Relatório anual de atividades 2011.

  • 844 views
Uploaded on

Relatório de atividades do PET Engenharia de Pesca - UFC no ano de 2011

Relatório de atividades do PET Engenharia de Pesca - UFC no ano de 2011

More in: Education
  • Full Name Full Name Comment goes here.
    Are you sure you want to
    Your message goes here
    Be the first to comment
    Be the first to like this
No Downloads

Views

Total Views
844
On Slideshare
0
From Embeds
0
Number of Embeds
0

Actions

Shares
Downloads
4
Comments
0
Likes
0

Embeds 0

No embeds

Report content

Flagged as inappropriate Flag as inappropriate
Flag as inappropriate

Select your reason for flagging this presentation as inappropriate.

Cancel
    No notes for slide

Transcript

  • 1. MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO SECRETARIA DE EDUCAÇÃO SUPERIOR DIRETORIA DE DESENVOLVIMENTO DA REDE IFES Relatório Anual de Atividades – 2011 (01 de janeiro de 2011 a 31 de dezembro de 2011)1. IDENTIFICAÇÃO1.1. Instituição de Ensino Superior: Universidade Federal do Ceará1.2. Grupo: PET – Engenharia de Pesca1.3. Home Page do Grupo: http:petengpesca.blogspot.com1.4. Data da Criação do Grupo: agosto de 19941.5. Tema (somente para os grupos criados a partir dos lotes temáticos):1.6. Curso de graduação ao qual o grupo está vinculado: Engenharia de Pesca1.7. Habilitação oferecida pelo curso de graduação ao qual o grupo está vinculado: ( ) Licenciatura ( X ) Bacharelado ( ) Licenciatura e Bacharelado1.8. Nome do Tutor: Rosemeiry Melo Carvalho1.9. E-Mail do Tutor: rmelo@ufc.br1.10. Titulação e área:Doutora em Economia1.11. Data de ingresso do Tutor (mês/ano): fevereiro de 20061.12. Interlocutor do PET na IES: Custódio Luis Silva de Almeida1.13. E-Mail do Interlocutor : prograd@ufc.br1.14. Pró-Reitor de Graduação: Custódio Luis Silva de Almeida1.15. E-Mail do Pró-Reitor de Graduação: prograd@ufc.br
  • 2. 2. INFORMAÇÕES SOBRE OS BOLSISTAS E NÃO BOLSISTAS:a) Quadro de identificação:Especificar o mês/ano de ingresso no curso de graduação da IES e no programa PET, o período letivo que está cursado e ocoeficiente de rendimento escolar relativo ao último período letivo cursado, conforme quadro abaixo. Nome dos bolsistas Ingresso Ingresso no PET Período letivo Coeficiente na IES atual Atual de Rendimento Escolar Filipe Brasil Mariano 2007.2 2010 9º 7.7912 Francisco Marcelo de Lima 2008.1 2009 8º 7.636Francisco Regivânio Nascimento Andrade 2008.2 2009 7º 8.989 Gutemberg Costa de Lima 2008.1 2011 8º 8.603 Igor Gabriel Rodrigues Ferreira 2009.1 2010 6º semestre 7.3125 Gomes Jamille Martins Forte 2008.1 2010 8º semestre 8.108 Mirgon Conde Outeiral 2007.1 2010 10º semestre 7.9065 Nara Rúbia da Assunção Nunes 2007.1 2009 10º semestre 7.634 Sandra Vieira Paiva 2008.1 2010 8º semestre 8.5096 o Vanessa Tomaz Rebouças 2007.1 2009 10 semestre 8.7221 Nome dos não bolsistas Ingresso Ingresso no PET Período letivo Coeficiente na IES atual Atual de Rendimento Escolarb) Em caso de declínio no rendimento acadêmico do grupo e/ou de um bolsista ou não-bolsista emparticular, justifique.Não foi ocorreu declínio do rendimento do grupo ou dos bolsistas.
  • 3. 3. ATIVIDADES DESENVOLVIDAS PELO GRUPO3.1. Ensino/Pesquisa e Extensão3.1.1. Ensino(1) Natureza da Atividade Realizada: SeminárioTema: Construindo Artes de PescaCronograma de Execução da Atividade:Jan Fev Mar Abr Mai Jun Jul Ago Set Out Nov Dez XPúblico Alvo:Destinou-se aos alunos do curso de Engenharia de Pesca e à comunidade acadêmicaDescrição da Atividade:A atividade consistiu em capacitar os estudantes a montarem artes de pesca características daregião cearense; bem como possibilitou o manuseio de materiais utilizados na construção e aobservação de seus mecanismos de funcionamento. Permitiu ampliar o conhecimento sobre atecnologia pesqueira regional, bem como produzir peças que poderão ser usadas para aulaspráticas no departamento de Engenharia de Pesca.Promotores da atividade:A atividade foi realizada pelo grupo PET-Engenharia de PescaParceiros ou colaboradores da atividade:Prof. Dr. Reynaldo Marinho e Prof Msc Bruno Braulino BatistaJustificativa para realização da atividade:A atividade seguiu a previsão do planejamento das atividades do grupo, a iniciativa foi tomada pelanecessidade de capacitar e familiarizar os alunos com o manuseio de materiais utilizados naconstrução das artes de pesca e a observação de seus mecanismos de funcionamento,possibilitando um maior conhecimento sobre a tecnologia pesqueira regional.Resultados esperados com a atividade:Criar oportunidades para que os alunos recém ingressos conheçam diferentes áreas de atuação;integrar alunos bolsistas e voluntários do PET-Engenharia de Pesca e os demais alunos dagraduação; viabilizar o efeito multiplicador do PET sobre a comunidade acadêmica; trazerinformações extracurriculares; capacitar os participantes com novas técnicas que poderão serutilizadas nesse campo profissional; e, gerar um intercâmbio entre estudantes, pescadores eengenheiros de pesca.Resultados alcançados com a atividade:Integrou os alunos bolsistas do PET- Engenharia de Pesca e os demais alunos do curso. Preparouos alunos para o campo profissional, bem como forneceu um maior conhecimento na área detecnologia pesqueira.Comentário geral:A execução desta atividade foi favorecida pelas disponibilidades do Prof. Dr. Reynaldo Marinho e doProf. Msc. Bruno Braulino Batista. (2) Natureza da Atividade Realizada: Grupo de EstudosTema: Máquinas e Motores Marítimos, Físico-química, Tecnologia do Frio e Calor,Microbiologia do Pescado, Processamento do Pescado I e Processamento do Pescado II,Estatística Pesqueira, Limnologia, Ciências da ComputaçãoCronograma de Execução da Atividade:Jan Fev Mar Abr Mai Jun Jul Ago Set Out Nov Dez X X X X X X X X X X XPúblico Alvo:Alunos do curso de graduação em Engenharia de PescaDescrição da Atividade:Os grupos de estudos consistem em reuniões de alunos do curso e um ou mais bolsistas do PETque coordena cada grupo de estudo. Nesses encontros, o conteúdo abordado em sala de aula édiscutido; em alguns casos, são resolvidos exercícios.Participação dos bolsistas: atividade coletiva. Os bolsistas do grupo participam como membro dogrupo e/ou coordenador da atividade. Periodicamente, ocorre uma realocação dos bolsistas entre osgrupos e dos temas de estudo a serem tratados.
  • 4. Promotores da atividade:Atividade promovida pelo grupo PET-Engenharia de PescaParceiros ou colaboradores da atividade:Departamento de Engenharia de Pesca UFCJustificativa para realização da atividade:Essa ação complementa os temas tratados no âmbito do PET, estando previamente definida noPlanejamento de Atividades do Grupo. A iniciativa para a realização da atividade foi auxiliar osalunos do curso de graduação no aprendizado do conteúdo das disciplinas consideradas como “deelevado grau de dificuldade”. Essa atividade contribui para o desenvolvimento de novas práticas eexperiências pedagógicas, desde que todos os participantes atuam de maneira participativa naconstrução do conhecimento.Resultados esperados com a atividade:Criar oportunidades para gerar intercâmbio de conhecimento, bem como treinar a capacidade deargumentação científica entre os alunos.Resultados alcançados com a atividade:Integrou os alunos bolsistas do PET- Engenharia de Pesca e os demais alunos do curso. Permitiuuma aproximação entre o grupo e a comunidade acadêmica.(3) Natureza da Atividade Realizada: Monitorias Voluntárias do PETTema: Planctologia, Limnologia, Tecnologia Pesqueira II, Biologia Aquática III, Navegação I,Ciências da Computação.Cronograma de Execução da Atividade:Marque com X os meses de execução da atividade até a elaboração deste relatório.Jan Fev Mar Abr Mai Jun Jul Ago Set Out Nov Dez X X X X X X X X X X XPúblico Alvo:Direcionado aos alunos do curso de graduação em Engenharia de Pesca.Descrição da Atividade:O programa de monitoria voluntária dos bolsistas do PET-Engenharia de Pesca consiste em umauxílio voluntário dado pelos bolsistas aos professores e alunos nas aulas práticas e demaisatividades didáticas das disciplinas: Planctologia, Limnologia, Tecnologia Pesqueira II, BiologiaAquática III, Navegação I, Ciências da Computação.Participação dos bolsistas: atividade coletiva. Os bolsistas foram divididos em grupos para atenderaos alunos de cada disciplina. Em cada semestre os grupos são redefinidos de modo a capacitartodos os bolsistas nessas áreas de conhecimento.Promotores da atividade:Atividade promovida pelo grupo PET-Engenharia de Pesca UFCParceiros ou colaboradores da atividade:Professores das disciplinas de: Planctologia, Limnologia, Tecnologia Pesqueira II, Biologia AquáticaIII, Navegação I, Ciências da Computação.Justificativa para realização da atividade:Essa ação complementa os temas tratados no âmbito do PET, estando previamente definida noPlanejamento de Atividades do Grupo. Essa iniciativa visa complementar o apoio institucionaloferecido pela UFC referente ao programa de Monitoria. A contribuição dessa atividade para odesenvolvimento de novas práticas e experiências pedagógicas no curso diz respeito à maiorinteração entre os estudantes. Os benefícios acadêmicos obtidos são os ganhos intelectuaisadquiridos pelo grupo de alunos envolvido nessa prática.Resultados esperados com a atividade:Espera-se que os Bolsistas possam: contribuir com o aprendizado dos alunos que cursam asdisciplinas citadas; que auxiliem os professores na realização de aulas práticas e atividadescorrelatas; e que os bolsistas recebam capacitação para desenvolver tarefas em sala de aula.Resultados alcançados com a atividade:Com a realização dessa atividade foi possível auxiliar os alunos e professores das disciplinasmencionadas; os bolsistas desenvolveram capacitação para desenvolver tarefas em sala de aula.Comentário geral:A execução dessa atividade foi favorecida pela disponibilidade dos professores e alunos dasdisciplinas para as quais essa atividade foi direcionada.
