Assembleia de Jovens Connecting Classrooms

  • 175 views
Uploaded on

Moções apresentadas pelos alunos sobre "Ambiente e sustentabilidade" perante um painel que contou com a participação de deputados da Assembleia da República (ação no âmbito do projeto Connecting …

Moções apresentadas pelos alunos sobre "Ambiente e sustentabilidade" perante um painel que contou com a participação de deputados da Assembleia da República (ação no âmbito do projeto Connecting Classrooms - 4/2/2013)

More in: Education
  • Full Name Full Name Comment goes here.
    Are you sure you want to
    Your message goes here
    Be the first to comment
    Be the first to like this
No Downloads

Views

Total Views
175
On Slideshare
0
From Embeds
0
Number of Embeds
0

Actions

Shares
Downloads
1
Comments
0
Likes
0

Embeds 0

No embeds

Report content

Flagged as inappropriate Flag as inappropriate
Flag as inappropriate

Select your reason for flagging this presentation as inappropriate.

Cancel
    No notes for slide

Transcript

  • 1. Agrupamento de Escolas de Póvoa de Lanhoso Ambiente e Sustentabilidade 4 de 15:05h fevereiro Assembleia Connecting Classrooms Theatro “FaçaClub do Meio Ambiente o seu Modo de Vida” António Gabriela Francisca Ricardo Braga - Fonseca - Almeida- Gonçalves - Deputado Moderadora Deputada ex. Deputado
  • 2. APRESENTAÇÃO DOS MEMBROS DA MESA DA ASSEMBLEIA
  • 3. MESA DA ASSEMBLEIA CONNECTING CLASSROOMS Nome: Gabriela Fonseca Licenciatura em Ensino de Matemática e CiênciasCargos desempenhados: Vice-presidência da Câmara Municipal da Póvoa de Lanhoso Vereadora da Educação Vereadora do Desporto/Juventude Responsável pelo Gabinete de munícipe e associativismo. 04 Fev 2013
  • 4. MESA DA ASSEMBLEIA CONNECTING CLASSROOMS Nome: Maria Francisca Fernandes Almeida Licenciatura em DireitoCargos desempenhados: Deputada na Assembleia da República pelo PSD (Braga) Integra diversas comissões parlamentares Vice-Presidente da bancada parlamentar do PSD Membro da Assembleia Municipal de Guimarães Colaboração quinzenal (artigo de opinião) no jornal Notícias de Guimarães e na Rádio Fundação 04 Fev 2013
  • 5. MESA DA ASSEMBLEIA CONNECTING CLASSROOMS Nome: António Fernandes da Silva Braga Licenciatura em FilosofiaCargos desempenhados: Deputado na Assembleia da República pelo PS (Braga) Integra(ou) diversas comissões parlamentares Presidente da Assembleia Municipal de Braga Ex-Secretário de Estado das Comunidades Portuguesas Inspetor da Inspeção Geral de Ensino 04 Fev 2013
  • 6. MESA DA ASSEMBLEIA CONNECTING CLASSROOMS Nome: Ricardo Manuel Ferreira Gonçalves Licenciatura em FilosofiaCargos desempenhados: Assessor da Assembleia da República Deputado na Assembleia da República pelo PS (Braga) Membro do Secretariado da Federação Distrital de Braga do PS & Membro da Comissão Nacional do PS Professor Cooperante em Angola 80/81/82 Professor no Ensino Público Português durante 12 anos 04 Fev 2013
  • 7. MESA DA ASSEMBLEIA CONNECTING CLASSROOMS Nome: José Manuel Ramos Magalhães Licenciatura em HumanidadesCargos desempenhados: Presidente da Comissão Administrativa Provisória do Agrupamento de Escolas de Póvoa de Lanhoso Diretor da Escola Secundária da Póvoa de Lanhoso Professor de Português 04 Fev 2013
  • 8. Agrupamento de Escolas de Póvoa de Lanhoso Ambiente e Sustentabilidade 4 de 15:05h fevereiro Assembleia Connecting Classrooms Theatro “FaçaClub do Meio Ambiente o seu Modo de Vida” António Gabriela Francisca Ricardo Braga - Fonseca - Almeida- Gonçalves - Deputado Moderadora Deputada ex. Deputado
