Ciência e Consciência das Métricas  em Mídia Digital. Herman Fuchs
Eu. 9 anos em mídia digital.
O Mercado...
... pode ser complexo.
Ecossistema: + O Mundo Offline Links Patrocinados (SEM), Busca Orgânica (SEO), Mídia Gráfica, Hotsites, Programas de Afili...
Representatividade. 4,3% do Investimento. Fonte:  Projeto Inter- Meios em Jul/2010
A boa notícia. Evolução do  market share . Fonte:  Projeto Inter-Meios em Jul/2010
Quanto vale? Investimento em mídia online. Fonte:  Projeto Inter-Meios em Jul/2010 (estimativa)
E você pode ajudar. Faltam  bons  profissionais.
Foco. Vamos falar de Mídia Gráfica
De um lado... Vendedores de Mídia Os veículos. UOL, Terra, iG, MSN, YouTube,Yahoo, R7, Globo, Abril, Orkut...
Do outro lado... Compradores de Mídia Anunciantes e Agências.
Tudo custa dinheiro. Que precisa ser justificado.
Para saber o que deu certo, É necessário medir.
Para medir mídia de veículos:  Ad server  de veículos.
Por que? 1) Previsão de Estoque CPM, CPC, CPD, CPA... Cada produto,  com o melhor preço.
Por que? 2) Controle de Entrega O que está sendo vendido. Cada campanha, em cada canal e formato.
Por que? 3) Relatórios Auditados Comprado vs Entregue. Resultado do que foi veiculado.
Quem vigia os vigilantes? IAB e MRC.
Para Medir mídia de anunciantes:  Ad server  de veículos?
Para Medir mídia de anunciantes:  Ad server  de veículos? Não!
Para Medir mídia de anunciantes:  Ad server  de  anunciantes . Maestro for Advertisers
Por que? Cobertura da Campanha Audiência única e exclusiva de cada veículo, sobre-posição das intersecções.
Por que? Frequência de exposição. Quantas vezes o usuário precisa ser impactado pela campanha.
Por que? Engajamento do usuário.  Impressões e cliques não são mais suficientes.
Por que? Taxa de Conversão.  Saber o que acontece  depois  do clique.
Por que? Performance dos criativos. Sites x Canais x Linhas Criativas x Formatos x Criativos de forma mais eficiente.
Por que? ROI: Return On Investment. Calcular o retorno de investimento é preciso.
Abre parêntese (
Não esqueça de: E  análise  disso tudo. Repercursão nas redes sociais, comportamento de navegação do usuário no website / ...
Fecha parêntese )
Medir, medir, medir. E tomar decisões!
Não importa a ferramenta. Desde que seja medido. Tecnologia, ciência aplicada.
Não tome decisões, sem embasamento.
Case: Segmento Varejo 100 mil impressões de mídia gráfica geraram, em média, 139  conversões de  landing page  e  4  conve...
Case: Segmento Varejo Novembro e Dezembro concentram  33%  das veiculações de varejistas. Janeiro e Fevereiro,  menos de  ...
Case: Segmento Varejo Frequência ótima de exposição:  4  impactos. No entanto, normalmente  60%  dos usuários são impactad...
Case: Segmento Varejo Conversões por frequência:
Segmento Entretenimento 95%  dos usuários que  interagem  com criativos deste segmento, não clicam na peça.
Segmento Entretenimento Usuários com alto tempo de interação são  3x  mais propensos a buscar palavras-chave relacionadas ...
Segmento Entretenimento Rich Media   em entretenimento é  branding  que funciona: exposição da marca com efeito residual e...
Segmento Entretenimento Performan-ce por tipo de canais. Taxa de Interação Vídeos Totalmente Visualizados
O Futuro, já está aqui. Tendências.
Automação. Tendências. “ Tudo que pode ser  automatizado, uma hora será. O que não for, se tornará arte” – Seth Godin
Dispositivos móveis. Tendências. Mensagens em qualquer lugar, nas telas que serão mais utilizadas.
Compra de mídia em tempo real Tendências. DSPs, eCPM, RTB, AdExchanges. Uma bolsa de valores de mídia.
Tendências. Principalmente em campanhas de  branding . Melhor resultado e métricas mais completas. Mais  Rich Media .
Tendências. Com parâmetros pré-estabelecidos, tudo fica mais fácil. E automático. Otimizar em tempo real.
Aprenda. Evolua. Sempre. Quer continuar?
Ciência e Consciência das Métricas em Mídia Digital
Ciência e Consciência das Métricas em Mídia Digital
Upcoming SlideShare
Loading in...5
×

Ciência e Consciência das Métricas em Mídia Digital

2,972

Published on

Palestra ministrada na ESAMC e Estácio de Sá sobre métricas em mídia digital.

Published in: Education, Technology, Business
0 Comments
0 Likes
Statistics
Notes
  • Be the first to comment

  • Be the first to like this

No Downloads
Views
Total Views
2,972
On Slideshare
0
From Embeds
0
Number of Embeds
1
Actions
Shares
0
Downloads
38
Comments
0
Likes
0
Embeds 0
No embeds

No notes for slide

Ciência e Consciência das Métricas em Mídia Digital

  1. 1. Ciência e Consciência das Métricas em Mídia Digital. Herman Fuchs
  2. 2. Eu. 9 anos em mídia digital.
  3. 3. O Mercado...
  4. 4. ... pode ser complexo.
  5. 5. Ecossistema: + O Mundo Offline Links Patrocinados (SEM), Busca Orgânica (SEO), Mídia Gráfica, Hotsites, Programas de Afiliados, Mídia Social...
  6. 6. Representatividade. 4,3% do Investimento. Fonte: Projeto Inter- Meios em Jul/2010
  7. 7. A boa notícia. Evolução do market share . Fonte: Projeto Inter-Meios em Jul/2010
  8. 8. Quanto vale? Investimento em mídia online. Fonte: Projeto Inter-Meios em Jul/2010 (estimativa)
  9. 9. E você pode ajudar. Faltam bons profissionais.
  10. 10. Foco. Vamos falar de Mídia Gráfica
  11. 11. Mercado de US$ 50 BI em 2015 Previsão Google no #mixx US$ 2.5 BI em 1 trimestre. Google Q3 2010
  12. 12. De um lado... Vendedores de Mídia Os veículos. UOL, Terra, iG, MSN, YouTube,Yahoo, R7, Globo, Abril, Orkut...
  13. 13. Do outro lado... Compradores de Mídia Anunciantes e Agências.
  14. 14. Tudo custa dinheiro. Que precisa ser justificado.
  15. 15. Para saber o que deu certo, É necessário medir.
  16. 16. Para medir mídia de veículos: Ad server de veículos.
  17. 17. Por que? 1) Previsão de Estoque CPM, CPC, CPD, CPA... Cada produto, com o melhor preço.
  18. 18. Por que? 2) Controle de Entrega O que está sendo vendido. Cada campanha, em cada canal e formato.
  19. 19. Por que? 3) Relatórios Auditados Comprado vs Entregue. Resultado do que foi veiculado.
  20. 20. Quem vigia os vigilantes? IAB e MRC.
  21. 21. Para Medir mídia de anunciantes: Ad server de veículos?
  22. 22. Para Medir mídia de anunciantes: Ad server de veículos? Não!
  23. 23. Para Medir mídia de anunciantes: Ad server de anunciantes . Maestro for Advertisers
  24. 24. Por que? Cobertura da Campanha Audiência única e exclusiva de cada veículo, sobre-posição das intersecções.
  25. 25. Por que? Frequência de exposição. Quantas vezes o usuário precisa ser impactado pela campanha.
  26. 26. Por que? Engajamento do usuário. Impressões e cliques não são mais suficientes.
  27. 27. Por que? Taxa de Conversão. Saber o que acontece depois do clique.
  28. 28. Por que? Performance dos criativos. Sites x Canais x Linhas Criativas x Formatos x Criativos de forma mais eficiente.
  29. 29. Por que? ROI: Return On Investment. Calcular o retorno de investimento é preciso.
  30. 30. Abre parêntese (
  31. 31. Não esqueça de: E análise disso tudo. Repercursão nas redes sociais, comportamento de navegação do usuário no website / hotsite, performance de campanhas de SEM, mídia em adnetworks , SEO...
  32. 32. Fecha parêntese )
  33. 33. Medir, medir, medir. E tomar decisões!
  34. 34. Não importa a ferramenta. Desde que seja medido. Tecnologia, ciência aplicada.
  35. 35. Não tome decisões, sem embasamento.
  36. 36. Case: Segmento Varejo 100 mil impressões de mídia gráfica geraram, em média, 139 conversões de landing page e 4 conversões de venda.
  37. 37. Case: Segmento Varejo Novembro e Dezembro concentram 33% das veiculações de varejistas. Janeiro e Fevereiro, menos de 6% .
  38. 38. Case: Segmento Varejo Frequência ótima de exposição: 4 impactos. No entanto, normalmente 60% dos usuários são impactados apenas uma vez.
  39. 39. Case: Segmento Varejo Conversões por frequência:
  40. 40. Segmento Entretenimento 95% dos usuários que interagem com criativos deste segmento, não clicam na peça.
  41. 41. Segmento Entretenimento Usuários com alto tempo de interação são 3x mais propensos a buscar palavras-chave relacionadas ao anunciante.
  42. 42. Segmento Entretenimento Rich Media em entretenimento é branding que funciona: exposição da marca com efeito residual e mensurável.
  43. 43. Segmento Entretenimento Performan-ce por tipo de canais. Taxa de Interação Vídeos Totalmente Visualizados
  44. 44. O Futuro, já está aqui. Tendências.
  45. 45. Automação. Tendências. “ Tudo que pode ser automatizado, uma hora será. O que não for, se tornará arte” – Seth Godin
  46. 46. Dispositivos móveis. Tendências. Mensagens em qualquer lugar, nas telas que serão mais utilizadas.
  47. 47. Compra de mídia em tempo real Tendências. DSPs, eCPM, RTB, AdExchanges. Uma bolsa de valores de mídia.
  48. 48. Tendências. Principalmente em campanhas de branding . Melhor resultado e métricas mais completas. Mais Rich Media .
  49. 49. Tendências. Com parâmetros pré-estabelecidos, tudo fica mais fácil. E automático. Otimizar em tempo real.
  50. 50. Aprenda. Evolua. Sempre. Quer continuar?
  51. 51. Obrigado. Twitter (comercial): @DirectFlow Twitter ( residencial ): @Sysop LinkedIn: http://br.linkedin.com/in/fuchs

×