  • 5. (4) Natureza da Atividade Realizada: CursoTema: AquarismoCronograma de Execução da Atividade:Jan Fev Mar Abr Mai Jun Jul Ago Set Out Nov Dez X XPúblico Alvo:Alunos do curso de Engenharia de Pesca e áreas afinsDescrição da Atividade:Dentre os aspectos a serem abordados constam: exposição de materiais utilizados em aquarismo,descrição de áreas de atuação, principais peixes ornamentais comercializados no Brasil.Promotores da atividade:PET-Engenharia de Pesca UFCParceiros ou colaboradores da atividade:Departamento de Engenharia de Pesca UFCJustificativa para realização da atividade:A atividade seguiu a previsão do planejamento das atividades do grupo, a iniciativa foi tomada pelanecessidade de expor aos alunos uma das diferentes áreas de atuação do profissional. Possibilitar omanuseio de materiais utilizados na construção e manutenção de aquários.Resultados esperados com a atividade:Trazer informações extracurriculares; capacitar os participantes com novas técnicas que poderãoser utilizadas nesse campo profissional; gerar um intercâmbio entre estudantes e engenheiros depesca.Resultados alcançados com a atividade:Integração entre os alunos bolsistas do PET- Engenharia de Pesca e os demais alunos do curso.Preparação dos alunos para o campo profissional de atividades relacionadas à aquariofilia.Comentário geral:A execução dessa atividade foi favorecida pela disponibilidade do aluno e interesse dos bolsistas edos alunos do curso foi fundamental para o desenvolvimento dessa atividade.(5) Natureza da Atividade Realizada: ProgramaTema: PROJETO PADRIN – Programa de Acompanhamento Discente aos Recém-ingressos.Cronograma de Execução da Atividade:Jan Fev Mar Abr Mai Jun Jul Ago Set Out Nov Dez X X X X X X X X X X XPúblico Alvo:Alunos recém-ingressos na graduação.Descrição da Atividade:Essa atividade teve como principais objetivos incrementar a comunicação entre PET e graduação;proporcionar uma integração dos alunos recém-ingressos entre si e com os membros do PET, bemcomo motivá-los em relação ao curso.Promotores da atividade:PET- Engenharia de Pesca UFCParceiros ou colaboradores da atividade:Departamento de Engenharia de Pesca UFC.Justificativa para realização da atividade:Essa atividade veio a complementar as ações tratadas no âmbito do PET, contudo não foipreviamente definida no Planejamento de Atividades do Grupo. A iniciativa da atividade surgiu como intuito não só de ajudá-los nas disciplinas e na jornada acadêmica durante o primeiro semestre decurso como, também, para motivá-los evitando futuras desistências desta graduação. O Projetocontribuiu com o rendimento acadêmico dos alunos envolvidos.Resultados esperados com a atividade:Contribuir com o rendimento acadêmico dos alunos e diminuir o número de desistências durante ocurso.Resultados alcançados com a atividade:Integrou os bolsistas e os alunos recém-ingressos. Incentivou a prática de estudo cooperativo dosalunos.
  • 6. Comentário geral:(6) Natureza da Atividade Realizada: CursoTema: CorrosãoCronograma de Execução da Atividade:Jan Fev Mar Abr Mai Jun Jul Ago Set Out Nov Dez X X X X XPúblico Alvo:Direcionado para os alunos dos cursos de graduação e pós-graduação em Engenharia de Pesca.Descrição da Atividade:Essa atividade foi realizada através de palestras apresentado pelo Professor Dr. Belmino Romero,do Departamento de Físico-química e seus orientados. Todos os demais bolsistas participaramcomo ouvintes.Promotores da atividade:Atividade promovida pelo grupo PET-Engenharia de Pesca UFCParceiros ou colaboradores da atividade:Departamento de Engenharia de Pesca UFCProfessor Dr. Belmino Romero, do Departamento de Físico-química da UFCJustificativa para realização da atividade:Fornecer aos bolsistas e alunos do curso de Engenharia de Pesca o conhecimento sobre corrosão,visto que o tema não é amplamente abordado no curso. Tornar possível o conhecimento prático doassunto e as atitudes a ser tomadas para prolongar ou até mesmo evitar os efeitos decorrentes decorrosõesResultados esperados com a atividade:Ampliar os conhecimentos dos alunos de graduação sobre corrosão e seus malefícios e formas dedirimi-la.Resultados alcançados com a atividade:Nessa atividade verificou-se uma grande interação e interesse dos alunos, servindo assim paraampliar seus conhecimentos sobre o assunto e denotar como ocorre a aplicação dos fundamentosteóricos obtidos em sala de aula na prática.Comentário geral:A execução dessa atividade foi favorecida pela disponibilidade do Professor Dr. Belmino Romero,do Departamento de Físico-química da UFC.
  • 7. 3.1.2. PesquisaPesquisas Coletivas(7) Natureza da Atividade Realizada: Pesquisa ColetivaTema: Levantamento das principais notícias relacionadas com a pesca, aquicultura e meioambienteCronograma de Execução da Atividade:Jan Fev Mar Abr Mai Jun Jul Ago Set Out Nov Dez X X X X X X X X X X X XPúblico Alvo:Comunidade acadêmica em geral e ao próprio grupoDescrição da Atividade:Consistiu basicamente na manutenção das notícias pertinentes ao curso sempre atualizadas.Tornou-se possível pelo empenho do grupo na procura das informações.Promotores da atividade:PET Engenharia de PescaParceiros ou colaboradores da atividade:Professores do curso, Tutora do grupo, Orientadores específicos.Justificativa para realização da atividade:A atividade de pesquisa é pertinente às atividades desenvolvidas no contexto do PET,complementando as ações de ensino e extensão. Vimos a necessidade de manter agraduação e pós-graduação atentos as mudanças relacionadas ao curso para que possam,desde o início do seu ingresso na IES, visualizar as possíveis áreas de trabalho e suasabrangências. Os benefícios acadêmicos dessa pesquisa destinaram-se não só aos bolsistase orientadores envolvidos, mas também à comunidade acadêmica e sociedade em geral, poisos conhecimentos gerados contribuem para o progresso da ciência.Resultados esperados com a atividade:Manter os alunos de graduação e pós-graduação constantemente atualizados em relação aosassuntos relevantes relacionados com a sua área profissional.Resultados alcançados com a atividade:Repasse dos resultados à comunidade através de cursos, atividades de extensão, produçãode material didático e artigos científicos divulgados em eventos e periódicos.Comentário geral:O interesse pelas notícias e pela divulgação das mesmas por parte dos alunos do cursofacilitaram o trabalho em conjunto com o grupo PET.(8) Natureza da Atividade Realizada: Pesquisa ColetivaTema: Construindo artes de pesca (rede de emalhar, tarrafa, espinhel) e nós.Cronograma de Execução da Atividade:Jan Fev Mar Abr Mai Jun Jul Ago Set Out Nov Dez X X X X X X X X X X XPúblico Alvo:Atividade destinada ao próprio grupoDescrição da Atividade:Consistiu na capacitação dos petianos por meio de grupos de estudos formados no decorrerdo 1º semestre, possibilitando a troca de informações e o acúmulo de saberes.Promotores da atividade:PET Engenharia de PescaParceiros ou colaboradores da atividade:Profº Dr. Reynaldo Marinho (Departamento de Eng. De Pesca)Justificativa para realização da atividade:A atividade de pesquisa é pertinente às atividades desenvolvidas no contexto do PET,complementando as ações de ensino e extensão. Realizada com o intuito de capacitar osbolsistas em novas técnicas que poderão ser utilizadas nesse campo profissional.Possibilitou o manuseio de materiais utilizados na construção e a observação de seusmecanismos de funcionamento, bem como a ampliação dos conhecimentos sobre atecnologia pesqueira regional.
  • 8. Resultados esperados com a atividade:Capacitar os bolsistas em novas técnicas que poderão ser utilizadas nesse campoprofissional; gerar um intercâmbio entre estudantes, pescadores e engenheiros de pesca;expor os resultados das pesquisas em feiras das profissões e atividades que envolvam acomunidade acadêmica.Resultados alcançados com a atividade:Realização de palestras e mini-cursos destinados aos estudantes do curso.Comentário geral:O interesse dos bolsistas e dos alunos do curso foi fundamental para o desenvolvimentodessa atividade.(9) Natureza da Atividade Realizada: Pesquisa ColetivaTema: Metodologias de Ensino de Educação Ambiental para Crianças e AdolescentesCronograma de Execução da Atividade:Jan Fev Mar Abr Mai Jun Jul Ago Set Out Nov Dez X X X X XPúblico Alvo: PET Engenharia de PescaDescrição da Atividade:A atividade consistiu na busca de informações, para direcionar uma melhor forma deabordagem do público alvo, por meio de livros e via internet.Promotores da atividade:PET Engenharia de PescaParceiros ou colaboradores da atividade:Profª Rosemeiry Melo Carvalho – Tutora do PET – Eng. PescaJustificativa para realização da atividade:A atividade de pesquisa é pertinente às atividades desenvolvidas no contexto do PET,complementando as ações de ensino e extensão. Foi realizada para obter conhecimentospedagógicos que auxiliem na realização de atividades de extensão. O desenvolvimento dessapesquisa possibilitou aos bolsistas e não bolsistas a obtenção de conhecimentospedagógicos para auxiliar a realização de atividades de extensão sobre o papel dos sereshumanos nas alterações ambientais, recursos aquáticos, espécies ameaçadas de extinção eecossistemas. Essas atividades destinam-se às crianças e adolescentes de escolas públicase particulares.Resultados esperados com a atividade:Elaborar uma atividade de extensão para ser trabalhada com crianças e jovens em escolas deensino fundamental.Resultados alcançados com a atividade:Foi realizada uma atividade intitulada “Educação Ambiental essa onda é legal”, que ocorreuem uma escola pública de Fortaleza. Os resultados foram apresentados em encontroscientíficos.Comentário geral:
