Bauhaus

10,840 views
10,606 views

Published on

0 Comments
5 Likes
Statistics
Notes
  • Be the first to comment

No Downloads
Views
Total views
10,840
On SlideShare
0
From Embeds
0
Number of Embeds
0
Actions
Shares
0
Downloads
488
Comments
0
Likes
5
Embeds 0
No embeds

No notes for slide

Bauhaus

  1. 1. Bauhaus
  2. 2. "A arquitetura é a meta de toda a atividade criadora. Completá-la e embelezá-la foi, antigamente, a principal tarefa das artes plásticas... Não há diferença fundamental entre o artesão e o artista... Mas todo artista deve necessariamente possuir competência técnica. Aí reside sua verdadeira fonte de inspiração criadora... Formaremos uma escola sem separação de gêneros que criam barreiras entre o artesão e o artista. Conceberemos uma arquitetura nova, a arquitetura do futuro, em que a pintura, a escultura e a arquitetura formarão um só conjunto.“ -Primeiro manifesto da Bauhaus, redigido em 1919 por Walter Gropius
  3. 3. Período em Weimar Em 1919, o arquiteto alemão Walter Gropius juntou duas escolas existentes na cidade de Weimar, a escola de Artes e Ofícios e a de Belas Artes, e fundou uma nova escola de arquitetura e desenho a que deu o nome de Staatliches Bauhaus (algo como Casa Estatal da Construção).
  4. 4. O Bauhaus se originou do movimento Arts and Crafts, do inglês William Morris, que procurou restabelecera importância do artesanato e do artesão. Mas em alguns aspectos a escola Bauhaus se opunha a Morris, por ele ser contrário à revolução tecnológica e a produção em massa. Gropius também era contra a ideologia esteticista e decorativa do estilo Art Nouveau.
  5. 5. A Bauhaus combatia a arte pela arte e estimulava a livre criação como uma forma de definir a personalidade do homem. Mais importante que formar um profissional, era formar homens ligados à cultura e à sociedade do mundo moderno. O ensino era elástico, com a participação de alunos, professores e mestres de oficina de uma forma conjunta, sem muitas distinções. Para Gropius, a unidade arquitetônica só é feita com trabalho em conjunto, misturando os vários tipos de artes.
  6. 6. Em pouco tempo, a Bauhaus definiu um estilo em seus produtos livres de ornamentos, funcionais e econômicos, cujos protótipos saíam de suas oficinas para a produção em série nas indústrias. Alguns artistas que fizeram parte da escola: Oskar Schlemmer, Paul Klee, Wassili Kandinski, László Moholy-Nagy e Ludwig Mies van der Rohe.
  7. 7. Mudança para Dessau Ameaçada de ser diluída pela forte oposição dos conservadores, a escola mudou-se para Dessau. Lá, Gropius s um prédio para abrigá-la que era, em si próprio, um manifesto da arquitetura moderna, e um dos mais importantes do século XX.
  8. 8. As atividades da Bauhaus em Dassau se intensificaram com a publicação de revistas e organização de exposições. Em 1928, Gropius abandonou a escola, passando o cargo para Hannes Meyer, este também foi substituído em 1930 pelo arquiteto alemão Mies van der Rohe.
  9. 9. Últimos Anos Em 1932, com a chegada dos nazistas em Dessau, a escola foi transferida para Berlim, onde fechou oficialmente em 1933. Mas o estilo Bauhaus já havia se difundido pelo mundo, essa difusão tornou-se ainda maior quando os mestres da escola , devido a perseguições nazistas, migraram para os EUA e Inglaterra.
  10. 10. Estilo e Ideologia A idéia principal de Gropius era de criar artistas de acordo com uma sociedade democrática, onde não há hierarquias, somente funções complementares. O trabalho conjunto, na escola e na vida, possibilitaria uma evolução das consciências criadoras, dos trabalhos manuais e da interação em uma sociedade urbano- industrial moderna e com seus meios de produção.
