Métodos registo pressão arterial

16,586 views
15,995 views

Published on

Apresentação de Fisiologia II sobre os métodos de registo da pressão arterial

Published in: Business, Health & Medicine
0 Comments
2 Likes
Statistics
Notes
  • Be the first to comment

No Downloads
Views
Total views
16,586
On SlideShare
0
From Embeds
0
Number of Embeds
83
Actions
Shares
0
Downloads
217
Comments
0
Likes
2
Embeds 0
No embeds

No notes for slide

Métodos registo pressão arterial

  1. 1. Métodos de registo da pressão arterial Fisiologia II – 2007/2008 Ana Rita Antunes Carolina Correia Cátia Barão Fernando Azevedo Francisco Santos Joana Curado Telma Calado Vânia Caldeira
  2. 2. Medida da pressão arterial <ul><li>Pode ser medida com um esfigomanómetro ou um oscilógrafo programado para registar directamente os resultados numa fita de papel em movimento </li></ul><ul><li>Vários métodos: </li></ul><ul><li>- auscultatório </li></ul><ul><li>- palpatório </li></ul>
  3. 3. Unidades da pressão arterial <ul><li>Quase sempre medida em milímetros de mercúrio </li></ul><ul><li>Pressão sanguínea – força exercida pelo sangue contra qualquer área unitária de parede vascular </li></ul><ul><li>Pode ser medida em centímetros de água </li></ul><ul><li>1mmHg = 1,36 cm água </li></ul>
  4. 4. Determinação da pressão sanguínea pelo esfigmomanómetro de Mercúrio <ul><li>Insere-se uma cânula na artéria, veia ou mesmo no coração </li></ul><ul><li>A pressão é transmitida para </li></ul><ul><li>o lado esquerdo empurrando </li></ul><ul><li>o Hg para baixo, elevando </li></ul><ul><li>a coluna do lado direito </li></ul><ul><li>A diferença entre os 2 níveis </li></ul><ul><li>de Hg igual à pressão na </li></ul><ul><li>circulação </li></ul>
  5. 5. Método auscultatório <ul><li>Uma manga insuflável – manga de Riva-Rocci – fixada a um esfigmomanómetro </li></ul><ul><li>A manga é colocada à volta do braço e o estetoscópio sobre a artéria </li></ul><ul><li>braquial no </li></ul><ul><li>cotovelo </li></ul><ul><li>Pressão normal: </li></ul><ul><li>120/80 mmHg </li></ul><ul><li>HTA: +140/90mmHG </li></ul>
  6. 6. <ul><li>Insufla-se a manga até que a pressão fique bem acima da pressão sistólica esperada na artéria braquial (cerca de 150mmHg) </li></ul><ul><li>Nada se ouve com o estetoscópio </li></ul><ul><li>Seguidamente baixa-se a pressão na manga lentamente </li></ul><ul><li>No ponto em que a pressão sistólica excede a pressão da manga um jacto de sangue passa a cada batimento cardíaco - ouve-se um som de batida no estetoscópio </li></ul>
  7. 7. <ul><li>A pressão a que os sons são primeiramente ouvidos é a pressão sistólica </li></ul><ul><li>À medida que a pressão na manga é reduzida, os sons ficam mais altos, depois abafados e finalmente surdos </li></ul><ul><li>Desaparecem na maioria dos indivíduos – sons de Korotkoff </li></ul><ul><li>A pressão no qual o som desaparece – pressão diastólica </li></ul><ul><li>Nos adultos após exercício, crianças, hipertiroidismo e insuficiência cardíaca, os sons surdos correspondem à pressão diastólica </li></ul>
  8. 8. Sons de Korotkoff <ul><li>Produzidos pelo fluxo turbulento na artéria braquial </li></ul><ul><li>O fluxo laminar na artéria não contraída é silencioso </li></ul><ul><li>Quando a artéria é estreitada, a velocidade do fluxo excede a velocidade crítica e ocorre fluxo turbulento </li></ul><ul><li>Pressão na manga abaixo da sistólica - o fluxo através da artéria ocorre apenas no pico da sístole e a turbulência produz um som de batida </li></ul><ul><li>Pressão na manga acima da diastólica – o fluxo é interrompido e os sons apresentam uma qualidade de staccato </li></ul><ul><li>Pressão na manga próxima da diastólica – o vaso mantém-se contraído e o fluxo turbulento é contínuo, os sons são surdos </li></ul>
  9. 9. Precauções com o método auscultatório <ul><li>A manga deve ficar ao nível do coração para que não seja influenciada pela gravidade </li></ul><ul><li>A pressão arterial pode ser medida nas coxas com a manga envolta da coxa e o estetoscópio na artéria popliteia </li></ul><ul><li>Mas como existe mais tecido na perna que no braço, parte da pressão da manga é dissipada (o mesmo acontece com indivíduos obesos nos braços) – assim podemos dizer que as pressões de braço-padrão são falsamente altas </li></ul><ul><li>Para estas situações a pressão exacta pode ser obtida utilizando uma manga mais larga </li></ul>
  10. 10. <ul><li>Comparar a pressão nos dois braços – grandes diferenças indicam obstrução vascular </li></ul><ul><li>Utilização de máquinas para monitorização contínua nos hospitais e de esfigmomanómetros </li></ul><ul><li>electrónicos </li></ul>
  11. 11. Método Palpatório <ul><li>Insuflar a manga e deixar a pressão cair determinando a pressão a que o pulso </li></ul><ul><li>radial é palpável </li></ul><ul><li>Pressões 2 a 5 mmHg mais baixas </li></ul><ul><li>Criar o hábito de palpar o pulso – </li></ul><ul><li>quando a pressão da manga baixa, os </li></ul><ul><li>sons de Korotkoff podem desaparecer </li></ul><ul><li>a pressões acima da diastólica (hiato </li></ul><ul><li>auscultatório) </li></ul><ul><li>Manga for insuflada até o pulso radial </li></ul><ul><li>desaparecer, o médico tem certeza que </li></ul><ul><li>a pressão da manga está acima da pressão sistólica </li></ul>

×