  • 9. Pesquisas Individuais(10) Natureza da Atividade Realizada: Pesquisa IndividualTema: Relação espécie-área e ecologia trófica de dois habitats litorâneos da região de Baleia,Itapipoca - CECronograma de Execução da Atividade:Jan Fev Mar Abr Mai Jun Jul Ago Set Out Nov Dez X X X X X X XPúblico Alvo:Comunidade AcadêmicaDescrição da Atividade:Este estudo pretende relacionar a riqueza de espécies de peixes de poças de maré da regiãode Baleia, município de Itapipoca – CE, e avaliar teorias ecológicas básicas, e a ecologiatrófica de peixes em habitats de banco natural de algas e cultivo.Responsável direto pela atividade de pesquisa: Prof. Dr. Jorge Ivan Sanchéz Botero(Departamento de Biologia).Bolsista: Filipe Brasil MarianoPromotores da atividade:Prof. Dr. Jorge Ivan Sanchéz Botero (ECOLAB - Departamento de Biologia).Filipe Brasil Mariano – Bolsista do PET Engenharia de PescaParceiros ou colaboradores da atividade:LABOMARJustificativa para realização da atividade:O principal objetivo dessa pesquisa é avaliar teorias ecológicas básicas e a ecologia tróficados peixes da região de Baleia.Resultados esperados com a atividade:Avaliação da relação espécie-área e ecologia trófica.Resultados alcançados com a atividade:Pesquisa em andamento.Comentário geral:(11) Natureza da Atividade Realizada: Pesquisa IndividualTema: Uso de coletores de pueruli de lagosta (Panulirus spp.) como ferramenta no manejo dapesca comercial.Cronograma de Execução da Atividade:Jan Fev Mar Abr Mai Jun Jul Ago Set Out Nov Dez X X X X X X X X X X X XPúblico Alvo:Comunidade AcadêmicaDescrição da Atividade:Este trabalho teve como objetivo realizar um estudo visando à captura de pueruli e juvenis dePanulirus spp, utilizando coletores com algas marinhas.Promotores da atividade:Prof. Dr. Masayoshi Ogawa (LARAq - UFC)Parceiros ou colaboradores da atividade:Francisco Marcelo de Lima Costa – Bolsista do PET- Engenharia de Pesca.Justificativa para realização da atividade:Essa ação complementa os temas tratados no âmbito do PET, estando previamente definidano Planejamento de Atividades do Grupo. O principal objetivo dessa pesquisa é determinar ovolume sustentável de captura de lagostas durante a pesca comercial. Essa atividadecontribui para o desenvolvimento de novas práticas e experiências pedagógicas, desde queo participante está envolvido em possíveis desenvolvimentos tecnológicos baseados nosconhecimentos adquiridos no curso.Resultados esperados com a atividade:Apresentar de forma estatística uma proporcionalidade entre a quantidade de puerulicoletada e a produção de lagosta anual; prever a disponibilidades do estoque pesqueiro paraos próximos anos; verificar a eficiência dos coletores de pueruli quanto a precisão nas
  • 10. previsões. Espera-se que o projeto contribua de forma significativa para preservar esseimportante recurso pesqueiro do Estado do Ceará e desperte nos produtores e na sociedadede forma geral uma conscientização ambiental.Resultados alcançados com a atividade:Pesquisa em andamento. Foram apresentados resultados preliminares em encontroscientíficos.Comentário geral:(12) Natureza da Atividade Realizada: Pesquisa IndividualTema: Reversão sexual de tilápia do nilo em sistema de recirculação de águaCronograma de Execução da Atividade:Jan Fev Mar Abr Mai Jun Jul Ago Set Out Nov Dez X X X X X X X X X X X XPúblico Alvo:Comunidade AcadêmicaDescrição da Atividade:Sistemas fechados com tratamento e recirculação de água são uma maneira de reduziracúmulos de nutrientes na água de cultivo. Desta forma, os benefícios ambientais dossistemas de aquicultura com recirculação, usualmente associados a sistemas intensivos deprodução, são em grande parte responsáveis pelo crescimento da popularidade destamodalidade de cultivo. Os efluentes da aquicultura são produzidos como conseqüência domanejo da qualidade da água nos tanques de cultivo. Sua produção está associada asistemas de fluxo aberto (podendo ou não receber tratamento antes de seu lançamento noambiente) e a sistemas com recirculação (o efluente passa por um processo de tratamento eretorna aos tanques de cultivo). Num de recirculação comumente se utiliza menos de 10% daágua que é necessária em cultivos tradicionais extensivos para produzir a mesma quantidadede pescado.Promotores da atividade:Prof. Wladimir Ronald Lobo FariasParceiros ou colaboradores da atividade:Igor Gabriel Rodrigues Ferreira Gomes – Bolsista do PET- Engenharia de Pesca.Justificativa para realização da atividade:Essa ação complementa os temas tratados no âmbito do PET, não estando previamentedefinida no Planejamento de Atividades do Grupo. O principal objetivo dessa pesquisa foidesenvolver e aprimorar formas alternativas para realizar o cultivo, Oreochromis niloticuscom o intuito de maximizar seu desempenho zootécnico. Essa atividade contribui para odesenvolvimento de novas práticas e experiências pedagógicas, desde que o participanteestá envolvido em possíveis desenvolvimentos tecnológicos baseados nos conhecimentosadquiridos no curso.Resultados esperados com a atividade:Incrementar a taxa de crescimento, quantificar e analisar o efeito do cultivo no desempenhozootécnico da tilápia nilótica.Resultados alcançados com a atividade:Pesquisa em andamento.Comentário geral:(13) Natureza da Atividade Realizada: Pesquisa IndividualTema: Análise bioquímica da microalga marinha Nannochloropisis oculata cultivada emmeios diferentes.Cronograma de Execução da Atividade:Jan Fev Mar Abr Mai Jun Jul Ago Set Out Nov Dez X X X X X X X X X X X XPúblico Alvo:Comunidade AcadêmicaDescrição da Atividade:Essa atividade será realizada afim de justificar o uso de efluentes advindos da aquiculturapara o cultivo de microalgas pois possuem a capacidade de mitigar uma parte dos poluentestóxicos à biota aquática, com extremo interesse em diminuir o impacto gerado ao ambienteque recebe esta água de rejeito.
  • 11. Promotores da atividade:Prof. Wladimir Ronald Lobo Farias (Departamento de Engenharia de Pesca).Parceiros ou colaboradores da atividade:Nara Rúbia da Assunção Nunes – Bolsista do PET- Engenharia de Pesca.Justificativa para realização da atividade:Essa ação complementa os temas tratados no âmbito do PET, estando previamente definidano Planejamento de Atividades do Grupo. O principal objetivo é encontrar formas parajustificar a viabilidade de utilização de meios de cultura preparados a partir de água de rejeitode atividades como a carcinicultura e piscicultura, bem como a diminuição dos custos emcultivos de média/larga escala. Essa atividade contribui para o desenvolvimento de novaspráticas e experiências pedagógicas, desde que os participantes estejam promovendopossíveis desenvolvimentos tecnológicos baseados nos conhecimentos adquiridos nocurso.Resultados esperados com a atividade:Encontrar formas para justificar a viabilidade de utilização de meios de cultura preparados apartir de água de rejeito de atividades como a carcinicultura e piscicultura, bem como adiminuição dos custos em cultivos de média/larga escala.Resultados alcançados com a atividade:Pesquisa em andamento. Foram apresentados resultados preliminares em encontroscientíficos.Comentário geral: (14) Natureza da Atividade Realizada: Pesquisa IndividualTema: Perifíton, qualidade de água e desempenho zootécnico de juvenis de tilápia do Nilo nafase de recria.Cronograma de Execução da Atividade:Jan Fev Mar Abr Mai Jun Jul Ago Set Out Nov Dez X X XPúblico Alvo:Comunidade Acadêmica e comunidade externa à IESDescrição da Atividade:O projeto tem como objetivo avaliar o efeito da área de substrato para colonização porperifíton em diferentes proporções sobre a qualidade da água e o desempenho produtivo dejuvenis de tilápia na fase de recria, mantidos em condições laboratoriais. Além disso,objetiva-se verificar o efeito poupador da ração balanceada, exercido pelo perifíton, quandose realiza restrição alimentar moderada.Responsável direto pela atividade de pesquisa: Prof. Marcelo Vinícius do Carmo e Sá(Departamento de Engenharia de Pesca, Centro de Ciências Agrárias, Universidade Federaldo Ceará).Bolsista: Vanessa Tomaz Rebouças.Promotores da atividade:Laboratório de Ciência e Tecnologia Aquícola – LCTA (Departamento de Engenharia dePesca, Centro de Ciências Agrárias, Universidade Federal do Ceará. Coordenador: Prof.Marcelo Vinícius do Carmo e Sá).Parceiros ou colaboradores da atividade:Vanessa Tomaz Rebouças – Bolsista do PET Engenharia de PescaJustificativa para realização da atividade:Essa ação complementa os temas tratados no âmbito do PET. O principal objetivo dessapesquisa é obter tecnologias de baixo custo para produção de pescado cultivado, acessível apequenos produtores.Resultados esperados com a atividade:Demonstrar o potencial do perifíton como fonte alimentar de alta qualidade para tilápia doNilo, sendo ainda capaz de melhora a qualidade da água de cutivo.Resultados alcançados com a atividade:Pesquisa concluída. Nesse momento, os dados obtidos estão sendo analisadosestatisticamente.Comentário geral:
