Pso apresentacion mapeo 24.01.2008

311 views
266 views

Published on

Published in: Technology
0 Comments
0 Likes
Statistics
Notes
  • Be the first to comment

  • Be the first to like this

No Downloads
Views
Total views
311
On SlideShare
0
From Embeds
0
Number of Embeds
0
Actions
Shares
0
Downloads
3
Comments
0
Likes
0
Embeds 0
No embeds

No notes for slide

Pso apresentacion mapeo 24.01.2008

  1. 1. INTRODUÇÃO Mapeamento Comparativo anos 2000 Cálculo de Mão-de-Obra Necessária segunda metade de 1990 Mapeamento do Proceso Produtivo meados anos 1980
  2. 2. Mapeamento do Processo Produtivo Pesquisar o sistema produtivo, a partir do ponto de vista dos Trabalhadores, e identificar problemas causados pela organização do processo produtivo e pela forma de produzir
  3. 3. Processo Produtivo é formado por <ul><li>Organização do Trabalho </li></ul><ul><li>Administração e alocação dos Recursos Humanos </li></ul><ul><li>Estímulo e motivação do ser humano </li></ul><ul><li>Produtividade Subjetiva </li></ul><ul><li>Organização da produção </li></ul><ul><li>Organização dos bens materiais </li></ul><ul><li>Máquinas, Equip. e Fluxos Produtivos </li></ul><ul><li>Lay-out e desenho da fábrica </li></ul><ul><li>Produtividade Física </li></ul>
  4. 4. Mapeamento do Processo Produtivo Trabalhadores individualmente ou organizados em grupos de base coletam o maior número possível de informações sobre o processo produtivo: - Descansos, folgas, férias e absenteísmo - Quantidade de Trabalho Extraordinário - Número de Trabalhadores - Fornecedores e clientes - Volume de produção - Produtividade
  5. 5. Construção Coletiva de Conhecimento As informações devem ser sistematizadas e analisadas pelos próprios Trabalhadores. ou seja desenhar a planta da fábrica, montar o mapa da produção e identificar onde estão os principais problemas para os Trabalhadores
  6. 6. Construção Coletiva de Conhecimento
  7. 7. AÇÃO SINDICAL ORGANIZAÇÃO MAPEAMENTO CONQUISTAS CONHECIMENTO
  8. 8. Cálculo de Mão-de-Obra Necessária Serve para determinar a quantidade de pessoas necessárias para a realização de determinadas tarefas produtivas
  9. 9. Com a ajuda do MPP levantamos os dados e podemos verificar em quais postos de trabalho se obtém mais produtos em menor espaço de tempo e qual a ligação entre os diversos postos de Trabalho
  10. 10. 10 10 10 10 20 35 10 15
  11. 12. Mapeamento Comparativo Mapear o sistema produtivo a partir do ponto de vista dos Trabalhadores e comparar os mapeamentos entre diversas seções, setores, empresas, filiais em diversos países, etc
  12. 13. Mapeamento Comparativo é formado por três elementos de um mesmo método de ação sindical:
  13. 14. Mapeamento do Processo Produtivo Comparação de Processos ou Benchmarking Alternativo Cálculo de Mão-de-Obra Necessária
  14. 15. Benchmarking Técnica de gestão empresarial que busca a melhoria contínua dos processos produtivos de uma determinada organização através da comparação destes com processos similares em outras organizações consideradas MC - Melhores da Categoria
  15. 16. Benchmarking Alternativo ou Comparação de Processos Terceiro elemento do método de ação sindical que permite aos Trabalhadores entenderem como funciona a cadeia produtiva, a competividade e a concorrência entre diversas empresas
  16. 17. Comparação de Processos Permite detectar as diferenças existentes entre as diversas empresas comparadas <ul><li>Condições e ritmo de Trabalho </li></ul><ul><li>Jornada </li></ul><ul><li>Níveis salariais </li></ul><ul><li>Produtividade </li></ul><ul><li>Qualidade </li></ul><ul><li>Preço e Custos </li></ul><ul><li>Outros </li></ul>
  17. 18. Comparação de Processos Produção de eixos em uma montadora e em uma autopeças <ul><li>Montadora </li></ul><ul><li>Produção de Eixos </li></ul><ul><li>2000 trabalhadores </li></ul><ul><li>500 eixos por dia </li></ul><ul><li>Produtividade diária = 0,25 unidades por Trabalhador </li></ul><ul><li>Autopartes </li></ul><ul><li>Produção de Eixos </li></ul><ul><li>35 Trabalhadores </li></ul><ul><li>1050 eixos por dia </li></ul><ul><li>Produtividade diária = 30 unidades por Trabalhador </li></ul>
  18. 19. Os diversos elementos que compõe o Mapeamento Comparativo buscam conhecer a realidade em constante mudança através da análise comparativa dos postos de trabalho e do processo produtivo a partir dos interesses dos Trabalhadores considerando: - quantidade de Trabalhadores ocupados e necessários em cada função e em cada empresa - carga e velocidade de Trabalho - formas de organização e gestão da produção Os três elementos, elaborados a partir de experiências concretas dos Trabalhadores, aplicados em conjunto criam condições extremamente favoráveis ao fortalecimento da Organização dos Trabalhadores e de seu poder de luta.
  19. 21. Exemplos de outras aplicações do Mapeamento Comparativo - Comparação de condições e qualidade de vida; - Comparação de poder de compra - Administração e gestão de: a) empresas controladas pelos próprios Trabalhadores; b) propriedades rurais de agricultura familiar; c) projetos sociais e de cooperação d) cooperativas e) ONGs etc

×