Sequencia de textos
Upcoming SlideShare
Loading in...5
×
 

Sequencia de textos

on

  • 1,608 views

 

Statistics

Views

Total Views
1,608
Views on SlideShare
1,608
Embed Views
0

Actions

Likes
1
Downloads
78
Comments
0

0 Embeds 0

No embeds

Accessibility

Categories

Upload Details

Uploaded via as Adobe PDF

Usage Rights

© All Rights Reserved

Report content

Flagged as inappropriate Flag as inappropriate
Flag as inappropriate

Select your reason for flagging this presentation as inappropriate.

Cancel
  • Full Name Full Name Comment goes here.
    Are you sure you want to
    Your message goes here
    Processing…
Post Comment
Edit your comment

Sequencia de textos Sequencia de textos Document Transcript

  • A ÁRVORE QUE DAVA SORVETE SÉRGIO CAPPARELLI NO PÓLO NORTE TEM ÁRVORE QUE DÁ SORVETE. DE MORANGO PARA AS FILHAS DO CALANGO. DE CHOCOLATE PARA O CACHORRO DO ALFAIATE. DE GROSELHA PARA A GATA DA ADÉLIA. E DE UVA PARA A FILHA DA VIÚVA. NO PÓLO NORTE TEM ÁRVORE QUE DÁ SORVETE. ACREDITA?
  • A BICHARADA ATRAPALHADA SOLANGE VALADARES NUM LUGAR MUITO DISTANTE ATRÁS DO MORRO MOLHADO EXISTE UMA FLORESTA ONDE TUDO É TROCADO. OS ANIMAIS SÃO DIFERENTES NUNCA VI NENHUM IGUAL E TODOS VIVEM CONTENTES POIS ACHAM TUDO NORMAL. A ZEBRA É TODA PINTADA E A GIRAFA LISTRADA O MACACO NÃO TEM CAUDA O ELEFANTE É BEM MAGRO. A ONÇA ANDA BEM DEVAGAR O HIPOPÓTAMO CORRE SEM PARAR O COELHO ANDA SE ARRASTANDO E A TARTARUGA SALTANDO. PAPAGAIO NÃO SABE FALAR E O PAVÃO VIVE A TAGARELAR OS PEIXES SABEM VOAR E OS PASSARINHOS A NADAR. AVESTRUZ NÃO SABE CORRER A CORUJA PODE MORDER O PATO SABE CACAREJAR E A CIGARRA VIVE A PIAR. QUEM POR ALI PASSAR VAI FICAR ADMIRADO DE VER QUE NUMA FLORESTA SÓ TEM BICHO ATRAPALHADO.
  • A BORBOLETA XERETA LENISE RESENDE E ROSY BELTRÃO ANTONIETA, A BORBOLETA XERETA, VENDO ABERTA UMA GAVETA, VOOU CORRENDO PRA LÁ PRA PODER BISBILHOTAR. VOA DAQUI, SALTITA DE LÁ. NÃO RESISTE E ENTRA LÁ. E A BORBOLETA SALIENTE, FICOU PRESA POR ACIDENTE, NA GAVETA QUE RAPIDAMENTE, FOI FECHADA NOVAMENTE. ANTONIETA ENTÃO CHOROU POIS SEM AR QUASE FICOU MAS TANTO ESPERNEOU QUE O BARULHO ALGUÉM OUVIU, A GAVETA REABRIU E A BORBOLETA SAIU, DANDO UM SUSTO EM QUEM VIU.
  • A CASA E O SEU DONO ELIAS JOSÉ ESSA É A CASA DE CACO QUEM MORA NELA É O MACACO. ESSA CASA TÃO BONITA QUEM MORA NELA É A CABRITA. ESSA CASA É DE CIMENTO QUEM MORA NELA É O JUMENTO. ESSA CASA É DE TELHA QUEM MORA NELA É A ABELHA. ESSA CASA É DE LATA QUEM MORA NELA É A BARATA. ESSA CASA É ELEGANTE QUEM MORA NELA É O ELEFANTE. E DESCOBRI DE REPENTE QUE NÃO FALEI EM CASA DE GENTE.
  • A CASA E O SEU DONO ELIAS JOSÉ ESSA É A CASA DE CACO QUEM MORA NELA É O MACACO. ESSA CASA TÃO BONITA QUEM MORA NELA É A CABRITA. ESSA CASA É DE CIMENTO QUEM MORA NELA É O JUMENTO. ESSA CASA É DE TELHA QUEM MORA NELA É A ABELHA. ESSA CASA É DE LATA QUEM MORA NELA É A BARATA. ESSA CASA É ELEGANTE QUEM MORA NELA É O ELEFANTE. E DESCOBRI DE REPENTE QUE NÃO FALEI EM CASA DE GENTE.
  • A FESTA DA JARARACA A JARARACA PREPAROU UMA FESTA COM O PERU MAS O JACARÉ NÃO VAI, ESTÁ BRIGADO COM O URUBU. O JACARÉ ESTÁ CHATEADO, POIS PEGOU CATAPORA E A CORUJA PARA AGRADÁ-LO FEZ UM SUCO DE AMORA.
  • A LAGARTA E A BORBOLETA VERA RIBEIRO GUEDES ERA UMA VEZ... UMA LAGARTA ENVERGONHADA, QUE PELO CHÃO SE RASTEJAVA, E TODO MUNDO DEBOCHAVA: QUE LAGARTA DESENGONÇADA, FEIA E MALTRATADA! NINGUÉM, DELA, GOSTAVA, AS PESSOAS, ELA, ASSUSTAVA. POBRE DONA LAGARTA... MUITO TRISTE FICOU, E SENTINDO-SE DESPREZADA, EM UM CASULO SE FECHOU. E ASSIM.. PASSARAM-SE OS DIAS, NINGUÉM, A SUA FALTA, SENTIA, ATÉ QUE EM BELO CENÁRIO, ENQUANTO O SOL, A VIDA, AQUECIA, E A ROSA, O JARDIM, FLORIA, EM UM GALHO PENDURADO, O CASULO SE ABRIA. E UMA LINDA BORBOLETA, DE ASAS BEM COLORIDAS, O CASULO DEIXOU, ALEGRANDO NOSSA VIDA. E, TODOS VIRAM O MILAGRE, QUE A NATUREZA PREPAROU, A FEIA E ENVERGONHADA LAGARTA, NA BORBOLETA SE TRANSFORMOU. JÁ NÃO ERA DESENGONÇADA, MAS, LINDA E CHEIA DE GRAÇA, E A TODOS SUPEROU. POIS, NÃO MAIS SE RASTEJAVA, PELO CONTRÁRIO, VOAVA, O CÉU, ENFIM, CONQUISTOU.
  • A LEBRE E A TARTARUGA UM DIA UMA TARTARUGA COMEÇOU A CONTAR VANTAGEM DIZENDO QUE CORRIA MUITO DEPRESSA, QUE A LEBRE ERA MUITO MOLE, E ENQUANTO FALAVA, A TARTARUGA RIA E RIA DA LEBRE. MAS A LEBRE FICOU MESMO IMPRESSIONADA FOI QUANDO A TARTARUGA RESOLVEU APOSTAR UMA CORRIDA COM ELA. "DEVE SER SÓ DE BRINCADEIRA!", PENSOU A LEBRE. A RAPOSA ERA O JUIZ E RECEBIA AS APOSTAS. A CORRIDA COMEÇOU, E NA MESMA HORA, CLARO, A LEBRE PASSOU À FRENTE DA TARTARUGA. O DIA ESTAVA QUENTE, POR ISSO LÁ PELO MEIO DO CAMINHO A LEBRE TEVE A IDÉIA DE BRINCAR UM POUCO. DEPOIS DE BRINCAR, RESOLVEU TIRAR UMA SONECA À SOMBRA FRESQUINHA DE UMA ÁRVORE. "SE POR ACASO A TARTARUGA ME PASSAR, É SÓ CORRER UM POUCO E FICO NA FRENTE DE NOVO", PENSOU. A LEBRE ACHAVA QUE NÃO IA PERDER AQUELA CORRIDA DE JEITO NENHUM. ENQUANTO ISSO, LÁ VINHA A TARTARUGA COM SEU JEITÃO, ARRASTANDO OS PÉS, SEMPRE NA MESMA VELOCIDADE, SEM DESCANSAR NEM UMA VEZ, SÓ PENSANDO NA CHEGADA. ORA, A LEBRE DORMIU TANTO QUE ESQUECEU DE PRESTAR ATENÇÃO NA TARTARUGA. QUANDO ELA ACORDOU, CADÊ A TARTARUGA? BEM QUE A LEBRE SE LEVANTOU E SAIU ZUNINDO, MAS NEM ADIANTAVA! DE LONGE ELA VIU A TARTARUGA ESPERANDO POR ELA NA LINHA DE CHEGADA. (DO LIVRO: FÁBULAS DE ESOPO - COMPANHIA DAS LETRINHAS)
  • A ROSA E A BORBOLETA UMA VEZ UMA BORBOLETA SE APAIXONOU POR UMA LINDA ROSA. A ROSA FICOU COMOVIDA, POIS O PÓ DAS ASAS DA BORBOLETA FORMAVA UM MARAVILHOSO DESENHO EM OURO E PRATA. ASSIM, QUANDO A BORBOLETA SE APROXIMOU VOANDO DA ROSA E DISSE QUE A AMAVA, A ROSA FICOU CORADINHA E ACEITOU O NAMORO. DEPOIS DE UM LONGO NOIVADO E MUITAS PROMESSAS DE FIDELIDADE, A BORBOLETA DEIXOU SUA AMADA ROSA. MAS Ó DESGRAÇA! A BORBOLETA SÓ VOLTOU MUITO TEMPO DEPOIS. - É ISSO QUE VOCÊ CHAMA FIDELIDADE? – CHORAMINGOU A ROSA. – FAZ SÉCULOS QUE VOCÊ PARTIU, E ALÉM DISSO VOCÊ PASSA O TEMPO DE NAMORO COM TODOS OS TIPOS DE FLORES. VI QUANDO VOCÊ BEIJOU DONA GERÂNIO, VI QUANDO VOCÊ DEU VOLTINHAS NA DONA MARGARIDA ATÉ QUE DONA ABELHA CHEGOU E EXPULSOU VOCÊ... PENA QUE ELA NÃO LHE DEU UMA BOA FERROADA! - FIDELIDADE!? – RIU A BORBOLETA. – ASSIM QUE ME AFASTEI, VI O SENHOR VENTO BEIJANDO VOCÊ. DEPOIS VOCÊ DEU O MAIOR ESCÂNDALO COM O SENHOR ZANGÃO E FICOU DANDO TRELA PARA TODO BESOURINHO QUE PASSAVA POR AQUI. E AINDA VEM ME FALAR EM FIDELIDADE! (DO LIVRO: FÁBULAS DE ESOPO - COMPANHIA DAS LETRINHAS)
  • A TARTARUGUINHA OUVI CONTAR UMA HISTORIA, UMA HISTÓRIA ENGRAÇADINHA, DA TARTARUGUINHA, DA TARTARUGUINHA, HOUVE UMA FESTA LÁ NO CÉU, MAS O CÉU ERA DISTANTE, E A TARTARUGUINHA VIAJOU NA ORELHA DO ELEFANTE. QUANDO A FESTA TERMINOU, A BICHARADA SE MANDOU. QUEM VIU A TARTARUGUINHA? QUEM VIU? LÁ DO CÉU ELA CAIU SÃO PEDRO O CÉU VARREU, E DA POBREZINHA SE ESQUECEU. ELA DISSE: EU QUEBREI TODA. MEU CORPINHO ESTÁ DE FORA. COMO É QUE VOU FAZER, PAI DO CÉU, COMO VOU VIVER AGORA? PAI DO CÉU JUNTOU OS CAQUINHOS, COLOU... MAS BONITA ELA FICOU!
  • O QUE SE PODE APRENDER? O CADERNO DE LEITURA POSSIBILITA: • TRABALHAR COM TEXTOS REAIS, DE DIFERENTES GÊNEROS • APRESENTAR UM REPERTÓRIO DE TEXTOS CONHECIDOS DAS CRIANÇAS • ORGANIZAR OS TEXTOS TRABALHADOS EM CLASSE • DESENVOLVER ATIVIDADES DE LEITURA COMPARTILHADA • INCENTIVAR AS CRIANÇAS A LEREM ANTES DE SABER FAZÊ-LO DE FORMA CONVENCIONAL • SOCIALIZAR COM OS FAMILIARES ALGUNS DOS TEXTOS QUE CIRCULAM NA SALA DE AULA • PROMOVER A LEITURA E CONSULTA DOS TEXTOS SEMPRE QUE AS CRIANÇAS DESEJAREM E/OU NECESSITAREM • CRIAR UM REFERENCIAL ESTÁVEL DE TEXTOS/PALAVRAS QUE PODEM SER USADOS NO MOMENTO DE PRODUZIR OUTROS TEXTOS. QUAIS OS OBJETIVOS? O CADERNO DE LEITURA TEM COMO OBJETIVOS PRINCIPAIS: • INCENTIVAR A PRÁTICA DA LEITURA E O DESEJO DE LER • POSSIBILITAR O CONTATO DIRETO DAS CRIANÇAS COM TEXTOS REAIS • AMPLIAR A DIVERSIDADE DE GÊNEROS TEXTUAIS CONHECIDOS PELAS CRIANÇAS • GARANTIR UM REPERTÓRIO DE TEXTOS DE BOA QUALIDADE QUE SE CONSTITUA NUM MATERIAL DE CONSULTA PARA A ESCRITA DE OUTROS TEXTOS • INCENTIVAR AS CRIANÇAS A LEREM MESMO QUANDO AINDA NÃO SABEM LER CONVENCIONALMENTE • APRESENTAR SITUAÇÕES REAIS EM QUE AS CRIANÇAS TENHAM QUE UTILIZAR ESTRATÉGIAS DE LEITURA E AJUSTAR O QUE SABEM DE COR AO QUE ESTÁ ESCRITO • DESENCADEAR ATIVIDADES DE LEITURA QUE EXIGEM REFLEXÃO SOBRE A ESCRITA CONVENCIONAL • FAVORECER ALGUMAS APRENDIZAGENS IMPORTANTES: SOBRE O FATO DE TODO ESCRITO PODER SER LIDO, SOBRE A LINGUAGEM QUE SE USA PARA ESCREVER, SOBRE A DISPOSIÇÃO GRÁFICA DOS DIFERENTES GÊNEROS TEXTUAIS, SOBRE O VALOR SONORO CONVENCIONAL DAS LETRAS... • AJUDAR AS CRIANÇAS A AVANÇAREM NOS SEUS CONHECIMENTOS SOBRE A ESCRITA.
  • LEITURA : PERSEVERANÇA PARA PODERMOS ENCONTRAR AS RESPOSTAS CERTAS – SEJA EM PORTUGUÊS, MATEMÁTICA OU HISTÓRIA, SEJA NA VIDA, É NECESSÁRIO HAVER DEDICAÇÃO CONSTANTE. O PESCADOR QUE PUXA A REDE COM PRESSA NÃO TEM PEIXE PARA A FEIRA; O ALUNO QUE FECHA O LIVRO DEPRESSA NÃO APRENDE A LIÇÃO INTEIRA. POR ISSO, SE QUER TER CIÊNCIA, A HORA DO ESTUDO PROLONGUE: NADA DE ALCANÇAR SEM PACIÊNCIA, PORQUE DEVAGAR SE VAI AO LONGE. O TEXTO ACIMA FOI ADAPTADO DE ―O LIVRO DAS VIRTUDES PARA CRIANÇAS‖, ORGANIZADO POR WILLIAN J. BENNETT E TRADUZIDO POR CLAÚDIA ROQUETTE PINTO.
  • 1ª SÉRIE CADERNO DE LEITUR
  • ALFABETO DA MÔNICA A–B–C–D–E–F–G–H–I–J–L–M–N– O–P–Q–R–S–T–U–V–X–Z K–W–Y
  • ALFABETO DA MÔNICA A–B–C–D–E–F–G–H–I–J–L–M–N – O–P–Q–R–S–T–U–V–X–Z K–W–Y
  • Aqui é o nosso cantinho. Que divertido é: Ler histórias, dar muita risada, conhecer novos desenhos para colorir, ter boas idéias para brincar com os amiguinhos. É também ter nosso próprio livro de receitas, cantar cantigas de roda, fazer adivinhações e também aprender um montão de coisas! Afinal ser criança é especial! Nosso intuito é oferecer diversão, brincadeiras e cultura. Acreditamos que enquanto existirem no mundo crianças há muita esperança. Nossos sonhos Sonhamos com o dia em que todas as crianças tenham lares felizes para morar, proteção, amor, estudo e muitos sonhos para realizar. Com uma família fantástica ao lado para amar, Que aprendam o valor da amizade, de cada minuto da vida, E que jamais esqueçam disso na idade adulta! Acreditamos que ser criança é isso: jamais perder a fé em Deus (independente de religião), a esperança, o encantamento pela vida (ela é um presente e tem muitos momentos de festa), valorizar o outro e acreditar nele - os adultos têm medo, às vezes, de fazê-lo acreditar sempre, eternamente nos sonhos e em si mesmo! Que todos possamos deixar a criança que existe dentro de nós viva para sempre! Equipe QDivertido.com.br
  • O AR (O VENTO) VINÍCIUS DE MORAIS ESTOU VIVO, MAS NÃO TENHO CORPO. POR ISSO É QUE NÃO TENHO FORMA. PESO EU TAMBÉM NÃO TENHO. NÃO TENHO COR. QUANDO SOU FRACO ME CHAMO BRISA. E SE ASSOBIO, ISSO É COMUM. QUANDO SOU FORTE, ME CHAMO VENTO. QUANDO SOU CHEIRO, ME CHAMO PUM!
  • AS BORBOLETAS BRANCAS AZUIS AMARELAS E PRETAS BRINCAM NA LUZ AS BELAS BORBOLETAS. BORBOLETAS BRANCAS SÃO ALEGRES E FRANCAS. BORBOLETAS AZUIS GOSTAM MUITO DE LUZ. AS AMARELINHAS SÃO TÃO BONITINHAS! E AS PRETAS ENTÃO… OH, QUE ESCURIDÃO!
  • CIEP- ANTON MAKARENKO PROF.: ANGELA MARIA TURMA: 1302 CADERNO DE LEITURA ALUNO: _______________ CIEP- ANTON MAKARENKO PROF.: ANGELA MARIA TURMA: 1302 CADERNO DE LEITURA ALUNO: _______________
  • JOGO DE BOLA JOGO DE BOLA Cecília Meireles Cecília Meireles A BELA BOLA A BELA BOLA ROLA: ROLA: A BELA BOLA DO RAUL. A BELA BOLA DO RAUL. BOLA AMARELA BOLA AMARELA A DA ARABELA. A DA ARABELA. A DO RAUL, A DO RAUL, AZUL. AZUL. ROLA A AMARELA ROLA A AMARELA E PULA A AZUL. E PULA A AZUL. A BOLA É MOLE, A BOLA É MOLE, É MOLE E ROLA. É MOLE E ROLA. A BOLA É BELA, A BOLA É BELA, É BELA E PULA. É BELA E PULA. É BELA, ROLA E PULA, É BELA, ROLA E PULA, É MOLE, AMARELA, AZUL. É MOLE, AMARELA, AZUL. A DE RAUL É DE ARABELA, A DE RAUL É DE ARABELA, E A DE ARABELA É DE RAUL. E A DE ARABELA É DE RAUL.
  • CHAPEUZINHO AMARELO ERA A CHAPEUZINHO AMARELO. AMARELADA DE MEDO. TINHA MEDO DO TUDO, AQUELA CHAPEUZINHO. JÁ NÃO RIA. EM FESTA, NÃO APARECIA. NÃO SUBIA ESCADA NEM DESCIA. NÃO ESTAVA RSFRIADA MAS TOSSIA. OUVIA CONTO DE FADA E ESTREMECIA. NÃO BRINCAVA MAIS DE NADA, NEM DE AMARELINHA. TINHA MEDO DE TROVÃ O. MINHOCA, PRA ELA, ERA COBRA. E NUNCA APANHAVA SOL PORQUE TINHA MEDO DA SOMBRA. NÃO IA PRA FORA PRA NÃO SE SUJAR. NÃO TOMAVA SOPA PRA NÃO SE ENSOPAR. NÃO TOMAVA BANHO PRA NÃO SE DESCOLAR. NÃO FALAVA NADA PRA NÃO ENGASGAR. NÃO FICAVA EM PÉ COM MEDO DE CAIR. ENTÃO VIVIA PARADA, DEITADA, MAS SEM DORMIR, COM MEDO DE PESADELO. ERA A CHAPEUZINHO AMARELO. QUAL SUA OPINIÃO SOBRE: 1. COMO É A CHAPEUZINHO AMARELO? ................................................... ............... 2. POR QUE SERÁ QUE ESSA C HAPEUZINHO É AMARELA? ...................................... 3. O QUE VOC Ê ACHA DE ALGUÉM SER TÃO MEDROSO QU ANTO ESSA CHAPEUZIN HO? ........................................................................................ .......... PARA O AUTOR DO TEXTO, O AMARELO PARECE SER A COR DO MEDO. PARA VOCÊ, QUAL É A COR: a) DA RAIVA? ....................... b) DO AMOR? ....................... c) DA PAZ? .......................... d) DA TRISTEZA? ................. IMAGINE... E RESPONDA. 4. SE, PARA CHAPEUZINHO AMARELO, “MINHOCA ERA COBRA”,  UM GATO SERIA........................................................  UM CACHORRO SERIA ..............................................  UM PASSARINHO SERIA ......................................... ... OBSERVE A CENA E DESCREVA O ACONTECIMENTO DO JEITO QUE IMAGINA SER :
  • UM RECURSO A FAVOR DA ALFABETIZAÇÃO COMO SURGIU A PROPOSTA? SURGIU DA OBSERVAÇÃO DE QUE MUITAS CRIANÇAS APRENDIAM A LER A PARTIR DA ―LEITURA‖ DE TEXTOS QUE JÁ SABIAM DE COR (MÚSICAS, POEMAS, LISTAS DE NOMES DE FAMILIARES E AMIGOS E OUTROS TEXTOS DE CONTEÚDO CONHECIDO). A OBSERVAÇÃO DESSA PRÁTICA MOTIVOU A PROPOSTA DE ORGANIZAR UM CADERNO DE LEITURA CONTENDO DIFERENTES TIPOS DE TEXTOS CONHECIDOS DAS CRIANÇAS, COMO APOIO À ALFABETIZAÇÃO O QUE SE PODE APRENDER? O CADERNO DE LEITURA POSSIBILITA: • TRABALHAR COM TEXTOS REAIS, DE DIFERENTES GÊNEROS • APRESENTAR UM REPERTÓRIO DE TEXTOS CONHECIDOS DAS CRIANÇAS • ORGANIZAR OS TEXTOS TRABALHADOS EM CLASSE • DESENVOLVER ATIVIDADES DE LEITURA COMPARTILHADA • INCENTIVAR AS CRIANÇAS A LEREM ANTES DE SABER FAZÊ-LO DE FORMA CONVENCIONAL • SOCIALIZAR COM OS FAMILIARES ALGUNS DOS TEXTOS QUE CIRCULAM NA SALA DE AULA • PROMOVER A LEITURA E CONSULTA DOS TEXTOS SEMPRE QUE AS CRIANÇAS DESEJAREM E/OU NECESSITAREM • CRIAR UM REFERENCIAL ESTÁVEL DE TEXTOS/PALAVRAS QUE PODEM SER USADOS NO MOMENTO DE PRODUZIR OUTROS TEXTOS. QUE TEXTOS SELECIONAR? O CADERNO DE LEITURA PODE TER DUAS PARTES. UMA DELAS COM TEXTOS COMO PARLENDAS, POEMAS, QUADRINHAS, MÚSICAS, LISTAS E OUTROS TEXTOS QUE AS CRIANÇAS SABEM DE COR. E OUTRA COM TEXTOS QUE AS CRIANÇAS DEMONSTRAREM INTERESSE EM TER DISPONÍVEIS PARA COMPARTILHAR COM FAMILIARES E AMIGOS: FÁBULAS, PIADAS, RECEITAS E OUTROS. MATERIAL DE CONSULTA PARA A ESCRITA DE OUTROS TEXTOS • INCENTIVAR AS CRIANÇAS A LEREM MESMO QUANDO AINDA NÃO SABEM LER CONVENCIONALMENTE • APRESENTAR SITUAÇÕES REAIS EM QUE AS CRIANÇAS TENHAM QUE UTILIZAR ESTRATÉGIAS DE LEITURA E AJUSTAR O QUE SABEM DE COR AO QUE ESTÁ ESCRITO • DESENCADEAR ATIVIDADES DE LEITURA QUE EXIGEM REFLEXÃO SOBRE A ESCRITA CONVENCIONAL • FAVORECER ALGUMAS APRENDIZAGENS IMPORTANTES: SOBRE O FATO DE TODO ESCRITO PODER SER LIDO, SOBRE A LINGUAGEM QUE SE USA PARA ESCREVER, SOBRE A DISPOSIÇÃO GRÁFICA DOS DIFERENTES GÊNEROS TEXTUAIS, SOBRE O VALOR SONORO CONVENCIONAL DAS LETRAS... • AJUDAR AS CRIANÇAS A AVANÇAREM NOS SEUS CONHECIMENTOS SOBRE A ESCRITA. DESDE QUANDO? O CADERNO DE LEITURA PODE SER ORGANIZADO COM AS TURMAS DE TRÊS ANOS EM DIANTE: • COM AS CRIANÇAS DE 3 A 5 ANOS, O CADERNO SERÁ UMA OPORTUNIDADE PARA QUE ELAS SE RECONHEÇAM CAPAZES DE LER. A SELEÇÃO DOS TEXTOS DEVE SEMPRE TER COMO CRITÉRIOS PRINCIPAIS: AS CARACTERÍSTICAS, CONHECIMENTOS E PREFERÊNCIAS DA TURMA E A QUALIDADE DO MATERIAL (TANTO DO PONTO DE VISTA DO CONTEÚDO COMO DA APRESENTAÇÃO GRÁFICA). NESSA FAIXA ETÁRIA O CADERNO POSSIBILITA (PRINCIPALMENTE) RESGATAR TEXTOS SIGNIFICATIVOS DA CULTURA POPULAR, AMPLIAR O REPERTÓRIO DE TEXTOS CONHECIDOS, APRENDER QUE TUDO O QUE DIZEMOS, CANTAMOS, RECITAMOS PODE SER ESCRITO, QUE OS TEXTOS SÃO DIFERENTES E SE ORGANIZAM GRAFICAMENTE DE MODO DIFERENTE, QUE ESCREVEMOS COM LETRAS... • A PARTIR DOS 6 ANOS, ALÉM DESSAS VANTAGENS, O CADERNO SERVE TAMBÉM COMO FONTE DE CONSULTA PARA A ESCRITA DAS CRIANÇAS, EM SITUAÇÕES ESPONTÂNEAS OU ORIENTADAS PELO PROFESSOR. QUAIS OS OBJETIVOS? O CADERNO DE LEITURA TEM COMO OBJETIVOS PRINCIPAIS: • INCENTIVAR A PRÁTICA DA LEITURA E O DESEJO DE LER • POSSIBILITAR O CONTATO DIRETO DAS CRIANÇAS COM TEXTOS REAIS • AMPLIAR A DIVERSIDADE DE GÊNEROS TEXTUAIS CONHECIDOS PELAS CRIANÇAS • GARANTIR UM REPERTÓRIO DE TEXTOS DE BOA QUALIDADE QUE SE CONSTITUA NUM ALGUNS CUIDADOS LEITURA COM O CADERNO DE É IMPORTANTE: • GARANTIR, NA PÁGINA INICIAL, UMA BREVE APRESENTAÇÃO DO CADERNO COM OS SEUS OBJETIVOS, PARA QUE OS FAMILIARES SAIBAM PARA QUE SERVE E COMO SERÁ UTILIZADO EM CASA E NA ESCOLA
  • Alice... Sou eu... Com mais dúvidas... Adorei esse caderno! Trabalhei em uma escola só de E.I. onde cada professora tinha que montar um "alfabetário" com a sua turma ao longo do ano. Eu montei com minhas turmas, há uns 2 anos, um alfabetário só de músicas tradicionais infantis (do A até o Z), foi uma pesquisa bem trabalhosa, mas ficou muito legal. Aproveitava esses textos p/ trabalhar com eles, buscar palavras, etc. Na página tinha a letra da música e ao lado (no espaço em branco), eles faziam alguma "técnica" de artes que combinasse com a música. Ex.: um gatinho de origami no Atirei o pau no gato, desenho na lixa na música Eu era assim, etc. Esse ano, com o 1.º ano (a C.A.), fiz a mesma coisa. Eles estão amando! Porque toda semana tem uma música nova!!! Mas, ainda estava sentindo falta de alguma coisa... Agora achei! É esse caderno!!! 29/06/07 ♥ Iva Uvinha Bem, lá vão... 1. Já arquivei um monte de sugestões das meninas (obrigadinha a todas!!!). Mas, ainda estou com umas dúvidas... 2. Você cola os textos todos de uma vez? Com qual freqÜência posso colar os textos? 3. Esse caderno só tem leiturinhas??? Tem algum "exercício" junto? Pelo que entendi é SÓ PARA LER (é isso mesmo?). 4. As crianças poderiam "enfeitar" as páginas (que nem eu faço no meu alfabetário)? 5. É um caderno deitado ou em pé? Com pauta ou sem pauta? 6. Os textos são todos impressos e colados? As crianças "copiam" algum texto? Alice, eu agradeço se puder me dar uma luz, pois estou pensando em montar os caderno do 2.º semestre, já que agora o povo aqui só está pensando no PAN... rsrsrsr... está parecendo uma cartinha... Vamos por etapas então... Iniciei o caderno com uma abertura: uma mensagem sobre o caderno, depois os objetivos do caderno e em seguida iniciei com a lista dos alunos da sala e seus respectivos números, onde hoje quem faz a chamada são as crianças, lendo os nomes e números e o referido aluno responde. Na sequência colei a oração que fazemos diariamente e mais oito textos incluíndo músicas, parlendas e travalínguas. Dei um tempo e colei nova remessa de textos: músicas, poemas e mais parlendas. Fazemos leitura diária de todos os textos do caderno, inclusive estou utilizando estratégias para leitura, como leitura dos textos debaixo para cima, meninas lêm uma parte e os meninos outra... Maria Alice ..^^..continuando... Só leiturinhas????????????? SIM. Foi também a primeira pergunta que eu fiz à Susana quando descobri o caderno. Já fui querendo decorar os textos. Mais a intenção do caderno é somente leitura, sem apoio de figuras. Mais nada impede que você trabalhe a parte os textos do caderno, como eu estou fazendo. Dependendo do nível da criança eu elaboro atividades como por exemplo: jogos mexe-mexe, completar lacunas, textos fatiados, cruzadinhas, caça-palavras, desenho sobre determinado texto... 29/06/07 ♥ Iva Uvinha Então... Esse trabalho a parte fica FORA do caderno? Ex.: folhinhas, ou no caderno do aula (de tarefas), etc. 29/06/07 Maria Alice ... Fica a parte. E os textos devem ser impressos com boa qualidade. Na minha escola, estou imprimindo os textos na matricial, assim não gasto muito com xerox. rsrsrsrs Você perguntou se as crianças copiam algum texto. Eu faço sempre com a minha classe, ditados das listas, escrita espontânea de alguma música, parlenda... Assim podemos acompanhar o desenvolvimento da escrita deles. 29/06/07 ♥ Iva Uvinha Tipo de letra Eu uso letra tipo ARIAL (maiúscula) com as crianças p/ tudo (ler, escrever). Nas consignas das tarefas uso a tipo bastão (maiúscula e minúscula). Que tipo de letra você usa no caderno? Só maiúsculas ou maiúsculas e minúsculas? Cursiva? 29/06/07 Maria Alice objetivo do caderno Não podemos esquecer que um dos objetivos do caderno é: Apresentar um repertório de textos conhecidos pelas crianças. Quanto ao tipo de caderno, você pode escolher, na minha opinião o melhor e que eu estou utilizando é o de brochura pequeno, pois é mais fácil de carregar na mochila, sendo que ele vai para casa todos os dias. 29/06/07 Maria Alice tipo de letra Todos os textos com letras maiúsculas. 29/06/07 Maria Alice Ivanise Vamos ficar craque com o caderno de leitura hein... Você vai ver que o resultado é muito bom e o meu caderninho já está percorrendo as escolas aqui onde moro. textos Se você precisar de mais textos, te envio os que tenho aqui. Já copiei todos que colou aqui! Tenho mais alguns de dowloads que fiz no sábado. Vou aproveitar o recesso p/ montar o caderno, será a NOVIDADE de agosto! Maria Alice Boa sorte! Concordo com você quanto ao valor do tópico. E que surpresa fantástica !!!!!!!!!!!!! P.S. Pode adicionar os seus textos aqui também ok?! 30/06/07 ♥ Iva Uvinha Você acha melhor: Caderno deitado ou "em pé" p/ colar os textos??? 30/06/07 Maria Alice tipo de caderno Eu confeccionei com caderno de brochura pequeno, encapei com plástico, para proteção, sem contar que também é mais fácil da criança carregar na mochila diariamente. 30/06/07 Maria Alice ...
  • ELEFANTE UM ELEFANTE INCOMODA MUITA GENTE. DOIS ELEFANTES INCOMODAM, INCOMODAM MUITO MAIS! TRÊS ELEFANTES INCOMODAM MUITA GENTE. QUATRO ELEFANTES INCOMODAM, INCOMODAM, INCOMODAM, INCOMODAM MUITO MAIS! CINCO ELEFANTES INCOMODAM MUITA GENTE. SEIS ELEFANTES INCOMODAM... MUITO MAIS! SETE ELEFANTES INCOMODAM MUITA GENTE. OITO ELEFANTES INCOMODAM... MUITO MAIS! NOVE ELEFANTES INCOMODAM MUITA GENTE. DEZ ELEFANTES INCOMODAM... MUITO MAIS!
  • FESTA NO CÉU O PAPAGAIO COM SUA TAGARELICE NÃO AGÜENTOU A NOVIDADE E FOI LOGO ANUNCIANDO: - FESTA NO CÉU! FESTA NO CÉU! A COBRA RASTEJANDO OUVIU O FALATÓRIO E SAIU PERGUNTANDO: - QUE HORASSSSSSSSSSSSSS? O CAMALEÃO ABRIU O GUARDA-ROUPA PARA ESCOLHER UMA COR QUE A TODOS AGRADASSE: - TALVEZ UM VERDE-MATO. OS PEIXES SALTAVAM DENTRO D'ÁGUA QUERENDO BRINCAR: - TAMBÉM VAMOS! TAMBÉM VAMOS! DE REPENTE A FLORESTA ESTAVA EM FESTA, UM DEUS-NOS-ACUDA. SÃO PEDRO,
  • LEILÃO DE JARDIM CECÍLIA MEIRELES QUEM ME COMPRA UM JARDIM COM FLORES? BORBOLETAS DE MUITAS CORES, LAVADEIRAS E PASSARINHOS, OVOS VERDES E AZUIS NOS NINHOS? QUEM ME COMPRA ESTE CARACOL? QUEM ME COMPRA UM RAIO DE SOL? UM LAGARTO ENTRE O MURO E A HERA, UMA ESTÁTUA DA PRIMAVERA? QUEM ME COMPRA ESTE FORMIGUEIRO? E ESTE SAPO, QUE É JARDINEIRO? E A CIGARRA E A SUA CANÇÃO? E O GRILINHO DENTRO DO CHÃO? (ESTE É O MEU LEILÃO.)
  • LINDA PRIMAVERA ANTÔNIO CÍCERO DA SILVA COMO VOCÊ É LINDA É A PRIMAVERA NO JARDIM DA BEM VINDA HÁ FLORES LINDAS E BELAS. NA PRIMAVERA SURGEM AS ROSAS E OS CRAVOS A NATUREZA IMPERA NO SÍTIO DO ROSALVO. O AR FICA CHEIROSO FAZ BEM PARA AS NARINAS TUDO SE TORNA FORMOSO PARAÍSO DAS MENINAS. LINDA PRIMAVERA COM PÉTALAS A ABRIR A COISA MAIS SINGELA QUE PODEMOS ASSISTIR. ÉPOCA DE ALEGRIA QUE TRANSMITE MUITA CALMA NADA DISSO EXISTIRIA SE NÃO HOUVESSE A ALMA. DESABROCHAM LINDAS FLORES E CHEIROSAS TAMBÉM DE ONDE SURGEM OS FRUTOS E EXCELENTES ARES CONTÊM.
  • LUA DEPOIS DA CHUVA CECÍLIA MEIRELES OLHA A CHUVA MOLHA A LUVA. CADA GOTA DE ÁGUA COMO UM BAGO DE UVA. A CHUVA LAVA A RUA. A VIÚVA LEVA O GUARDA-CHUVA E A LUVA. OLHA A CHUVA MOLHA A LUVA E O GUARDA-CHUVA DA VIÚVA. VAI A CHUVA E CHEGA A LUA LUA DE CHUVA.
  • MINHA CAMA SÉRGIO CAPARELLI UM HIPOPÓTAMO NA BANHEIRA MOLHA SEMPRE A CASA INTEIRA. A ÁGUA CAI E SE ESPALHA MOLHA O CHÃO E A TOALHA. E O HIPOPÓTAMO: NEM LIGO ESTOU LAVANDO O UMBIGO. E LAVA E NUNCA SOSSEGA ESFREGA, ESFREGA E ESFREGA. A ORELHA, O PEITO, O NARIZ, AS COSTAS DAS MÃOS, E DIZ: AGORA VOU DORMIR NA LAMA, POIS É LÁ MINHA CAMA!
  • O CAVALINHO BRANCO CECÍLIA MEIRELES À TARDE, O CAVALINHO BRANCO ESTÁ MUITO CANSADO: MAS HÁ UM PEDACINHO DO CAMPO ONDE SEMPRE É FERIADO.. O CAVALO SACODE A CRINA LOURA E COMPRIDA E NAS VERDES ERVAS ATIRA SUA BRANCA VIDA. SEU RELINCHO ESTREMECE AS RAÍZES E ELE ENSINA AOS VENTOS A ALEGRIA DE SENTIR LIVRES SEUS MOVIMENTOS. TRABALHOU TODO O DIA, TANTO! DESDE A MADRUGADA! DESCANSA ENTRE AS FLORES, CAVALINHO BRANCO, DE CRINA DOURADA.
  • O ELEFANTINHO VINÍCIUS DE MORAIS AONDE VAIS, ELEFANTINHO CORRENDO PELO CAMINHO ASSIM TÃO DESCONSOLADO? ANDAS PERDIDO, BICHINHO ESPETASTE O PÉ NO ESPINHO QUE SENTES, POBRE COITADO? - ESTOU COM UM MEDO DANADO ENCONTREI UM PASSARINHO!
  • O GIRASSOL SEMPRE QUE O SOL PINTA DE ANIL TODO O CÉU O GIRASSOL FICA UM GENTIL CARROSSEL. O GIRASSOL É O CARROSSEL DAS ABELHAS. PRETAS E VERMELHAS ALI FICAM ELAS BRINCANDO, FEDELHAS NAS PÉTALAS AMARELAS. - VAMOS BINCAR DE CARROSSEL, PESSOAL? - ―RODA, RODA, CARROSSEL RODA, RODA, RODADOR VAI RODANDO, DANDO MEL VAI RODANDO, DANDO FLOR.‖ - MARIMBONDO NÃO PODE IR QUE É BICHO MAU! - BESOURO É MUITO PESADO! - BORBOLETA TEM QUE FINGIR DE BORBOLETA NA ENTRADA! - DONA CIGARRA FICA TOCANDO SEU REALEJO! - ―RODA, RODA, CARROSSEL - GIRA, GIRA, GIRASSOL - REDONDINHO COMO O SOL.‖ E O GIRASSOL VAI GIRANDO DIA AFORA… O GIRASOL É O CARROSSEL DAS ABELHAS.
  • O LOBO E A CEGONHA UM LOBO DEVOROU SUA CAÇA TÃO DEPRESSA, COM TANTO APETITE, QUE ACABOU FICANDO COM UM OSSO ENTALADO NA GARGANTA. CHEIO DE DOR, O LOBO COMEÇOU A CORRER DE UM LADO PARA OUTRO SOLTANDO UIVOS, E OFERECEU UMA BELA RECOMPENSA PARA QUEM TIRASSE O OSSO DE SUA GARGANTA. COM PENA DO LOBO E COM VONTADE DE GANHAR O DINHEIRO, UMA CEGONHA RESOLVEU ENFRENTAR O PERIGO. DEPOIS DE TIRAR O OSSO, QUIS SABER ONDE ESTAVA A RECOMPENSA QUE O LOBO TINHA PROMETIDO. - RECOMPENSA? – BERROU O LOBO. – MAS QUE CEGONHA PECHINCHONA! QUE RECOMPENSA, QUE NADA! VOCÊ ENFIOU A CABEÇA NA MINHA BOCA E EM VEZ DE ARRANCAR SUA CABEÇA COM UMA DENTADA DEIXEI QUE VOCÊ A TIRASSE LÁ DE DENTRO SEM UM ARRANHÃOZINHO. VOCÊ NÃO ACHA QUE TEM MUITA SORTE, SEU BICHO INSOLENTE! DÊ O FORA E SE CUIDE PARA NUNCA MAIS CHEGAR PERTO DE MINHAS GARRAS! (DO LIVRO: FÁBULAS DE ESOPO - COMPANHIA DAS LETRINHAS)
  • O MENINO AZUL CECÍLIA MEIRELES O MENINO QUER UM BURRINHO PARA PASSEAR. UM BURRINHO MANSO, QUE NÃO CORRA NEM PULE, MAS QUE SAIBA CONVERSAR. O MENINO QUER UM BURRINHO QUE SAIBA DIZER O NOME DOS RIOS, DAS MONTANHAS, DAS FLORES, - DE TUDO O QUE APARECER. O MENINO QUER UM BURRINHO QUE SAIBA INVENTAR HISTÓRIAS BONITAS COM PESSOAS E BICHOS E COM BARQUINHOS NO MAR. E OS DOIS SAIRÃO PELO MUNDO QUE É COMO UM JARDIM APENAS MAIS LARGO E TALVEZ MAIS COMPRIDO E QUE NÃO TENHA FIM. (QUEM SOUBER DE UM BURRINHO DESSES, PODE ESCREVER PARA A RUAS DAS CASAS, NÚMERO DAS PORTAS, AO MENINO AZUL QUE NÃO SABE LER.)
  • O MOSQUITO ESCREVE CECÍLIA MEIRELES O MOSQUITO PERNILONGO TRANÇA AS PERNAS, FAZ UM M, DEPOIS TREME, TREME, TREME, FAZ UM O BASTANTE OBLONGO, FAZ UM S. O MOSQUITO SOBE E DESCE. COM ARTES QUE NINGUÉM VÊ, FAZ UM Q, FAZ UM U, E FAZ UM I. ESTE MOSQUITO ESQUISITO CRUZA AS PATAS, FAZ UM T. E AÍ, SE ARREDONDA E FAZ OUTRO O, MAIS BONITO. OH! JÁ NÃO É ANALFABETO, ESSE INSETO, POIS SABE ESCREVER SEU NOME. MAS DEPOIS VAI PROCURAR ALGUÉM QUE POSSA PICAR, POIS ESCREVER CANSA, NÃO É, CRIANÇA? E ELE ESTÁ COM MUITA FOME.
  • Oitavo dia da criação (Nair Spinelli Lauria) O mundo está sendo feito Com toda poesia que existe. Pretende então ser perfeito Com todo o amor que persiste. O mundo está sendo feito Com todas as dores também. Pretende então ser refeito Com todo o pranto de alguém. O mundo está sendo feito E precisa de alguém pra suar, Precisa de mãos que trabalhem, Precisa de voz pra cantar Precisa de um operário Que saiba viver e amar. I) Interpretando o texto: a) Por que o poema se chama “Oitavo dia da Criação”? b) Identifique, no poema, a visão da autora sobre o mundo: . Como que o mundo está sendo feito? . Como pretende ser perfeito? . Como pode ser refeito? c) De quem o mundo precisa? d) Quem são os operários? e) Na sua opinião, o mundo está sendo bem construído? f) Como você participa da construção do mundo? g) Você ama? O que ou quem você ama? h) Você já sentiu dor? Qual? i) Você já fez alguém chorar? Por quê? j) Você já fez alguém sorrir? Como? l) De que você precisa para ser feliz? II) Faça um texto com o tema: “O mundo que eu sonho.” Capriche na ilustração!
  • ba be bi bo bu bão BA BE BI BO BU BÃO baú beleza bilhete bola buzina bala beijo bico bóia buraco bacalhau beco bilhar boi buteco boca butique balaio beterraba bicicleta batata beiço bicho bolacha bucha Nome...............................................
  • Para dar início aos trabalhos sobre a Consciência Negra escolhi contar a história: Anjo Negro da Professora Neusa: ANJO NEGRO Os meninos da Terra são muito estranhos. Eles julgam os anjos pela cor. Gabriel, quando desceu a Terra, sabia disso e se precaveu. Sabia que iria sofrer esse preconceito e cada amiguinho iria querer vê-lo de uma forma. Se fosse preciso ele transformaria seu corpo com sua energia de anjo. Logo que chegou a Terra, uma menina percebeu sua presença. Percebeu também que ele não tinha cor. Seu corpinho era lindo. Seu rosto, suas asas, tudo transparente. Uma transparência maravilhosa. Ela olhou para ele e disse: -Acho que é um anjo. É sim, um anjinho, mas não deve ser dos bons, se fosse seria vermelho e se fosse vermelho acharia minha boneca. O anjinho mentalizou, vibrou, pôs energia na sua vontade e se tornou vermelho. Encontrou a boneca da menina. Despediu-se e seguiu seu caminho. Depois de muito voar, encontrou um menino que disse: - É um anjo. Mas anjo vermelho eu nunca vi. Bem que poderia ser um anjo verde, anjo da esperança. Então ele iria tirar minha pipa de cima daquela árvore. O anjinho mais uma vez vibrou e tornou-se verde. Voou até a árvore e libertou a pipa do menino. Achou que aquela cor estava um tanto estranha mas seguiu seu caminho. Voou mais um pouco e novamente encontrou outro menino. Esse olhou para ele com olhos de quem não estava acreditando e falou: - Que anjo estranho. Talvez seja dessa cor para confundir-se com a mata. Não é feio, mas eu gostaria de um anjo azul... da cor do céu. Sendo azul, ele poderia entrar naquele canal e pegar minha bola que caiu lá dentro. O anjinho mentalizou a cor azul, um azul muito bonito da cor do céu e no mesmo instante lá estava ele azul e com a bola debaixo da asa. O menino, muito educado, agradeceu ao anjo Foi então que o anjo ouviu um chorinho. Era uma menina. Seu irmão tentando consolá-la disse: - Não chore, olha, é um anjo. Com os olhos ainda cheios de lágrimas, ela respondeu: - Ainda que fosse um anjo preto, eu acreditaria que minha mãe está no céu. O homem mau falou que negro não entra no céu porque anjo é loirinho de olhos azuis. O anjo comoveu-se ao perceber que o menino negro e sua irmãzinha eram órfãos. Não poderia trazer de volta aquela mulher como fez com a boneca, a pipa e a bola mas naquele momento, ele pôs toda sua energia na vontade de ser preto e se tornou o anjo negro. Para sempre... O anjo de todos os Meninos que sofrem o preconceito da cor.
  • Meu querido aluno(a)! Aqui é o nosso cantinho. Que divertido é: Ler histórias, dar muita risada, conhecer novos desenhos para colorir, ter boas idéias para brincar com os amiguinhos. É também ter nosso próprio livro de receitas, cantar cantigas de roda, fazer adivinhações e também aprender um montão de coisas! Afinal ser criança é especial! Nosso intuito é oferecer diversão, brincadeiras e cultura. Acreditamos que enquanto existirem no mundo crianças há muita esperança. Nossos sonhos Sonhamos com o dia em que todas as crianças tenham lares felizes para morar, proteção, amor, estudo e muitos sonhos para realizar. Com uma família fantástica ao lado para amar, Que aprendam o valor da amizade, de cada minuto da vida, E que jamais esqueçam disso na idade adulta! Acreditamos que ser criança é isso: jamais perder a fé em Deus (independente de religião), a esperança, o encantamento pela vida (ela é um presente e tem muitos momentos de festa), valorizar o outro e acreditar nele - os adultos têm medo, às vezes, de fazê-lo acreditar sempre, eternamente nos sonhos e em si mesmo! Que todos possamos deixar a criança que existe dentro de nós viva para sempre! BEIJOS DE SUA PROFESSORA: GISELMA
  • RECEITA DE ESPANTAR A TRISTEZA FAÇA UMA CARETA E MANDE A TRISTEZA PRA LONGE PRO OUTRO LADO DO MAR OU DA LUA VÁ PARA O MEIO DA RUA E PLANTE BANANEIRA FAÇA ALGUMA BESTEIRA DEPOIS ESTIQUE OS BRAÇOS APANHE A PRIMEIRA ESTRELA E PROCURE O MELHOR AMIGO PARA UM LONGO E APERTADO ABRAÇO. ROSEANA MURRAY RECEITA DE ESPANTAR A TRISTEZA FAÇA UMA CARETA E MANDE A TRISTEZA PRA LONGE PRO OUTRO LADO DO MAR OU DA LUA VÁ PARA O MEIO DA RUA E PLANTE BANANEIRA FAÇA ALGUMA BESTEIRA DEPOIS ESTIQUE OS BRAÇOS APANHE A PRIMEIRA ESTRELA E PROCURE O MELHOR AMIGO PARA UM LONGO E APERTADO ABRAÇO. ROSEANA MURRAY
  • Sonho Ecológico (Cristianne de Sá Biz) Feche os olhos e forme imagens. Veja um céu bem azul, sem nuvens. Depois as montanhas, lá no fundo, inteiras. E um rio bem claro, cruzando entre elas, Numa harmonia perfeita. Depois, uma grama e várias árvores grandes E também arbustos. Tudo muito verde. Pense na vida que brilha Nos olhos de todos os animais, De todas as espécies. Agora, dê mais uma vida a esse panorama Com pássaros bem coloridos. Pronto! Está lindo... Abra os olhos; e veja o nada Que sobrou daquilo tudo... Se era o paraíso? Não! Era o seu mundo. Reconquiste-o. I) Ilustre o mundo que se vê com os olhos fechados. Capriche no colorido! II) Interpretando o texto: a) De olhos fechados, como são as imagens: . das montanhas? . do céu? . do rio? . das árvores? b) Onde brilha a vida? d) O que sobrou dessas imagens após abrir os olhos? e) Qual a mensagem do poema? f) O que perdemos no nosso mundo que precisamos reconquistar? g) O que se pode fazer para não perder: . as plantas? . as nascentes de água? . as aves e os animais? . os peixes dos rios? h) O que você considera lindo no mundo?
  • SURPRESAS ROSEANA MURRAY ESTE MENINO TEM SEMPRE CINQÜENTA SURPRESAS NOS BOLSOS: UMA PEDRINHA ENCARDIDA QUE, DIZ ELE, DÁ SORTE NA VIDA. UMA BALA AMASSADA QUE PARA ALGUMA EMERGÊNCIA ELE TRAZ GUARDADA. UMA VIAGEM DE VOLTA AO MUNDO EM UM SEGUNDO E UMA ENTRADA (PERMANENTE) PARA O CIRCO QUE FICA MONTADO DENTRO DE SEU PENSAMENTO.
  • TANTA TINTA CECÍLIA MEIRELES AH, MENINA TONTA, TODA SUJA DE TINTA MAL O SOL DESPONTA! (SENTOU-SE NA PONTE, MUITO DESATENTA... E AGORA SE ESPANTA: QUEM É QUE A PONTE PINTA COM TANTA TINTA?...) A PONTE APONTA E SE DESAPONTA. A TONTINHA TENTA LIMPAR A TINTA PONTO POR PONTO E PINTA POR PINTA... AH! A MENINA TONTA! NÃO VIU A TINTA DA PONTE!
  • TEM TUDO A VER ELIAS JOSÉ A POESIA TEM TUDO A VER COM TUA DOR E ALEGRIAS, COM AS CORES, AS FORMAS, OS CHEIROS, OS SABORES E A MÚSICA DO MUNDO. A POESIA TEM TUDO A VER COM O SORRISO DA CRIANÇA, O DIÁLOGO DOS NAMORADOS, AS LÁGRIMAS DIANTE DA MORTE, OS OLHOS PEDINDO PÃO. A POESIA TEM TUDO A VER COM A PLUMAGEM, O VÔO E O CANTO, A VELOZ ACROBACIA DOS PEIXES, AS CORES TODAS DO ARCO-ÍRIS, O RITMO DOS RIOS E CACHOEIRAS, O BRILHO DA LUA, DO SOL E DAS ESTRELAS, A EXPLOSÃO EM VERDE, EM FLORES E FRUTOS. A POESIA — É SÓ ABRIR OS OLHOS E VER — TEM TUDO A VER COM TUDO.
  • CAI, CAI, BALÃO CAI,CAI, BALÃO CAI, CAI, BALÃO AQUI NA MINHA MÃO. NÃO CAI NÃO, NÃO CAI NÃO, NÃO CAI NÃO! CAI NA RUA DO SABÃO. CARNEIRINHO, CARNEIRÃO CARNEIRINHO, CARNEIRÃO, NEIRÃO, NEIRÃO. OLHAI PRO CÉU, OLHAI PRO CHÃO, PRO CHÃO, PRO CHÃO. MANDA EL-REI, NOSSO SENHOR, SENHOR, SENHOR. CAPELINHA DE MELÃO CAPELINHA DE MELÃO, É DE SÃO JOÃO. É DE CRAVO, É DE ROSA, É DE MANJERICÃO. SÃO JOÃO ESTÁ DORMINDO, NÃO ACORDA NÃO. ACORDAI, ACORDAI, ACORDAI JOÃO. UM, DOIS, FEIJÃO COM ARROZ. TRÊS, QUATRO, FEIJÃO NO PRATO. CINCO, SEIS, BOLO INGLÊS. SETE, OITO, COMER BISCOITO. NOVE, DEZ, COMER PASTÉIS. A GALINHA DO VIZINHO A GALINHA DO VIZINHO BOTA OVO AMARELINHO BOTA UM, BOTA DOIS, BOTA TRÊS, BOTA QUATRO, BOTA CINCO, BOTA SEIS, BOTA SETE, BOTA OITO, BOTA NOVE, BOTA DEZ. O RATO ROEU A ROUPA DO REI DE ROMA.
  • UM RECURSO A FAVOR DA ALFABETIZAÇÃO COMO SURGIU A PROPOSTA? SURGIU DA OBSERVAÇÃO DE QUE MUITAS CRIANÇAS APRENDIAM A LER A PARTIR DA ―LEITURA‖ DE TEXTOS QUE JÁ SABIAM DE COR (MÚSICAS, POEMAS, LISTAS DE NOMES DE FAMILIARES E AMIGOS E OUTROS TEXTOS DE CONTEÚDO CONHECIDO). A OBSERVAÇÃO DESSA PRÁTICA MOTIVOU A PROPOSTA DE ORGANIZAR UM CADERNO DE LEITURA CONTENDO DIFERENTES TIPOS DE TEXTOS CONHECIDOS DAS CRIANÇAS, COMO APOIO À ALFABETIZAÇÃO O QUE SE PODE APRENDER? O CADERNO DE LEITURA POSSIBILITA: • TRABALHAR COM TEXTOS REAIS, DE DIFERENTES GÊNEROS • APRESENTAR UM REPERTÓRIO DE TEXTOS CONHECIDOS DAS CRIANÇAS • ORGANIZAR OS TEXTOS TRABALHADOS EM CLASSE • DESENVOLVER ATIVIDADES DE LEITURA COMPARTILHADA • INCENTIVAR AS CRIANÇAS A LEREM ANTES DE SABER FAZÊ-LO DE FORMA CONVENCIONAL • SOCIALIZAR COM OS FAMILIARES ALGUNS DOS TEXTOS QUE CIRCULAM NA SALA DE AULA • PROMOVER A LEITURA E CONSULTA DOS TEXTOS SEMPRE QUE AS CRIANÇAS DESEJAREM E/OU NECESSITAREM • CRIAR UM REFERENCIAL ESTÁVEL DE TEXTOS/PALAVRAS QUE PODEM SER USADOS NO MOMENTO DE PRODUZIR OUTROS TEXTOS. QUE TEXTOS SELECIONAR? O CADERNO DE LEITURA PODE TER DUAS PARTES. UMA DELAS COM TEXTOS COMO PARLENDAS, POEMAS, QUADRINHAS, MÚSICAS, LISTAS E OUTROS TEXTOS QUE AS CRIANÇAS SABEM DE COR. E OUTRA COM TEXTOS QUE AS CRIANÇAS DEMONSTRAREM INTERESSE EM TER DISPONÍVEIS PARA COMPARTILHAR COM FAMILIARES E AMIGOS: FÁBULAS, PIADAS, RECEITAS E OUTROS. MATERIAL DE CONSULTA PARA A ESCRITA DE OUTROS TEXTOS • INCENTIVAR AS CRIANÇAS A LEREM MESMO QUANDO AINDA NÃO SABEM LER CONVENCIONALMENTE • APRESENTAR SITUAÇÕES REAIS EM QUE AS CRIANÇAS TENHAM QUE UTILIZAR ESTRATÉGIAS DE LEITURA E AJUSTAR O QUE SABEM DE COR AO QUE ESTÁ ESCRITO • DESENCADEAR ATIVIDADES DE LEITURA QUE EXIGEM REFLEXÃO SOBRE A ESCRITA CONVENCIONAL • FAVORECER ALGUMAS APRENDIZAGENS IMPORTANTES: SOBRE O FATO DE TODO ESCRITO PODER SER LIDO, SOBRE A LINGUAGEM QUE SE USA PARA ESCREVER, SOBRE A DISPOSIÇÃO GRÁFICA DOS DIFERENTES GÊNEROS TEXTUAIS, SOBRE O VALOR SONORO CONVENCIONAL DAS LETRAS... • AJUDAR AS CRIANÇAS A AVANÇAREM NOS SEUS CONHECIMENTOS SOBRE A ESCRITA. DESDE QUANDO? O CADERNO DE LEITURA PODE SER ORGANIZADO COM AS TURMAS DE TRÊS ANOS EM DIANTE: • COM AS CRIANÇAS DE 3 A 5 ANOS, O CADERNO SERÁ UMA OPORTUNIDADE PARA QUE ELAS SE RECONHEÇAM CAPAZES DE LER. A SELEÇÃO DOS TEXTOS DEVE SEMPRE TER COMO CRITÉRIOS PRINCIPAIS: AS CARACTERÍSTICAS, CONHECIMENTOS E PREFERÊNCIAS DA TURMA E A QUALIDADE DO MATERIAL (TANTO DO PONTO DE VISTA DO CONTEÚDO COMO DA APRESENTAÇÃO GRÁFICA). NESSA FAIXA ETÁRIA O CADERNO POSSIBILITA (PRINCIPALMENTE) RESGATAR TEXTOS SIGNIFICATIVOS DA CULTURA POPULAR, AMPLIAR O REPERTÓRIO DE TEXTOS CONHECIDOS, APRENDER QUE TUDO O QUE DIZEMOS, CANTAMOS, RECITAMOS PODE SER ESCRITO, QUE OS TEXTOS SÃO DIFERENTES E SE ORGANIZAM GRAFICAMENTE DE MODO DIFERENTE, QUE ESCREVEMOS COM LETRAS... • A PARTIR DOS 6 ANOS, ALÉM DESSAS VANTAGENS, O CADERNO SERVE TAMBÉM COMO FONTE DE CONSULTA PARA A ESCRITA DAS CRIANÇAS, EM SITUAÇÕES ESPONTÂNEAS OU ORIENTADAS PELO PROFESSOR. QUAIS OS OBJETIVOS? O CADERNO DE LEITURA TEM COMO OBJETIVOS PRINCIPAIS: • INCENTIVAR A PRÁTICA DA LEITURA E O DESEJO DE LER • POSSIBILITAR O CONTATO DIRETO DAS CRIANÇAS COM TEXTOS REAIS • AMPLIAR A DIVERSIDADE DE GÊNEROS TEXTUAIS CONHECIDOS PELAS CRIANÇAS • GARANTIR UM REPERTÓRIO DE TEXTOS DE BOA QUALIDADE QUE SE CONSTITUA NUM ALGUNS CUIDADOS LEITURA COM O CADERNO DE É IMPORTANTE: • GARANTIR, NA PÁGINA INICIAL, UMA BREVE APRESENTAÇÃO DO CADERNO COM OS SEUS OBJETIVOS, PARA QUE OS FAMILIARES SAIBAM PARA QUE SERVE E COMO SERÁ UTILIZADO EM CASA E NA ESCOLA
  • VOCÊ JÁ JOGOU O JOGO DO CONTRÁRIO? LEIA AS INSTRUÇÕES: IDADE: A PARTIR DE 6 ANOS JOGADORES: 7 OU MAIS MATERIAL: NENHUM COMO JOGAR: 1º UM DOS PARTICIPANTES SERÁ O MESTRE. 2º OS JOGADORES DEVEM OLHAR PARA O MESTRE. 3º O MESTRE DARÁ UMA ORDEM EM VOZ ALTA. 4º OS JOGADORES DEVEM FAZER EXATAMENTE O CONTRÁRIO DA ORDEM DADA. 5º O JOGADOR QUE SE CONFUNDIR E NÃO REALIZAR A AÇÃO CONTRÁRIA SAIRÁ DO JOGO. 6º QUEM CONSEGUIR FICAR ATÉ O FINAL SERÁ O NOVO MESTRE.
  • ZEBRINHA Coitada da zebra! É tão pobrezinha, Só tem uma roupa A coitadinha! Dorme de pijama, Pijama de listrinhas, E passa dias inteiros Vestida de pijaminha. ZEBRINHA Coitada da zebra! É tão pobrezinha, Só tem uma roupa A coitadinha! Dorme de pijama, Pijama de listrinhas, E passa dias inteiros Vestida de pijaminha.