  • 12. (15) Natureza da Atividade Realizada: Pesquisa IndividualTema: Biologia populacional e pesca do polvo, Octopus insularis Leite & Haimovici, 2008 naPraia da Pedra Rachada, Paracuru, Ceará.Cronograma de Execução da Atividade:Jan Fev Mar Abr Mai Jun Jul Ago Set Out Nov Dez X X X X X X X X X X XPúblico Alvo:Comunidade Acadêmica e SocialDescrição da Atividade:O Brasil possui grandes regiões costeiras e litorâneas que apresentam diversificadavariedade de ecossistemas produtivos do ponto de vista de recursos naturais renováveis,onde entre estes recursos, os pesqueiros possibilitam a sobrevivência de importantespopulações humanas. Dentre eles, a pesca de polvo sido uma importante alternativa para apesca tradicional.Promotores da atividade:Prof. (a) Dra. Helena Mathews-Cascon (Departamento de Biologia - UFC).Parceiros ou colaboradores da atividade:Mirgon Conde Outeiral – Bolsista do PET Engenharia de PescaJustificativa para realização da atividade:O objetivo principal desse trabalho é descrever a biologia populacional e a pesca do polvo,Octopus insularis LEITE & HAIMOVICI (2008) na praia de Pedra Rachada, Paracuru, Ceará.Esta praia é caracterizada pela presença dos beach rocks, que funcionam como obstáculonatural de proteção da praia contra os processos erosivos e abrigo natural para uma ampladiversidade de organismos marinhos, além de sua importância econômica, social e turística.Resultados esperados com a atividade:Espera-se obter dados relevantes sobre a área de estudo, a descrição da pescaria, e fazer ascorrelações para análise da estrutura da população.Resultados alcançados com a atividade:O presente trabalho possibilitou a descrição da área de estudo, descrição da pescaria,análise da estrutura da população e análise socioeconômica da pesca na região.Comentário geral:(16) Natureza da Atividade Realizada: Pesquisa IndividualTema: Ascídias da Reserva Biológica Atol das RocasCronograma de Execução da Atividade:Jan Fev Mar Abr Mai Jun Jul Ago Set Out Nov Dez X X X X X X X X X X X XPúblico Alvo:Comunidade acadêmicaDescrição da Atividade:Essa pesquisa tem como principal objetivo conhecer as espécies de ascídias que ocorrem naReserva Biológica Atol das Rocas.Promotores da atividade:Prof. Tito Monteiro da Cruz Lotufo (Instituto de Ciências do Mar – LABOMAR)Parceiros ou colaboradores da atividade:Sandra Vieira Paiva – Bolsista do PET Engenharia de PescaRonaldo Ruy de Oliveira Filho – Doutorando em Ciências Marinhas TropicaisJustificativa para realização da atividade:Essa ação complementa os temas tratados no âmbito do PET, estando previamente definidano Planejamento de Atividades do Grupo. O principal objetivo dessa pesquisa é ampliar oconhecimento da fauna de ascídias das ilhas brasileiras, através de coletas de campo edescrição detalhada da morfologia de cada espécie como um treinamento aplicado ao estudotaxonômico do grupo. Isso contribuirá para um diagnóstico adequado das espécies, embusca de se resolver problemas taxonômicos recorrentes, e permitirá que a comunidadeconheça e preserve a fauna dos oceanos.Resultados esperados com a atividade:Conhecer a diversidade de ascídias da Reserva Biológica Atol das Rocas. Dessa forma,espera-se que o projeto contribua de forma significativa para a preservação de nossosoceanos e desperte na comunidade uma conscientização ambiental.
  • 13. Resultados alcançados com a atividade:Pesquisa em andamento.Comentário geral:(17) Natureza da Atividade Realizada: Pesquisa IndividualTema: A Teoria e a Prática da Construção de Artes de Pesca: Uma Experiência Didática doPET Engenharia de Pesca.Cronograma de Execução da Atividade:Jan Fev Mar Abr Mai Jun Jul Ago Set Out Nov Dez X X X XPúblico Alvo:Comunidade AcadêmicaDescrição da Atividade:Essa atividade será realizada a fim de complementar, na prática, o conhecimento adquiridoem sala de aula através da disciplina Tecnologia Pesqueira I. A atividade será realizada nasno Departamento de Engenharia de Pesca onde serão abordados a prática da construção deartes de pesca, o tipo de material utilizado e a incidência da mesma no meio ambiente. Serãoabordadas, também, a educação ambiental e a forma de aplicá-la nas comunidadespesqueiras na intenção de promover uma exploração sustentável dos recursos aquáticos.Promotores da atividade:Francisco Marcelo de Lima Costa e Gutemberg Costa de Lima (Bolsistas do PET Engenhariade Pesca).Parceiros ou colaboradores da atividade:Francisco Regivânio Nascimento Andrade e Igor Gabriel Rodrigues Ferreira Gomes –Bolsistas do PET Engenharia de Pesca(18) Natureza da Atividade Realizada: Pesquisa IndividualTema: Comparação de métodos de análise computacional para quantificação das cores emguppies (poecilia reticulata sp.)Cronograma de Execução da Atividade:Jan Fev Mar Abr Mai Jun Jul Ago Set Out Nov Dez X X X X XPúblico Alvo:Comunidade AcadêmicaDescrição da Atividade:Essa pesquisa tem como principal objetivo testar comparativamente métodos de análisecomputacional para quantificação de proporções fenotípicas de coloração em guppies ® ®(Poecilia reticulata sp.) entre os softwares GIMP.2 , RGB colors vs. 2006 e PAINT ®(Windows )..Promotores da atividade:Prof. Rosemeiry Melo CarvalhoParceiros ou colaboradores da atividade:Jamille Martins Forte – Bolsista do PET- Engenharia de Pesca.Justificativa para realização da atividade:Essa ação complementa os temas tratados no âmbito do PET, estando previamente definidano Planejamento de Atividades do Grupo no âmbito de pesquisa. O principal objetivo dessapesquisa é mostrar aos alunos que trabalham com peixes ornamentais a importância daquantificação de cores, pois quanto mais pigmentação homogênea ou heterogênea podealterar o preço de venda destes organismos. Sendo esta metodologia de quantificação aindaa ser aprimorada para ser transmitida aos aquicultores de peixes ornamentais.Resultados esperados com a atividade: ® ® ®Mostrar que os softwares GIMP.2 , RGB colors vs. 2006 e PAINT (Windows ) exercemresultados relevantes para a quantificação de cor principalmente para os guppies.Resultados alcançados com a atividade: ®Apenas o software GIMP.2 mostrou ser significativo e confiável em termos estatísticos depercentagem de coloração do peixe.Comentário geral:
  • 14. Justificativa para realização da atividade:Essa ação complementa os temas tratados no âmbito do PET, estando previamente definidano Planejamento de Atividades do Grupo. O principal objetivo é ensinar os alunos comoconfeccionar artes de pesca e como utilizá-las de maneira sustentável. Essa atividadecontribui para o desenvolvimento de novas práticas e experiências pedagógicas, desde queos participantes estejam promovendo possíveis desenvolvimentos tecnológicos baseadosnos conhecimentos adquiridos no curso.Resultados esperados com a atividade:Ressaltar aos alunos a importância do conhecimento prático na confecção e utilização deartes de pesca.Resultados alcançados com a atividade:90% dos alunos participantes classificaram como “bom” seus aproveitamentos da atividadeem questão e, o restante consideraram “ótimo” esse conhecimento e, todos acharam degrande relevância essa atividade para a carreira profissional. Portanto, com referência nasopiniões dos alunos embasadas nos tópicos de análise da atividade, o PET – Engenharia dePesca concluiu que a atividade “Artes de Pesca” é uma ferramenta primordial que visa nãoapenas complementar a formação, mas incentivar os alunos do curso de Engenharia dePesca a atentarem para esta párea tão explorada, porém, pouco estudada.Comentário geral:(19) Natureza da Atividade Realizada: Pesquisa IndividualTema: Extração, purificação e efeito biológico de polissacarídeos sulfatados de algasmarinhas.Cronograma de Execução da Atividade:Jan Fev Mar Abr Mai Jun Jul Ago Set Out Nov Dez X X X X X X X X X X X XPúblico Alvo:Comunidade Acadêmica e áreas afinsDescrição da Atividade:Os polissacarídeos sulfatados (PS), são macromoléculas bioativas que podem serencontrados tanto em macroalgas quanto em microalgas marinhas. Essas moléculasapresentam diversas atividades biológicas, dentre estas o "efeito modulador" que pode sertestados em organismos aquáticos cultivados.Promotores da atividade:Wladimir Ronald Lobo Farias – D. Sc., professor do Departamento de Engenharia de Pesca.Parceiros ou colaboradores da atividade:Francisco Regivânio Nascimento Andrade – Bolsista do PET Engenharia de PescaJustificativa para realização da atividade:Essa ação complementa os temas tratados no âmbito do PET, estando previamente definidano Planejamento de Atividades do Grupo. O principal objetivo dessa pesquisa é desenvolvertécnicas com baixos custos para a purificação de polissacarídeos sulfatados e testar o seu"efeito modulador", analisando a resistência de organismo aquáticos cultivados contra oestresse. Essa atividade contribui para o desenvolvimento de novas práticas e experiênciaspedagógicas e para o desenvolvimento da Aquicultura no país.Resultados esperados com a atividade:Aprimorar a técnica de extração dos Polissacarideos Sulfatados e comprovar o efeitoimunoestimulante dessa molécula em organismos áquaticos.Resultados alcançados com a atividade:Dependendo da técnica de extração e do meio de cultivo das micoalgas pode-se obterdiferentes rendimentos e perfis da molécula. A pesquisa ainda estar em andamento e foramapresentados resultados preliminares em Encontros Universitários e Congressos.Comentário geral:
