Realização                                           Reitor                                                               ...
Os Guarani costumam dizer que o passado não está ANTES do presente,mas DENTRO do presente. Sabemos que o mundo é movido po...
Upcoming SlideShare
Loading in …5
×

Folder reflexos da_ancestralidade

1,056 views
852 views

Published on

Amigos, segue em anexo, cartaz da Nossa exposiçao "Reflexos da Ancestralidade" que ficar o mes de abril na UERJ. Foi uma parceria com a UERJ NEArIn/INBRAPI, Instituto C&A, Instituto U'KA - Agradeço A UERJ atraves do professor RicardoGomes Lima, Bessa e Equipe do Pró-Índio, Acassia e sua equipe de montagem, e aos artistas Uziel Guainê do povo Maraguá - AM e Jaider Esbell Macuxi de Roraima e ao NEArIn pelos livros do acervo que estarao completando esta Belissima exposiçao que sera aberta ao publico as 19h do dia 02 de abril. Gostaria que os artistas protagonistas estivessem presente, mas infelizmente pela distancia nao virao, mas sintam-se representados pelo nosso NEArIn. Obrigado por confiarem a mim a produçao.
Aos que puderem prestigiar, vamos brindar este momento impar!
Divulguem e procurem nossos artistas para um bate-papo e outros indigenas talentosos para que o mundo os conheçam!

0 Comments
0 Likes
Statistics
Notes
  • Be the first to comment

  • Be the first to like this

No Downloads
Views
Total views
1,056
On SlideShare
0
From Embeds
0
Number of Embeds
295
Actions
Shares
0
Downloads
3
Comments
0
Likes
0
Embeds 0
No embeds

No notes for slide

Folder reflexos da_ancestralidade

  1. 1. Realização Reitor    Ricardo Vieiralves de Castro Vice-Reitor Paulo Roberto Volpato Dias Sub-Reitora de Extensão e Cultura Regina Lúcia Monteiro Henriques Diretor do Departamento Cultural Ricardo Gomes Lima Coordenadora de Exposições Cáscia Frade Comunicação Social Amanda Neves e Rafael Nacif Acácio Lima e Marlen Couto (bolsistas) Projeto Gráfico Celeste Matos, Rodrigo Ashton e Sidiney Rocha Design de exposição Roberto Reis, Salete Pena Artistas Uziel Guainê e Jaider Esbell Macuxi Produção Cristino Wapichana Bolsistas Bruna Lobato, Erika Macedo, Jéssica Travassos, Larissa Marins, Luisa Vidal, Paulo Cabral, Paulo Victor Silva, Saram Vasques, Tereza Torres e Zervane Nascimento EXPOSIÇÃOGaleria Gustavo Schnoor – Centro Cultural 02 de abril a 30 de abril de 2012 abertura 02 de abril às 19hRua São Francisco Xavier, 524 – MaracanãDe segunda a sexta, das 9h às 20h
  2. 2. Os Guarani costumam dizer que o passado não está ANTES do presente,mas DENTRO do presente. Sabemos que o mundo é movido por inúmerasenergias, que estão presentes desde os tempos remotos. Nossos ancestraisaprenderam a usar estas forças ao longo do tempo em vários seguimentos. O tempo deixou suas pegadas e marcas, que hoje carregamos e Jaider Esbellcontinuam aqui, conosco. Somos a impressão do reflexo de uma indígena das etnias Macuxi e Wapixana, nasceu em Normandia, Estado de Roraima.ancestralidade, que nos confiou o legado de um tempo que não termina, que Viveu a infância e a juventude no que hoje compreende a terra indígena Raposa Serra do Sol.continua em nós, de um espaço que está marcado por esses passos remotos. Atualmente reside na cidade de Boa Vista e escreve sobre temáticas variadas, com A morte levou nossos ancestrais para outro plano, mas o tempo ênfase em literatura indígena, tendo sido reconhecido pela Funarte com o livropreservou parte da história: o canto, a dança, a bebida tradicional e a força Terreiro de Makunaima, mitos, lendas e estórias em vivências. Desenvolve oficinas de artes plásticas em comunidades indígenas e atua em movimentos culturais.que faz do indígena um ser pleno no seu mundo. Reflexos da Ancestralidade revela parte da vida e da cultura indígenas, es.b@hotmail.com 0xx95 - 99592025narradas por vários autores com esta origem em livros que relatam belashistórias e a presença destes povos como sobreviventes num mundo cheio decódigos e condutas contrárias a preservação natural ou planejada do planeta. A tradição indígena tem como princípio o respeito ao outro, que está num Uziel Guaynêmesmo nível de igualdade, desde o menor ao maior dos seres. É nesta base é do Povo Indigena Maraguá. Nasceu em Nova Olinda do Norte, em 1972. É artistaque o mundo se equilibra, permitindo que cada um tenha, por direito, a plástico, ilustrador, paisagista, escultor em argila, palestrante sobre a temática indigena e atualmente trabalha na área de saúde do seu povo.possibilidade de viver o seu tempo, quer seja sobre ou sob a terra, no ar, naságuas ou debaixo delas. uziel.guayne@.gmail.com Esta exposição revela que é com a mistura dos sentidos e da própria 0xx92- 92013685 0xx92- 91957508história que os artistas plásticos Uziel Guainê, do povo indígena Maraguá, doAmazonas, e Jaider Esbell Macuxi, de Roraima, transportam para telas oolhar ancestral transfigurado e atualizado, advindo do tempo imemorial comseus reflexos ancestrais. Cristino Wapichana

×