  • 9. MOÇÕES DA RESPONSABILIDADE DOS ALUNOS
  • 10. MOÇÃO 1 - ENERGIAGrupo responsável:Mónica Oliveira, Joana Cancela, Jonatan Salgado, Marta Cunha, Ricardo Martins, FilipaRodrigues, Ana Isabel Silva, Cláudia Costa, António Pedro MachadoApresentação – JOANA CANCELA12º ano, turma A Imagem na Internet em >>>>>>
  • 11. MOÇÃO 1Problema…Excessivo gasto energético Devido à evolução tecnológica e a outros fatores existe um uso excessivo de energia, o qual é muitas vezes desnecessário. 04 Fev 2013
  • 12. MOÇÃO 1Medidas propostasA associação de estudantes e a direção das escolas podem criar um grupo quefique responsável pelo controlo da utilização doscomputadores das escolas, para que estes sejam desligados sempre após asua utilização e exista um certo tempo por indivíduo para o utilizar, diminuindo ogasto de energia.Instalação de sensores de movimento nas casas de banho para que as luzesdas mesmas não permaneçam ligadas sem necessidade; lâmpadas de baixoconsumo em toda a escola para que sempre que estejam as luzes acesashaja baixo consumo de energia.Elaboração de um banco de dados e informações sobre os gastosde energia onde se possa verificar onde houve maior dispêndio e onde se possapoupar no mês seguinte. Estes dados têm de ser divulgados para toda a comunidadeescolar. 04 Fev 2013
  • 13. MOÇÃO 2 – EXCESSIVOS GASTOS ENERGÉTICOSGrupo responsável:Amely Amorim, Afonso Lima, Melanie Silva e Raquel Dias - Curso Profissional P17Apresentação – CLÁUDIO LOPES12º ano, turma P17 Imagem na Internet em >>>>>>
  • 14. MOÇÃO 2Problema…Esgotamento de recursos energéticos No pavilhão de educação física da nossa escola é usado o gás natural para aquecer a água dos balneários. Isso significa que a escola utiliza uma energia não renovável ou seja finita para aquecer a água. 04 Fev 2013
  • 15. MOÇÃO 2Medidas propostasOptar por um sistema solar de circulação forçada: Sistema onde o coletor solar e o depósito se encontram fisicamente separados, o que permite uma série de vantagens em relação aos sistemas solares de termossifão.Solução vantajosa porque: Relativamente a outros sistemas convencionais de termosifão, o sistema solar de circulação forçada garante segurança absoluta em períodos de inactividade porque o coletor esvazia-se automaticamente em caso de sobreaquecimento. Alta tecnologia para uma eficiência duradoura. Vidro de segurança de alta transparência, revestimento do absorvedor altamente seletivo, isolamento térmico robusto do coletor e do acumulador e um acabamento de alta qualidade garantem o rendimento durante décadas. 04 Fev 2013
  • 16. MOÇÃO 3 – CONSUMO EXCESSIVO DE ENERGIA NÃO RENOVÁVELGrupo responsável:Abel Vieira, Alexandra Tinoco, Diana Sofia Pereira, Helena Couto, Luísa Sampaio, Rui Lopes,Tiago MarquesApresentação – RUI LOPES & TIAGO MARQUES12º ano, turma D Imagem na Internet em >>>>>>
  • 17. MOÇÃO 3Problema…Consumo excessivo de formas deenergia não renováveis O que é possível fazer para diminuir o consumo de energias não renováveis e promover a utilização de energias limpas? 04 Fev 2013
  • 18. MOÇÃO 3Medidas propostasA criação de um fundo monetário (com apoio local/governamental oueuropeu) para o desenvolvimento de fontes de energia limpa paratodas as escolas;Com esse fundo possibilitávamos a compra de painéis solares e fotovoltaicos paraprodução, armazenamento e venda de energia. É um investimento a longoprazo que depois se tornará bastante rentável e lucrativo. 04 Fev 2013
