• Share
  • Email
  • Embed
  • Like
  • Save
  • Private Content
Conflitos no oriente médio na segunda metade do
 

Conflitos no oriente médio na segunda metade do

on

  • 2,316 views

 

Statistics

Views

Total Views
2,316
Views on SlideShare
2,316
Embed Views
0

Actions

Likes
0
Downloads
119
Comments
0

0 Embeds 0

No embeds

Accessibility

Categories

Upload Details

Uploaded via as Microsoft PowerPoint

Usage Rights

© All Rights Reserved

Report content

Flagged as inappropriate Flag as inappropriate
Flag as inappropriate

Select your reason for flagging this presentation as inappropriate.

Cancel
  • Full Name Full Name Comment goes here.
    Are you sure you want to
    Your message goes here
    Processing…
Post Comment
Edit your comment

    Conflitos no oriente médio na segunda metade do Conflitos no oriente médio na segunda metade do Presentation Transcript

    • Conflitos no Oriente Médio naSegunda Metade do Século XX e XXI
    • Síntese em tópicos• Revolução Xiita no Irã;• Guerra Irã X Iraque;• Guerra do Golfo (Coalizão X Iraque);• Guerra ao Terror (Afeganistão e Iraque) ;• Conflitos entre Árabes e Israelenses;
    • Revolução Xiita no Irã
    • • Irã (antigamente denominada Pérsia) País de maioria Xiita• 1925 a 1979 Governo dos xás Reza Pahlevi• Aproximação com o Ocidente (Programa de industrialização após a WWII) Desagrado aos setores xiitas (ameaça ao Islã)• 1975 = Unipartidarismo instalado e intensificação das perseguições pelo governo. Aumento das revoltas contra a monarquia
    • • 1979 = Deposição dos governo do Xá. Controle do país pelo Aiatolá Khomeini República Islâmica (Teocracia) – Estímulo ao fanatismo religioso – Consagração do terrorismo – Guerra Santa contra os opositores
    • Guerra Irã X Iraque
    • • Iraque = Maioria sunita. Presidente: Saddam Hussein.• Clima de fragilidade no Irã.• 1980 = Declaração de guerra iraquiana: – Assegurar o controle de Shatt-al-Arab; – Territórios petrolíferos; – Controle político do mundo árabe por Saddam; – Debilitar a influência xiita no Oriente Médio;
    • • Avanço Iraquiano nos fase inicial do conflito Apoio americano• União popular iraniana contra os invasores.• 1982 retomada das posições ocupadas; invasão do Iraque;• 1988 = Cessar fogo (após pressão internacional sobre o Irã)• O Brasil forneceu armas aos Iraquianos em troca de Petróleo durante todo o conflito.
    • Guerra do Golfo
    • Coalizão (31 países) X Iraque
    • • 10 Bilhões de dólares (Dívida do Iraque após a guerra contra o Irã).• Invasão do Kuwait pelos iraquianos: Acusando invasão de reservas petrolíferas pelos kuaitianos; Reclamava o direito do Iraque sobre o Kuwait;• 1990 – Invasão iraquiana; Boicote econômico (ONU)
    • • George Bush (pai) Resguardar os interesses americanos na região 1991 – Bombardeio ao Iraque Represália iraquiana Bombardeio à Israel e Arábia Saudita• Invasão do Iraque pelas forças da Coalizão Pouca resistência
    • • Resultados do conflito – Perda de 100 mil soldados iraquianos – Embargo Econômico (troca de petróleo apenas por alimento) – Zonas de exclusão aérea ao norte e ao sul do país.
    • “Guerra ao terror” (pós 11 de setembro) Afeganistão e Iraque
    • Afeganistão• 1979 = Ocupação soviética Reformas educacionais, políticas e sociais (maior valorização feminina)• Crescimento da resistência contra a URSS Apoio dos EUA, Paquistão, China, Irã e Arábia Saudita (armas e dinheiro)• 1989 = Desocupação do Afeganistão Prolongamento da Guerra Civil
    • • 1992 = Queda do antigo governo Fundação de um Estado islâmico Disputa entre facções guerrilheiras• 1996 = Controle pelo Talibã (governo islâmico de linha ortodoxa)
    • • Afeganistão = primeiro alvo da “cruzada contra o terror”.• Desmantelar a rede terrorista Al-Qaeda Ruptura de Bin Laden com o governo saudita após a Guerra do Golfo por conta do apoio deste aos norte americanos.• 2001 = Início da ofensiva militar Morte de centenas de civis em ataques mal coordenados. Queda do regime Talibã
    • • Dispersão e formação de núcleos do Talibã e da Al-Qaeda na periferia do país.• Instalação de um governo apoiado por Washington – Ampliação da influência dos EUA na Ásia Central. – 2004 = Primeiras eleições presidenciais da história do Afeganistão.• Previsão de retirada total das tropas americanas até 2014 (anunciado no governo Obama)
    • De volta ao Iraque
