Pythonbrew

411 views
352 views

Published on

Pythonbrew - Como instalar e usar múltiplos Pythons e múltiplos ambientes de desenvolvimento Python independentes em uma mesma máquina.

Published in: Technology
0 Comments
0 Likes
Statistics
Notes
  • Be the first to comment

  • Be the first to like this

No Downloads
Views
Total views
411
On SlideShare
0
From Embeds
0
Number of Embeds
103
Actions
Shares
0
Downloads
4
Comments
0
Likes
0
Embeds 0
No embeds

No notes for slide

Pythonbrew

  1. 1. Pythonbrew Múltiplas versões do Pythone múltiplos ambientes de desenvolvimento na mesma máquina Victor Oliveira da Silva
  2. 2. Pythonbrew● Permite instalar diferentes versões do Python na $HOME do usuário● Pythons completamente isolados entre si e do sistema● Trabalha com o virtualenv, mas com uma sintaxe própria (e fácil) de utilização
  3. 3. Instalando Pythonbrew● Instalar as seguintes dependências * – sudo apt-get install curl build-essential libbz2-dev libsqlite3-dev zlib1g-dev libxml2-dev libxslt1-dev libreadline5 libreadline-gplv2-dev libgdbm-dev libxml2 libssl-dev tk-dev libgdbm-dev libexpat1-dev libncursesw5-dev● Executar os seguintes comandos no terminal – cd ~ – curl -kL http://xrl.us/pythonbrewinstall | bash● Editar o arquivo ~/.bashrc e adicionar o seguinte trecho no final dele: – [[ -s $HOME/.pythonbrew/etc/bashrc ]] && source $HOME/.pythonbrew/etc/bashrc * Testado no Ubuntu 12.10
  4. 4. Confirmando instalação● Feche o terminal e abra uma nova seção dele● Navegue para sua pasta $HOME – cd ~● Digite o seguinte comando – pythonbrew --version
  5. 5. Versões disponíveis do Python● Importante: todos comandos do pythonbrew funcionarão apenas quando se estiver na pasta $HOME do usuário, então, antes, sempre digite – cd ~● Para visualizar as versões de Python disponíveis, digite – pythonbrew list -k
  6. 6. Instalando um Python● Escolha um Python disponível (2.7.3 nesse exemplo), e instale-o com o seguinte comando – pythonbrew install 2.7.3
  7. 7. Usando Pythons do Pythonbrew● Uso temporário (até fechar o terminal) – pythonbrew use 2.7.3● Uso permanente – pythonbrew switch 2.7.3● Voltar a usar o Python do sistema – pythonbrew off
  8. 8. Instalando outro Python
  9. 9. Listando Pythons instalados● Comando – pythonbrew list
  10. 10. Consultar qual o Python ativo● Comando – which python
  11. 11. Remover algum Python● Comando – pythonbrew uninstall 2.7.3
  12. 12. Preparação para criar ambientes virtuais● Comando – pythonbrew venv init
  13. 13. Criando ambientes virtuais● “Use” a versão desejada do Python e execute o comando – pythonbrew venv create meu_ambiente_virtual
  14. 14. Criando ambientes virtuais (2)● Dois ambientes com Python 2.7 e outro com 3.3
  15. 15. Listando ambientes virtuais● Comando – pythonbrew venv list
  16. 16. Usando ambientes virtuais ● “Entrar” em um ambiente* (antes, deve-se estar “usando” o python correspondente ao ambiente em questão): – pythonbrew venv use nome_do_ambiente ● Instalar bibliotecas Python em um ambiente: entre no ambiente e instale as bibliotecas normalmente ● “Sair” de um ambiente ativo: – deactivate ● Remover um ambiente – pythonbrew venv delete nome_do_ambiente* Para entrar em um ambiente, sempre deve-se sair de qualquer outro ambiente que esteja ativo
  17. 17. Instalando Django 1.2 no ambiente 2_7_A
  18. 18. Instalando Django 1.4 no ambiente 2_7_B
  19. 19. Os ambientes são isolados e independentes
  20. 20. Listar pacotes instalados em um ambiente virtual● “Entre” o ambiente e execute o comando – pip freeze
  21. 21. Salvar lista de pacotes para instalá- los em outro ambiente
  22. 22. Instalar pacotes em um ambiente a partir da lista gerada anteriormente● “Entre” no ambiente alvo e execute: – pip install -r requirements.txt
  23. 23. Referências● http://pypi.python.org/pypi/pythonbrew/● http://suvashthapaliya.com/blog/2012/01/sandboxed- python-virtual-environments/● https://github.com/utahta/pythonbrew/issues/81

×