Renascimento - História

34,267 views
33,678 views

Published on

Published in: Education
1 Comment
6 Likes
Statistics
Notes
No Downloads
Views
Total views
34,267
On SlideShare
0
From Embeds
0
Number of Embeds
9
Actions
Shares
0
Downloads
306
Comments
1
Likes
6
Embeds 0
No embeds

No notes for slide

Renascimento - História

  1. 1. Definição de renascimento:<br />O Renascimento foi um período da História Europeia compreendido entre os séculos XV e XVI ( ou seja final da idade Média , inícios da idade Moderna. É uma fase caracterizada pela mudança ( quer em termos culturais , económicos , populacionais, sociais, políticos, religiosos , artísticos, filosóficos e científicos ).<br />A Renascença, foi também um período em que a Europa renasceu da crise do século XIV. Há um aumento significativo da população , ou seja há um renascimento populacional . Aumenta também a produção , o conhecimento com as descobertas e o conhecimento da cultura grega e latina, ou seja há um renascimento económico e intelectual .<br />Desenvolveu-se nas cidades ( ou seja em meios urbanos , como por exemplo Itália que foi a cidade em que o renascimento teve maior expressão).<br />Chamou-se “Renascimento” em virtude da redescoberta e revalorização das referências culturais da antiguidade clássica. Passa-se a dar mais valor ao Homem e à Natureza ( ideal humanista , antropocentrista e naturalista).<br />Causas do seu surgimento em Itália:<br />O Renascimento surgiu na Itália , onde teve maior expressão . Foi da Itália, mais especificamente da região italiana Toscana cujos principais centros são as cidades de Florença e Siena, que este movimento cultural se expandiu primeiro para toda a península Itálica e mais tarde para toda a Europa Ocidental .<br />Não foi por mero acaso que na Itália surgiu o renascimento . A Itália reunia todas as condições necessárias : era um meio urbano , tinha um enorme poder económico, tinha uma burguesia dinâmica ( esta era economicamente abastada ) , as cidades pertencentes a Itália eram autónomas , possuíam escolas e universidades , detinha em seu poder as maiores ruínas do império Romano e ruínas gregas na Cecília e sul de Itália. Itália acolheu também os refugiados constatinopoles depois da queda do império romano do oriente nas mãos dos turcos. Esses refugiados tinham grandes conhecimentos da cultura grega e romana .<br />Foi também na Itália , que se descobriu o papel e a imprensa( papel este oriundo da China e imprensa descoberta por Gutenberg ) .<br />Em Itália , a burguesia e o papa italianos, apoiavam os artistas do renascimento dando bolsas de estudo e encomendando obras de arte ( mecenato.).<br />Contributo de Lisboa e Sevilha para o renascimento:<br />Não só Itália , como também Lisboa e Sevilha , foram importantes para o Renascimento . Estas duas últimas estão ligadas a este movimento cultural devido aos descobrimentos . Através dos descobrimentos , encontraram-se outras raças , outras culturas , e retirou-se a conclusão de que se pertence ao género humano. Alarga-se o conhecimento terrestre – descoberta de continentes , ilhas, oceanos , novas plantas , novos animais, novos rios . Alarga-se também o conhecimento cientifico – matemática , medicina ,geografia , cosmografia e cartografia.<br />Os descobrimentos contribuíram também para a materialização do real – é criada a mentalidade quantitativa ( medição do tempo, espaço , riqueza , homens para fins de impostos , etc.).- e para o intercambio entre culturas ( intercambio de especiarias etc).<br />Meios de difusão da cultura renascentista:<br />Os meios utilizados para a expansão da cultura renascentista foram : os livros ( com a descoberta da imprensa e do papel , estes tornaram-se mais comuns e mais baratos , de modo a que se facilitou a sua expansão), as cartas , as viagens ( estas eram feitas essencialmente por estudantes , ou por intelectuais para aperfeiçoarem os seus conhecimentos , e deste modo iam expandindo o que aprendiam ) e escolas/universidades ( são 2 meios através dos quais se transmitia conhecimentos ).<br />A importância dos mecenas para o Renascimento:<br />Os mecenas eram os homens ou instituições que apoiavam a cultura e as manifestações culturais. <br />Até ao século XV pouca ou nenhuma importância se atribuía às artes . A partir de então , através do mecenato passou-se a valorizar bastante a Arte . Os mecenas apoiavam os homens da cultura sem recursos atribuindo-lhes bolsas de estudo e encomendando obras. Punham também á disposição dos estudiosos as suas bibliotecas e construíram os primeiros museus . Apoiaram também as escavações arqueológicas.<br />Identificar a origem social dos mecenas :<br />Os mecenas eram essencialmente Burgueses (com o comércio) , Príncipes , reis (enriquecidos com os impostos) , bispos, abades e o papa (enriquecidos com dízimos e outros impostos). Todos estes frequentavam a escola – são pessoas cultas e instruídas.<br />O seu papel na promoção da cultura (O papel da corte portuguesa no desenvolvimento) :<br />Em Portugal, o centro de apoio aos homens da cultura nos séc. XV e XVI foi o rei .<br />Era a corte que encomendava obras de arquitectura ( ex: Mosteiro dos Jerónimos em Lisboa, a torre de Belém .)<br />Era a corte também que encomendava obras de pintura e escultura .<br />A corte atribuía bolsas de estudo para estudar no estrangeiro , criou um colégio Português em Paris , encomendava peças de teatro , obras de ourivesaria e dava rendas aos humanistas (por exemplo , D. Sebastião deu uma renda a Luíz Vaz de Camões ).<br />O ideal de homem do renascimento:<br />No renascimento surgiu uma mentalidade antropocêntrica que valoriza o Homem. Este é o centro da reflexão e a medida de todas as coisas. É um ser material e espiritual.<br />O Homem do renascimento deveria ser simultaneamente um poeta , erudito e um guerreiro ( ou seja deve de ser elegante , belo , ágil , intelectual , rico e que soubesse manusear armas ).<br />

×