  • 15. 3.1.3. Extensão(20) Natureza da Atividade Realizada: exposição oral e verbalTema: Feira das profissões nas escolasCronograma de Execução da Atividade:Jan Fev Mar Abr Mai Jun Jul Ago Set Out Nov Dez X X X X X X X X X X XPúblico Alvo:Alunos do ensino médio de escolas públicas e particulares.Descrição da Atividade:Esta atividade foi ministrada pelos bolsistas do PET-Engenharia de Pesca. Foram abordadosaspectos referentes ao curso Engenharia de Pesca voltando tanto para a vida acadêmicaquanto ao mercado de trabalho. Foi uma atividade de trabalho coletivo onde foi passada aosalunos de ensino médio a experiência acadêmica e as expectativas quanto ao curso.Promotores da atividade:PET- Engenharia de PescaParceiros ou colaboradores da atividade:Escolas públicas e particulares.Justificativa para realização da atividade:Essa ação complementa os temas tratados no âmbito do PET, estando previamente definidano Planejamento de Atividades do Grupo. O principal objetivo dessa atividade é contribuirpara divulgação e valorização do curso de Engenharia de Pesca na sociedade por meio decartazes, folders, demonstração de material relativo à profissão e exposição verbal. Essaatividade contribui para o desenvolvimento de novas práticas e experiências pedagógicas,desde que os participantes têm contato com os alunos do ensino médio onde podemdesenvolver práticas de ensino e divulgar os conhecimentos obtidos na graduação.Resultados esperados com a atividade:Difundir conhecimentos sobre o curso de Engenharia de Pesca entre os alunos do ensinomédio de escolas públicas e particulares.Resultados alcançados com a atividade:Esta atividade viabilizou uma melhor compreensão dos alunos do ensino médio sobre oscursos e as profissões através de um diálogo aberto com os estudantes do grupo PET.Comentário geral:As escolas e alunos mostraram grande interesse na realização dessa atividade, pois ela fazuma conexão entre o projeto de ensino e conhecimento sólido do curso de nível superiordando ênfase ao seguimento de uma a carreira acadêmica e/ou profissional.(21) Natureza da Atividade Realizada: oficinas, seminários e palestras.Tema: Projeto Educação Ambiental, Essa Onda é LegalCronograma de Execução da Atividade:Jan Fev Mar Abr Mai Jun Jul Ago Set Out Nov Dez X Público Alvo: Alunos das escolas publicas entre 10 e 14 anos Descrição da Atividade:Esse é um projeto de educação ambiental, cujo principal objetivo foi conscientizar crianças ejovens, estudantes de instituições públicas de ensino fundamental, sobre o impacto dapoluição. Os bolsistas do PET planejaram e desenvolveram ações de educação ambientalnas seguintes atividades: palestras e seminários nas escolas de ensino fundamental;conscientização sobre os problemas causados pelo lixo. Promotores da atividade: PET – Engenharia de Pesca Parceiros ou colaboradores da atividade: Escolas de Educação Fundamental Justificativa para realização da atividade:Essa ação complementa os temas tratados no âmbito do PET, estando previamente definidano Planejamento de Atividades do Grupo. O principal objetivo dessa pesquisa foi ajudar osjovens a descobrir as causas reais dos problemas que a população vem enfrentando com apoluição e a falta de água, adotando por meio de atitudes cotidianas medidas de valorização
  • 16. desse recurso; mostrar a importância da reciclagem e como a reutilização de materiais podetrazer benefícios ao meio ambiente e ao homem, através, principalmente, da redução dapoluição; propiciar integração entre os participantes e conhecimentos sobre os animais emextinção e ameaçados de extinção; ensinar a definição de Ecossistema de uma formadinâmica e criativa, ressaltando a relação do homem com ele. Essa atividade contribuiu parao desenvolvimento de novas práticas e experiências pedagógicas, desde que os participantesenvolvidos puderam aplicar os conhecimentos adquiridos no curso e ampliar seusconhecimentos em ações conjuntas com a sociedade. Resultados esperados com a atividade: Esperou-se envolver os bolsistas em atividades voltadas para a prática da cidadania e desenvolver em crianças e jovens noções básicas sobre cuidados ambientais e sobre as relações do ambiente com a qualidade de vida das pessoas. Resultados alcançados com a atividade: Os bolsistas realizaram diversas atividades junto aos alunos do ensino fundamental contribuindo para a sua formação cidadã; eles receberam orientações sobre saúde e preservação ambiental. Comentário geral: As escolas e alunos deram um grande apoio e importância a atividade, facilitando o desenvolvimento da mesma bem como o aproveitamento do conhecimento transmitido.(22) Natureza da Atividade Realizada: Aulas de QuímicaTema: Projeto pré-vestibular 6 de marçoCronograma de Execução da Atividade:Jan Fev Mar Abr Mai Jun Jul Ago Set Out Nov Dez X X X X X X X X X XPúblico Alvo:Alunos pré-universitários.Descrição da Atividade:Essa atividade apresentou-se de forma compromissada com a educação e responsabilidadesocial, pois o projeto tem como objetivo oferecer aos estudantes advindos de escolaspúblicas condições de se prepararem adequadamente para o vestibular, possibilitando suainclusão social através da entrada em universidades. O conhecimento foi transmitido em salade aula na forma de aulas convencionais de Química, ministrada por um bolsista PET,voltada para o vestibular.Promotores da atividade:Universidade Federal do CearáPrefeitura de FortalezaParceiros ou colaboradores da atividade:Francisco Regivânio Nascimento Andrade – Bolsista PET – Engenharia de PescaJustificativa para realização da atividade:Essa atividade complementa os temas tratados no âmbito do PET, estando previamentedefinida no Planejamento de Atividades do Grupo. A inclusão desse projeto nas atividadesdo PET deve-se ao crescimento recente do interesse de ingresso em IES por conta dosalunos das escolas da rede publica. Desse modo, a realização dessa atividade supriu anecessidade dos alunos de baixa renda se prepararem melhor para o vestibularintensificando seus estudos de forma accessível. Houve uma grande contribuição dessaatividade para o desenvolvimento de novas práticas pedagógicas para o bolsista e osbenefícios socioculturais para o grupo e para a comunidade envolvida, fortalecendo aresponsabilidade social.Resultados esperados com a atividade:Capacitar os alunos de ensino médio em um melhor nível de conhecimento para que atravésdo vestibular venha a ingressar em uma IES.Resultados alcançados com a atividade:Capacitação dos alunos de ensino médio em um melhor nível, bem como notável evoluçãodo conhecimento dos mesmos a partir do empenho neste projeto, estando aptos ao ingressoem uma IES por meio de vestibular.Comentário geral:A realização dessa atividade foi favorecida pela disponibilidade do bolsista envolvido, doapoio da UFC em parceria com a Prefeitura de Fortaleza. E, igualmente importante, foi
  • 17. disponibilidade dos alunos pré-universitários e o interesse de todos em obter novosconhecimentos.(23) Natureza da Atividade Realizada: Home pageTema: Jornal “Diário de Bordo” on-line (www.petengpesca.blogspot.com)Cronograma de Execução da Atividade:Jan Fev Mar Abr Mai Jun Jul Ago Set Out Nov Dez X X X X X X X X X X X XPúblico Alvo:Alunos da graduação do curso de Engenharia de Pesca e afins.Descrição da Atividade:A criação do jornal on-line teve como objetivo proporcionar informações sobre o Grupo PET-Engenharia de Pesca, seus integrantes e suas atividades, bem como manter a comunidadeacadêmica e os visitantes informados, através de notícias de caráter relevante, sobre osacontecimentos nas áreas abrangentes da pesca, aquicultura e meio ambiente.Promotores da atividade:PET – Engenharia de PescaParceiros ou colaboradores da atividade:Bolsistas PET – Engenharia de PescaJustificativa para realização da atividade:Essa atividade complementa os temas tratados no âmbito do PET, estando previamentedefinida no Planejamento de Atividades do Grupo. A inclusão desse Jornal on-line nasatividades do PET despertou um maior interesse nos alunos da graduação em estaremsempre a par dos desenvolvimentos e acontecimentos ocorrentes na área. Deste modo, arealização de tal atividade complementou e alertou os alunos para a realidade da área emdifusão de conhecimento de tecnológica, necessidades sociais e tendências do mercado detrabalho.Resultados esperados com a atividade:Despertar interesse e atenção dos alunos da graduação quanto aos acontecimentosenvolvendo áreas voltadas para a Engenharia de Pesca, aumentando assim o leque deconhecimento de todos.Resultados alcançados com a atividade:Melhor interação entre o grupo PET-Engenharia de Pesca e a comunidade acadêmica, bemcomo a sociedade em geral e fortalecimento no apoio dos outros grupos da Engenharia dePesca.Comentário geral:A criação e manutenção do blog do PET - Engenharia de Pesca foi favorecida peladisponibilidade dos bolsistas envolvidos, e motivada pelo interesse dos alunos da graduaçãoem acessar e estarem sempre esperando novas publicações através deste meio.Estágios1. Bolsista: Vanessa Tomaz Rebouças-Local: Laboratório de Ciência e Tecnologia Aquícola – LCTA, Departamento de Engenharia dePesca, Centro de Ciências Agrárias, Universidade Federal do Ceará, Campus do Pici.-Responsável: Prof. Dr. Marcelo Vinícius do Carmo e Sá (Departamento de Engenharia de Pesca)-Período: Janeiro a Dezembro de 2011 Benefícios acadêmicos da atividade para o grupo e para a comunidade acadêmica do curso ao qual está vinculado: o Laboratório de Ciência e Tecnologia Aquícola realiza estudos científicos acerca da biotecnologia aplicada à ecologia e à melhoria de vida das comunidades que usufruem direta ou indiretamente da aquicultura. Incentiva os estagiários a ingressarem em um campo científico bastante promissor, contribuindo para o incremento de pesquisas inovadoras para o grupo, para comunidade acadêmica e para a sociedade. Resultados esperados: espera-se que a bolsista realize pesquisas nas áreas exploradas pelo laboratório, expandindo-as e aplicando-as no mercado de trabalho, bem como na comunidade, trazendo melhorias ecológicas e econômicas à sociedade.
