Your SlideShare is downloading. ×
E os 4 meninos cresceram !
Upcoming SlideShare
Loading in...5
×

Thanks for flagging this SlideShare!

Oops! An error has occurred.

×

Introducing the official SlideShare app

Stunning, full-screen experience for iPhone and Android

Text the download link to your phone

Standard text messaging rates apply

E os 4 meninos cresceram !

8,466
views

Published on

Published in: Entertainment & Humor

0 Comments
1 Like
Statistics
Notes
  • Be the first to comment

No Downloads
Views
Total Views
8,466
On Slideshare
0
From Embeds
0
Number of Embeds
40
Actions
Shares
0
Downloads
3
Comments
0
Likes
1
Embeds 0
No embeds

Report content
Flagged as inappropriate Flag as inappropriate
Flag as inappropriate

Select your reason for flagging this presentation as inappropriate.

Cancel
No notes for slide

Transcript

  • 1. História(… verídica?...) Formatação: JVSerrano
  • 2. Certa vez, quatro meninos foram ao campo e, por 100 €,compraram o burro de um velho camponês.
  • 3. O  homem combinou entregar-lhes o animal no dia seguinte.Mas, quando eles voltaram para levar o burro, o camponês disse-lhes:- Sinto muito, amigos, mas tenho uma má notícia. O burro  morreu.- Então devolva-nos o dinheiro!
  • 4. - Não posso, já o gastei todo.- De qualquer forma, queremos o burro.- E para que o querem? O que vão fazer com ele?!...- Vamos rifá-lo.- Estão doidos?! Como vão rifar um burro morto?...- Obviamente, não vamos dizer a ninguém que ele está     morto.
  • 5. Um mês depois, o camponês encontrou-se novamentecom os quatro miúdos e perguntou-lhes:- E então, o que aconteceu com o burro?- Como lhe dissemos, rifámo-lo. Vendemos 500 rifas a 2 € cada uma e arrecadamos 1.000 €.- E ninguém se queixou?!- Só o vencedor, mas devolvemos-lhe os 2 €, e pronto!
  • 6. *O IMORAL DA HISTÓRIA* Os quatro meninos cresceram, e: um fundou um Banco chamado «BPN», outro um Banco chamado «BPP», outro um Banco chamado «BCP»e o último chefia um partido político chamado «PSD»…
  • 7. E agora estão a governar Portugal !!!... Reze para que Deus nos ajude!