  • 19. MOÇÃO 3Medidas propostasUma vez a escola, autónoma da sua energia, poderíamos avançar para uma questãomais complexa:A maior utilização de computadores portáteis pelos alunos parasubstituir os cadernos por documentos virtuais, bem como os manuais em papel pormanuais virtuais interativos. O computador seria transportado pelo aluno e na escolaseria alimentado através da energia proveniente do sol.Para assegurar um profundo empenho, seria desenvolvida uma rede desegurança em que o computador seria ligado (para obrigar a ligaçãoa essa rede, a alimentação do computador só seria possível uma vez ligada à rede desegurança).O sistema da rede só funcionaria baseado na criação de um novo utilizadorcom a função de restringir a utilização de programas e sites quenão fossem de caráter escolar, sendo apenas possível aceder a programase sites autorizados apenas pela direção escolar. 04 Fev 2013
  • 20. MOÇÃO 4 – COMO PODEREMOS SER CIDADÃOS AMBIENTALMENTE RESPONSÁVEIS?Grupo responsável:Curso Profissional P19 – Técnico de MultimédiaLogotipos elaborados por: Sofia Oliveira e Hugo SilvaApresentação – MIGUEL SOUSA & SOFIA OLIVEIRA11º ano, turma P19
  • 21. MOÇÃO 4Problemas…1. Consumo excessivo e desnecessário de papel.2. Desperdício de energia a nível do aquecimento da escola e do sistema informático.3. Consumo abusivo de água, particularmente, nos lavatórios e autoclismos.4. Falta de respeito, em termos de limpeza e manutenção, pelos espaços comuns da escola. 04 Fev 2013
  • 22. MOÇÃO 4Desafio… Como formar cidadãos ambientalmente mais responsáveis? 04 Fev 2013
  • 23. MOÇÃO 4Propostas… Consumo excessivo e desnecessário de papel. • Reduzir a utilização de materiais em suporte papel, substituindo-os por materiais em suporte digital. • Utilização de toalhas rotativas em pano em substituição do papel. • Colocar nas salas recipientes de recolha de papel inutilizado para posterior reciclagem. 04 Fev 2013
  • 24. MOÇÃO 4Propostas… Desperdício de energia a nível do aquecimento da escola e do sistema informático. • Calafetar todas as salas. • Fazer um aproveitamento da energia solar através da utilização dos painéis solares para aquecimento de águas sanitárias e fotovoltaicos. • Substituir a caldeira de aquecimento por uma de biomassa. 04 Fev 2013
  • 25. MOÇÃO 4Propostas… Desperdício de energia a nível do aquecimento da escola e do sistema informático.• Sensibilização dos alunos e professores para desligarem sempre os computadores após a sua utilização e posterior corte da energia das salas de informática nos quadros locais (após o término nas aulas).• Avaliar a viabilidade de utilização de fotocélulas para ligar e desligar as fontes de luz (casas de banho, arrecadações,...). 04 Fev 2013
  • 26. MOÇÃO 4Propostas… Desperdício de energia a nível do aquecimento da escola e do sistema informático.• Substituir as lâmpadas existentes por lâmpadas economicamente mais rentáveis e amigas do ambiente.• Substituição da luz artificial pela luz natural sempre que possível.• Desligar aparelhos elétricos sempre que desnecessários (ex: a televisão do Polivalente e da sala dos professores). 04 Fev 2013
