Your SlideShare is downloading. ×
Bdm   aula 7 - normalização parte2 - ticianne darin
Upcoming SlideShare
Loading in...5
×

Thanks for flagging this SlideShare!

Oops! An error has occurred.

×

Saving this for later?

Get the SlideShare app to save on your phone or tablet. Read anywhere, anytime - even offline.

Text the download link to your phone

Standard text messaging rates apply

Bdm aula 7 - normalização parte2 - ticianne darin

753
views

Published on


0 Comments
0 Likes
Statistics
Notes
  • Be the first to comment

  • Be the first to like this

No Downloads
Views
Total Views
753
On Slideshare
0
From Embeds
0
Number of Embeds
0
Actions
Shares
0
Downloads
54
Comments
0
Likes
0
Embeds 0
No embeds

Report content
Flagged as inappropriate Flag as inappropriate
Flag as inappropriate

Select your reason for flagging this presentation as inappropriate.

Cancel
No notes for slide

Transcript

  • 1. Bancos de DadosMultimídiaTicianne Darin
  • 2. Guidelines para Projeto de Bancosde Dados Relacionais• Projete um esquema de relação de forma que seja fácil explicar seu significado. Não combine atributos de múltiplos tipos de entidades e relacionamentos numa única relação.• Evite anomalias de inserção, exclusão ou de modificação não sejam possíveis. Caso não seja possível evitá-las, assegure-se que os programas que atualizam o banco de dados vão funcionar corretamente.• Tanto quanto possível, evita colocar atributos numa relação cujos valores possam ser frequentemente valores nulos.• Projete esquemas de relações de modo que elas possam ser juntadas com condições de junção de igualdade sobre atributos que sejam chaves primárias ou chaves estrangeiras, de forma que tuplas espúrias não sejam geradas.
  • 3. Primeira Forma Normal (1NF)• É parte da definição formal de uma relação; foi definida para não permitir atributos multivalorados, atributos compostos e suas combinações.• Uma relação está em 1FN se e somente se todos os seus atributos contêm apenas valores atômicos (simples, indivisíveis).
  • 4. Segunda Forma Normal (2NF)• Uma relação está em 2NF se e somente se estiver em 1NF e todo atributo não- primo (isto é, que não seja membro de uma chave) for totalmente dependente de qualquer chave.
  • 5. Terceira Forma Normal (3NF)• Uma relação está em 3NF se e somente se estiver em 2NF e nenhum atributo não- primo (isto é, que não seja membro de uma chave) for transitivamente dependente da chave primária.• Em outras palavras, para toda FD X -> A, uma das duas condições seguintes devem valer: – X é uma superchave ou – A é membro de uma chave candidata
  • 6. Algoritmo para decomposição em 3NF(preservando as dependências e semperdas na junção)• Entrada: Esquema de relação R e dependências F.• Saída: Uma decomposição D de R tal que D tem junção sem perdas, as dependências de R são preservadas, e todas as relações de D estão em 3NF.
  • 7. Algoritmo para decomposição em3NF• 1. Encontre a cobertura mínima G para F;• 2. Para cada X do lado esquerdo de uma FD em G, crie um esquema de relação {XA1... An} em D, onde X  A1, ..., X  An são todas as FDs em G com X do lado esquerdo.• 3. Coloque todos os atributos restantes em uma única relação.• 4. Se uma chave de R não está contida em nenhum dos esquemas de relação, crie uma relação que contenha os atributos da chave.
  • 8. Cobertura Mínima de FDs• Um conjunto de FDs F é mínimo se satisfaz as seguintes condições: – Todas as FDs em F tem um único atributo do lado direito. – Não se pode remover uma FD de F e ainda ter um conjunto de FDs que é equivalente a F. – Não se pode substituir uma FD X A em F por Y  A, onde Y  X e ainda ter um conjunto de FDs que é equivalente a F.• Obs: Podem existir várias coberturas (fecho) mínimo para um conjunto de FDs F. Não existe algoritmo simples para determinar uma cobertura mínima.
  • 9. Algoritmo para Determinar aCobertura Mínima para F• Passo 1 – Obtenha o conjunto equivalente H com somente um atributo do lado direito• Passo 2 – Remova as FDs redundantes em H• Passo 3 – Remova atributos redundantes no lado esquerdo das FDs (é possível chegar ao atributo do lado direito, sem alguns dos atributos do lado esquerdo?)• Passo 4 – Junte todas as FDs que tem o mesmo lado esquerdo
  • 10. BCNF• Uma relação esquema R está na BCNF se, sempre que houver uma DF X -> A em R, então X é uma superchave de R.• Diferença: – Condição que permite que A seja principal (parte da chave) está ausente da FNBC• A maioria dos esquemas de relação que estão na 3FN também estão na FNBC
  • 11. Decomposição em BCNF• Escolher uma das dependências que viola BCNF no conjunto R para decompor R; – decompor R em R1 e R2, tendo R1 todos os atributos da dependência funcional escolhida, e R2 todos os atributos de R exceto Y (em X -> Y); – repetir os passos anteriores para o conjunto R2; – repetir os passos 1 e 2 para o conjunto Ri; – parar quando não houver mais dependências que viole BCNF em qualquer subconjunto Ri.
  • 12. Exercicio
  • 13. Pois que aproveita ao homem ganhar omundo inteiro, se perder a sua alma?Ou que dará o homem em recompensada sua alma? Mateus 16.26 Até a próxima aula!