Plano de Marketing para a Biblioteca Joanina<br />Ciências e Tecnologias da Documentação e Informação<br />Formação Avança...
Introdução<br />O objectivo deste trabalho é realizar um plano de Marketing para uma biblioteca pública, escolar ou académ...
19-11-2010<br />3<br />Capítulo I<br />
Classificação das bibliotecas segundo a IFLA<br />Segundo a IFLA, as Bibliotecas estão divididas por três áreas, onde cada...
19-11-2010<br />5<br />Capítulo II<br />
Análise da envolvente externa da Biblioteca<br />A biblioteca encontra-se num dos pátios da <br />Faculdade de Coimbra.<br...
Não existe qualquer tipo de barreira que dificulte a comunicação no que respeita à biblioteca.
Existem vários transportes como autocarro e o teleférico para poder visitar esta biblioteca. Para além disso é possível le...
19-11-2010<br />7<br />Características da população<br />
19-11-2010<br />8<br />Características económicas<br />
Características sociais/culturais<br />19-11-2010<br />9<br />
Ambiente externo num sentido mais amplo que a própria comunidade<br />Análise da concorrência<br />19-11-2010<br />10<br />
						Ambiente político e <br />						económico<br />19-11-2010<br />11<br />
19-11-2010<br />12<br />Capítulo III<br />
Análise interna da Biblioteca<br />Edifício e instalações <br /><ul><li>Sinalização exterior</li></ul>	Possui placas no ex...
<ul><li>Sinalética interior</li></ul>	Possui placas no interior da biblioteca com algumas regras.<br /><ul><li>Capacidade ...
19-11-2010<br />15<br />
Fundos ou Colecções<br />A biblioteca possui três pisos, dos quais o piso Nobre (único aberto ao público) com 40.000 volum...
Quanto há sua Catalogação:<br />	Para podermos procurar algum livro sobre o que quer que seja, ela usufrui de um sistema d...
Organização;
Serviços da biblioteca;
Cooperação;
Tipologia bibliotecária.</li></ul>19-11-2010<br />17<br />
Determinação da missão<br />	A Joanina é uma biblioteca orientada para satisfazer as necessidades dos utilizadores, cuja a...
Determinação do Mercado-alvo<br />	O público principal que a biblioteca pretende atrair, e para o qual está disponível, at...
Quais os serviços da biblioteca Joanina? <br /><ul><li>Organização de diversos tipos de eventos:</li></ul>	- Concertos, co...
<ul><li>O acolhimento do público/funcionários:</li></ul>	- Atendem a categorias específicas do público-alvo;<br />	- Recep...
<ul><li>Difusão da informação:</li></ul>	- Divulgação de todo o tipo de informação sobre a biblioteca;<br />	- Dispõe de c...
<ul><li>Recursos Humanos</li></ul>	Existem seis técnicos superiores de biblioteca e dois assistentes técnicos, que estão e...
19-11-2010<br />24<br /><ul><li>Recursos Financeiros</li></ul>	Orçamento anual indefinido.<br />	Receitas próprias: cobran...
<ul><li>Horário</li></ul>	O seu horário de funcionamento é de segunda<br />	 a sexta-feira das 10h30m até às 17h30m.<br />...
<ul><li>Rede de bibliotecas a que pertence</li></ul>	A Joanina, não pertence a nenhuma rede. <br />	Se bem que em 1996 deu...
19-11-2010<br />27<br />Capítulo IV<br />
Análise SWOT<br />19-11-2010<br />28<br /><ul><li>Número suficiente de funcionários;
Funcionários com formação;
Existência de um manual de serviços;
Disponibilidade do pessoal no atendimento;
Satisfação dos funcionários com os serviços que realizam;
Apoio dos órgãos de gestão (Universidade de Coimbra);
Site da biblioteca;
Upcoming SlideShare
Loading in...5
×

Fab ad-tp1

390

Published on

Published in: Education
0 Comments
0 Likes
Statistics
Notes
  • Be the first to comment

  • Be the first to like this

No Downloads
Views
Total Views
390
On Slideshare
0
From Embeds
0
Number of Embeds
0
Actions
Shares
0
Downloads
4
Comments
0
Likes
0
Embeds 0
No embeds

No notes for slide

Fab ad-tp1

  1. 1. Plano de Marketing para a Biblioteca Joanina<br />Ciências e Tecnologias da Documentação e Informação<br />Formação Avançada em Biblioteca<br />Dr.ª Anabela Novais<br />1<br />19-11-2010<br />
  2. 2. Introdução<br />O objectivo deste trabalho é realizar um plano de Marketing para uma biblioteca pública, escolar ou académica. Eu preferi a biblioteca académica, a Joanina, pelo facto de ser uma biblioteca bastante interessante que eu já conhecia e pelo facto de ter grande prestígio quer a nível nacional e internacional.<br /> A escolha de uma biblioteca depende daquilo que procuramos, tem informação muito específica ou apenas algo genérico sobre um dado tema. A biblioteca que irei abordar, segundo a classificação da IFLA é uma biblioteca geral de investigação, ou seja, académica. <br /> Assim, pretendendo demonstrar o diagnóstico efectuado da biblioteca Joanina, sendo uma biblioteca com objectivos claros e precisos no mercado das bibliotecas. <br /> Desta forma o trabalho divide-se em sete capítulos. <br />2<br />19-11-2010<br />
  3. 3. 19-11-2010<br />3<br />Capítulo I<br />
  4. 4. Classificação das bibliotecas segundo a IFLA<br />Segundo a IFLA, as Bibliotecas estão divididas por três áreas, onde cada área possui várias secções.<br />Bibliotecas gerais de investigação:<br />- Bibliotecas nacionais;<br />- Bibliotecas parlamentares;<br />- Bibliotecas universitárias.<br /> <br /> Bibliotecas da investigação geral:<br />- Bibliotecas Especializadas;<br />- Bibliotecas de Administração;<br />- Bibliotecas de Arte;<br />- Bibliotecas Biológicas e de Ciências Médicas;<br />- Bibliotecas de Geografia e Mapas;<br />- Bibliotecas de Ciências e Tecnologia;<br />- Bibliotecas de Ciências Sociais.<br /> <br /> <br /> <br />4<br />Bibliotecas ao serviço do público em geral:<br />- Bibliotecas Públicas;<br />-Bibliotecas que Servem a Pessoas Incapacitadas;<br />- Bibliotecas Infantis;<br />- Bibliotecas Escolares; <br />- Bibliotecas para Cegos; <br />- Bibliotecas para Minorias Culturais.<br /> <br />
  5. 5. 19-11-2010<br />5<br />Capítulo II<br />
  6. 6. Análise da envolvente externa da Biblioteca<br />A biblioteca encontra-se num dos pátios da <br />Faculdade de Coimbra.<br />Área de influência<br /><ul><li>É uma comunidade bastante extensa, a maior parte constituída por jovens.
  7. 7. Não existe qualquer tipo de barreira que dificulte a comunicação no que respeita à biblioteca.
  8. 8. Existem vários transportes como autocarro e o teleférico para poder visitar esta biblioteca. Para além disso é possível levar viatura própria e estacionar no parque da faculdade.</li></ul>19-11-2010<br />6<br />
  9. 9. 19-11-2010<br />7<br />Características da população<br />
  10. 10. 19-11-2010<br />8<br />Características económicas<br />
  11. 11. Características sociais/culturais<br />19-11-2010<br />9<br />
  12. 12. Ambiente externo num sentido mais amplo que a própria comunidade<br />Análise da concorrência<br />19-11-2010<br />10<br />
  13. 13. Ambiente político e <br /> económico<br />19-11-2010<br />11<br />
  14. 14. 19-11-2010<br />12<br />Capítulo III<br />
  15. 15. Análise interna da Biblioteca<br />Edifício e instalações <br /><ul><li>Sinalização exterior</li></ul> Possui placas no exterior da biblioteca com indicações da sua localização, como também tem um guarda a dar indicações pertinentes.<br /><ul><li>Possibilidade de estacionamento</li></ul> Possui um parque de estacionamento no exterior da universidade.<br /><ul><li>Visibilidade do exterior do interior da Biblioteca</li></ul> É completamente impossível visualizar os livros do exterior.<br /><ul><li>Facilidade de acesso para utilizadores com pouca mobilidade</li></ul> O acesso aos seus utilizadores é bastante fácil, sem colocar entraves a utilizadores com pouca mobilidade. <br /><ul><li>Distribuição e organização do espaço</li></ul> Possui 1250m2 úteis actuais que foram obtidos com o arranjo de dois níveis de caves, para depósito e salas de trabalho, os quais albergam cerca de 200.000. Tem três andares, onde apenas um está acessível ao público.<br />19-11-2010<br />13<br />
  16. 16. <ul><li>Sinalética interior</li></ul> Possui placas no interior da biblioteca com algumas regras.<br /><ul><li>Capacidade de espaço para a colecção</li></ul> Capacidade suficiente.<br /><ul><li>Adequação da iluminação, temperatura</li></ul> A porta da biblioteca é feita em madeira de teca, o que permite ter uma temperatura constante de 18º a 20º C. Para ajudar a manter este ambiente estável, também os níveis de humildade relativa se mantêm nos 60%, factor que é mantido pelo facto de todo o interior da biblioteca ser revestido a madeira. Quanto ao factor iluminação os livros não podem apanhar muita luminosidade, para isso a biblioteca dispõe de cortinas escuras e espessas.<br /><ul><li>Adequação do mobiliário</li></ul> Os livros encontram-se em armários (a madeira é específica, pois exala um odor que repele os bichinhos de se aproximar.) com as portas em rede de arame. Existem mesas em madeira macacauba e bancos onde os alunos podiam consultar os livros! E para aceder aos livros tem umas escadinhas. O mobiliário adequa-se às características dos livros.<br />.<br />19-11-2010<br />14<br />
  17. 17. 19-11-2010<br />15<br />
  18. 18. Fundos ou Colecções<br />A biblioteca possui três pisos, dos quais o piso Nobre (único aberto ao público) com 40.000 volumes dispões de três grandes salas.<br />Colecções datam dos séculos XVI, XVII e XVIII – que, na sua maioria, representam o que de melhor havia na Europa culta do tempo.<br />Cada sala possui determinadas áreas:<br />1ª: História, Literatura e Geografia<br />2ª: Medicina, Filosofia e Ciências<br />3ª: Direito Civil, Canónico e teologia<br />A maior parte destes livros estão escritos em grego ou em Latim, tendo vários, também, de todas as línguas.<br />19-11-2010<br />16<br />
  19. 19. Quanto há sua Catalogação:<br /> Para podermos procurar algum livro sobre o que quer que seja, ela usufrui de um sistema de catálogos com ficheiros (antigos). Já na Biblioteca Geral da Universidade de Coimbra, existe o sistema criado por Paul Otlet, a CDU.<br />A biblioteca caracteriza-se por cinco elementos essenciais:<br /><ul><li>Colecção ou fundo bibliográfico;
  20. 20. Organização;
  21. 21. Serviços da biblioteca;
  22. 22. Cooperação;
  23. 23. Tipologia bibliotecária.</li></ul>19-11-2010<br />17<br />
  24. 24. Determinação da missão<br /> A Joanina é uma biblioteca orientada para satisfazer as necessidades dos utilizadores, cuja ambição é ser a maior biblioteca de fornecimento de livros antigos em Portugal, criando um ambiente de eleição para o desenvolvimento do potencial dos profissionais que usufruem dela. Oferece essencialmente livros de determinadas áreas para estudantes cuja tipologia é de fundo antigo, pois além de ser um local de pesquisa de muitos estudiosos, o seu espaço, é ainda frequentemente utilizado para concertos, exposições e outras manifestações culturais. <br /> Desta forma a Joanina procura de uma forma determinada, criar consistentemente novos serviços e soluções inovadoras que satisfaçam integralmente as necessidades do seu mercado e que possa gerir valor económico superior. <br />19-11-2010<br />18<br />
  25. 25. Determinação do Mercado-alvo<br /> O público principal que a biblioteca pretende atrair, e para o qual está disponível, atinge uma determinada classe de pessoas, como universitários, investigadores, cientistas. Encontra-se também disponível para atender a pessoas que tenham curiosidade de visitar a biblioteca, como os turistas.<br /> Esta biblioteca recebe anualmente 180 mil pessoas por ano, chegando a receber cerca de 800 pessoas por dia, no verão.<br /> Pretende-se ir ao encontro das necessidades dos utilizadores, e para isso é importante saber o que eles querem e pensam. Procurando livros de qualidade, que acrescentem “valor” a cada um dos utilizadores. <br />19-11-2010<br />19<br />
  26. 26. Quais os serviços da biblioteca Joanina? <br /><ul><li>Organização de diversos tipos de eventos:</li></ul> - Concertos, conferências, exposições e recitais.<br /> - Implementam actividades culturais, tais como concertos e exposições;<br /> Neste item existe a realização de actividades como o exemplo em anexo sobre Festivais de música.<br /><ul><li>Referência e informação bibliográfica:</li></ul> - Apoiam os utilizadores na sua investigação.<br /><ul><li>Leitura:</li></ul> - A leitura dos documentos, bem como a sua consulta é efectuada em salas da biblioteca geral.<br />19-11-2010<br />20<br />
  27. 27. <ul><li>O acolhimento do público/funcionários:</li></ul> - Atendem a categorias específicas do público-alvo;<br /> - Recepções aos caloiros da Universidade de Coimbra (Os técnicos superiores agendam uma visita para os alunos do 1ºano para poderem divulgar o espaço físico, o seu acervo bem como os serviços prestados);<br /> - Correspondem a necessidades e expectativas dos utentes especializados e do público em geral;<br /> - Disponibilidade para atender o público;<br /> - Sensibilizam os utilizadores para não lerem edições mais recentes mas para consultar o livro original (fundo antigo);<br /> - Informam sobre as regras da biblioteca (não é possível comer, tirar fotografias);<br /> - Procuram motivar as pessoas para virem mais à Biblioteca;<br /> - Implementam acções de formação sobre diversos temas.<br />19-11-2010<br />21<br />
  28. 28. <ul><li>Difusão da informação:</li></ul> - Divulgação de todo o tipo de informação sobre a biblioteca;<br /> - Dispõe de catálogos, postais, DVDs e ainda um site na internet;<br /> - Dispõe de um acesso indirecto aos livros (sendo necessário requisitar na biblioteca geral o livro que se pretende. O livro é transportado por um funcionário responsável desde a Joanina até à biblioteca geral, não podendo sair desta.).<br /><ul><li>Conservação:</li></ul> - Habita uma colónia de morcegos, que, durante a noite, se vai entretendo a comer os insectos que por aqui aparecem, mantendo, portanto, todos os livros, livres do seu ataque;<br /> - A temperatura da biblioteca é constante ao longo do ano, permitindo que não sejam deteriorados;<br /> - O facto de a biblioteca dispor de um sistema de acesso indirecto aos livros, contribui também para a conservação dos mesmos.<br /><ul><li>Projectos </li></ul>19-11-2010<br />22<br />
  29. 29. <ul><li>Recursos Humanos</li></ul> Existem seis técnicos superiores de biblioteca e dois assistentes técnicos, que estão encarregues das tarefas da biblioteca joanina e da biblioteca geral. <br /> <br />19-11-2010<br />23<br />
  30. 30. 19-11-2010<br />24<br /><ul><li>Recursos Financeiros</li></ul> Orçamento anual indefinido.<br /> Receitas próprias: cobrança para entrar na biblioteca <br /> Estudantes: 2,50€<br /> Turistas: 5,00€<br /> Candidaturas a projectos subsidiados face a livros antigos.<br />
  31. 31. <ul><li>Horário</li></ul> O seu horário de funcionamento é de segunda<br /> a sexta-feira das 10h30m até às 17h30m.<br /> <br /><ul><li>Acesso à biblioteca</li></ul> O acesso aos seus utilizadores é bastante fácil, sem colocar entraves a utilizadores com pouca mobilidade. Para poder visitar a biblioteca Joanina é necessário comprar um bilhete no balcão da livraria da biblioteca geral ou mesmo fazer uma reserva por correio electrónico.<br /> Para consultar os livros, é necessário fazê-lo na biblioteca geral. De uma certa forma ambas as bibliotecas estão interligadas.<br /> <br />19-11-2010<br />25<br />
  32. 32. <ul><li>Rede de bibliotecas a que pertence</li></ul> A Joanina, não pertence a nenhuma rede. <br /> Se bem que em 1996 deu-se a criação da RUBI, oficializou-se em 1999, onde tinha alguns objectivos como objectivos, mas em 2000 é extinta. Desta forma a biblioteca depende da Universidade de Coimbra, mas também depende da biblioteca geral.<br />19-11-2010<br />26<br />
  33. 33. 19-11-2010<br />27<br />Capítulo IV<br />
  34. 34. Análise SWOT<br />19-11-2010<br />28<br /><ul><li>Número suficiente de funcionários;
  35. 35. Funcionários com formação;
  36. 36. Existência de um manual de serviços;
  37. 37. Disponibilidade do pessoal no atendimento;
  38. 38. Satisfação dos funcionários com os serviços que realizam;
  39. 39. Apoio dos órgãos de gestão (Universidade de Coimbra);
  40. 40. Site da biblioteca;
  41. 41. Espaço físico suficiente.
  42. 42. Possibilidade de se confundir a joanina com a biblioteca geral;
  43. 43. Como se situa em Coimbra, há sempre a possibilidade de algumas pessoas não a visitar;
  44. 44. Tempo de espera do livro para leitura, demasiado elevado;
  45. 45. Falta de formação contínua.</li></ul>Pontos Fortes<br />Pontos Fracos<br />
  46. 46. 19-11-2010<br />29<br /><ul><li>Reconhecimento da importância da biblioteca pelo mercado;
  47. 47. Facilidade de acesso à biblioteca;
  48. 48. Surpreender o mercado com um novo livro.
  49. 49. Cada vez mais um mercado global, e cada vez mais competitivo podendo ser difícil de arranjar utilizadores;
  50. 50. Indefinição orçamental;
  51. 51. Deterioração dos livros;
  52. 52. Surgir programas para preservação digital, fazendo com que se esqueça os livros.</li></ul>Oportunidades<br />Ameaças<br />
  53. 53. 19-11-2010<br />30<br />Capítulo V<br />
  54. 54. Análise de tendências<br /> A biblioteca tradicional tem vindo a ser adaptada para o uso de redes sem fio, computadores portáteis, etc.Cada vez mais se utilizam recursos de informação no formato electrónico, como bases de dados bibliográficas e catálogos on-line, ficando à disposição do utilizador 24h por dia, sete dias por semana.<br />INVESTIMENTOS<br /> Aquisição e administração de fontes de informação electrónicas. <br />VANTAGENS<br /> Aceder à informação a partir de qualquer computador, independentemente do lugar, prescindindo da ida ao ambiente físico de uma biblioteca, a rapidez no acesso à informação, está à distância de um click, a procura do livro nas estantes começa a tornar-se demodê.<br />DESVANTAGENS <br /> Rápida expansão das áreas de conhecimento e aplicações da informação no quotidiano e no ambiente de trabalho, poderá ser necessário uma crescente automação na aquisição e organização da informação, não esquecendo uma necessidade de desenvolvimento e uso de interfaces entre o homem e a máquina que abrange assim uma comunicação de informação massiva, rápida.<br />19-11-2010<br />31<br />
  55. 55. 19-11-2010<br />32<br />Capítulo VI<br />
  56. 56. Estabelecimento de metas, incluindo a definição de objectivos mensuráveis para alcançar as metas, simultaneamente com as acções a implementar<br /> Desenvolvimento de 6 metas e 6 objectivos, incluindo as suas acções.<br />19-11-2010<br />33<br />
  57. 57. 19-11-2010<br />34<br />Capítulo VII<br />
  58. 58. Marketing Mix<br />19-11-2010<br />35<br />
  59. 59. 19-11-2010<br />36<br />