  • 27. MOÇÃO 4Propostas… Consumo abusivo de água, particularmente, nos lavatórios e autoclismos. • Temporizador nas torneiras dos lavatórios. • Criar mecanismos de aproveitamento das águas das chuvas (para irrigação dos espaços verdes, por exemplo). • Propor ao ministério da educação a renovação de autoclismos (permitindo a implementação de um mecanismo simples de poupança de água). 04 Fev 2013
  • 28. MOÇÃO 4Propostas…Falta de respeito, em termos de limpeza e manutenção, pelos espaços comuns da escola. • Sensibilizar os alunos para não sujarem o chão dos espaços escolares (abandono do lixo em cima das mesas, atirar com garrafas para o chão...). 04 Fev 2013
  • 29. MOÇÃO 4Desafio… Melhor ambiente mais cidadania 04 Fev 2013
  • 30. MOÇÃO 5 – MACRO SUSTENTABILIDADE AMBIENTAL NA ESCOLAGrupo responsável:Adriana Rodrigues (8ºB), Alícia Fernandes (9ºF), Diogo Lopes (7ºE), Inês Pereira (7ºE) eLaura Gonçalves (8ºC)Apresentação – LAURA GONÇALVES8º ano, turma C Imagem na Internet em >>>>>>
  • 31. MOÇÃO 5Ponto de partida…As escolas precisam de conseguir manter uma temperatura amena de modoa que todos os que lá estão se sintam confortáveis e necessitam de energiaelétrica.A instalação de painéis solares é uma das formas de produzir esta energia.Têm uma dupla função, produzindo calor e eletricidade com a luzproveniente do sol.As principais vantagens:• É um meio não poluente;• Os painéis são muito duradouros;• Estão a ficar mais baratos tornando-os assim numa “solução economicamente acessível”;• Acelerado regresso do investimento;• Obtém-se água quente que pode ser utilizada no aquecimento de águas e ambiente;• Pode-se produzir energia elétrica para consumo próprio e vender o excedente, pelo que a sua rentabilidade pode ser muito elevada. 04 Fev 2013
  • 32. MOÇÃO 5Problema…Podemos produzir a energia queconsumimos?A tecnologia já nos permite produzir a energia queconsumimos a partir de fontes renováveis.Poderiam as escolas adotar estas tecnologias? 04 Fev 2013
  • 33. MOÇÃO 5Medidas propostasA instalação de ummicroaerogerador, poderia auxiliar à produçãoautónoma de energiapelas escolas.Este meio viria auxiliar aprodução energética obtidapelos painéis solares. 04 Fev 2013
  • 34. MOÇÃO 5Problema…Podemos reutilizar alguma da águadas chuvas?Existem alguns sistemas que permitem recolher aágua das chuvas para que possa ser utilizada para regae nas casas de banho… 04 Fev 2013
  • 35. MOÇÃO 5Medidas propostas O aproveitamento da água da chuva para mais tarde ser reutilizada em atividades em que o uso de água potável não seja obrigatório é um processo em grande crescimento.O processo de construção destescoletores não tem que ser muitosofisticado e com algumas ideiassimples, pode-se poupar muitaágua. 04 Fev 2013
  • 36. C E F T I AT @ E SP L 2012 / 2013Grupo responsável:CEF TIATApresentação – CARINA CARVALHO, HELENA MOREIRA & TIAGO CEPEDACEF TIAT (12º ano)
  • 37. MOÇÃO 6 – ELEVADO GRAU DE DESPERDÍCI O / NÃO REUTI LIZAÇÃO DE MATERIAI SApresentação – CARINA CARVALHO, HELENA MOREIRA & TIAGO CEPEDACEF TIAT (12º ano) Imagem na Internet em >>>>>>
  • 38. MOÇÃO 6Problema…Elevado grau de desperdício /não reutilização dos materiais. Que medidas pode a escola tomar? 04 Fev 2013
  • 39. MOÇÃO 6Medidas propostasDar uso à comida que sobra na cantina.Criar em cada sala/espaço de trabalho uma reserva de papel.Usar as folhas, cadernos, canetas, lápis e borrachas até ao fim.Criar no último dia de aulas de cada período, workshops de aprendizagem dereutilização de materiais.Fazer uma feira de trocas anual.Ensinar, nas aulas de Educação Tecnológica / Visual a reparar e/oureutilizar mesas e cadeiras que se estraguem.Usar, nas impressoras e fotocopiadoras, tinteiros e cartuchos recarregáveis. 04 Fev 2013
  • 40. M O Ç ÃO 7 – P O U C O C U ID A D O C O M A NA T U RE Z A / P O U C A A T E NÇ Ã O À B E L E Z A D A T E RRA Apresentação – CARINA CARVALHO, HELENA MOREIRA & TIAGO CEPEDA CEF TIAT (12º ano) Imagem na Internet em >>>>>>
  • 41. MOÇÃO 7Problema…Pouco cuidado com a natureza & pouca atenção à beleza da terra (sobretudo devido à acumulação de lixo e ao desconhecimento da natureza) Que medidas tomar para terminar com tanto lixo espalhado pelos nossos espaços? 04 Fev 2013
  • 42. MOÇÃO 7Medidas propostasColocar recipientes para separação do lixo nas salas de aula, blocos,pavilhão gimnodesportivo, bar e polivalente.Chamar a atenção se detetarem que a separação está a sermal feita.No final de cada dia, um grupo de funcionários, levará o lixo separadoao ecoponto mais próximo da escola.Avaliar pela observação dos caixotes de lixo e da forma como a separação é feita. 04 Fev 2013
  • 43. MOÇÃO 7Medidas propostasQualquer pessoa pode chamar a atenção de outra que esteja a deixar lixo ondenão deve.Maior vigilância.Aplicação de sanções e atribuição de um prémio.Passear pelo espaço da escola. Ter um espaço de cultivo.Participar, como escola, em atividades das autarquias que envolvem caminhadas elimpeza de espaços públicos naturais.Avaliar, diariamente, o estado de limpeza do espaço escola. 04 Fev 2013
  • 44. MOÇÃO 8 – POLUIÇÃO DO ARApresentação – CARINA CARVALHO, HELENA MOREIRA & TIAGO CEPEDACEF TIAT (12º ano) Imagem na Internet em >>>>>>
  • 45. MOÇÃO 8Problema…Poluição do ar Que medidas podemos tomar? 04 Fev 2013
  • 46. MOÇÃO 8Medidas propostasPasseio de escola de bicicleta.Criar parque para bicicletas.Incentivar os alunos a utilizar transportes públicos.Incentivar à troca de boleias. 04 Fev 2013
  • 47. C E F T I AT @ E SP L 2012 / 2013FIM da apresentação das Moções 6, 7 & 8Apresentação – CARINA CARVALHO, HELENA MOREIRA & TIAGO CEPEDACEF TIAT (12º ano)
  • 48. MOÇÃO 9 – DESPERDÍCIO DE ÁGUAGrupo responsável:Adriana Nogueira, Ana Beatriz Antunes, Ana Carolina Vieira, Ana Catarina Araújo, Ana LúciaCarvalho, Carina Oliveira, Margarida SilvaApresentação – ANA LÚCIA CARVALHO & MARGARIDA SILVA12º ano, turma D Imagem apresentada ao concurso de logos do projeto WaterMark
  • 49. MOÇÃO 9Problema…Esgotamento de recursos hídricos Desperdício de água que é um bem cada vez mais escasso. 04 Fev 2013
  • 50. MOÇÃO 9Medidas propostasAproveitamento da água das chuvas para o uso nos autoclismos esistemas de rega.Manutenção das torneiras para evitar perdas de água.Sessões de sensibilização para a importância de racionar, preservar e geriro uso da água.A nível concelhio apostar na instalação de torneiras nos fontanários para evitaro desperdício das águas correntes.A nível escolar, destinar um período de tempo preestabelecido por mês paracada turma se dedicar à manutenção e preservação do ambiente quer a nívelescolar quer a nível concelhio ou destinado a sessões de esclarecimentorelacionados com as questões ambientais.A nível europeu, destinar verbas para financiar a investigação de processos quepermitam a dessalinização da água de modo a que esta se torne mais acessível doponto de vista económico.Iniciativas que assinalem o ano para a cooperação da água promulgado pela ONU. 04 Fev 2013
  • 51. MOÇÃO 10 – ÁGUA EM CRISEGrupo responsável:Ana Rita Maia, Ana Rita Rocha, Ana Catarina Ramos, Cláudia Alves, Joana Fonseca, MariaLima, Manuela Gil, Palmira Carvalho, Sara VieiraApresentação – SARA VIEIRA11º ano, turma A Imagem na Internet em >>>>>>
  • 52. MOÇÃO 10Problema…Excessivo consumo de água O aumento da população entre outros fatores, inclusive o facto de darmos a à água como um dado adquirido, evidência desperdícios desnecessários e egoísmo por parte daqueles que tem tudo para os que não têm nada. 04 Fev 2013
  • 53. MOÇÃO 10Medidas propostasO uso de autoclismos de uma e meia carga possibilitando a regulaçãodo uso de água pelos alunos.Sensibilização e formação de alunos e corpo docente com ointuito de consciencializar as pessoas sobre a crise, não económica, mas desobrevivência.Sistema de rega sincronizado, minimizando os custo na luz e obviamenteno desperdício de água. 04 Fev 2013
  • 54. MOÇÃO 10Medidas propostasAngariação de fundos através de atividades extracurriculares , com oobjetivo de o total angariado ser doado a empresas de altasqualificações de modo a proporcionar a continuidade da exploração de meios(infraestruturas) que possibilitem o atendimento das populações e a qualidade doserviço (AdP,…) .Formação de um grupo de trabalho (constituído por alunos eprofessores) de forma a fazer-se um estudo mensal dos locais onde odesperdício de agua é maior, para se desenvolverem medidas que permitamdiminuir tal desperdício. 04 Fev 2013
  • 55. MOÇÃO 11 – DESPERDÍCIO DE ÁGUAGrupo responsável:Joana Badim, Flávio Rocha, Miguel Silva e Sara FernandesApresentação – FLÁVIO ROCHA12º ano, turma P16 Imagem na >>>>>>
  • 56. MOÇÃO 11Problema…DESPERDÍCIO DE ÁGUAHá um desperdício de água enquanto se aguarda queaqueça para os duches. O caudal é muito reduzido oque pode levar a gastos desnecessários. 04 Fev 2013
  • 57. MOÇÃO 11Medidas propostas A direcção das escolas deve ajustar o caudal de forma a permitir um banho rápido. Para evitar desperdícios deve ser temporizado. Devia criar-se um sistema de recolha e aproveitamento da água enquanto aquece. Por exemplo, haver forma de separar essa água da que é utilizada no duche. Posteriormente a água limpa podia ser usada nos lavatórios ou retornar aos duches. A direcção das escolas deve ajustar o caudal de forma a permitir um banho rápido. Para evitar desperdícios deve ser temporizado. Os autoclismos deviam ser abastecidos por reservatórios de recolha de água das chuvas. Deveria haver legislação para edifícios públicos com mais de 500 pessoas, no sentido de ser obrigatório a construção desse tipo de reservatórios. Poupava-se dinheiro público e água. 04 Fev 2013
  • 58. MOÇÃO 12 – INDIFERENÇA RELATIVA AO AMBIENTEGrupo responsável:Catarina Matos, Rafael Leite, Mário Peixoto, Rita Martins, Maria Moreira, BrunoMoreira, Natália CorreloApresentação - NATÁLIA CORRELO12º ano, turma A Imagem na Internet em >>>>>>
  • 59. MOÇÃO 12Problema…Indiferença relativa ao ambiente Pouca importância dada à sustentabilidade e ao ambiente por parte dos alunos. 04 Fev 2013