  • 18. 2. Bolsista: Filipe Brasil Mariano-Responsável: Prof. Dr. Jorge Iván Sanchéz Botero-Local: Laboratório de Ecologia, Departamento de Biologia, Campus do Pici, Universidade Federal doCeará.-Período: Janeiro a Dezembro de 2011 Benefícios acadêmicos da atividade para o grupo e para a comunidade acadêmica do curso ao qual está vinculado: O Laboratório de Ecologia realiza trabalhos científicos Na área de ecologia e ictiologia. Incentiva os estagiários a ingressarem em um campo científico bastante promissor, contribuindo para o incremento de pesquisas inovadoras para o grupo e a comunidade acadêmica. Resultados esperados: aspira-se que os alunos possam realizar pesquisas nas áreas exploradas pelo laboratório, expandindo-as e aplicando-as no mercado de trabalho.3. Bolsista: Francisco Marcelo de Lima Costa- Local: CORAq – Empresa Júnior da Engenharia de Pesca- Responsável: Prof. Elenise Gonçalves- Período: Setembro a dezembro de 2011 Benefícios acadêmicos da atividade para o grupo e para a comunidade acadêmica do curso ao qual está vinculado: proporcionar a capacitação dos alunos através de cursos e da experiência de trabalho; proporcionar à micro, pequena e média empresa, um trabalho de qualidade a preços mais acessíveis que o mercado de trabalho. Resultados esperados: Qualificar o aluno quanto a suas habilidades, fazendo uma ligação entre os fundamentos obtidos na vida acadêmica e suas aplicações no cotidiano do profissional de Engenharia de Pesca.4. Bolsista: Igor Gabriel Rodrigues Ferreira Gomes-Local: Estação de piscicultura Profº Raimundo Saraiva da Costa-Período: Janeiro a Dezembro de 2010-Responsável: Prof. Dr. Wladimir Ronald Lobo Farias (Departamento de Engenharia de Pesca) Benefícios acadêmicos da atividade para o grupo e para a comunidade acadêmica do curso ao qual está vinculado: inserção do aluno de graduação em práticas relacionadas a atividades de campo vinculadas a ações pertencentes a vertentes do curso de Engenharia de Pesca, visando uma melhor formação dos alunos. Resultados esperados: realização de atividades de cunho prático que visem o aprimoramento profissional dos alunos, bem como o desenvolvimento de pesquisas de cunho científico.-Local: Núcleo de Genômica e Bioinformática - UECE-Período: Junho a Dezembro de 2011 Benefícios acadêmicos da atividade para o grupo e para a comunidade acadêmica do curso ao qual está vinculado: qualificação dos alunos de graduação em atividades relacionadas a biotecnologia aplicada a tilapicultura, propiciando uma melhor formação profissional, bem como o desenvolvimento de técnicas que podem ser aplicadas ao campo de trabalho. Resultados esperados: inserção dos alunos em práticas relacionadas a genética e bioinformática, priorizando maior aprendizado nestas áreas, bem como o desenvolvimento de pesquisas de cunho científico para o desenvolvimento de técnicas aplicáveis a tilapicultura.
  • 19. 5. Bolsista: Sandra Vieira Paiva-Local: Laboratório de Ecologia Animal – LECA, Instituto de Ciências do Mar, Universidade Federaldo Ceará.-Período: Janeiro a Dezembro de 2011-Responsável: Tito Monteiro da Cruz Lotufo - Professor do Departamento de Eng. de Pesca. Benefícios acadêmicos da atividade para o grupo e para a comunidade acadêmica do curso ao qual está vinculado: O Laboratório de Ecologia Animal realiza estudos científicos com Ascidiacea buscando resolver problemas taxonômicos recorrentes, o que permitirá que a comunidade conheça e preserve a fauna de seus recifes costeiros. Incentivando assim, que os estagiários ingressem em um campo científico bastante promissor, contribuindo para o incremento de pesquisas inovadoras para o grupo, para comunidade acadêmica e para a sociedade. Resultados esperados: Espera-se que a bolsista realize pesquisas nas áreas exploradas pelo laboratório, expandindo-as e aplicando-as no mercado de trabalho, bem como na comunidade, trazendo melhorias ecológicas e econômicas à sociedade.6. Bolsista: Nara Rúbia da Assunção Nunes-Local: Centro de Biotecnologia Aplicada a Aquicultura - CEBIAQUA, Laboratório de Planctologia,UFC.-Responsável: Wladimir Ronald Lobo Farias - D.Sc., professor do Departamento de Eng. de Pesca.-Período: Janeiro a Dezembro de 2011 Benefícios acadêmicos da atividade para o grupo e para a comunidade acadêmica do curso ao qual está vinculado: Mostrar aos futuros ingressantes no curso uma alternativa de mitigar as substâncias tóxicas contidas em águas de rejeito de atividades como a carcinicultura e piscicultura. Resultados esperados: formar pesquisadores com conhecimentos na área de biotecnologia aplicada a aquicultura e profissionais aptos a darem continuidade à essa pesquisa. Espera-se que o bolsista aprimore suas habilidades nas pesquisas realizadas nos laboratórios e contribua para o desenvolvimento cientifico.7. Bolsista: Jamille Martins Forte-Local: Estação de piscicultura Profº Raimundo Saraiva da Costa-Período: Janeiro a Agosto de 2010-Responsável: Prof. Dr. Wladimir Ronald Lobo Farias (Departamento de Engenharia de Pesca)A estação de piscicultura Profº Raimundo Saraiva da Costa está vinculada a Universidade Federal doCeará e está localizado no bloco Benefícios acadêmicos da atividade para o grupo e para a comunidade acadêmica do curso ao qual está vinculado: proporcionar ao aluno uma experiência prática sobre as principais metodologias aprendidas teoricamente no curso. Resultados esperados: Aprimorar o aluno quanto a suas aptidões, fazendo que com ele seja um bom aluno no dia a dia acadêmico e posteriormente sendo um experiente profissional no curso de Engenharia de Pesca, mostrando à sociedade o que aprendeu na vida acadêmica e nos laboratórios.-Local: IBAMA – Instituto Brasileiro do Meio Amabiete-Período: Julho a Dezembro de 2010-Responsável: Prof. Rosemeiry Melo Carvalho Benefícios acadêmicos da atividade para o grupo e para a comunidade acadêmica do curso ao qual está vinculado: proporcionar ao aluno uma experiência sobre os assuntos de
  • 20. utilidade pública lidar com leis, processos e protocolos, sobre assuntos de impacto ambiental e preservação de espécies. Resultados esperados: Mostrar ao aluno a realidade da repartição pública e ficar por dentro sobre os principais assuntos que correspondem às necessidades da sociedade. 8. Bolsista: Mirgon Conde Outeiral -Local: Laboratório de Invertebrados Marinhos, departamento de Biologia, Centro de Ciências. Universidade Ferderal do ceará, Campus do Pici. Responsável: Helena Mathews-Cascon – Dra. Professor(a) do Departamento de Biologia. -Período: Janeiro a Dezembro de 2011 Benefícios acadêmicos da atividade para o grupo e para a comunidade acadêmica do curso ao qual está vinculado: o Laboratório de Invertebrados Marinhos realiza estudos científicos acerca da biologia e taxonomia aplicada à ecologia, possibilitando grande conhecimento sobre a biologia dos organismos e suas interações com o meio ambiente e as populações humanas. É uma área de estudo que cresce cada vez mais e possibilita diversas fontes de pesquisa para estagiários que irão contribuir para a preservação das espécies de invertebrados marinhos e manter o equilíbrio ambiental. Resultados esperados: espera-se que o bolsista através das experiências adquiridas em laboratório desenvolva pesquisas relevantes para a comunidade acadêmica, que possibilitem o desenvolvimento profissional do estudante e uma contribuição científica para futuras pesquisas, possibilitando benefícios para o meio ambiente e para a sociedade. 3.2. Impacto na Graduação e Inovação na Graduação Dentre as atividades realizadas, as três de maior impacto para o curso de graduação e para os bolsistas do PET, por proporcionarem experiências e resultados inovadores foram: (1) PROJETO PADRIN – Programa de Acompanhamento Discente aos Recém-ingressos. (2) Jornal “Diário de Bordo” on-line (www.petengpesca.blogspot.com). (3) Projeto Educação Ambiental, Essa Onda é Legal. 4. CONDIÇÕES DE DESENVOLVIMENTO DAS ATIVIDADES Sugere-se que esta etapa do relatório seja discutida conjuntamente pelo grupo (tutores e alunos), de modo que as informações traduzam a compreensão de todos.4.1. A carga horária mínima de oito horas semanais para orientação dos alunos e do grupo foicumprida pelo(a) Tutor(a)? (X) Integralmente ( ) Parcialmente ( ) Não foi cumpridaJustifique: A Tutora esteve presente em todas as atividades planejadas e realizadas pelo grupo. 4.2. A carga horária de vinte horas semanais para cumprimento das atividades do PET foi cumprida pelos alunos bolsistas e não bolsistas? (X) Integralmente ( ) Parcialmente ( ) Não foi cumpridaJustifique: Os bolsistas estiveram presentes em todas as atividades planejadas e realizadas pelo grupo. 4.3. As atividades planejadas foram realizadas?
