GUANINA (G) (DNA e RNA) BASES PIRIMÍDICAS • CITOSINA (C) (DNA e RNA) • TIMINA (T) (DNA) • URACILO (U) (RNA)
  34. 34. DNA e RNA As Bases Nitrogenadas
  35. 35. Agora responda as seguintes questões sobre a composição química da célula: (UFRS) Por que as células de intensa atividade possuem maior quantidade de água do que as células de pequena atividade metabólica? Resposta: O metabolismo celular é acionado por enzimas que só entram em atividade na presença de água.
  36. 36. (UFRS) Durante muito tempo acreditou-se que os carboidratos tinham funções apenas energéticas para os organismos. O avanço do estudo desses compostos, porém, permitiu descobrir outros eventos biológicos relacionados aos carboidratos. Ciência hoje. V.39., 206. (adapt.). Baseado no texto e em seus conhecimentos, é incorreto afirmar que: a) os carboidratos são fundamentais no processo de transcrição e replicação, pois participam da estrutura dos ácidos nucléicos. b) os carboidratos são importantes no reconhecimento celular, pois estão presentes externamente na membrana plasmática, onde eles formam o glicocálix. c) os triglicérides ou triacilglicerídeos, carboidratos importantes como reserva energética, são formados por carbono, hidrogênio e oxigênio. d) tanto quitina, que forma a carapaça dos artrópodes, quanto a celulose, que participa da formação da parede celular, são tipos de carboidratos. e) o amido, encontrado nas plantas, e o glicogênio, encontrado nos fungos e animais, são exemplos de carboidratos e têm como função a reserva de energia.
  37. 37. Resposta: C Explicação da resposta: Os carboidratos são caracterizados pela fórmula estrutural comum (CH2O)n e também são denominados hidratos de carbono, glicídios ou açúcares. São fundamentalmente associados as processo de fotossíntese realizada pelos vegetais, tendo por funções básicas e extração de energia metabólica a ser usada pelas células e a formação de estruturas, como a parede celular vegetal e o exoesqueleto dos artrópodes. Dentro da função estrutural, muitas funções associadas podem surgir, como no caso das pentoses ribose e desoxirribose, componentes do RNA e DNA, respectivamente, associados às funções de transcrição e replicação do material genético. Na membrana plasmática animal encontram-se carboidratos associados às proteínas, formando o glicocálix, importante tanto para o reconhecimento celular quanto para aumentar a aderência entre as células de um mesmo tecido. Convém lembrar que os fungos, assim como os animais, utilizam o glicogênio como açúcar de reserva, fato bem colocado na alternativa “e”. Triglicérides são lipídios, do grupo dos glicerídios, formados pela união de um álcool (no caso, o glicerol) com moléculas de ácidos graxos, não se enquadrando, portanto, no grupo dos carboidratos.
  38. 38. (CESGRANRIO-RJ) Os esteróides são lipídeos bem diferentes dos glicerídeos e das ceras, apresentando uma estrutura de composta de quatro anéis de átomos de carbono interligados. O colesterol é um dos esteróides mais conhecidos, devido a associação com as doenças cardiovasculares. No entanto, este composto é muito importante para o homem, uma vez que desempenha uma serie de funções. Cite duas principais funções do colesterol. Resposta: O colesterol é um grande grupo de compostos solúveis em gordura. O colesterol está presente no nosso organismo e pode ser proveniente de fonte da alimentação ou produzido pelo fígado. O colesterol no organismo tem função de produzir certos hormônios, fazendo parte da testosterona e estrógeno, hormônios que participam da regulação do metabolismo. A maioria do colesterol é utilizada pelo fígado para produzir sais biliares utilizados na digestão das gorduras. O corpo pode ter produção de colesterol suficiente para suas necessidades e quando ingerimos colesterol nos alimentos o fígado tenta compensar, diminuindo a produção

×