  60. 60. CONCLUSÃO<br /> A concepção deste trabalho teve como ponto de partida a motivação extra de podermos, livremente escolher uma biblioteca “definida” por nós, onde preferi a biblioteca universitária, Joanina, onde pude aplicar na prática os conhecimentos adquiridos nas aulas de Formação Avançada em Biblioteca. O marketing serve essencialmente para gerir e aperfeiçoar a imagem de um determinado serviço, produto ou instituição. Quanto ao marketing de serviços um dos seus objectivos é fidelizar os seus utilizadores e sempre que possível alargar o seu número. Desta forma, é importante ter em conta três factores como seleccionar a mensagem que se pretende transmitir, qual o seu mercado-alvo e a forma como é transmitida também é importante.<br /> Tendo em conta que a atenção das bibliotecas deve centrar-se nos seus utilizadores, é fundamental para qualquer biblioteca servir-se do marketing para a sua sobrevivência e para triunfar num mercado competitivo e concorrencial. O marketing foi dos primeiros sectores a integrar os novos suportes nas suas ferramentas de trabalho. Relativamente à análise de tendências, adoptou os seus princípios às novas tecnologias, surgindo uma área específica que se domina Web Marketing, sendo este recurso uma oferta extremamente importante em todo este processo, contribuindo assim para uma melhoria dos portugueses. <br />19-11-2010<br />37<br />
  61. 61. Bibliografia<br /> <br /><ul><li>Imagem Ifla [em linha]. [Consult. 19 Nov 2010]. Disponível em www: < http://www.google.pt/imgres?imgurl=http://api.ning.com/files/gcMSrVy95nce7c7MyZ99*9ZIz5doLYWa2a0V65m7FnG7V7T7f75kJXXzejsAvN*sBxtNtKuQCUO6J3s6Z*zRsHfYCnEVg1t3/ifla_400_400.png&imgrefurl=http://kutuphaneciler.ning.com/events/ifla09-1&usg=__XnvR_w7QBFDaLi4LPizp5JAuebw=&h=400&w=400&sz=17&hl=pt-pt&start=5&zoom=1&um=1&itbs=1&tbnid=CRzdFxUiEGHQSM:&tbnh=124&tbnw=124&prev=/images%3Fq%3DIFLA%26um%3D1%26hl%3Dpt-pt%26sa%3DN%26rlz%3D1R2ADSA_pt-PTPT348%26tbs%3Disch:1>
  62. 62. Imagem População [em linha]. [Consult. 19 Nov 2010]. Disponível em www: < http://www.aprendebrasil.com.br/upload/blogSite/4632/4632057/6257/popula%C3%A7%C3%A3o.jpg>
  63. 63. Economia [em linha]. [Consult. 19 Nov 2010]. Disponível em www: < http://www.campofertagronegocios.com.br/blog/wp-content/uploads/2010/05/economia-brasileira.jpg>
  64. 64.  Mafra [em linha]. [Consult. 19 Nov 2010]. Disponível em www: < http://4.bp.blogspot.com/_0iIrOfJYPeo/SnlWdrP-bGI/AAAAAAAANrc/5jJl0XNHgb0/s400/IMG_0376.jpg>
  65. 65.  Política [em linha]. [Consult. 19 Nov 2010]. Disponível em www: < http://4.bp.blogspot.com/_MNjvTyDyXgc/TI1kBc4XTkI/AAAAAAAAA1I/xpbfZEsNpnU/s1600/Demagogia.jpg>
  66. 66. Mercado alvo [em linha]. [Consult. 19 Nov 2010]. Disponível em www: < http://facasuabalada.zip.net/images/publicoalvo.jpg>
  67. 67. Seta [em linha]. [Consult. 19 Nov 2010]. Disponível em www: <http://static.tipos.com.br/users/margo/20050605-446_inf_alvo.jpg>
  68. 68. Mãos [em linha]. [Consult. 19 Nov 2010]. Disponível em www: < http://www.redeinteracao.com.br/Imagens/maos_dadas.gif>
  69. 69. RH [em linha]. [Consult. 19 Nov 2010]. Disponível em www: < http://www.unipar.br/media/fotos/gestao_e_rh_jpg_640x480_q85.jpg>
  70. 70. Milionários [em linha]. [Consult. 19 Nov 2010]. Disponível em www: < http://brasil.business-opportunities.biz/wp-content/milionarios.gif>
  71. 71. Relógio [em linha]. [Consult. 19 Nov 2010]. Disponível em www: < http://www.oespelhoretrovisor.blogger.com.br/relogio.jpg></li></ul>19-11-2010<br />38<br />
  72. 72. Dúvidas ???<br />19-11-2010<br />39<br />
  73. 73. 40<br />19-11-2010<br />FIM<br />Trabalho realizado por: <br />Tânia Duarte Nunes nº 9080140<br />
  1. A particular slide catching your eye?

    Clipping is a handy way to collect important slides you want to go back to later.

×