Curso Android - 01 Introdução ao Android
Upcoming SlideShare
Loading in...5
×
 

Like this? Share it with your network

Share

Curso Android - 01 Introdução ao Android

on

  • 1,567 views

 

Statistics

Views

Total Views
1,567
Views on SlideShare
1,567
Embed Views
0

Actions

Likes
0
Downloads
43
Comments
0

0 Embeds 0

No embeds

Accessibility

Categories

Upload Details

Uploaded via as Adobe PDF

Usage Rights

© All Rights Reserved

Report content

Flagged as inappropriate Flag as inappropriate
Flag as inappropriate

Select your reason for flagging this presentation as inappropriate.

Cancel
  • Full Name Full Name Comment goes here.
    Are you sure you want to
    Your message goes here
    Processing…
Post Comment
Edit your comment

Curso Android - 01 Introdução ao Android Document Transcript

  • 1. CURSO DE DESENVOLVIMENTO DE APLICAÇÕES PARA A PLATAFORMA ANDROID Introdução ao Android Android é um sistema operacional baseado no núcleo do Linux para dispositivosmóveis, desenvolvido pela Open Handset Alliance, liderada pelo Google e outras empresas. Segundo a Google, mais de 1 milhão e 300 mil aparelhos com este sistema operacionalsão ativados todos os dias. Utilizado por vários fabricantes de celulares como: HTC, Samsung,Sony, Motorola, LG e recentemente a Positivo Informática. O Android foi fundado como uma empresa em outubro de2003, na Califórnia por Andy Rubin, Rich Miner, Nick Sears e ChrisWhite com o intuito de “produzir dispositivos móveis inteligentesque serão capazes de reconhecer as localizações epreferências de seus donos”. O Android operava secretamente,sendo revelado apenas como um software para celulares. Em agosto de 2005, o Google adquiriu a empresa Android,fazendo-a como subsidiária do Google, além de permanecer com osfundadores Andy Rubin, Rich Miner e Chris White. Desde estaépoca o Google já pensava entrar no ramo do mercado decelulares. A Open Handset Alliance (OHA) é uma aliança de diversas Andy Rubinempresas com a intenção de criar padrões abertos para telefoniamóvel. Entre as empresas participantes estão Google, HTC, Dell, Intel, Motorola, Qualcomm,Texas Instruments, Samsung, LG, T-Mobile e Nvidia. No mesmo dia do anúncio da aliança foirevelado o Android, como o principal software daaliança. O primeiro celular rodando Android foi o HTCDream (conhecido como G1) sendo lançado em 18 deagosto de 2008, sendo comercializado a partir do dia 22de outubro do mesmo ano. HTC Dream (G1)
  • 2. Open Handset Alliance Open Handset Alliance (OHA) é uma aliança de 84 empresas com a intenção de criarpadrões abertos para telefonia móvel. Essas empresas incluem Google, HTC, Sony, Dell, Intel,Motorola, Qualcomm, Texas Instruments, Samsung Electronics, LG Electronics, T-Mobile,Sprint Nextel, Nvidia, e Wind River Systems. A OHA foi estabelecida em 6 de Novembro de 2007, liderada pela Google com 34membros incluindo fabricantes de celulares, desenvolvedores de aplicações, algunsresponsáveis pela fábrica de chips. Android, a ‘bandeira da aliança, é baseada em um códigoaberto licenciado em compete contra as plataformas de celulares da Apple, Microsoft, Nokia,HP e Samsung Electronics.Atualmente são 84 empresas participantes, porém as mais conhecidas são:Acesse: http://www.openhandsetalliance.com/oha_members.html para mais informações. Versões do Android Android 1.0, foi lançado em setembro de 2008. Android está em desenvolvimento emcurso pela Google e Open Handset Alliance , e tem visto uma série de atualizações para osistema operacional de base desde o seu lançamento original. Essas atualizações geralmentecorrigir erros e adicionar novas funcionalidades. Desde abril de 2009, as versões Android foram desenvolvidos sob um codinome elançado em ordem alfabética: Cupcake, Donut, Eclair, Froyo, Gingerbread, Honeycomb, IceCream Sandwich, e Jelly Bean. A partir de 2012, mais de 400 milhões de dispositivos ativosusar o sistema operacional Android em todo o mundo. O mais recente grande atualização foi
  • 3. Android Jelly Bean 4.2, que foi anunciado em outubro de 2012, e foi lançado em dispositivoscomerciais em novembro.Versões do Android – HistóricoAndroid beta Foi lançado em 5 de novembro de 2007, enquanto o kit de desenvolvimento desoftware (SDK) foi lançado em 12 de novembro de 2007.Android 1.0 – Apple Pie* (API 1) Android 1.0, a primeira versão comercial do software, foi lançado em 23 de setembrode 2008 com o HTC Dream.Android 1.1 – Banana Bread* (API 2) Em 9 de Fevereiro de 2009, o Android 1.1 foi lançado com uma atualização,inicialmente para o HTC Dream . A atualização mudou o Android API e acrescentou uma sériede novas características.Android 1.5 – Cupcake (API 3) Em 30 de Abril de 2009, com base no kernel Linux 2.6.27. Esta foi a primeira versão ausar oficialmente um nome baseado em uma sobremesa, um tema que seria ser usado paratodas as versões. A atualização inclui vários novos recursos e alterações de interface dousuário.Android 1.6 – Donut (API 4) Em 15 de Setembro de 2009, o Android 1.6 SDK - apelidado de Donut - foi lançado,baseado no Linux kernel 2.6.29.Android 2.0/2.1 – Eclair (API 5 – 7) 26 de Outubro de 2009, o Android 2.0 SDK - codinome Eclair - foi lançado, baseado nomesmo kernel da versão anterior.Android 2.2 – Froyo (API 8) Em 20 de maio de 2010, o Android 2.2 (Froyo, abreviatura de Frozen Yogurt) SDK foilançado, baseado no Linux kernel 2.6.32.Android 2.3 – Gingerbread (API 9 – 10) 6 de Dezembro. 