Regiões do brasil

378 views
244 views

Published on

Published in: Education
0 Comments
1 Like
Statistics
Notes
  • Be the first to comment

No Downloads
Views
Total views
378
On SlideShare
0
From Embeds
0
Number of Embeds
0
Actions
Shares
0
Downloads
1
Comments
0
Likes
1
Embeds 0
No embeds

No notes for slide

Regiões do brasil

  1. 1. REGIÕES DO BRASIL Objetivos: Com estaaula o aluno poderá: Identificar no mapa os estados brasileiros e as suas respectivas capitais; Desenvolver a compreensão da leitura do mapa como objeto de localização e identificação dos lugares; Estabelecer relações de localização e identificação do litoral e do continente no espaço geográfico brasileiro. Conhecimentos prévios trabalhados pelo professor como aluno Elementos que compõemo mapa. OrganizaçãoPolíticadoBrasil. DivisãodoBrasil segundodo IBGE. Estratégias e recursosdaaula Professor(a)para queo processo deaprendizagemtorne-se significativo e cumpra os objetivos propostos pelo Pacto de Alfabetização na IdadeCerta as diferentes áreas do conhecimento devemfazer-sepresente, conformeum dos objetivos do projeto que é o da valorização dos “conhecimentos oriundos das diferentes áreas que podem e devem ser apropriados pelas crianças, demodo que elas possamouvir, falar, ler, escrever sobretemas diversos e agir na sociedade”. Seguindo tal perspectiva a Geografia faz-sepresenteneste processo. O contexto que envolve o processo dealfabetização nos anos iniciais do Ensino Fundamentalnão pode ser analisado de maneira neutra e apolítica, é de extrema importância compreender o papel e a contribuição das disciplinas que compõem o currículo nessenível de ensino. O caráter complexo da Geografia Escolar deve desencadear novos olhares na prática docente, as diversas transformações deordemcultural, política e econômica pelas quais a sociedade passa requer o desenvolvimento de uma leitura acurada do mundo. Nunca é demasiado repetir que uma alfabetização com qualidade é essencial para que o aluno se insira na sociedade, o sucesso ou o fracasso dessa inserção depende, em grande parte, do processo dealfabetização. A Geografia Escolar, nos anos iniciais do Ensino
  2. 2. Fundamental, tem uma contribuição a oferecer: a de alfabetizar geograficamente, desenvolvendo nos alunos a capacidade de observar, ler, compreender o meio, uma vez que o educando deve conquistar a cidadania plena e atuar na sociedade. SUL (Santa Catarina, Rio Grande do Sul e Paraná) Quinta região em área e terceira em população. Sua extensão territorial é de 576.409,6 Km². Sua população é estimada em 27,3 milhões de habitantes. Seu clima é subtropical, o mais frio do Brasil. Predomina a vegetação de Mata de Araucárias nas áreas mais elevadas e a de campos (chamados de Pampas), nas outras áreas. O relevo contêm, principalmente, os Planaltos e Serras do Atlântico Leste-Sudeste e os Planaltos e Chapadas da Bacia do Paraná. A economia é diversificada, apresenta o segundo maior parque industrialdo país e uma agricultura moderna. Destacam-sea produção de suínos, de gado, de fumo e de soja e também a indústria alimentícia, a têxtil, a metalúrgica e a automobilística. SUDESTE (EspíritoSanto, Riode Janeiro, Minas Gerais e São Paulo). Quarta maior área e a primeira em população. Sua extensão territorial é de 924.511,3Km². Abriga uma população de 80.364.410 habitantes, correspondendo a aproximadamente40% do contingente populacional brasileiro. A densidadedemográficaé de 87 habitantes por quilômetro quadrado, sendo a Região mais populosa e povoada do país. Seu clima típico é tropical, mas nas regiões mais altas há o tropical de altitude (mais ameno). Ambos tem verão chuvoso e inverno seco. A vegetação predominante é a Mata Atlântica, devastada pela ocupação da região. O relevo é planáltico e muito erodido, bem arredondado e chamado de “mares de morros”. A economia é a maior do país e correspondea metade do PIBnacional, contando com larga produção industriale grande setor terciário. A agricultura é moderna e muito produtiva, comdestaque para a produção de laranja, cana-de-açúcar emilho. Há também