    • • Iraque = segundo alvo da “cruzada contra o terror” Acusação de conivência do governo de Saddam Hussein nos atentados de 11 de setembro. Manter um pesado arsenal de destruição em massa.• 2003 = Bombardeio americano (sem o aval da ONU) Repudio por parte da comunidade internacional (exceção: Grã- Bretanha, Espanha e Itália)
    • • Deposição de Saddam Hussein (ainda em 2003)• Ocupação de campos petrolíferos iraquianos.• Inexistência de armas de destruição em massa. Pretexto para a invasão• Mergulho do país em uma Guerra Civil Sunitas(aliados do antigo regime) Xiitas(dirigentes do novo governo)
    • • Saldo da invasão • Crescimento de ações terroristas; • Conflitos entre grupos islâmicos rivais; • Precariedade da infraestrutura;
    • Disputas pela Terra Santa Palestinos X Israelenses
    • • Guerra de Suez• Guerra dos Seis Dias• Guerra de Yom Kippur• Intifada
    • • 1948 = Criação do Estado de Israel Divisão da Palestina: Judeus: 700.000 habitantes 14.500 km² Palestinos: 1.300.000 habitantes 11.500 km²• Recusa da partilha pela comunidade árabe 1948 – 1949 = primeiro confronto entre árabes e israelenses.
    • Guerra de Suez Egito X Israel
    • Guerra de Suez• Nacionalização do canal de Suez e fechamento do porto de Eilat pelo governo egípcio. 1956 = declaração de guerra de Israel Tomada da Península do Sinai Reabertura do porto Pressão internacional sobre Israel (EUA e URSS) Retorno à fronteira de 1949 e abertura do canal para livre navegação
    • Guerra dos Seis DiasJordânia – Síria – Egito X Israel
    • Guerra dos Seis Dias• Al Fatah (reconquista), grupo político-militar de classe média exilada que combatia a supremacia israelense. Rápido crescimento entre 1956/59 Série de ataques terroristas (criação de um Estado laico e democrático)• 1964 = Fundação da Organização para a Libertação da Palestina (OLP) Yasser Arafat
    • Yasser Arafat
    • • Crescimento dos ataques terroristas à instalações judaicas.• Apoio da Síria a guerrilha Palestina (1966)• 1967 = Ataque aéreo a Jordânia Estado de alerta por parte do Egito Acordo de Defesa Mútua (Egito-Síria-Jordânia)• Ataque israelense à forças egípcias (sem declaração de guerra)• Vitória de Israel e conquista da Península do Sinai, Faixa de Gaza, Jerusalém Oriental, Cisjordânia (parte palestina da Jordânia) e colinas de Golã (Síria).
    • Guerra de Yom Kippur Síria – Egito X Israel
    • Guerra de Yom Kippur• 1973 – Ataque surpresa de tropas sírias e egípcias à regiões ocupadas pelos israelenses desde a Guerra dos Seis Dias (1967), (durante o feriado de Yom Kippur – Dia do Perdão) Contra ofensiva de Israel Fim do conflito (intervenção da ONU)
    • Petróleo como arma de guerra• Embargos da OPEP aos aliados de Israel Aumento do preço do barril Desemprego Inflação• Novo campo de luta para Arafat (terreno armado para o campo das instituições) Processo diplomáticos Admissão da OLP à ONU (Membro observador)
    • Setembro Negro• OLP = Apoio de diversos países Árabes Incluindo a JordâniaExpansão e fortalecimento em solo jordaniano. Expulsão do país 1970 = Setembro Negro (Massacre de palestinos por tropas reais)• Fuga para o sul do Líbano e novo massacre em 1982 por milícias da Falange Cristã (de direita, envolvida numa guerra civil contra grupos islâmicos), com aval de Israel que controlava a região desde aquele ano.
    • • Morte de milhares de palestinos (principalmente mulheres, crianças e idosos) em campos de refugiados na busca de supostos terroristas.
    • Intifada• “Guerra das pedras”.• Rebelião que explodiu na Faixa de Gaza e Cisjordânia após o atropelamento de 4 palestinos por um caminhão do exército israelense em 1987. Repressão de Israel condenada pela ONU opinião mundial a favor da OLP• 2003 = Acordos de Oslo Previa a progressiva autonomia palestina na Faixa de Gaza e Cisjordânia.
    • • Fracasso dos planos de paz por etapas; Expansão de colônias judaicas em zonas árabes Cerco a cidades palestinas Nova Intifada (luta com pedras substituída por ataques a bomba). Constantes ações do exército israelense.• 2005 = inicio da retirada de colonos das regiões palestinas (acordos criados pelos EUA, UE, Rússia e pela ONU)
    • • OBS: Hamas, grupo terrorista criado no início da primeira Intifada e que venceu as primeiras eleições parlamentares em 2006. Expulsar o exército israelense dos territórios palestinos ocupados. Retomar de Israel todo o território da antiga Palestina.• Frentes de Atuação: - Programas sociais (construção de escolas, hospitais e instituições religiosas) - Operações militares clandestinas
    • Fim?