• Share
  • Email
  • Embed
  • Like
  • Save
  • Private Content
Bdm   aula 4 - modelagem de dados com modelo er
 

Bdm aula 4 - modelagem de dados com modelo er

on

  • 1,770 views

 

Statistics

Views

Total Views
1,770
Views on SlideShare
1,770
Embed Views
0

Actions

Likes
0
Downloads
44
Comments
1

0 Embeds 0

No embeds

Accessibility

Categories

Upload Details

Uploaded via as Adobe PDF

Usage Rights

CC Attribution-NonCommercial LicenseCC Attribution-NonCommercial License

Report content

Flagged as inappropriate Flag as inappropriate
Flag as inappropriate

Select your reason for flagging this presentation as inappropriate.

Cancel

11 of 1 previous next

  • Full Name Full Name Comment goes here.
    Are you sure you want to
    Your message goes here
    Processing…
  • muito bom!
    Are you sure you want to
    Your message goes here
    Processing…
Post Comment
Edit your comment

    Bdm   aula 4 - modelagem de dados com modelo er Bdm aula 4 - modelagem de dados com modelo er Presentation Transcript

    • Bancos de DadosMultimídiaTicianne Darin
    • Modelagem de Dados com o modelo deEntidade e Relacionamento
    • Roteiro• O Processo de projeto de Banco de Dados• Conceitos do modelo ER• Diagrama ER
    • O Processo de Projeto de Banco de Dados MUNDO REAL MODELO ESQUEMA Modelagem dos dados SEMÂNTICO CONCEITUAL MODELO ESQUEMA LÓGICO Mapeamento p/ modelo lógico LÓGICO MODELO ESQUEMA Mapeamento p/ modelo físico FÍSICO FÍSICO
    • Modelo ERConstrutores Básicos• Entidades – nomes, ‘coisas’ na aplicação.• Atributos – propriedades das entidades.• Relacionamento entre entidades
    • Modelo ERDiagrama ER nome nota Aluno n Faz n Disciplina codDisc nome
    • Modelo ERConstrutores Básicos• A estrutura de uma entidade consiste de um conjunto de atributos. – Mandatório ou opcional; – Simples ou Composto – Monovalorado ou multivalorado;• Relacionamentos também podem ter atributos.• Entidades e relacionamentos podem ter um ou mais conjuntos de atributos servindo como identificador.
    • Modelo ERChave (Identificador)• Um conjunto de atributos mínimo tal que não pode existir duas entidades diferentes (no conjunto de entidades) que concordam com todos estes atributos. – Exemplos: Número_de _matrícula, Nome_departamento• Todo conjunto de entidades precisa ter uma chave, ou então você esqueceu de incluir alguma informação no esquema
    • Modelo ERNotação para Atributos (a) Atributo faz parte do Identificador CPF (c) Atributo Complexo Rua (b) Atributo Multivalorado Endereço cidade telefones Estado
    • Modelo ERTipos de RelacionamentosCardinalidadeUm-para-um 1 1 Professor gerencia DepartamentoUm-para-muitos Departamento 1 possui N ProfessoresMuitos-para- Professor N M ensina AlunoMuitos
    • Modelo ERTipos de RelacionamentosRestrição Existencial 1 1 Departamento Professor gerencia Mandatório Opcional
    • Modelo ERTipos de RelacionamentosOutra Notação para especificar a cardinalidade deRelacionamentos : Cada ligação de uma entidade para um relacionamento temassociado as cardinalidades mínima e máxima, queespecificam se a ligação é (0,1), (0, n), (1,1) ou (1, n). (0,1) (1,1) 1 1 Departamento Professor gerencia Mandatório Opcional
    • Modelo ER Tipos de RelacionamentosGrau Binário Recursivo Servidor supervisiona Binário Professor Trabalha-no Departamento Ternário Aluno Matricula Curso Professor
    • Modelo ERRelacionamento “é-um”Toda entidade gerente é também umaentidade professor, com todos os atributosde professor. profID Gerente é-um Professor
    • Comentários sobre o modelo ER• É simples demais. Tem sido propostas algumas extensões. .• Nenhum DBMS comercial usa o modelo ER. A maioria dos profissionais de BD projetam o esquema usando o modelo de ER e então traduzem o esquema no modelo relacional.• É muito importante projetar um “bom” esquema porque o esquema determina o desempenho da aplicação. É difícil modificar o esquema depois de carregado.• Não existe um enfoque cientifico para projetar um bom esquema. Ciência oferece algumas dicas, e o resto é arte.
    • Projetando um bom Esquema• 1: Aprenda sobre a aplicação – Que problemas a aplicação resolve? – Que perguntas a aplicação faz sobre os dados? – Quão comum é cada tipo de pergunta? – Quão rápido cada tipo de pergunta precisa ser respondida? – Que dados a aplicação precisa para responder estas perguntas? – Qual a quantidade de dados?
    • Projetando um bom esquema• 2: Projete um esquema preliminar – Avalie como o seu desempenho dado as suposições de #1. – Considere o futuro: quais são as probabilidades de futuras modificações.• 3: Melhore o esquema – Objetivos: Evite redundância e obtenha bom desempenho. (estes conflitam) – Para entender quão rápido consultas podem ser respondidas com um dado esquema, nós precisamos primeiro aprender sobre as linguagens de consultas e o processamento de consultas.
    • Modelo ERDiagrama ER Professor n oferta n Disciplina cpf horário cod nome Mestre Doutor
    • Ora, a fé é a certeza daquilo queesperamos e a prova das coisas que nãovemos. Hebreus 11:1 Até a próxima aula!