  • 60. MOÇÃO 12Medidas propostasEstabelecer um tempo limite para o banho dos alunos nos balneários.Incentivar os alunos a participar na manutenção dos espaços verdes doconcelho e da escola através da criação de um sistema de créditos nas escolas.As sançõesdisciplinares dos alunos podem passar por fazervoluntariado em locais onde se reaproveitam os resíduos e na escola no âmbitodesta temática.Incentivar o uso de transportes públicos e bicicletas.Ações obrigatórias para alunos nas quais possam aprender a aproveitarmateriais descartáveis.Reaproveitamento e tratamento de zonas de cultivo nas escolas parafuturamente, em adultos, terem e transmitirem hábitos que beneficiem o ambiente eaproveitamento dos bens que a natureza pode oferecer. 04 Fev 2013
  • 61. MOÇÃO 12Medidas propostasSe os espaços verdes da escola forem inexistentes ou muito reduzidos devem-se adotar medidas para criá-los ou expandi-los.A direção das escolas deve promover palestras sobre o ambiente.O Ministério da Educação deve fazer um reconhecimento dos gastosenergéticos nas várias escolas do país e tentar economizar da melhor forma possívelsem prejudicar nem beneficiar escolas.Nas campanhas eleitorais deve dar-se mais ênfase aos problemas ambientais.A nível Europeu deve promover-se a partilha de boas práticas ambientais levadasa cabo nas escolas dos vários países envolvidos. 04 Fev 2013
  • 62. MOÇÃO 13 – DESPERDÍCIO DE MATÉRIA -PRIMAGrupo responsável:Luís Antunes, Luís Machado, Carlos Cruz, David Matos, Ana Rita Silva, Tânia Oliveira, CláudiaRodrigues, Cláudio Silva, Joana Vieira, José Alberto Silva, Natália Gonçalves, Rebecca Jäger,Rita Gomes, Tiago BarbosaApresentação – LUÍS ANTUNES & NATÁLIA GONÇALVES12º ano, turma A Imagem na Internet em >>>>>>
  • 63. MOÇÃO 13Problema…Desperdício de matéria-prima O ser humano tem usado a matéria-prima esquecendo-se de que esta é esgotável. O que fazer para inverter esta situação? 04 Fev 2013
  • 64. MOÇÃO 13Medidas propostasAplicação de sanções a quem não demostrar comportamentos cívicos relacionadascom o ambiente.Obrigação de reciclar as folhas das árvores recolhidas pelos funcionários dosmunicípios.Criação, nas escolas, pelo menos uma vez por ano, de atividades para promoveruma cidadania para a sustentabilidade.Premiar escolas que consigam ter menores gastos em consumíveis (papel,tinteiros, canetas, …) com a atribuição de um “Selo de Qualidade Ambiental”.Cada ano de escolaridade devia ficar responsável mensalmente pela dinamização deuma campanha para incentivar a separação dos resíduos.Realização de um concurso que premiasse no final do ano a melhor campanha. Osresultados seriam apurados com base no mês em que a recolha tivesse sido maior. 04 Fev 2013
  • 65. MOÇÃO 14 – SENSIBILIDADE AMBIENTALGrupo responsável:Cláudio Veloso, João Gouveia, João Lopes, João Fonseca, Sandra Direito , Vítor Sousa,Zulmira PereiraApresentação – JOÃO LOPES & VÍTOR SOUSA12º ano, turma D Imagem na Internet em >>>>>>
  • 66. MOÇÃO 14Problema…Sensibilidade ambiental Verifica-se uma falta de sensibilidade dos alunos perante o ambiente e a sua sustentabilidade. 04 Fev 2013
  • 67. MOÇÃO 14Medidas propostasCriação de parque de bicicletas, como forma de incentivar os alunos a utilizaremo meio de transporte mais ecológico. Para convencer mais os alunos a escolaconsoante as suas disponibilidades financeiras forneceria algumas regalias aosparticipantes. Substituição do modo de divulgação do jornal escolar “Preto no Branco”(atualmente em papel), para um modo digital online. Poderia eventualmente serfeita uma impressão em números reduzidos para, por exemplo, expor na bibliotecaou no bar.Aplicar pequenas sanções a certas irregularidades como, por exemplo, atirar lixopara o chão dentro da escola. 04 Fev 2013