  11. 11. A maior ligação entre arte e produção industrial teve-se com a mudança para Dessau em 1925. No complexo de edifícios projetados por Gropius podemos ver as principais características Bauhaus: -tendências construtivistas com o máximo de economia na utilização do solo e na construção; -atenção às diferentes formas de materiais separadamente como madeira, vidro, metal, etc; -a forma artística deriva de um método ou problema, previamente definido, que leva a junção; de forma e função - uso de novas tecnologias.
  12. 12. No ano de 1928, com a entrada de Meyer, existiu uma ênfase mais social em relação ao design, traduzida na criação de um mobiliário de madeira, desmontável, simples e mais barato, além de uma grande variedade de papéis de parede.
  13. 13. Pintura Georg Muche - Figura 19
  14. 14. Pintura Georg Muche - Selo alemão
  15. 15. Pintura Johannes Itten - Estrela de cores
  16. 16. Pintura Johannes Itten - Farbkreis
  17. 17. Pintura Johannes Itten - Torre de fogo
  18. 18. Pintura Joost Schmidt - Alfabeto
  19. 19. Pintura Joost Schmidt - Poster para exibição Bauhaus
  20. 20. Pintura Josef Albers - Dia e noite VIII
  21. 21. Pintura László Moholy-Nagy - Composição 8
  22. 22. Pintura László Moholy-Nagy - Suprematismo
  23. 23. Pintura Lyonel Feininger - Jesuítas II
  24. 24. Pintura Lyonel Feininger - Lady in Mauve
  25. 25. Pintura Lyonel Feininger - Selo Alemão
  26. 26. Pintura Paul Klee - O peixe dourado
  27. 27. Pintura WASSILY KANDINSKY - Composição VIII
  28. 28. Pintura WASSILY KANDINSKY - Sons Contrastantes
  29. 29. Arquitetura Georg Muche - Haus and horn
  30. 30. Arquitetura Ludwig Mies van der Rohe - Casa Farnsworth
  31. 31. Arquitetura Ludwig Mies van der Rohe - Crown Hall
  32. 32. Arquitetura Ludwig Mies van der Rohe - Edifício Seagram
  33. 33. Arquitetura Ludwig Mies van der Rohe - interior de museu Berlin Neue Nationalgalerie
  34. 34. Arquitetura Marcel Breuer - Whitney Museum of American Art
  35. 35. Arquitetura Ludwig Mies van der Rohe - Pavilhão alemão 1929
  36. 36. Arquitetura Walter Gropius - Fábrica Fagus
  37. 37. Arquitetura Walter Gropius - Impington Village College
  38. 38. Escultura Gerhard Marcks - Gaeta
  39. 39. Escultura Gerhard Marcks - Memorial para vítimas de ataque aéreo em Hamburgo
  40. 40. Escultura Gerhard Marcks - Mulher velha de luto
  41. 41. Escultura Gerhard Marcks - O garanhão relinchador
  42. 42. Escultura Oskar Schlemmer - Triadic Ballet
  43. 43. Objetos Josef Albers - Nesting tables
  44. 44. Objetos Marcel Breuer - Cadeira Wassily
  45. 45. Objetos Marianne Brandt - Cinzeiro
  46. 46. Objetos Marianne Brandt - Conjunto de café e chá
  47. 47. Objetos Marianne Brandt - Lâmpada de mesa
  48. 48. Fotografia László Moholy-Nagy - Eifersucht - 1927
  49. 49. Fotografia László Moholy-Nagy - Fotograma 1922
  50. 50. Fotografia László Moholy-Nagy - Fotograma 1923
  51. 51. Fotografia László Moholy-Nagy - Fotograma 1939
  52. 52. Fotografia László Moholy-Nagy - laboratório
  53. 53. Vídeos História do Bauhaus http://www.youtube.com/watch?v=fflIHl9d-TY&feature=fvwrel Lázló Moholy-Nagy http://www.youtube.com/watch?v=u_7Ix_cA7s4 Ludwig Mies van der ROHE - (1929) - GERMAN Pavilion http://www.youtube.com/watch?v=TPDcNUBQwBw Filme de Laszlo Moholy Nagy http://www.youtube.com/watch?v=ymrJLhSeIlk
  54. 54. Fim

×