  • 21. ( ) Integralmente (X) Parcialmente ( ) Não foram realizadasJustifique: Ocorreram mudanças no planejamento para adequar as necessidades dos bolsistas e do curso.4.4. Informe sobre a participação da IES em relação ao apoio institucional para odesenvolvimento das atividades acadêmicas do grupo: (X) Integral ( ) Parcial ( ) Não houve apoioJustifique: A IES demonstra grande interesse e comprometimento com as atividades dos grupos PET.4.5. Informe sobre a interação do grupo com o projeto pedagógico do curso de graduação aoqual está vinculado: ( ) Efetiva ( ) Parcial (X) Não houve interaçãoJustifique: Durante o ano de 2011 não ocorreram reuniões abertas à participação de estudantes do curso, pois o projeto pedagógico está na sua fase final de elaboração.4.6. Informe sobre a atuação da SESu, considerando os aspectos de acompanhamento egestão do PET: (X) Excelente ( ) Regular ( ) Bom ( ) RuimJustifique: A SESu acompanha todas as ações desenvolvidas pelo PET através dos relatórios institucionais elaborados com base nas informações de cada grupo. A implantação do sistema Sigproj agilizou a interação entre os grupos PET e a SESu.4.7. Informe sobre a atuação do Comitê Local de Acompanhamento do PET quanto aoacompanhamento e orientação do grupo: ( ) Excelente ( ) Regular (X) Bom ( ) RuimJustifique: O acompanhamento destina-se, prioritariamente, aos grupos com alguma deficiência em seu desempenho. Porém, essa atividade poderia também estar voltada, com igual importância, para a definição de medidas preventivas às dificuldades de funcionamento dos grupos.5. INFORMAÇÕES ACADÊMICAS COMPLEMENTARES5.1. Dirigidas ao Grupo (Tutor e Alunos) 5.1.1. Considerando as atividades desenvolvidas pelo grupo, relacione, no mínimo, três atividades desenvolvidas pelo grupo PET, que caracterizem indicadores da indissociabilidade ensino, pesquisa e extensão. O grupo realiza as atividades de ensino e extensão muitas vezes integradas através de cursos e palestras tendo a comunidade acadêmica e/ou as comunidades carentes como principal publico alvo levando a essas comunidade os conhecimentos adquiridos pelos alunos, a pesquisa coletva e indvidual objetiva um melhor desenvolvimento acadêmico dos alunos bolsistas e a capacitação destes para aprimorar cada vez mais as ferramentas do mercado de trabalho. Os conhecimentos repassados nas atividades de ensino e extensão são obtidos nas atividades de pesquisa, grupos de pesquisa e monitorias voluntárias desenvolvidas pelos bolsistas.
  • 22. 5.2. Dirigidas ao Tutor 5.2.1. Informe as atividades acadêmicas/ científicas mais relevantes que realizou/ participou no ano de 2011. (Congressos, publicações, pesquisas, etc)Disciplinas LecionadasPeríodos: 2011.1 e 2011.2Graduação: Economia Pesqueira I (Curso de Engenharia de Pesca)Graduação: Estatística Básica (Curso de Agronomia)Projeto de PesquisaCarência de infra-estrutura básica e efeito multiplicador dos investimentos sobre o crescimentoeconômico no BrasilPeríodo:março de 2009 a março de 2011Descrição: Esse estudo tem como principal objetivo analisar os impactos dos investimentos em infra-estrutura básica, previstos no Programa de Aceleração do Crescimento, PAC, sobre o crescimento daeconomia e a melhoria das condições de vida da população brasileira.Situação: concluída.Natureza: Pesquisa.Alunos envolvidos: Mestrado acadêmico ( 2) .Integrantes: Rosemeiry Melo Carvalho – Coordenador/José César Vieira Pinheiro - IntegranteFinanciador(es): Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico - Auxíliofinanceiro.Monitoramento e Avaliação de Territórios Rurais CearensesPeríodo: 2010 a 2013Descrição: Articular institucionalmente e operacionalmente a Universidade Federal do Ceará, osTerritórios Rurais e a Secretaria de Desenvolvimento Territorial para implantar o Sistema de GestãoEstratégica do Programa de Desenvolvimento Sustentável dos Territórios Rurais, estimulando oprocesso de acompanhamento, avaliação e informação nos territórios através das Células deAcompanhamento e Informação, contribuindo, desse modo, para o aperfeiçoamento da gestão dosterritórios ruais cearenses e dos investimentos públicos.Situação: Em andamento;Natureza: Pesquisa.Alunos envolvidos: Graduação ( 1) / Especialização ( 1) .Integrantes: Rosemeiry Melo Carvalho - Integrante /Araguacy Paixão Almeida Filgueiras - Integrante/ José César Vieira Pinheiro - Coordenador / Inez Silva Batista Castro - Integrante / Germano AugustoJerônimo do Nascimento - Integrante .Financiador(es): Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico - Auxíliofinanceiro.Produção BibliográficaArtigos completos publicados em periódicosCarvalho, Rosemeiry Melo ; Kolb, Pedro Carneiro ; Pinheiro, José César Vieira . Análise do comérciode pescado entre o ceará e os estados unidos. Sociedade e desenvolvimento rural, v. 5, p. 1-16, 2011.Trabalhos completos publicados em anais de congressos
  • 23. 1. FREIRE, R. M. ; Carvalho, Rosemeiry Melo ; Pinheiro, José César Vieira ; CAMPOS, Robério Telmo . Análise da relação entre os custos e intensidade da produção de tilápias do nilo em tanques-rede no Açude Castanhão. In: 49 Congresso da Sociedade Brasileira de Economia, Administração e Sociologia Rural, 2011, Belo Horizonte. Anais do 49 Congresso da Sociedade Brasileira de Economia, Administração e Sociologia Rural, 2011. (doc. 24) 2. NASCIMENTO, E. L. C. ; Carvalho, Rosemeiry Melo ; Pinheiro, José César Vieira ; CAMPOS, Robério Telmo . Análise econômica da implantação de uma fazenda modelo para o cultivo de camarão branco, Litopenaeus vannamei. In: 49 Congresso da Sociedade Brasileira de Economia, Administração e Sociologia Rural, 2011, Belo Horizonte. Anais do 49 Congresso da Sociedade Brasileira de Economia, Administração e Sociologia Rural, 2011. (doc. 24) 3. Aragão, Rodrigo Nunes ; CAMPOS, Robério Telmo ; Pinheiro, José César Vieira ; Carvalho, Rosemeiry Melo . Avaliação benefício-custo para a ampliação do funcionamento do Canal do Trabalhador no Ceará. In: 49 Congresso da Sociedade Brasileira de Economia, Administração e Sociologia Rural, 2011, Belo Horizonte. Anais do 49 Congresso da Sociedade Brasileira de Economia, Administração e Sociologia Rural, 2011. (doc. 25)5.2.2. Considerando as atividades desenvolvidas pelo grupo e a sua ação efetiva como Tutor,relacione, no mínimo, três aspectos que caracterizem a metodologia que você utiliza na EducaçãoTutorial. A metodologia utilizada na educação tutorial do grupo PET-Engenharia de Pescafundamenta-se nas seguintes observações:(1) identificação das aptidões de cada componente do grupo;(2) acompanhamento individual dos bolsistas para o desenvolvimento dessas aptidões;(3) trabalhos em grupo, onde cada bolsista contribui com suas vantagens relativas ao desenvolvimento das atividades conjuntas.5.2.3. Considerando as atividades desenvolvidas no grupo e a sua ação efetiva como Tutor,relacione, no mínimo, três ações que caracterizem suas contribuições ao avanço qualitativo do cursode graduação ao qual está vinculado. (1) Vinculação dos cursos, seminários e palestras ao conteúdo das disciplinas do curso de graduação; (2) Intercâmbio entre diferentes grupos de estudo e da iniciativa pública e privada com o curso de graduação; (3) Promoção regular de atividades complementares com o objetivo de estimular os estudantes e reduzir a evasão.5.2.4. Considerando as atividades desenvolvidas no âmbito do grupo e a sua ação efetiva comoTutor, relacione, no mínimo, três aspectos que tenham sido originalmente construídos no PET e queforam incorporados à sua prática docente junto aos demais alunos da graduação. (1) Orientação individual dos alunos, visando identificar seus pontos fortes e deficiências quanto ao conteúdo das disciplinas lecionadas; (2) Comprometimento com o trabalho desenvolvido em grupo; (3) Estímulo à participação, manifestação de opiniões e respeito às diferenças.5.3. Dirigida ao conjunto dos Alunos do PET 5.3.1. Informe os trabalhos apresentados/ publicados por cada um dos alunos do grupo, indicando o evento, o local e a data.
  • 24. Filipe Brasil marianoGOMES, I. G. R. F.; ANDRADE, F. R. N.; FORTE, J. M.; MARIANO, F. B.; CARVALHO, R. M. Aprática do aquarismo na formação do Engenheiro de pesca. In: XX Encontro de Iniciação à Docência– encontros universitários, 2011, XX ENCONTRO DE INICIAÇÃO À DOCÊNCIA, 2011.CAMPOS, C. C.; REBOUÇAS, V. T.; NUNES, N. R. A.; SILVA, A. C.B.; ANDRADE, F. R. N.;MARIANO, F. B.; CARVALHO, R. M.. Conscientização Ambiental em uma escola pública deFortaleza: animais aquáticos em extinção. In: X Encontro Cearense dos Grupos PET, 2011, Limoeirodo Norte, Ceará. X ENCONTRO CEARENSE DOS GRUPOS PET, 2011.Participação em eventos- XX ENCONTRO DE INICIAÇÃO À DOCÊNCIA, UFC, 2011.Francisco Regivânio N. AndradeANDRADE, F.R.N., NORÕES, A.K.M., SOUZA, K.C., FARIAS, W.R.L., Perfil cromatográfico depolissacarídeos sulfatados da microalga marinha Chaetoceros muelleri cultivada em diferentessalinidades. In : XXX Encontro de Iniciação Científica- Encontros Universitários UFC, 2011.CRUZ,P.R., BARROS, M.U.B., MOREIRA,R.T., ANDRADE, F.R.N., FARIAS,W.R.L., Obtenção depolissacarídeos sulfatados de Chaetoceros muelleri lemmermann após estração lipídica. In: XICONGRESO DE FICOLOGÍA DE LATINOAMÉRICA Y EL CARIBE, 2011, La Plata, Argentina. Boletínde la Sociedad Argentina de Botánica, 2011, v46, p. 38-39.3. SOUZA, K.C., NORÕES, A.K.M., MILHOME, C.P., ANDRADE, F.R.N., SOUSA, R.P., MOREIRA,R.T., FARIAS, W.R.L., Efeito imunoestimulante dos polissacarídeos sulfatados de Halymeniapseudofloresii em pós-larvas de Litopenaeus vannamei. In: XI CONGRESO DE FICOLOGÍA DELATINOAMÉRICA Y EL CARIBE, 2011, La Plata, Argentina. Boletín de la Sociedad Argentina deBotánica, 2011, v46, p. 48.4. COSTA, K.S., ANDRADE, F.R.N., MOREIRA, R.T., FARIAS, W.R.L., Extração e purificação dospolissacarídeos sulfatados da macroalga Halymenia pseudofloresii. In: XI CONGRESO DEFICOLOGÍA DE LATINOAMÉRICA Y EL CARIBE, 2011, La Plata, Argentina. Boletín de la SociedadArgentina de Botánica, 2011, v46, p. 48.5. GOMES, I.G., ANDRADE. F.R.N., FORTE, J.M., MARIANO, F.B., CARVALHO, R.M., A prática doaquarismo na formação do Engenheiro de pesca. In: XX Encontro de Iniciação à Docência- EncontrosUniversitários UFC, 2011, Fortaleza.6. COSTA, F.M.L., LIMA, G.C., ANDRADE, F.R.N., GOMES, I.G.R.F., CARVALHO, R.M., A teoria e aprática da construição de artes de pesca: uma experiência didática do pet engenharia de pesca. In:XX Encontro de Iniciação à Docência- Encontros Universitários UFC, 2011.7. SOUSA, R.P., ANDRADE, F.R.N., SOUZA, K.C., NORÕES, A.K.M., MILHOME, C.P., FARIAS,W.R.L., Rendimento e fracionamento dos polissacarídeos sulfatados de Sargassum vulgare extraídosem dois diferentes métodos. In: XVII Congresso Brasileiro de Engenharia de Pesca, 2011 Belém-PA.XVII Congresso Brasileiro de Engenharia de Pesca, 2011.8. CAMPOS, C. C., REBOUÇAS, V. T.; NUNES, N. R. A., SILVA, A. C.B., ANDRADE, F.R. N.,MARIANO, F. B.; CARVALHO, R. M.. Conscientização Ambiental em uma escola pública deFortaleza: animais aquáticos em extinção. In: X Encontro Cearense dos Grupos PET, 2011, Limoeirodo Norte, Ceará. X ENCONTRO CEARENSE DOS GRUPOS PET, 2011.