  3. 3. produção petrolífera na bacia de Campos e a perspectiva de prospecção na camada Pré-Sal. A região é destaque também por conta da cidade de São Paulo: importante centro financeiro e comercial do mundo. CENTRO-OESTE(MatoGrosso, MatoGrossodo Sul, Goiás e DistritoFederal) Segunda maior região em área e a menor em população, tem localidades muito pouco habitadas. Sua área é de 1.604.850Km2, ocupando aproximadamente 18,8% do território do Brasil, tendo a segunda maior extensão territorial entre as Regiões brasileiras, sendo menor apenas que a Região Norte. Conformecontagem populacional realizada em 2010 pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), a população total do Centro-Oesteé de 14.058.094 habitantes, cuja densidadedemográficaéde 8,7 habitantes por quilômetro quadrado. Predomina o clima tropical, com verão chuvoso einverno seco. As áreas do norte (próximas à floresta amazônica) são as mais úmidas. O relevo, marcado pelo Planalto Central, é antigo e aplainado e forma extensos chapadões que, ao sul do Mato Grosso do Sul, dão lugar às planícies do Pantanal - alagadas apenas durante a época chuvosa. Fora do Pantanal, a vegetação dominante é o cerrado (chamado de cerradão onde há maior numero de árvores ede cerrado típico onde há mais gramíneas). A economia se baseia na agropecuária, principalmente na produção de soja, milho e carnebovina. O cultivo de soja, muito rentável e com grandemercado externo, têm avançado para a floresta amazônicae já tomou grande parte das áreas naturais de cerrado, aumentando o desmatamento da região. NORTE(Tocantins, Acre, Pará, Rondônia, Roraima, Amapá e Amazonas) Maior região em área e a quinta em população. Sua extensão territorial é de 3.853.397,2 Km², sendo a maior região do Brasil, correspondea aproximadamente 42% do território nacional. Possuiuma população de cerca de 15,8 milhões de habitantes.
  4. 4. Seu clima é equatorial e a vegetação é a floresta amazônica, apresentando algumas manchas de cerrado. O relevo é formado pela Planície Amazônica, pelos Planaltos Amazônicos Orientais quea envolveme pela sequência de depressão marginal-planalto residual, tanto no sentido norte como no sul. A economia se baseia no extrativismo vegetal e mineral, com destaque para a extração de madeira e para as jazidas deferro e de manganês na Serra dos Carajás. Indústriasaparecem, sobretudo, na Zona Francade Manaus – onde se instalaramcom incentivos fiscais a partir da década de 60. NORDESTE(Bahia, Sergipe, Alagoas, Paraíba, RioGrande do Norte, Ceará, Piauí e Maranhão) Terceira maior em área e segunda em população. Sua área é de 1.554.257,0 Km². Abriga uma população de aproximadamente 53.081.950habitantes, esses estão distribuídos em noveestados. O grande número de cidades litorâneas com belas praias contribui para o desenvolvimento do turismo na região. Seus climas são: tropical úmido (na região litorânea e na porção leste do Planalto da Borborema), semi-árido (no Sertão nordestino) e equatorial (no noroestedo Maranhão). O relevo é formado pelo planalto da Borborema, próximo ao litoral, e pelo planalto do rio Parnaíba, a oeste. Entre os dois está a Depressão Sertaneja. Os planaltos são antigos e erodidos, combaixas altitudes. A vegetação predominante é a caatinga, com matas tropicais e de cocais a oeste e a leste. A economia nordestina é caracterizada pela concentração industrial na faixa litorânea e pelo predomínio das atividades agrícolas no resto da região. Ela tem crescido por conta da migração de empresas do sul e sudeste, mesmo assim, cercade 40% da população sobrevivecomum salário mínimo.

×