2010, o Android 2.3 (Gingerbread) SDK foi lançado e tem como base oLinux kernel 2.6.35.Android 3.0/3.1/3.2 – Honeycomb (API 11 – 13) Em 22 de Fevereiro de 2011, foi lançado o Android 3.0 (Honeycomb) SDK. A primeiraatualização Android apenas para uso em tablets – baseia-se no Linux kernel 2.6.36. O primeirodispositivo com esta versão foi o Motorola Xoom. O tablet, foi lançado dois dias depois do SDK.Android 4.0 - Ice Cream Sandwich (API 14 – 15)
  • 4. O SDK para Android 4.0.1 (Ice Cream Sandwich), baseado no Linux kernel 3.0.1, foilançado publicamente em 19 de outubro de 2011. Google Gabe Cohen declarou que o Android4.0 foi "teoricamente compatível" com qualquer Android dispositivo 2.3.x em produção naépoca. O código fonte para o Android 4.0 tornou-se disponível em 14 de novembro de 2011.Android 4.1/4.2 - Jelly Bean (API 16 – 17) O Google anunciou o Android 4.1 (Jelly Bean) em 27 de junho de 2012. Baseado noLinux kernel 3.0.31, Jelly Bean era uma atualização incremental com o objetivo principal demelhorar a funcionalidade e desempenho da interface do usuário. A melhora de desempenhoenvolvidos no "Project Butter" ("Projeto Manteiga). Android 4,1 Jelly Bean foi liberado para oAndroid Open Source Project em 9 de julho de 2012, e do Nexus 7 tablet, o primeiro dispositivoa rodar Jelly Bean, foi lançado em 13 de julho de 2012.Android 5.0 - Key Lime Pie Key Lime Pie é uma suposta versão do Android 5.0, que já foi confrmado pelo Googlemas não há outras muitas informações relacionadas à versão.*Ninguém do Google até hoje revelou quais eram os nomes das duas primeiras versões com A e B e se recusamterminantemente a falar sobre o assunto. Estatísticas de Versões Cupcake Donut Eclair Froyo Gingerbread Honeycomb Ice Cream Sandwich Jelly Bean 0,1 0,3 2,7 6,7 10,3 27,5 50,8 1,6
  • 5. Arquitetura da Plataforma“Na realidade, como é colocado em [Android Developers 2012], o Android é mais do que umsistema operacional. Ele é na verdade um software stack composto por cinco camadas.”Núcleo Linux O Android é construído sobre uma base muito sólida: o kernel do Linux (versão 2.6). OLinux abstrai toda a camada de hardware para o Android, possibilitando a portabilidade parauma grande gama de plataformas. Internamente o Android usa o Linux pra gerenciar memória,processos, rede, e serviços de sistema operacional.Bibliotecas Acima do kernel ficam as bibliotecas C/C++ utilizadas por diversos dos componentesdo sistema, como: uma implementação da biblioteca padrão do C (libc), mas com licença BSD(Berkeley Software Distribution) e otimizada para dispositivos embarcados; bibliotecas parasuporte a formatos de áudio, vídeo e imagens; um gerenciador que intermedia o acesso aodisplay e compõe as camadas de imagem 2D e 3D; o engine para navegadores WebKit;bibliotecas para gráficos 2D (SGL) e 3D (OpenGL ES); um renderizador de fontes bitmap evetoriais; e o banco de dados relacional SQLite.Android Tempo/ Execução No Android, aplicações escritas em Java são executadas em sua própria máquinavirtual, que por sua vez é executada em seu próprio processo no Linux, isolando-a de futurasaplicações e facilitando o controle de recursos. O Android Runtime é composto pela máquinavirtual chamada Dalvik VM, onde as aplicações são executadas, e por um conjunto debibliotecas que fornecem boa parte das funcionalidades encontradas nas bibliotecas padrão doJava.
  • 6. Quadro de Aplicações Na camada acima, escrita em Java, fica a framework de aplicações, que fornece todasas funcionalidades necessárias para a construção de aplicativos, através das bibliotecasnativas. Aplicações Android podem possuir quatro tipos de componentes: activities, services,content providers e broadcast receivers. Além destas peças fundamentais em umaaplicação, existem os recursos, que são compostos por layouts, strings, estilos e imagens eo arquivo de manifesto, que declara os componentes da aplicação e os recursos dodispositivo que ela irá utilizar.Aplicações A camada mais alta no diagrama da arquitetura do Android é a camada de aplicativos ewidgets. Pense nisso como a ponta do iceberg Android. Os usuários finais só vão ver essesprogramas, felizmente sem saber de toda a ação acontecendo por trás. Como umdesenvolvedor Android, no entanto, você sabe melhor. Desenvolvendo Aplicações “Para a alegria geral da nação é possível desenvolver uma aplicaçãopara o Android utilizando a linguagem Java em seu ambiente dedesenvolvimento preferido, como o Eclipse, Netbeans ou IntelliJ IDEA. OEclipse é o ambiente de desenvolvimento preferido pelo Google, e há umplugin chamado ADT (Android Development Tools) para facilitar odesenvolvimento, testes e compilação do projeto...” (Ricardo R. Lecheta,2011, p.28-29).____________________________________________________________________________