  • 25. Gutemberg Costa de LimaCOSTA F. M. L.; LIMA, G. C.; NASCIMENTO, F. R. A.; GOMES, I. G. R. F.; CARVALHO, R. M.. ATeoria e a Prática da Construção de Artes de Pesca: Uma Experiência Didática do PET Engenhariade Pesca. Ln: XX Encontro de Iniciação à Docência – Encontros Universitário, 2011, Fortaleza.Igor Gabriel Rodrigues Ferreira GomesGOMES, I. G. R. F.; ANDRADE, F. R. N.; FORTE, J. M.; MARIANO, F. B.; CARVALHO, R. M. Aprática do aquarismo na formação do Engenheiro de pesca. In: XX Encontro de Iniciação à Docência– encontros universitários, 2011, XX ENCONTRO DE INICIAÇÃO À DOCÊNCIA, 2011.COSTA, F. M. L.; de LIMA, G. C.; ANDRADE, F. R. N.; GOMES, I. G. R. F.; CARVALHO, R. M. Ateoria e a prática da construição de artes de pesca: uma experiência didática do pet engenharia depesca. . In: XX Encontro de Iniciação à Docência – encontros universitários, 2011, XX ENCONTRODE INICIAÇÃO À DOCÊNCIA, 2011.GOMES, I.G.R.F.; CHAVES, F.A.H.; BARROS, R.N.A.; MOREIRA, R.L.; TEIXEIRA, E.G.; MOREIRA,A.G.L.; FARIAS, W.R.L. Crescimento de tilápia vermelha na presença de microalga marinha. In: XVIIcongresso brasileiro de engenharia de pesca, 2011, Belém. XVII congresso brasileiro de engenhariade pesca, 2011.Mirgon Conde OuteiralOUTEIRAL, M. C., FARIAS, R. C., BATISTA B. B., MATTHEWS-CASCON, H. caracterização dapesca do polvo, octopus insularis (leite & haimovici, 2008) na zona entre-maré na praia de pedrarachada, paracuru, ceará. In: XXX Encontro de Iniciação Científica, 2011.MELO, A. A., FARIAS, R. C., OUTEIRAL, M. C., SAMPAIO, A. H., NAGANO, C. S., PEREIRAJUNIOR, F., VASCONCELOS, M. A., CAVADA, B. S., MOURA, R. M. levantamento da atividadehemaglutinante e hemolítica em extratos de invertebrados marinhos coletados no litoral do estado doceará In: 3º Congresso Brasileiro de Biologia Marinha, 2011, NatalBATISTA B. B., OUTEIRAL, M. C., MATTHEWS-CASCON, H., MADRID, R. M. M., MARINHO, R. A.Validação da quantificação da idade pela contagem de anéis etários no bico superior do polvo,Octopus insularis (Leite & Haimovici, 2008) In: XXII Encontro Brasileiro de Malacologia - XXII EBRAM,2011, Fortaleza.Trabalhos publicados em anais de eventos (resumo expandido)MELO, A. A., FARIAS, R. C., BATISTA B. B., OUTEIRAL, M. C., MATTHEWS-CASCON, H.,SAMPAIO, A. H., NAGANO, C. S., MOURA, R. M., CAVADA, B. S.Purificação de uma lectina do gastrópode Turbinella laevigata. In: XIV Congresso Latino americanode Ciências do Mar, 2011, Balneário Camboriu.Participação em Congressos:-. Apresentação de Poster / Painel no(a) XXX Encontro de Iniciação Científica., 2011. (Encontro)CARACTERIZAÇÃO DA PESCA DO POLVO, Octopus insularis (LEITE & HAIMOVICI, 2008) NAZONA ENTRE-MARÉ NA PRAIA DE PEDRA RACHADA, PARACURU, CEARÁ.-. Apresentação (Outras Formas) no(a) I Conferência Internacional sobre Energia de Resíduos eReciclagem de Biomassa - I CIERB, 2011. (Encontro) I Conferência Internacional sobre Energia deResíduos e Reciclagem de Biomassa - I CIERB.
  • 26. - Apresentação (Outras Formas) no(a)III Congresso Brasileiro de Biologia Marinha, 2011.(Congresso) III Congresso Brasileiro de Biologia Marinha.- Apresentação (Outras Formas) no(a)XXII Encontro Brasileiro de Malacologia - XXII EBRAM, 2011.(Encontro) XXII Encontro Brasileiro de Malacologia - XXII EBRAM.Nara Rúbia da A. NunesSILVA, J. W. A., NUNES, N. R. A., ARAUJO, G. S., BEZERRA, J. H. C., COÊLHO, A. A. C.,MOREIRA, R. T., FARIAS, W. R. L.. Influência da depleção de nitrato no rendimento lipídico dasmicroalgas Tetrasselmis chui e Tettraselmis tetrathele. In: IX Simposio Argentino de Ficología, VIIReunión Iberoamericana de Ficología e IX Congreso de Ficología de Latino América y El Caribe,2011, La Plata.COÊLHO, A. A. C., NUNES, N. R. A., BEZERRA, J. H. C., FARIAS, W. R. L.. Biorremediação deefluente de carcinicultura por diferentes microalgas. In: 6º Encontro Internacional das Águas, 2011,Recife. 6º Encontro Internacional das Águas, 2011.COÊLHO, A. A. C.; BEZERRA, J. H. C.; NUNES, N. R. A.; SILVA, J. W. A.; FARIAS, W. R. L..Crescimento da microalga Phaeodactylum tricornutum em efluente de cultura de camarão In: IVEncontro de Pesquisa e Pós-Graduação, 2011, Fortaleza. IV Encontro de Pesquisa e Pós-Graduação, 2011.NUNES, N. R. A.; COÊLHO, A. A. C.; BEZERRA, J. H. C.; SILVA, J. W. A.; FARIAS, W. R. L..Biorremediação de efluente de carcinicultura pela microalga Nannochloropsis oculata In: XXXEncontro de Iniciação Científica - Encontros Universitários, 2011, Fortaleza. XXX ENCONTROS DEINICIAÇÃO CIENTÍFICA, 2011.Vanessa Tomaz RebouçasCAMPOS, C. C.; REBOUÇAS, V. T.; NUNES, N. R. A.; SILVA, A. C.B.; ANDRADE, F. R. N.;MARIANO, F. B.; CARVALHO, R. M.. Conscientização Ambiental em uma escola pública deFortaleza: animais aquáticos em extinção. In: X Encontro Cearense dos Grupos PET, 2011, Limoeirodo Norte, Ceará. X ENCONTRO CEARENSE DOS GRUPOS PET, 2011.REBOUÇAS, V. T.; CALDINI, N. N.; SILVA, F. J. R.; CAVALCANTE, D. H.; SÁ, M. V. C.. Interaçãoentre a taxa de arraçoamento e a área para perifíton em aquários de cultivo de juvenis de tilápia doNilo. In: XIII Congresso Brasileiro de Limnologia, 2011, Natal. XIII CONGRESSO BRASILEIRO DELIMNOLOGIA, 2011.CALDINI, N. N.; REBOUÇAS, V. T.; CAVALCANTE, D. H.; MARTINS, R. B.; SÁ, M. V. C.. Qualidadede água e desempenho produtivo da Tilápia do Nilo submetida a diferentes programas alimentares.In: XIII Congresso Brasileiro de Limnologia, 2011, Natal. XIII CONGRESSO BRASILEIRO DELIMNOLOGIA, 2011.REBOUÇAS, V. T.; CALDINI, N. N.; SILVA, F. J. R.; CAVALCANTE, D. H.; SÁ, M. V. C.. Interaçãoentre a taxa de arraçoamento e a área para perifíton em aquários de cultivo de juvenis de tilápia doNilo. In: XXX Encontro de Iniciação Científica - Encontros Universitários, 2011, Fortaleza. XXXENCONTROS DE INICIAÇÃO CIENTÍFICA, 2011.CALDINI, N. N.; REBOUÇAS, V. T.; CAVALCANTE, D. H.; MARTINS, R. B.; SÁ, M. V. C.. Qualidadede água e desempenho produtivo da Tilápia do Nilo submetida a diferentes programas alimentares.In: XXX Encontro de Iniciação Científica - Encontros Universitários, 2011, Fortaleza. XXXENCONTROS DE INICIAÇÃO CIENTÍFICA, 2011.PRESENÇA EM EVENTOS- X Encontro Cearense dos Grupos PET- XIII CONGRESSO BRASILEIRO DE LIMNOLOGIA- III Simpósio Nacional de Ecologia Teórica- I Conferência Internacional sobre Energia de Resíduos e Biomassa
  • 27. - 62° Congresso Nacional de Botânica- X Encontro Nordestino dos Grupos PETSandra Vieira PaivaPAIVA, S. V. ; OLIVEIRA FILHO, R. R. ; LOTUFO, T. M. C. . Diversidade de ascídias em um recifecosteiro do litoral cearense. In: 3o Congresso Brasileiro de Biologia Marinha, 2011, Natal. 3oCongresso Brasileiro de Biologia Marinha, 2011.PINTO, Y. T. T. ; Moreira, A. K. A. ; PAIVA, S. V. ; SILVA, F, V. ; MATTHEWS-CASCON, Helena .Primeiro registro de Thysanozoon brochii (Risso, 1818) (Turbellaria, Polycladida) para a costa doCeará. In: 3o Congresso Brasileiro de Biologia Marinha, 2011, Natal. 3o Congresso Brasileiro deBiologia Marinha, 2011.HOLANDA, C. L. B. ; OLIVEIRA FILHO, R. R. ; PAIVA, S. V. ; PAIVA, A. B. ; LOTUFO, T. M. C. .Levantamento de ascídias em placas de recrutamento no terminal portuário do Pecém CE. In: 3oCongresso Brasileiro de Biologia Marinha, 2011, Natal. 3o Congresso Brasileiro de Biologia Marinha,2011.PAIVA, S. V. ; ARAÚJO, A. K. M. ; GALVAO FILHO, H. C. ; MEIRELLES, C. A. O. ; MATTHEWS-CASCON, Helena . Primeiro registro de Caliphylla mediterrânea A. Costa, 1867 (Gastropoda:Caliphyllidae) no estado do Ceará, Nordeste, Brasil. In: XXII Encontro Brasileiro de Malacologia,2011, Fortaleza. XXII Encontro Brasileiro de Malacologia, 2011.PAIVA, S. V.; OLIVEIRA FILHO, R. R. ; LOTUFO, T. M. C. ASCÍDIAS DO ATOL DAS ROCAS:CONSIDERAÇÕES A RESPEITO DO GÊNERO TRIDIDEMNUM DELLA VALLE, 1881. In: XXXEncontro de Iniciação Científica - Encontros Universitários, 2011, Fortaleza. XXX ENCONTROS DEINICIAÇÃO CIENTÍFICA, 2011. 5.3.2. Considerando as atividades desenvolvidas pelo grupo e a ação efetiva do Tutor, relacione, no mínimo, três aspectos que caracterizem avanços qualitativos na formação acadêmica e na formação cidadã dos petianos.O envolvimento dos bolsistas no grupo PET tem contribuído de forma positiva para a obtençãoefetiva de avanços qualitativos referentes à: (1) Capacitação para a apresentação de trabalhos (palestras, cursos, seminários, etc), não somente como ouvintes, mas como palestrantes e/ou colaboradores; (2) Incentivo a produção científica, permitindo que os bolsistas ampliem seu campo de conhecimento; (3) Formação de mente crítica, liderança, solidariedade e ética profissional; (4) Oportunidade de melhorar a capacidade de trabalhar em conjunto, gerenciar horários, organizar e executar atividades; (5) Interação com os graduandos do curso e desenvolvimento de um papel social de modo a contribuir para a melhoria da comunidade acadêmica e da sociedade em geral.Local e Data: Fortaleza, 01 de janeiro de 2012.Assinatura do Tutor:Assinatura do representante dos Alunos, escolhido pelo Grupo: